A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

28/04/2011 Sao Luís –Ma. Palestrante 01 Clenilde Castro de Araújo Pedagoga/ Especialista em Gestão/ Supervisão e Orientação Educacional Especialista em.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "28/04/2011 Sao Luís –Ma. Palestrante 01 Clenilde Castro de Araújo Pedagoga/ Especialista em Gestão/ Supervisão e Orientação Educacional Especialista em."— Transcrição da apresentação:

1 28/04/2011 Sao Luís –Ma

2 Palestrante 01 Clenilde Castro de Araújo Pedagoga/ Especialista em Gestão/ Supervisão e Orientação Educacional Especialista em Língua Portuguesa/ Literatura e Linguistica.

3 Palestrante 02 Maria Aparecida de Jesus Medeiros Pedagoga/ Especialista em Gestão/ Supervisão e Orientação Educacional

4 FONASC- CBH (Fórum Nacional da Sociedade Civil nos Comitês de Bacias Hidrográficas ) ESCOLAS COMUNITÁRIAS DA ÁREA CIDADE OPERÁRIA E CIDADE OLÍMPICA ONG ILHA VERDE CONERH (Conselho Nacional de Recursos Hídricos) CONSEMA (Conselho Estadual do Meio Ambiente) Diocese de São Luis IBAPE (Instituo Brasileiro de Avaliação e Perícia) Deputado Estadual: Eduardo Braide NEA/SEMED (Núcleo de Educação Ambiental) PARCEIROS

5 Breve Histórico do Comitê O Comitê Infanto Juvenil Bacia Hidrográfica do Rio Jeniparana, surgiu a partir de uma experiência apresentada no XII ENCOB (Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas) /2010 em Fortaleza, onde crianças e adolescentes já se preocupam com a preservação dos recursos hídricos. O FONASC e as escolas comunitárias que estão localizadas na área em que se encontra o rio, propõem formar um Comitê Infanto Juvenil em São Luís/Ma. Para preparar esses futuros atores atuante nessa empreitada de sensibilizar e conscientizar a comunidade para a preservação do nosso bem precioso que e a água, evitando danos ambientais e a nossa própria saúde.

6 Tem como objetivo de sensibilizar e despertar a consciência sobre o papel de todos os cidadãos na conservação e preservação dos recursos hídricos. Pretende-se que os alunos eleitos e as comissões sejam agentes multiplicadores desse processo de sensibilização e na comunidade.

7 Estrutura do Comitê Secretaria Executiva Colégio Nossa Senhora da Conceição Coordenação Geral Inst. Educ. e Assist. Nossa Sra Aparecida Comissões Comunicação/ mobilização /fiscalização

8 Presidente Vice-presidente Secretário Vice-secretário Diretoria

9 Missão Contribuir com uma gestão integrada e descentralizada dos recursos hídricos, garantido a participação das escolas da área, buscando um desenvolvimento sustentável.

10 Conscientizar a comunidade do uso das águas sem desperdício; Preservar a nascente do rio; Elaborar mini projetos educativos que atenda faixa etária 03 a 12 anos; Promover ações sociais trimestrais com as escolas participantes e convidadas. Finalidades

11 Mapear as escolas das área da bacia Planejamento Expandir os mini-projetos para outras escolas da área Mobilização nas ruas para conscientização do desperdício e preservação dos recursos naturais. Ações

12 É um curso de água natural, uma corrente líquida que para existir, depende de duas condições: - Um abastecimento adequado de água. - Um declive pelo qual a água possa correr. - Dizemos que um rio é um curso de água natural, quando feito pelo homem dizemos que o curso de água é um canal. O que é um rio?

13

14 Nascente: lugar onde o rio começa a correr; Divisor de Águas: ponto mais elevado de uma bacia; Rio Principal: o nome que se dar a bacia: Afluentes: lugar por o rio corre: Sub afluente: recebe águas de outros rios; Foz: onde o rio deságua; Curso Superior/Médio/Inferior: são pontos onde o rio corre. Quais são as partes de uma bacia hidrográfica ?

15 Chama-se rede de drenagem ou rede hidrográfica a maneira como o traçado dos rios se dispõe pelo terreno. Observa-se o rio do alto do avião ou através de um satélite e formam superfície do terreno. O que é uma rede de drenagem ?

16 Existem, embora não são muito comuns. Muitos rios surgem da junção de dois outros, por isso, são mais volumosos. É o que acontece com o rio Paraná, o mais volumoso da região sudeste. Formado pela junção dos rios Paranaíba e o Grande. Existem rios que já nascem grandes ?

17 A primeira medida é fazer um levantamento das principais causas da poluição do rio; Identificar as fontes poluidoras; Procurar os órgãos competentes para solucionar o problema; Fazer campanha populares para conscientização e preservação do rio junto a comunidade; Desnvolver projeto em escolas municipais, comunitárias, estaduais e particulares. É possível salvar um rio?

18 A água é incolor; Quando aparece uma coloração é devido os diferentes elementos que transportam como esse: Negra: carregam muito húmus; Amarela: contêm muita terra; Vermelha: transportam microorganismo dessa cor. OBS: as águas de um rio quando limpa, não tem cor, podendo até ver o fundo do leito. Por que as água dos rios tem cores diferentes?

19 Nem todos os rios tem peixes, embora em quase todos eles existem diferentes formas de vidas. Quando um rio não tem peixe e nenhuma forma de vida, dizemos que é um rio morto. Isso acontece devido a poluição de suas águas, geralmente ocasionadas pelo despejo de venenos industriais, de esgotos, lixo industrial e doméstico. É o caso do Rio Jeniparana. Todos os rios tem peixes ?

20 Sim, podem morrer e desaparecer. Dizemos que um rio morre quando a vida em suas águas é extinta pelo excesso de poluição. Um rio desaparece quando ocorre na região grande mudanças climáticas ou geológicas. Climáticas: podem levar uma região úmida a se tornar seca, levando a diminuição da água. Geológica: com o surgimento das montanhas há um desvio do curso da água, levando-a ao desaparecimento. Os rios podem morrer:

21 ANIL………………………… ……………12,63Km BACANGA……………………..……………….233,84Km TIBIRI……………………………..…………….…16,04Km PACIÊNCIA………………………..……………..27,48Km INHAUMA…………………………..…………….5,45Km PRAIAS……………………………….…………….3,75Km SANTO ANTONIO…………………….… ,88Km ESTIVA……………………………………..………7,09Km JENIPARANA…………………………… …15,03Km CACHORROS……………………………… ,71Km GUARAPINGA……………………………… ,56Km ITAQUI………………………………………… ,09Km As principais bacias hidrográficas da ilha de São Luís

22 Mostrar ao educandos os problemas que a intervenção humana gera ao meio ambiente; Visitar o rio Jeniparana para uma análise da sua real situação; Apresentar DVD educativo Trabalhar a reciclagem com o lixo produzido na escola; PROJETO: Ainda é tempo Cuidar da nossa água e reciclar o nosso lixo.

23 Firmar uma parceria com a LIMPEL e a comunidade para recolher o lixo da margem do rio Jeniparana; Promover gincanas entre as escolas; Promover oficinas para reaproveitamento de materiais recicláveis; Fazer uma culminância com exposição de fotos, trabalhos, planfletos e exposição dos materiais recicláveis.

24 PRIMEIRA ETAPA Visita ao Rio Jeniparana Entrevista com os agentes de limpeza (LIMPEL); ETAPAS DO PROJETO

25 SEGUNDA ETAPA Mobilização com os alunos das escolas participantes do projeto e apresentação de DVD; Palestra de conscientização e preservação dos recursos hídricos e a importância da reciclagem; Limpeza das margens do rio Jeniparana e mobilização da comunidade com distribuição de planfletos informativos.

26 Promover uma gincana entre as escolas; Exposição dos materiais recicláveis; Mural de fotos e trabalhos elaborados pelos alunos; Registro em DVD das atividades nas escolas; Expandir o projeto para outras escolas. TERCEIRA ETAPA

27 Acompanhar o calendário verde Promover uma atividade para o dia 05 de junho (GINCANA) Mobilizar a comunidade com planfletagem e uma passeata conscientizando as mesmas sobre a importância da preservação dos recursos hídricos e limpeza do ambiente. Pedir apoio aos CRAS e Posto de Saúde PLANEJAMENTO DO COMITÊ


Carregar ppt "28/04/2011 Sao Luís –Ma. Palestrante 01 Clenilde Castro de Araújo Pedagoga/ Especialista em Gestão/ Supervisão e Orientação Educacional Especialista em."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google