A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Rondônia __________________________.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Rondônia __________________________."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Rondônia __________________________

2 Onde estudar Biologia

3 Universidade Federal de Rondônia __________________________ As Teorias evolutivas Várias teorias evolutivas surgiram, destacando-se, entre elas, as teorias de Lamarck e de Darwin. Atualmente, foi formulada a Teoria sintética da evolução, também denominada Neodarwinismo, que incorpora os conceitos modernos da genética ás idéias essenciais de Darwin sobre seleção natural.

4 Universidade Federal de Rondônia __________________________ A teoria de Lamarck Jean-Baptiste Lamarck ( ), naturalista francês, foi o primeiro cientista a propor uma teoria sistemática da evolução. Sua teoria foi publicada em 1809, em um livro denominado Filosofia zoológica. Segundo Lamarck, o principio evolutivo estaria baseado em duas Leis fundamentais: Lei do uso ou desuso: o uso de determinadas partes do corpo do organismo faz com que estas se desenvolvam, e o desuso faz com que se atrofiem. Lei da transmissão dos caracteres adquiridos : alterações provocadas em determinadas características do organismo, pelo uso e desuso, são transmitidas aos descendentes. Lamarck utilizou vários exemplos para explicar sua teoria. Segundo ele, as aves aquáticas tornaram-se pernaltas devido ao esforço que faziam no sentido de esticar as pernas para evitarem molhar as penas durante a locomoção na água. A cada geração, esse esforço produzia aves com pernas mais altas, que transmitiam essa característica à geração seguinte. Após várias gerações, teriam sido originadas as atuais aves pernaltas. A teoria de Lamarck não é aceita atualmente, pois suas idéias apresentam um erro básico: as características adquiridas não são hereditárias. Verificou-se que as alterações em células somáticas dos indivíduos não alteram as informações genéticas contida nas células germinativas, não sendo, dessa forma, hereditárias.

5 Universidade Federal de Rondônia __________________________ A teoria de Darwin Charles Darwin ( ), naturalista inglês, desenvolveu uma teoria evolutiva que é a base da moderna teoria sintética: a teoria da seleção natural. Segundo Darwin, os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados, deixando um número maior de descendentes. Os organismos mais bem adaptados são, portanto, selecionados para aquele ambiente. Os princípios básicos das idéias de Darwin podem ser resumidos no seguinte modo: Os indivíduos de uma mesma espécie apresentam variações em todos os caracteres, não sendo, portanto, indenticos entre si. Todo organismo tem grande capacidade de reprodução, produzindo muitos descendentes. Entretanto, apenas alguns dos descendentes chegam à idade adulta. O número de indivíduos de uma espécie é mantido mais ou menos constante ao longo das gerações. Assim, há grande "luta" pela vida entre os descendentes, pois apesar de nascerem muitos indivíduos poucos atingem a maturalidade, o que mantém constante o número de indivíduos na espécie. Na "luta" pela vida, organismos com variações favoráveis ás condições do ambiente onde vivem têm maiores chances de sobreviver, quando comparados aos organismos com variações menos favoráveis. Os organismos com essas variações vantajosas têm maiores chances de deixar descendentes. Como há transmissão de caracteres de pais para filhos, estes apresentam essas variações vantajosas. Assim, ao longo das gerações, a atuação da seleção natural sobre os indivíduos mantém ou melhora o grau de adaptação destes ao meio.

6 Universidade Federal de Rondônia __________________________

7 O caso da mariposa Biston betularia Como o meio ambiente modela a seleção natural Seleção Natural

8 Universidade Federal de Rondônia __________________________ Seleção Natural O uso (e mau uso) indiscriminado de antibióticos tem resultado em um aumento na resistência microbial a antibióticos no uso clínico, ao ponto de que a Staphylococcus aureus resistentes a meticilina

9 CÉLULA É a menor unidade estrutural básica do ser vivo. CÉLULA, foi o nome dado por ROBERT HOOKE, em 1665, ao visualizar no microscópio ótico pequenas cavidades presentes em um pedaço de cortiça.

10 Quanto ao nº de células: Unicelulares: Formado por uma célula. Ex: Bactérias, algas e protozoários. Pluricelulares: Formados por várias células. Ex: Plantas, os animais e alguns fungos.

11 CITOLOGIA Existem dois tipos fundamentais de células. As células PROCARIONTES, presentes em bactérias e cianobactérias e as células EUCARIONTES, presentes em todos os outros seres vivos, incluindo algas, fungos, protozoários, plantas e animais.

12 Quanto a organização estrutural: Procariotos: 1. Possuem organização simples; 2. O material genético se encontra disperso; no citoplasma; 3. Não possui núcleo definido (nucleóide); 4. Não possui carioteca.

13 Quanto a organização estrutural: Eucariotos: 1. Possuem várias organelas citoplasmáticas; 2. Mais complexas; 3. Possuem o núcleo organizado; 4. Possuem carioteca: membrana que delimita o material genético.

14 O transporte de substâncias pela membrana. PASSIVO: ocorre sem gasto de energia(ATP). Osmose, difusão, e difusão facilitada. ATIVO Ocorre com gasto de energia(ATP). Bomba de sódio e potássio. Endocitose (fagocitose,partículas sólidas. Pinocitose, partículas líquidas.). Exocitose ou clasmocitose.

15 Questões para Revisão O peixe pirarucu (Arapaima gigas), originário da bacia hidrográfica Amazônica, tem certas características biológicas e ecológicas que o torna particularmente atrativo para as populações locais. É um peixe grande que pode chegar ao comprimento de até três metros e pesar mais de 250kg, e é conhecido como o "Gigante Amazônico". Outra característica incomum deste peixe é seu aparato de respiração: uma vesícula natatória permite que ele capture oxigênio da superfície como um pulmão. Isto permite que o Pirarucu sobreviva nas águas da bacia amazônica, que tem baixo teor de oxigênio, mas também o torna uma presa fácil para os pescadores. Após a postura dos ovos, o período gasto com cuidados com a cria aumenta sua vulnerabilidade: o macho ajuda os filhotes nas semanas iniciais, empurrando-os para a superfície para facilitar a respiração. O pirarucu é um peixe predatório que tem origens na era Jurássica e é a principal fonte de proteínas para a população local, os ribeirinhos, que vivem ao longo das margens do rio. Milhares de espécies de peixes endêmicos, que têm um papel muito importante no ciclo de reprodução das plantas ao longo das margens dos rios, são encontrados em inúmeros grandes rios da bacia do Rio Amazonas.

16 2. Ainda em relação aos peixes, sabemos que eles possuem órgãos especializados para desempenharem as funções necessárias a sua sobrevivência, e que estes órgãos são formados por tecidos que por sua vez são formados por células. Como são classificadas as células dos peixes em relação à ausência ou presença de carioteca? Como se apresenta a Membrana Plasmática destas células e qual é a principal função que ela desempenha? Faça um desenho esquemático. Escolha e identifique três organelas presentes nas células dos peixes, faça seu desenho esquemático e descreva suas funções.

17 3) Considere esta afirmação: Um animal que vive num ambiente de água doce tem fluidos corporais hipertônicos - isto é, tem tendência a receber água, que passa, por osmose, do meio onde está mergulhado para o seu interior. Assim, este animal (por exemplo, rãs e peixes de água doce) faz face a este fenômeno não bebendo água e eliminando grandes quantidades de urina muito diluída a) Considerando que os fluidos corporais de um peixe que vive em água salgada são hipotônicos em relação ao meio onde ele está mergulhado, qual a tendência do movimento da água do ambiente em relação ao seu corpo? b) O que aconteceria se este animal não possuísse um sistema de controle de pressão osmótica que regulasse a quantidade de água nas células? c) Quais os outros mecanismos que permitem o movimento de substâncias através da membrana celular sem que haja gasto energético?

18 A Terra na virada do milênio está sofrendo enormes e inequívocos impactos humanos. Alguns deles, a perda de espécies, certamente, e a perda de florestas tropicais tornam-se comuns. A velocidade atual e os índices de extração dos recursos naturais e/ou de deposição de dejetos pela ação do homem tornam o ambiente cada vez mais vulnerável e suscetível a problemas na manutenção da vida. Entretanto, acreditando-se que sempre é provável tornarem reversíveis os recursos, tomando como base os processos evolutivos, os processos de adaptação e, principalmente, os processos cíclicos da natureza. Texto 2: São Francisco - Os mosquitos capazes de espalhar o vírus ocidental do Nilo mostraram sinais de resistência aos pesticidas comuns, dizem os pesquisadores. Pesquisadores da Universidade da Califórnia, encontraram mosquitos sob um apartamento no Condado de Marin, que desenvolveram uma tolerância aos piretróides, um pesticida comum. Os mosquitos tem mostrado resistência ao produto químico na África e na Ásia, mas este foi o primeiro exemplo na América do Norte, dizem os especialistas. Os mosquitos eram da mesma espécie que aqueles que espalharam o vírus do Nilo Ocidental através do país o ano passado, chamados de culex pipiens. Um dos mosquitos mais comuns nas residências na América do Norte. Os Entomologistas dizem que o aumento da resistência, pode permitir que os mosquitos espalhem doenças como o vírus do Nilo Ocidental mais facilmente. E enquanto a resistência aumentar, mesmo o mais forte pesticida pode provar ser inútil. Questão. Considerando as informações contidas nos Textos 1 e 2 e a Teoria da Evolução de Charles Darwin (adaptação e seleção natural), comente como algumas espécies poderão se adaptar aos impactos antrópicos no ambiente.


Carregar ppt "Universidade Federal de Rondônia __________________________."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google