A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL Prof. Ronaldo Queiroz. INTRODUÇÃO As esperanças dos países europeus de uma paz duradoura com o fim da Primeira Guerra Mundial.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL Prof. Ronaldo Queiroz. INTRODUÇÃO As esperanças dos países europeus de uma paz duradoura com o fim da Primeira Guerra Mundial."— Transcrição da apresentação:

1 A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL Prof. Ronaldo Queiroz

2 INTRODUÇÃO As esperanças dos países europeus de uma paz duradoura com o fim da Primeira Guerra Mundial foi mera Ilusão: O comportamento revanchista dos vencedores da Primeira Guerra Mundial; A crise de 1929 e suas graves consequências políticas em quase todos os países da Europa;

3 O surgimento dos governos nazi-fascistas – totalitários, militaristas e expansionistas; De forma que é perfeitamente legítimo considerar a II Guerra como consequência dos fascismos. O fracasso da Liga das Nações; Todos esses fatores reunidos criaram as condições para que novo conflito eclodisse, envolvendo todas as nações europeias e a maior parte dos países do mundo, no período de 1939 a 1945.

4 A partir de 1930 a situação política internacional estava novamente sob tensão; Na Europa, de um lado ficou a União Soviética, isolada, enquanto que de outro, aliadas aos Estados Unidos, permaneceram França e Inglaterra; do lado belicoso, os Estados nazi-fascistas – Alemanha e Itália - formavam outro bloco. Em 1931 o Japão conquistou a Manchúria e invadiu a China, desligando-se da Liga das Nações quando esta protestou. Em março de 1935, Hitler anuncia que a Alemanha reconstitui sua aviação militar e restabelece o serviço militar obrigatório – de forma que as cláusulas militares do Tratado de Versalhes são ab-rogadas.

5

6 A Alemanha desobedece o Tratado de Versalhes, reaparelhando e reorganizando seu exército, em seguida invade a Renânia. Na Espanha deflagrou-se a guerra civil, com a Alemanha e a Itália apoiando o fascista Franco, que acabou implantando o estado de modelo fascista na Espanha. Nessa guerra a Alemanha testou seu armamento que usaria na II Guerra Mundial.

7 Em 1936, Hitler anunciou a formação do Eixo (Roma-Berlim) e proclamou abertamente sua política expansionista. Em 1938, Hitler anexou a Áustria à Alemanha e passou a reclamar a integração dos Sudetos. Mussolini promoveu a reunião da França e Inglaterra, para discutirem a situação com a Itália e a Alemanha. Os representantes da França e da Inglaterra cederam às exigências alemãs, estimulando Hitler na sua política expansionista. Tudo em virtude de que na concepção das democracias liberais Hitler não representaria perigo imediato, pois esperava-se o ataque alemão aos soviéticos. Em 1939 Hitler e Estalin firmam o Pacto Germano- Soviético;

8 A Alemanha passou a exigir Danzig e o corredor polonês. Como os poloneses resistiram, os alemães invadiram o seu território. Iniciou-se então a II Guerra Mundial. Era 1.º de setembro de A Inglaterra, aliada da Polônia, declarou guerra à Alemanha; a França, aliada da Inglaterra, fez o mesmo. A Itália declarou-se não-beligerante e ficou afastada da guerra até 1940.

9 2. A ofensiva alemã [Blitzkrieg] sobre a Polônia foi fulminante: iniciada no dia 1.º de setembro de 1939, durou apenas três semanas. Depois da Polônia, rapidamente os alemães foram dominando a Europa: França, Bélgica, Holanda e Noruega, e uma a uma foram sendo ocupadas pelos exércitos de Hitler. A França, derrotada militarmente, tornou-se colaboracionista através do governo de Vichi, liderado por Pétain.

10 A Inglaterra resistia sozinha aos bombardeios alemães; Em virtude da descoberta do radar, do descobrimento das mensagens criptografadas facilitando a resposta anti-área e, também, da eficiente força área inglesa – apesar da destruição das cidades inglesas – os alemães não conseguiram vencer a Batalha da Inglaterra. Em 1940, a resistência inglesa levou Hitler a atacar a União Soviética, abrindo nova frente no Oriente da Europa.

11 O presidente Roosevelt, que já havia transformado a indústria norte-americana para a guerra, entrou no conflito depois do ataque japonês a Pearl Harbor, em A produção industrial norte-americana fez a balança da guerra pender contra a Alemanha. Efetivamente, começou a derrocada alemã com a vitória soviética na Batalha de Stalingrado, pois além de acabar com o mito da invencibilidade alemã, proporcionou desgaste significativo sobre o exército invasor. Ingleses e norte-americanos varreram os alemães comandados por Rommel da África, enquanto a Itália era invadida pelos aliados.

12 Em 1944, os aliados desembarcaram na França [Normandia – era o dia D] e marcharam em direção à Berlim. Ao mesmo tempo pelo Leste, prosseguiram os russos na mesma direção. Em 1945, depois do suicídio de Hitler, a Alemanha rendeu-se incondicionalmente. O Japão continuou por mais algum tempo na guerra, mas também capitulou sem condições depois que os Estados Unidos lançaram sobre Hiroshima e Nagasaki sua bombas atômicas. Contudo, o uso da arma fatal - apesar do discurso americano de impor a derrota japonesa a fim de evitar mais mortes – foi mais estratégico do que tático, isto é, o objetivo maior foi o de mostrar ao mundo, principalmente à URSS o poder assustador da máquina de guerra estadunidense;

13 A II Guerra Mundial o número de morte foi gigantesco, cerca de 60 milhões; Ao término da guerra Hitler autorizou a chamada Solução Final, ou seja, a exterminação racionalizante e sistemática de milhões de judeus: por exemplo em apenas três dias, no campo de Auschwitz, 22 mil judeus foram eliminados e cremados.

14

15

16 A II Guerra Mundial foi a mais terrível guerra da história da humanidade, com algumas características próprias: Foi uma guerra de grande movimentação ofensiva, com fulminantes avançadas; Atingiu indiscriminadamente a população civil; A alta tecnologia das máquinas: tanques, aviões, submarinos, colunas motorizadas, foram deslocadas para o mundo civil no pós-guerra proporcionando a emergência da produção e do consumo de massa;

17 De fato, a capacidade industrial dos americanos decidiu a guerra a favor dos aliados;

18

19 A principal consequência imediata do fim da guerra foi a radicalização das divergências entre os dois blocos que se formaram: de um lado a União Soviética e seus países satélites; de outro, os países capitalistas liderados pelos Estados Unidos. A União Soviética, graças ao seu papel na guerra, teve aumentada sua influência na Europa, ao mesmo tempo em que interferia para que novos Estados se tornassem socialistas.

20 Os Estados Unidos, únicos detentores do segredo da bomba atômica, puderam, no começo da guerra fria, fazer valer essa vantagem nas suas disputas internacionais. Para revitalizar sua economia depois da guerra, a Europa procurou a integração econômica, através da criação do mercado Comum Europeu.


Carregar ppt "A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL Prof. Ronaldo Queiroz. INTRODUÇÃO As esperanças dos países europeus de uma paz duradoura com o fim da Primeira Guerra Mundial."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google