A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

British Council Luciana Brasil Gerente de Projetos, Brasilia Carla Costa Gerente de Projetos, Recife.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "British Council Luciana Brasil Gerente de Projetos, Brasilia Carla Costa Gerente de Projetos, Recife."— Transcrição da apresentação:

1 British Council Luciana Brasil Gerente de Projetos, Brasilia Carla Costa Gerente de Projetos, Recife

2 O British Council é uma instituição internacional para relações culturais e educacionais. No Brasil, estamos sediados em quatro cidades: Brasília, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. No mundo, estamos em mais de 100 países.

3 O Consed e o British Council: Uma parceria educacional de benefício mútuo

4 O que nós fizemos no passado? (1) V isitas de Secretários de Estados de Educação ao Reino Unido Visitas de especialistas educacionais do Reino Unido ao Brasil 1

5 O que nós fizemos no passado? (2) Visitas de intercâmbio entre o Brasil e o Reino Unido por diretores e professores de escolas Projetos de colaboração no ensino da língua inglesa nos Estados de Tocantins, Paraná, Ceará e Pernambuco. 2

6 Exemplos de cooperação atual CONSED e Secretarias Estaduais de Educação - Programa Connecting Classrooms - Curso de Liderança nas Escolas - Cursos de Inglês para professores de Inglês das redes de ensino estaduais/municipais - Inspiração Internacional 7

7 Inspiração Internacional Brasil

8 Inspiração Internacional No Brasil, o programa está sendo desenvolvido em Pernambuco e Alagoas. Mais de 18 escolas foram atendidas pelo projeto. No Brasil, o Programa Inspiração Internacional é liderado pela UK Sport (Agência de Esportes de Alta Performance do Reino Unido), com o British Council (Conselho Britânico) e a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

9 Inspiração Internacional Somos responsáveis pela promoção da Educação Física e do esporte educacional através do estabelecimento do vínculo entre escolas públicas brasileiras e britânicas, bem como a formação de professores e alunos dessas escolas em liderança, cidadania e responsabilidade social. Como fazemos isso?

10 Inspiração Internacional Liderança Para Jovens (Dreams+Teams) Parcerias internacionais entre escolas: O Programa Tops

11 Inspiração Internacional Em 2009 Em parceria com o Ministério da Educação e Secretarias de Educação de Pernambuco e Alagoas, foram desenvolvidos dois projetos: TOPS e Dreams Teams (Sonhos & Times) através dos quais foram treinados 72 professores em 24 escolas públicas municipais e estaduais nos estados de Pernambuco e Alagoas. Atualmente, mais de 450 jovens líderes operam como voluntários e 160 profissionais estão multiplicando as práticas e benefícios do programa. Mais de crianças participaram de festivais esportivos promovidos por Jovens Líderes e, até março/2010, mais de 170 mil pessoas se beneficiarão do programa.

12 Inspiração Internacional Em 2010: Os participantes do Programa de Liderança para Jovens (Sonhos e Times- Dreams & Teams) e TOPS organizaram pelo menos 30 festivais de esportes em suas escolas e comunidades, beneficiando cerca de alunos diretamente. 4 Treinadores Líderes foram treinados entre setembro de 2009 e março de Eles agora são capazes de formar tutores e jovens líderes em todas as escolas públicas de Pernambuco e Alagoas. Um Memorando de Entendimento com Ana Mozer (medalhista olímpica de voleibol), Instituto Esporte e Educação foi assinado e através do D+T, nesta parceria, pretendemos alcançar mais de crianças.

13 Inspiração Internacional Em 2010: Em parceria com o Ministério do Esporte através do Programa Federal do Segundo Tempo, Nós treinamos 14 profissionais que participaram de um treinamento piloto do TOPS que atingiu diretamente 600 alunos em seis núcleos, que estão baseados na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, Universidade Estadual de Londrina, Estado do Paraná e o IDESH (Instituto de Desenvolvimento social e Humano) no estado de Alagoas. Para que nos certifiquemos de que este projeto-piloto torne-se uma experiência significativa para o Brasil, ele foi fortemente monitorado pela Equipe Sênior de Gerência do Programa Segundo Tempo. Nosso objetivo é difundir a metodologia dos centros para mais de 800 cidades brasileiras, a fim de atingirmos cerca de 2 milhões de crianças no futuro.

14 Liderança para Jovens Sonhos + Times Dreams + Teams Treinamento de Tutores Locais e Jovens líderes Realização de Festival Cultural, Esportivo e Educacional

15 Treinamento em Liderança Juvenil Objetivo Geral Desenvolver habilidades de liderança e uma consciência internacional de professores e jovens, através dos esportes, das artes e de parcerias internacionais, ajudando a construir, hoje, os líderes mundiais de amanhã.

16 Treinamento Liderança Juvenil Objetivos específicos Fornecer a Tutores Locais do Programa de Liderança Juvenil: entendimento conhecimentos habilidades para facilitarem uma experiência de aprendizado de alta qualidade para Jovens Líderes

17 Treinamento Liderança Juvenil Objetivos específicos Capacitar jovens para: organizar em suas escolas e comunidades, eventos que promovam a Educação Física, o esporte, as artes, a inclusão, o trabalho em grupo, a cooperação e o protagonismo juvenil. Atuar como voluntários na escola, em sua comunidade Inspirar outras crianças e adolecentes

18 Como alcançamos isto? Apresentando aos participantes: Valores e princípios do Programa Britânico de Liderança Juvenil- Sonhos + Times Métodos de ensino e aprendizado que permitam aos Jovens Líderes desenvolverem suas habilidades de liderança através dos esportes, das artes e da cultura

19 Programa Liderança Juvenil (Sonhos + Times) Capacitar e estimular os jovens a assumirem responsabilidade pelo seu próprio aprendizado e ações Incluir e respeitar TODOS os jovens e adultos Celebrar a diversidade Aumentar a conscientização a respeito de própria cultura dos participantes Ajudar no desenvolvimento de uma consciência intercultural

20 Princípios de aprendizado Há oportunidade de praticar O aprendizado é relevante Os participantes ficam envolvidos O clima é de apoio positivo Há descontração e divertimento A aprendizagem é centrada no aluno Os participantes têm experiências e habilidades reconhecidas e valorizadas São encorajados a auto-refletir Vivenciam o sucesso e tem a auto-estima elevada

21 EFEITO CASCATA Treinador Chefe Ministra o curso inicial para Tutores Locais e orienta o primeiro curso para Jovens Líderes Tutores Locais ministram os cursos para Jovens Líderes, sendo o primeiro sob a supervisão do Treinador Chefe Jovens Líderes entre 14 e 17 anos planejam e organizam festivais esportivos, culturais e educacionais e outros eventos através do clube de Lidernaça Juvenil (Sonhos×) em suas escolas e comunidades (Jovens em outras idades também podem participar!!) Tutores Locais ministram outros cursos para jovens líderes em suas escolas e comunidades

22 Metas curriculares Possibilitar que os alunos aprendam novas habilidades e as apliquem nas situa ç ões adequadas, e depois avaliar seu sucesso ……… Com isso, estimular os alunos a se tornarem independentes e respons á veis por seu pr ó prio aprendizado e realiza ç ões

23 Desenvolvimento de Habilidades Pessoais, de Aprendizagem e Racioc í nio Questionadores independentes Pensadores criativos Trabalham em equipe Participantes efetivos Alunos Reflexivos Autônomos

24 Reflexivos Complacentes Responsáveis Ricos em recursos Responsivos Os bons líderes são Recíprocos

25 O Aluno em Equipe colabora com os demais para chegar a objetivos comuns chega a consensos mediando as discussões para alcançar resultados adapta seu comportamento para melhor se adequar a diferentes funções e situações demonstra imparcialidade e consideração com o próximo assume a responsabilidade, demonstrando confiança em si mesmos e em suas contribuições oferece apoio construtivo e feedback aos demais.

26 Evolução no Desenvolvimento da Lideran ç a Atividades para solucionar problemas Atividades de construção em equipe Educação esportiva Líderes de Esportes, Dança, Cultura

27 Educa ç ão Esportiva Modelo curricular centrado no aluno Os alunos aprendem a planejar, organizar e liderar suas próprias atividades O professor tem a função de ser facilitador Alunos adotam as funções de orientador, líder, encarregado, administrador e gestor, como também de realizador.

28 Exercendo Fun ç ões Diferentes Executor / Jogador Treinador Administrador Chefe de Equipe Organizador de Evento Mentor de outras crianças Voluntário em sua escola e na comunidade

29 Resultados para os Estudantes Ganho de habilidades úteis que empregadores e instituições de ensino anseiam em ver Mais autoconfiança e autoestima Mais habilidades para estudar Capacidade de planejar, realizar e avaliar as aulas Oportunidade de ensinar uns aos outros e aos alunos mais jovens Organizar e realizar um evento

30 Benef í cios para os Jovens Autoestima e confiança Responsabilidade Habilidades de comunicação Habilidades organizacionais Melhoria do comportamento e assiduidade Qualificações Oportunidades de trabalho

31 Exemplos de Sucesso A influência da Educação Esportiva em toda a escola Alunos de risco passando a frequentar a escola Jovens Líderes em toda a escola Transição do ensino primário ao secundário Jovens Líderes no Ensino Primário Inscrições em universidades


Carregar ppt "British Council Luciana Brasil Gerente de Projetos, Brasilia Carla Costa Gerente de Projetos, Recife."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google