A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 I-HISTÓRIA DOS TRANSPORTES URBANOS. 2 A)OBJETIVO Desenvolvimento Urbano x Transportes Públicos Formas das cidades; empresas; evolução tecnológica; aspirações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 I-HISTÓRIA DOS TRANSPORTES URBANOS. 2 A)OBJETIVO Desenvolvimento Urbano x Transportes Públicos Formas das cidades; empresas; evolução tecnológica; aspirações."— Transcrição da apresentação:

1 1 I-HISTÓRIA DOS TRANSPORTES URBANOS

2 2 A)OBJETIVO Desenvolvimento Urbano x Transportes Públicos Formas das cidades; empresas; evolução tecnológica; aspirações humanas.

3 3 B)INTRODUÇÃO 1) + Facilidades para vida nas mesmas; 2) + Alimentos – trazidos pelas ferrovias; 3)Tecnologia de Construção; 4) Organização administrativa – leis; O Transporte interno também contribuiu p/aumentar as cidades: - Tração elétrica, - Combustão interna. Século XIX – Tecnologia reduz as distâncias; Pessoas passam a conhecer cidades vizinhas. 1)Quais os 4 principais fatores que levaram a expansão das Cidades?

4 4 C) CIDADES E ENERGIA ANIMAL - Área urbanizada depende da velocidade de deslocamento. - Antes da revolução industrial (1750): 1 casa urbana para 20 casas rurais. 3)Por que as cidades antigas não tiveram mais do que hab.? 4)Que relação existe entre o tamanho das cidades e o percurso de transporte feito em ½ hora?.Cidades maiores em rotas aquáticas e dependendo do modo de deslocamento interno ( máximo hab)..Cidades menores – dependiam de alimentos. Ano 1000 –inventada gargantilha para cavalos. Ano 1630 – carruagens, cabriolés (táxis). 5)Qual era o tipo de tração dos chamados ônibus de 1830? Ano 1827 – ônibus puxado por cavalos – 4 a 5 km/h. 6)A introdução das rodas de ferro sôbre trilhos na metade do século XIX contribuiu para o crescimento das atividades econômicas nas cidades? Por que? Ano 1828 – rodas de ferro sobre trilhos – 5 km/h – eficiência + 30%; mais passageiros (30 dentro e 30 no teto), tarifas mais baixas. 7)Por que as cidades antigas tinham um padrão de vias na forma de anéis circulares e vias radiais passando pelo centro? - Cidades estão sempre em evolução Tecnologias de Transporte –> definem sistema viário. 2)Que fator dificultava o crescimento interno das cidades?

5 5 Tamanho de Cidades Historicamente demonstra-se que transportes rotineiros de mais de ½ hora prejudicam o desenvolvimento socio-econômico da população.

6 6 Características de Malhas Viárias

7 7 CARRUAGEM FRANCESA CABRIOLE - Londres 1630

8 8 Foi Blaise Pascal quem, em 1661, teve a primeira idéia de um serviço público de transporte coletivo, seguindo itinerários, horários e preço estabelecidos antecipadamente. Por conta do preço, o povo apelidou os veículos de "carruagens de cinco sols" (o sol era uma moeda da época). Essas carruagens transportavam oito pessoas. A inauguração do novo serviço aconteceu no ano seguinte, 1662, e seu primeiro usuário foi o rei Luís XIV em pessoa. Sua utilização durou aproximadamente dez anos, tendo sido abandonado o sistema então. O renascimento do transporte coletivo urbano só aconteceria no século XIX, através de Stanislas Baudry. A miniatura exibida reproduz a carruagem usada no serviço

9 9 DILIGENCIA CARIOCA PUXADA POR 4 CAVALOS CARRUAGEM 1800 FRANCESA MAIS LEVE

10 10 D) CIDADES E ENERGIA MECÂNICA 9)Por que o caminhão motorizado, mesmo sendo muito mais caro que as carroças puxadas por cavalos, conseguiu substituí-las? 10)O que os automóveis fizeram para com os indivíduos, que os caminhões já haviam trazido para as indústrias? 11)Por que as cidades passaram a ter suas vias em forma de grelhas? 8)O que aconteceu com as cidades com a introdução da tração elétrica nos bondes? Ano 1879 – tração elétrica –> 12 km/h - cidades em forma de estrelas –> hab. Ano 1900 – tração elétrica em vias exclusivas –> 20 km/h –> hab. Ano 1903 – ônibus, caminhões e autos motorizados –>Maior produtividade (+velocidade; +carga); Maiores congestionamentos nas áreas centrais. -> Malha em grelha; indústrias e posteriormente residências se localizam fora das áreas centrais.

11 11 E)CONSIDERAÇÕES GERAIS SOBRE TECNOLOGIA E TRANSPORTES URBANOS Evolução em 4 elementos fundamentais 1- Potência matriz 2- Via 3- Normas de operação 4- Ambiente institucional Fases porque passaram todas as tecnologias de sucesso; - Pioneirismo - Aplicações Práticas - Aperfeiçoamentos. 12)Com as tecnologias atuais de transportes urbanos, qual pode ser a população das cidades? 13)Quais os 4 elementos fundamentais, para a expansão da tecnologia dos transportes urbanos?

12 12 F)ÔNIBUS PUXADOS POR CAVALOS Ano 1662 – carruagens em Paris – Blaise Pascoal até 1675 (só burguesia e pessoas de mérito). Ano 1827 – Stanislas Baudry – omnibus – Nantes – França. Ano 1828 – Stanislas Baudry – omnibus – Paris – 12 linhas – tarifas + baixas. Ano 1828 – George Shillibeer – omnibus – Londres – 22 assentos. Ano 1828 – Abraham Brower – carruagens – New York 1831 – omnibuseuropeu. Ano 1828 – John Stephenson – bonde para 60 passageiros – New York. 14)Como era o táxi de 1635 ? Ano 1630 – cabriolés em Londres – em 1636 –> 600 veículos (como os taxis, eram TP caros). 15)Qual foi a restrição institucional que fez com que os transportes coletivos de Pascal fracassassem em 1675?

13 13 STANISLAS BOUDRY – OMNIBUS – NANTES - FRANÇA Nome dado pela localização da parada do omnibus em frente à loja de chapéus Omnes Omnibus (tudo para todos). ANO 1828 –OMNIBUS STANISLAS BOUDRY – PARIS e GEORGE SHILLIBEER – LONDRES 16)Quem inventou o ônibus de 1830? A que se deve seu sucesso? 17)Como era dado o sinal para parar os primeiros veículos coletivos?

14 14 ÔNIBUS 2 ANDARES – THOMAS TILLING LONDRES

15 15 G)BONDES PUXADOS POR CAVALOS -Inicio em 1828 em Nova Yorque até 1860 já existia em todas as principais cidades dos EUA -Na Europa começa em Paris em 1858 – Alphonse Loubat 19)Por que o bonde com tração animal é considerado o primeiro Transporte dito de Massa? -Coleta de tarifas era realizada pelo condutor que tinha dificuldades; -Dificuldades para virar o veículo (em 1860 começaram os bondes com duas frentes); -Institucional – concorrência danosa com muitas pequenas empresas -Cavalos – só trabalhavam de 4 a 5 horas por dia; ocupavam espaço adicional; só conseguiam operar em vias quase planas; sujeiras e doenças. 18) Quais os principais PROBLEMAS encontrados pelos primeiros operadores de transporte coletivo? 20)Quais as deficiências apresentadas pelos cavalos e burros na tração de veículos coletivos? Animais podiam tracionar veículos maiores e as tarifas eram bem mais baixas que dos ônibus puxados por cavalos.

16 16 CABLE CAR- SÃO FRANCISCO EUA –desde 1873

17 17 H)BONDES ELÉTRICOS

18 18 H)BONDES ELÉTRICOS -Corrente elétrica escolhida de 600 volts (poucas perdas; operação mais fácil e menor risco de vida). 21)Quais os inventores dos primeiros bondes? 22)Por que a corrente elétrica de 600 volts foi a mais escolhida para movimentar os primeiros bondes elétricos? 23)Qual foi a redução dos custos das viagens proporcionadas pelos bondes elétricos?Quais suas principais vantagens em relação aos de tração animal?

19 19 -Custo 50 a 70% menor que com cavalos; mais velocidade e greides mais acentuados. BONDE MODERNO – VLT - AMESTERDAM –HOLANDA Surgem horas de pico ao meio dia e nos fins de semana com sol. 24)Por que a qualidade de vida nas cidades foi alterada pelo bonde? Bondes de Amsterdam Amsterdam, na Holanda, é uma cidade conhecida pelo esforço das autoridades em oferecer aos seus habitantes uma qualidade de vida cada vez melhor. O serviço de transporte público por bondes sempre esteve presente, com veículos cada vez mais modernos. A cidade também possui sistema de metrô. A imagem, do final dos anos 60, mostra um bonde da linha 13 passando em frente à Igreja do Oeste.

20 20 TECNOLOGIA SIEMENS e DUEWAG FRANKFURT –ALEMANHA TROLEY BUS – SÃO FRANCISCO-EUA – ANOS 50 Bondes em Frankfurt A Alemanha é o país que mais desenvolveu a tecnologia dos bondes, com empresas como a Siemens e a Duewag. O serviço de transporte por bondes nunca foi abandonado e hoje em dia encontra-se em expansão. Muitas cidades na Alemanha dispõem dessa modalidade de transporte. A imagem mostra composições de bondes em frente à estação ferroviária de Frankfurt, nos anos 60

21 21 I) O PONTO CULMINANTE E DECADÊNCIA DO BONDE -Expansão do bonde elétrico:.Aumento da população urbana;.Aumento da densidade da população urbana;.Aumento da vida média das pessoas;.Aumento de tipos de atividades;.Aumento da especulação imobiliária; e.Época de salários estáveis. Redução e Decadência: -Crises – na 1ª. guerra mundial 1/3 das empresas faliram; -Em 1920 devido aos salários inflacionados; embora as tarifas ficassem fixas em US$ 0,05 e altas taxas municipais para explorar o serviço fizeram muitas empresas falirem. -Nesta época surgiram monopólios e oligopólios de empresas para tentar a sobrevivência. -Nesta época também surgiram os pequenos ônibus do tipo lotação que ofereciam com a mesma tarifa um serviço melhor (serviço porta a porta e maior freqüência). -Surgiram leis que proibiam as lotações mas que permitiam que as mesmas empresas operassem ônibus motorizados. -Bondes exigiam maior capital inicial para as instalações em comparação com os ônibus. 25)A que se deve a expansão dos serviços de bonde? E a retração?

22 22 J) A ERA DO ÔNIBUS COM MOTOR A COMBUSTÃO 26)O ônibus motorizado foi inicialmente introduzido na Europa ou nos Estados Unidos? E os trólebus?

23 23 O primeiro ônibus a gasolina Coube a Karl Benz a primazia de criar o primeiro ônibus a gasolina do mundo. Ele entrou em serviço no dia 18 de março de 1895, fazendo o trajeto entre Deuz e Siegen. O motor de cinco cavalos movia o veículo à velocidade de 15 km/h, e completava a viagem em 20 minutos. Sua lotação era de oito passageiros, e o preço da passagem era de 70 pfennings. Os passageiros freqüentemente tinham de sair e empurrar o veículo quando ele chegava na parte mais inclinada do percurso. No verão do mesmo ano, um segundo ônibus Benz entrou em serviço na mesma rota

24 24 Ônibus "double-deck" - Nova York Este ônibus francês de marca Schneider era utilizado em Nova York no começo do século XX para passeios turísticos pela 5ª Avenida em Nova York. Os ônibus de dois andares foram utilizados nos EUA primordialmente em atividades de turismo

25 25 Ônibus Londrino 1909 Primeiros ônibus com motor a combustão

26 26 Ônibus londrino LT, de 1929 Os ônibus LT, de 1929, fizeram parte dos lançamentos comemorativos dos 100 anos do surgimento dos ônibus em Londres. Foi realizada uma parada que incluía, dentre outras coisas, uma réplica do ônibus de Shillibeer. O primeiro ônibus LT, Leyland Titan, entrou em serviço em 6 de agosto de 1929, no trajeto Victoria-Cricklewood. Grande sucesso da LGOC, foram construídas 150 unidades. Construído sobre um chassi AEC Renown, tinha capacidade para 49 passageiros e um motor de seis cilindros e 98 hp

27 27 Ônibus Renault TN4H Último modelo de ônibus parisiense a ter plataforma traseira, o Renault TN4H teve sua mecânica inspirada nos modelos anteriores, com motor de 4 cilindros e 58 hp. Sua carroceria, mais longa que a de seus antecessores, tinha 5 janelas em vez de 4. Além disso, os cantos das janelas foram arredondados. Usando pneumáticos desde seu lançamento, tinha rodas do tipo artilharia. Esteve em serviço de 1936 até 1971, portanto durante 35 anos

28 28 Trolley benz ÔNIBUS DAIMLER BENZ 1927 ÔNIBUS CHICAGO 1920

29

30 30 K)ALGUNS DADOS CANADENSES 27)Que aspectos você relataria da história dos TP do Canadá quanto às tarifas? As concessões estabelecem a tarifa máxima a ser cobrada. As transferências são grátis Estudantes e crianças tem tarifas menores. Substituição de trólebus por ônibus diesel: 1-Não haviam fornecedores de peças quando as frotas ficavam velhas; 2-Os cabos aéreos impunham restrições na operação; 3-Os cabos aéreos deixados pelos bondes necessitavam de total remodelação; 4-O capital disponível par a construção de sub-estações e garagens era limitado.

31 31 L)HISTÓRIA DOS TRANSPORTES URBANOS NO BRASIL 1º BONDE NO BRASIL ÔNIBUS RIO DE JANEIRO- 1838

32 32 Transportes Públicos no Brasil Acompanhou de perto os avanços mundiais. Bonde a tração animal em Paris em 1853 e no Rio de Janeiro já em 1859; Bonde elétrico em Berlim em 1879 e no Rio de Janeiro em 1892; Empresários Brasileiros Atuantes no Exterior Cia. Ferro-Carril de Montevidéu – 1872 Cia Carris de Ferro de Lisboa – 1872 Cia Brasileira de Carris de Ferro de Bruxelas – 1872 Cia Brasileira de Tramways em Paris (1874) 28)Os motivos de substituição dos bondes e trólebus brasileiros são semelhantes aos dos demais países?

33 33 Trólebus (ônibus elétrico) no Brasil Em 1977 haviam ainda 406 trólebus no Brasil – Araraquara; Santos; São Paulo e Recife. Nos anos 80 foram montados novos sistema de trólebus na cidade de Ribeirão Preto e Rio Claro e novos corredores em São Paulo com recursos do Governo Federal (EBTU). Com a retirada do Poder Público foram desativados os sistemas de Rio Claro (1993); Ribeirão Preto (1999), Araraquara (2000) e Recife (2001). Em Santos permanece uma única linha com 6 veículos. Em São Paulo sistema da (CMTC) foi privatizado em 1993 mas ainda permanece na Região Metropolitana (Corredor São Mateus – Jabaquara e São Mateus-Ferrazópolis - Piraporinha). 29)Que cidades brasileiras possuem trólebus? Surgiram por terem mais agilidade no trânsito que os bondes elétricos. Circulam em Nova Yorque, Buenos Aires e Londres (2 andares). Surgiu em São Paulo em 1949 e em outras cidades entre 1950 e 1960.

34 34 Trólebus(cont.) Vantagens: Maior potência nas subidas; Veículos mais silenciosos que ônibus; Menor poluição; Mais confortável (sem troca de marchas e motor não gera calor). Desvantagens: Fiação degrada o ambiente visual; Muita dificuldade para ultrapassagem de veículos; Sistema mais caro devido necessidade de sub-estações e fiação.

35 35 Apogeu dos trolleys em Londres Após a segunda guerra mundial, houve uma enorme demanda por veículos de transporte na Inglaterra, e a produção de então não era suficiente para suprir as necessidades. Por conta disso, neste período houve uma utilização máxima dos meios disponíveis, sendo uma grande parcela da população transportada pelos trolleys. A imagem, de 1948, mostra uma grande sucessão de trolleys transportando os torcedores de futebol em Tottenham após o jogo

36 36 Novos trolleys articulados em Nancy O movimento de substituição dos veículos a petróleo iniciado a partir de 1974 continuou nos anos 80 na França. A cidade de Nancy introduziu em 1982 novos trolleys Renault-Oerlikon-Alsthom modelo PER-180-H. Este ônibus tem 17,49 m de comprimento, peso máximo de 29 toneladas, motor de 185kw e capacidade total de 142 passageiros

37 37 BONDE EM SÃO PAULO BONDE CHAMADO DE CAMARÃO POR SUA COR VERMELHA – SÃO PAULO 1929 BONDE ARCOS DE STA TEREZA - RIO DE JANEIRO – Desde 1896

38 38 TRÓLEBUS – RECIFE

39 39 Lotação Fargo - Rio de Janeiro Os lotações usaram grande quantidade de plataformas mecânicas, sobre as quais eram montadas as carrocerias. A imagem mostra um modelo pouco usado, de mecânica Fargo, marca pertencente ao grupo Chrysler. O veículo, em mau estado de conservação, trafega pelas ruas de Botafogo em 1966, um dos anos com as maiores chuvas já registradas. Ao fundo, vê-se outro lotação, de marca Ford

40 40 Bondes de Campos do Jordão O sistema de bondes de Campos do Jordão, um dos dois únicos em funcionamento no Brasil, iniciou suas atividades em 15 de novembro de 1914, como estrada de ferro, usando duas locomotivas a vapor. A tração elétrica veio em 1924, com automotrizes de origem inglesa. Em 1956, o material rodante dos bondes de Guarujá foi transferido para a EFCJ (Estrada de Ferro Campos do Jordão). Os veículos atuais foram reformados tendo a mecânica antiga como base

41 41 HISTÓRIA DOS TRANSPORTES URBANOS EM CURITIBA BONDE PUXADO A BURROS - CURITIBA 1920 – BONDE ELÉTRICO

42 42 Curitiba

43 43 ÔNIBUS - CURITIBA ÔNIBUS FNM 1972 ÔNIBUS EXPRESSO Inauguração PREFEITO JAIME LERNER IDEALIZADOR DO EXPRESSO

44 44 SISTEMA EXPRESSO CURITIBA – ÔNIBUS

45 45 PARIS – 1904 LOUIS RENAULT 1º TAXÍMETRO TÁXIS RENAULT – GUERRA PARIS

46 46 Conclusões TP teve início com empresas privadas (cavalos), sistemas mais caros não atraíram empresários privados. Implantados trilhos nas ruas Deficiências dos cavalos Bondes Elétricos Hoje Serviço Público, como saúde ou educação operados e/ou administrados por entidades públicas ou privadas.


Carregar ppt "1 I-HISTÓRIA DOS TRANSPORTES URBANOS. 2 A)OBJETIVO Desenvolvimento Urbano x Transportes Públicos Formas das cidades; empresas; evolução tecnológica; aspirações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google