A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo II – Domine a Internet Introdução a Informática DCC - UFMG.

Cópias: 1
Módulo II – Domine a Internet Introdução a Informática DCC - UFMG.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo II – Domine a Internet Introdução a Informática DCC - UFMG."— Transcrição da apresentação:

1 Módulo II – Domine a Internet Introdução a Informática DCC - UFMG

2 Internet e Correio Eletrônico Aula 1

3 O que é a Internet? Vasta rede global de computadores conectados entre si por meio das redes de comunicação existentes.

4 Como conectar à Internet? É necessário: computador modem linha telefônica provedor (ISP – Internet Service Provider) software básico de comunicação navegador

5 Histórico da Internet Surgiu de uma pequena rede experimental de computadores: criada em 1969 pela Advanced Research Projects Agency (Arpa) do Departamento de Defesa dos EUA. Em 1980, foi dividida em outras duas: a Arpanet (pesquisa civil com fins militares); a Milnet, (fins militares) A interligação dessas redes foi chamada de Defense Advanced Research Projects Agency Internetwork nome abreviado posteriormente para INTERNET.

6 A Internet Recursos básicos: correio eletrônico listas de discussão www Serviços de informação: bases de dados especializadas catálogos de bibliotecas repositórios de software de domínio público, jornais e revistas eletrônicas, etc. Acesso a recursos de hardware especializados como computadores de alto desempenho e processadores especializados.

7 O Navegador Um navegador (browser) é um programa que instalado em seu computador permite que você visite sites na Internet, navegando entre eles. Navegadores mais conhecidos: Netscape Navigator Internet Explorer.

8 O Navegador

9 Endereços Cada página Web tem seu endereço URL (Universal Resource Locator ou Localizador Universal de Recursos). Endereço da página inicial do departamento de Ciência da Computação da UFMG -

10 Endereços das páginas Web Protocolo utilizado: Hypertext Transfer Protocol indica o nome do "servidor O endereço do computador está registrado no Brasil (.br) /ufmgcultura/index.htm a barra (/) serve para separar o nome do servidor do nome e diretório da página web

11 Endereços

12 Navegação Link Voltar Para frente Endereço Link visitado

13 Uma Página As páginas são construídas usando linguagens de marcação. A mais conhecida é chamada HTML (HyperText Markup Language – linguagem de marcação para páginas da Web).

14 A Linguagem HTML Série de comandos que identificam os elementos em uma página, por exemplo, um texto, imagem ou arquivo de multimídia.

15 A Linguagem HTML (Exemplo)

16 Tags HTML Básicas Eu sou uma página html Eu sou um link

17 Tags HTML TagDescrição HTMLMarcam o início e o fim do documento BODYCorpo da página TITLETítulo da página aDelimita links e imagens. A palavra href representa o endereço da página a ser exibida quando o link é clicado. Se a página estiver no mesmo diretório da atual, basta colocar o nome do arquivo. pParágrafo

18 Tipos de arquivos na Internet Arquivos de diversas mídias: sons imagens vídeo A velocidade de acesso tem aumentado consideravelmente, o que facilita a disseminação dessas mídias pela Internet.

19 Correio Eletrônico ( ) Ferramenta mais antiga e uma das mais simples da Internet. Possibilita que a troca de mensagens com qualquer pessoa em qualquer parte do mundo. Cada pessoa deve ter um endereço de e- mail.

20 Por que utilizar o ?

21 Enviando mensagens É necessário: Conectar-se à Internet; Cadastrar-se em um servidor de correio eletrônico. Ter um programa de correio eletrônico compatível com seu computador; Saber o endereço de correio eletrônico do destinatário.

22 Como as mensagens são enviadas

23 Elementos que compõem um endereço de Prefixo: referente à pessoa ou instituição Sufixo: refere-se ao servidor de onde sua caixa postal é armazenada Exemplo:

24 Elementos de uma mensagem de Destinatário Assunto Endereços enviar cópia Texto

25 Mensagem Recebida Remetente Data/horário de envio Assunto Texto Endereços cópia

26 Vantagens e desvantagens Vantagens Baixo custo Rapidez Possibilidade de envio de arquivos anexos Desvantagens Menor privacidade

27 Comportamento e ética Procure enviar mensagens curtas e concentradas em um único assunto. Cuidados com a apresentação, a ortografia e a gramática são importantes. Tente evitar o uso de siglas. Procure utilizar letras maiúsculas e minúsculas. Não envie mensagens de conteúdo irrelevante para várias pessoas (SPAM).

28 Pesquisa na Internet Aula 2

29 Motivação Grande número de páginas na Web Nem sempre é possível saber o endereço exato das páginas que você procura. Solução: Utilizar ferramentas de busca

30 Ferramentas de busca Utilizadas para se encontrar a informação desejada. Provêm facilidade e rapidez em se encontrar diferentes tipos de informação. Dividem-se em 3 grupos: diretórios máquinas de busca meta máquinas de busca

31 Diretórios Bancos de dados hierárquicos com referências para páginas web. Úteis quando se tem apenas uma idéia geral do que está procurando Exemplos: Yahoo (www.yahoo.com) Cadê (www.cade.com.br).

32 Diretórios - Exemplo

33 Máquinas de busca Vasculham a Internet procurando por novas páginas. Cobrem boa parte da Web. Devem ser a primeira escolha quando você sabe exatamente o que está procurando. Exemplos: AltaVista (www.altavista.com) TodoBr (www.todobr.com.br) Google (www.google.com).

34 Máquina de Busca - Exemplo

35 Máquina de Busca - Exemplo de Resultado

36 Meta máquinas de busca Pesquisam em várias máquinas e diretórios de busca ao mesmo tempo. Tentam extrair as informações mais relevantes. Retornam apenas parte dos resultados obtidos por cada ferramenta de busca. Exemplo: Meta Miner (miner.bol.com.br/metaminer.html)

37 Meta máquinas de busca – Exemplo

38 Palavra chave É o conjunto de termos que você utiliza em uma busca. Influencia diretamente os resultados da pesquisa. Deve ser composta por termos específicos: bacalhau em vez de peixe palio em vez de carro

39 Pesquisa Avançada Motivação: Pode-se obter um número extremamente grande de páginas como resultado. Muitas destas podem não ser relacionadas com o seu real interesse. Para restringir os resultados da pesquisa: Utilizar a seção de pesquisa ou busca avançada.

40 Operadores Booleanos Suponha que você goste de pizza com mussarela, presunto, sem azeitonas e nem cebola e que você deseja pesquisar por este sabor de pizza na Internet. pizza E mussarela E presunto E NÃO azeitonas E NÃO cebola

41 Operadores Booleanos A expressão pizza E mussarela só é verdadeira se existir pizza e mussarela. A expressão pizza E NAO mussarela só é verdadeira se existir pizza e não existir mussarela.

42 Operadores Booleanos Caso você goste também de lombinho canadense e não se importe caso o presunto seja substituído por este ingrediente você pode usar o operador OU. pizza E mussarela E (presunto OU lombinho) E NÃO azeitonas E NÃO cebola

43 Operadores Booleanos A expressão presunto OU lombinho é verdadeira se existir presunto, lombinho ou ambos.

44 Operadores Booleanos O que aconteceria se você não utilizasse os operadores Booleanos E, OU e NÃO e utilizasse a seguinte expressão para pesquisa? pizza mussarela presunto lombinho azeitonas cebola

45 Representação Gráfica de uma Pesquisa Pesquisas podem ser representadas graficamente através de diagramas de Venn. Esses diagramas são uma forma de representar conjuntos.

46 Interseção – Operador E Estrela Lua Estrela E Lua

47 União – Operador OU Estrela Lua Estrela OU Lua

48 Complemento - Operador NAO Estrela Lua Estrela E NÃO Lua

49 Frases Exatas Rio de Janeiro Retorna páginas que contenham Rio de Janeiro Rio de Janeiro Retorna páginas que contenham as palavras Rio, de e Janeiro, mesmo que estas palavras não estejam próximas.

50 Símbolos matemáticos São uma representação simplificada dos operadores booleanos. Exemplo: + pizza + mussarela + presunto - azeitonas – cebola Significado: (+) Equivale ao E. (-) Equivale ao E NÃO.

51 Maiúsculas e Minúsculas Consideradas por algumas máquinas de busca. amazonas: Retorna Amazonas, amazonas, AMAZONAS Margarida Retorna apenas Margarida

52 Conclusão – Ferramentas de Busca São extremamente úteis para se encontrar informações na Internet. Não cobrem toda a Web. Deve-se utilizar mais de uma. Suas necessidades definem qual é a mais adequada.

53 Hipermídia Aula 3

54 Introdução Hipertexto é basicamente o mesmo que um texto regular. Pode ser armazenado, lido, ou editado. Contém conexões dentro do texto para outros documentos. Hipermídia pode ser uma expansão do conceito de hipertexto que contempla outras mídias.

55 Hipermídia Considerada como uma ferramenta para a aprendizagem. Bastante adequada para aplicações educacionais. Vantagens: Flexibilidade Grande capacidade de exploração de informações relevantes.

56 HTML - Hyper Text Markup Language Linguagem que permite criar páginas web. Uma página web é um texto contendo uma série de comandos HTML. Permite a qualquer pessoa criar facilmente o seu conteúdo para a web utilizando texto, imagem, som e vídeo. Esse conteúdo pode depois ser visto por qualquer pessoa que esteja navegando na Internet.

57 HTML Editores de páginas HTML Facilitam o processo de criação. Não são necessários. Os comandos, conhecidos por diretivas ou tags, controlam a maneira como o conteúdo de uma página vai aparecer.

58 Exemplo de código HTML Meu primeiro Hipertexto Este é o meu primeiro documento hipertexto escrito na linguagem HTML.

59 Exemplo de página HTML

60 Diretivas Trechos especiais de texto, geralmente destacados por algum caracter delimitador. Controlam ou alteram a maneira em que as diversas partes de um documento são apresentadas. Os caracteres que delimitam as diretivas HTML são: (maior).,,,

61 Diretivas HTML Não são sensíveis ao tipo de caixa, portanto, as seguintes são diretivas válidas:,,, Não deve haver espaço em branco nem quebra de linha entre o sinal de menor < e o nome da diretiva. Por exemplo, as seguintes codificações não são permitidas:

62 Diretivas HTML Uma diretiva: Não é visualizada literalmente. É identificada e interpretada pelo navegador. Produz algum efeito visual ou de estrutura lógica no documento hipertexto. Qualquer outra informação que não seja uma diretiva, deve ser um texto, que faça parte do conteúdo do documento. Este parágrafo...

63 Diretivas HTML Existe uma diretiva para iniciar e outra para finalizar uma determinada especificação. Minha página Todo par de diretivas representa alguma especificação. e indica o começo e o fim do documento hipertexto em HTML e indica o começo e o fim do cabeçalho do documento e especifica o começo e o fim do corpo do documento HTML.

64 Forma geral do documento [cabeçalho do documento] [corpo do documento]

65 Comentários Informações que são propositalmente ignoradas pelo navegador, mas que são de interesse do desenvolvedor. Em HTML, é possível inserir comentários em qualquer parte do código. Estas informações devem estar entre.

66 Cabeçalhos em HTML Existem seis níveis de cabeçalhos:,,,, e As diretivas especificam o tamanho da letra utilizada para exibir o texto, na ordem decrescente de tamanho. Exemplo: Programação HTML Conceitos Básicos Esta seção tratará de...

67 Exemplo de cabeçalho

68 Parágrafos em HTML … diretiva para definição de parágrafos que promove a quebra e o espaçamento desses. Exemplo: Este é o primeiro parágrafo. Este é o segundo parágrafo.

69 Exemplo de parágrafos

70 Quebra de linha Para quebra de linha, use a diretiva. Não possui diretiva de fechamento. Provoca apenas a quebra da linha, mas não inicia um novo parágrafo. Exemplo: Esta é a primeira linha. Esta é a segunda linha.

71 Exemplo de quebra de linha

72 Listas em HTML A linguagem HTML permite produzir categorias distintas de listas. Listas enumeradas: Definidas pelas diretivas e. Listas não enumeradas: Utilizam as diretivas e.

73 Exemplos de códigos de listas Lista numerada Conceitos Básicos Apresentação da Teoria Conclusão Lista não numerada Definição Propriedades Resultados

74 Exemplo lista numerada

75 Lista não numerada

76 Hiperligações em HTML A diretiva que representa hiperligações em HTML é da forma: [referência] Exemplo: Visite a página do BOL

77 Exemplo de hiperligações

78 Âncoras em HTML Utilizadas para inserir hiperligações que referenciam um trecho da sua própria página. Ao se clicar na palavra destacada como um link um trecho da mesma página será exibido. Útil em um documento grande.

79 Exemplo de código com Âncoras Exemplo: Veja mais detalhes sobre planilhas eletrônicas Cabeçalho do texto

80 Exemplo de âncora


Carregar ppt "Módulo II – Domine a Internet Introdução a Informática DCC - UFMG."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google