A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Revisão Java Básico Programação em Java Prof. Maurício Braga.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Revisão Java Básico Programação em Java Prof. Maurício Braga."— Transcrição da apresentação:

1 Revisão Java Básico Programação em Java Prof. Maurício Braga

2 2/55 Introdução Linguagem de programação desenvolvida pela Sun Microsystems, lançada em Originalmente desenvolvida para ser utilizada em pequenos dispositivos, está presente em diversas plataformas computacionais, desde celulares e palmtops a computadores; Devido as suas vantagens, é hoje largamente adotada pela indústria no desenvolvimento de software.

3 Plataformas Java Standard Edition (JSE) Enterprise Edition (JEE) Micro Edition (JME)

4 4/55 Java Standard Edition (JSE) Plataforma para desenvolvimento de programas que serão utilizados em computadores desktop; Entre as várias APIs disponíveis para auxiliar o desenvolvimento de aplicações, destacamos: Swing; Collections; RMI; JDBC; Java 2D e 3D.

5 5/55 Ambiente para desenvolvimento de aplicações Java; Aplicações são executadas pela máquina virtual Java (JVM). Java SDK

6 6/55 Vantagens do padrão Java Entre as vantagens da utilização do padrão Java, podemos destacar: Orientada a Objetos; Segura; Portável; Multi-thread; Neutralidade de Arquitetura.

7 7/55 Máquina Virtual Java (JVM) Executa bytecodes que são independentes da plataforma onde o programa será executado; Pode ser implementada em software ou hardware. Provê definições para: Conjunto de instruções; Conjunto de registradores; Pilha; Heap; Formato de arquivos.class.

8 8/55 O kit de desenvolvimento Java Contém pacotes com funções prontas para uso, tais como: Entrada e Saída; Interface Gráfica; Comunicação em Rede; Threads. Inclui as ferramentas: Compilador – javac; Appletviewer; Interpretador – java; Gerador de Documentos – javadoc; Gerador de arquivos jar.

9 Exemplo Simples de Um Programa em Java public class MeuPrograma { public static void main(String [ ] args) { System.out.println("Hello World!"); }

10 Criando um programa Java

11

12 12/55 Comentários Em Java é possível comentar código de três formas diferentes: // comentários de uma linha /* comentários de várias linhas */ /** comentários para documentação */

13 Tipos de dados em Java Java possui oito tipos primitivos de dados: Lógico: boolean Texto (1 caractere): char Inteiros: byte, short, int e long Reais: double e float Todos os tipos numéricos possuem sinal. String: representa uma cadeia de caracteres.

14 14/55 Identificadores São nomes dados às variáveis, classes ou métodos. Podem iniciar com uma letra Unicode, um cifrão ($) ou um underscore (_). Diferenciam entre maiúsculas e minúsculas. Exemplos: meuNome nome_usuario _valor // ilegal

15 Declaração de variáveis Sintaxe de uma variável em Java: [ = ]; Onde: = byte | short | int | long | char | float | double boolean Exemplos: int x; double calc = 45.76; String melhorTimeDePE = Náutico;

16 16/55 Operadores em Java Operadores aritméticos Consistem de: Adição (+); Subtração (-); Multiplicação (*); Divisão real entre dois números (/); Divisão inteira entre dois números inteiros (/); Resto da divisão inteira entre dois números inteiros (%).

17 Operadores Lógicos em Java Operadores Booleanos: ! - Não& - E | - Ou^ - Ou Exclusivo Operadores Booleanos com Curto-Circuito || - Ou && - E

18 18/55 Comando de entrada de dados Normalmente precisamos de dados de entrada para serem processados pelo programa. Desta forma, precisamos de um comando para solicitar e obter dados fornecidos pelo usuário. Quando um computador encontra um comando de entrada de dados, ele suspende a execução do programa até que os dados sejam fornecidos. A função Leia está disponível no site da disciplina, e deve ser adicionada ao código do programa. variável = Leia (variável);

19 19/55 Comando de saída de dados Da mesma forma que precisamos receber dados externos, precisamos fornecer dados e instruções para os usuários. Desta forma, precisamos de um comando para retornar dados e/ou mensagens em um dispositivo de saída. Ex: System.out.println(O saldo atual é + saldo); System.out.println(soma); System.out.println(var ou expressão ou mensagem);

20 20/55 O método main() A execução de uma aplicação Java se inicia através da função main(); A função main tem sempre a mesma declaração: public static void main(String[] args) Caso haja interesse em fazer uso do parâmetro args, o mesmo deve ser passado pela linha de comando como um conjunto de valores separados: c:\>java Aplicacao nome1 valor1 Uma String

21 21/55 Exemplo Implementar em Java o programa que calcula a média de aluno que possui 2 notas.

22 22/55 Programa média em Java public static void main(String[] args) { // Variáveis: nota1, nota2 e média do aluno double nota1 = 0, nota2 = 0, media = 0; System.out.println("Entre a primeira e a segunda nota do aluno:"); // entrada de dados nota1 = Leia(nota1); nota2 = Leia(nota2); // cálculo da média media = (nota1 + nota2)/2; System.out.println("A média é : "+media); }

23 23/55 Estruturas de seleção Para alterarmos o fluxo de execução de um programa escrito em Java, temos o comando if. Para situações onde temos vários caminhos de execução que dependem da avaliação de uma variável inteira, temos o comando switch.

24 24/55 Comando SE em Java if (condição) // onde condição pode ser uma expressão { Declarações ou blocos Declarações ou blocos} else // caso a condição anterior não seja satisfeita { Declarações ou blocos Declarações ou blocos}

25 25/55 Exemplo SE em Java public static void main(String[] args) { // declaração das variáveis // declaração das variáveis int x = 0, y = 0; int x = 0, y = 0; // leitura dos dados // leitura dos dados x = Leia(x); x = Leia(x); y = Leia(y); y = Leia(y); if (x >= y) { if (x >= y) { System.out.println(X é maior ou igual a Y.); System.out.println(X é maior ou igual a Y.); } else { else { System.out.println(X é menor que Y.); System.out.println(X é menor que Y.); }}

26 26/55 Exercício A prefeitura de Recife criou um programa de empréstimo para seus funcionários com desconto em folha. O valor da prestação não pode ultrapassar 30% do salário bruto do funcionário. Faça um programa que solicite o valor do salário bruto, o valor da prestação e informe se o empréstimo pode ou não ser concedido.

27 27/55 Exercício Faça um programa que solicite o valor do salário e calcule o IRRF a ser recolhido de acordo com a tabela abaixo: SalárioIRParcela a deduzir Até R$ 1372,00isento0 De R$ 1372,00 a 2743,0015%R$ 205 Acima de R$ 2743,0027,5%R$ 548

28 28/55 Exercício Uma companhia aérea define os preços de suas passagens a partir da informação do destino bem como do número de passagens (se é apenas ida ou se inclui também a volta). Faça um programa que solicite o destino bem como se o cliente deseja ida e volta e informe o preço de acordo com a tabela abaixo (PS: a empresa não trabalha nos trechos sul e sudeste): RegiãoIdaIda e volta NorteR$ 100R$ 180 NordesteR$ 205R$ 375 Centro-oesteR$ 548R$ 1007

29 29/55 Exercício Uma instituição bancária utiliza um dígito verificador para validar o número da conta (com 3 dígitos) de seus clientes. Faça um programa que solicite o número da conta e calcule o dígito verificador. Os passos para calcular o dígito verificador são: Ex: Número da conta = ) somar o número da conta com o seu inverso. Ex: = 767 2) Multiplicar cada digito do número obtido no passo anterior pela sua ordem posicional e somar esses resultados. O último digito do número obtido é o dígito verificador. Ex: 7 x x x 3 = 40 (dígito verificador 0). PS: Use o operador % e a divisão inteira para obter o dígito verificador.

30 30/55 Programa dígito em Java public static void main(String[] args) { int conta = 0, inverso = 0,digito = 0, d1 = 0, d2 = 0, d3 = 0, soma = 0; System.out.println("Digite o número da conta (3 dígitos apenas):"); conta = Leia(conta); d1 = conta / 100; d2 = (conta % 100) / 10; d3 = conta % 10; inverso = d3 * d2 * 10 + d1; soma = conta + inverso; d1 = (soma /100)*1; d2 = ((soma /10) % 10 )*2; d3 = (soma %10)*3; digito = (d1 + d2 + d3)% 10; System.out.println("digito verificador = "+ digito); }

31 31/55 Comando CASO O comando caso é útil em situações onde há necessidade de se testar uma mesma variável (ou expressão) que possa conter diversos valores Cada valor exige a execução de comandos diferentes. Uma expressão é comparada a diversos valores de acordo com a ordem definida. Ao encontrar uma ocorrência do valor correto, o comando relativo é executado e o algoritmo segue para o fim do CASO. Se nenhum dos valores for igual ao conteúdo da variável, poderá ser executado um outro comando através do complemento SENÃO.

32 32/55 Comando CASO em Java A sintaxe do switch é: switch (expressão) { case constante1: expressões; break; case constante2: expressões; break; default: expressões; }

33 33/55 Exemplo Caso em Java public static void main(String[] args) { // declaração de variáveis int numero =0; System.out.println(Digite um número:"); numero = Leia(numero); switch (numero) { case 0: System.out.println(Você digitou 0."); break; case 1: System.out.println(Você digitou 1."); break;

34 34/55 Exemplo Caso em Java case 2: System.out.println(Você digitou 2."); break; case 3: System.out.println(Você digitou 3."); break; default: System.out.println(Você digitou um valor maior do que 3 ou menor que 0."); break; }

35 35/55 Estruturas de repetição Diferente do ser humano, o computador não se cansa de realizar operações repetitivas. Diante disto, podemos incluir nos algoritmos as estruturas de repetição. O que é uma repetição? Também chamada a laço ou loop; É uma instrução que permite a execução de um trecho de algoritmo várias vezes seguidas. Nesta aula veremos: Repetição com teste no início (comando Enquanto); Repetição com teste no final (comando Repita); Repetição com variável de controle (comando Para).

36 36/55 Comando REPITA em Java O mais próximo do REPITA em java é a instrução do...while Teste realizado após a execução do corpo do loop. O corpo do loop sempre executa ao menos uma vez. Diferente do repita, o código continuará sendo executado enquanto a instrução for VERDADEIRA. do { instrução } while ( condição );

37 37/55 Exemplo comando do...while int contador = 1; //declara e inicializa o contador do { // Imprime e incrementa o contador System.out.println( Contador = +contador); contador = contador + 1; } while (contador <= 10); // testa a condição de parada

38 38/55 Comando Enquanto em Java Implementado com a instrução while instrução que efetua o teste antes da execução do corpo do loop. O corpo do loop pode nunca ser executado. while ( condição ) { instrução }

39 39/55 Exemplo comando While int contador; // declara a variável de controle contador = 1; // inicializa a variável de controle while (contador <= 10) { // condição de parada do loop // incrementa a variável de controle por 1 System.out.println( Contador = + contador); contador = contador +1; }

40 40/55 Comando Para em Java Instrução de repetição for foi criada para repetição utilizando variável contadora Especifica os detalhes da repetição controlada por uma variável contadora em uma única linha for ( int contador = 1; contador <= 10; contador++ ) { System.out.println( contador = + contador ); } Inicialização da variável Condição de paradaIncremento após iteração

41 41/55 Instrução de repetição for Formato geral for (inicialização; condiçãoDeParada; incremento) { instrução } Inicialização Nomeia a variável de controle e inicializa seu valor. Condição de parada Condição que determina se o loop deve parar. Incremento Modifica o valor do contador para que a condição de parada torne- se falsa ao final.

42 42/55 Exercício Faça um programa que leia 15 números e informe quantos números maiores do que 30 foram digitados.

43 43/55 Exercício Faça um programa que leia o número de termos de uma série (N) e imprima o valor de S, sendo:

44 44/55 Exercício Faça um programa que leia um número inteiro e verifique se ele é um número triangular. PS: Um número é triangular quando é o resultado do produto de 3 números consecutivos. Ex: 24 = 2 x 3 x 4.

45 45/55 Programa triangular em Java public static void main(String[] args) { int numero = 0, num = 1, produto = 0; System.out.println("Digite o número:"); numero = Leia(numero); produto = num*(num+1)*(num+2); while (produto < numero) { num = num+1; produto = num*(num+1)*(num+2); } if (produto==numero) System.out.println(numero + " é triangular: " + num + "*"+(num+1)+"*"+(num+2)+"= "+numero+"."); else System.out.println(numero + " não é triangular."); }

46 46/55 Vetores Até agora sempre utilizamos variáveis definidas a partir de tipos básicos de dados. Cada variável só é capaz de armazenar um dado por vez. Existem situações em que é necessário armazenar uma grande quantidade de dados na memória ao mesmo tempo. Esta quantidade torna inviável a criação de variáveis para cada um dos dados a ser armazenado. Para estes casos, poderemos criar variáveis a partir de tipos de dados estruturados. Um tipo de dado estruturado é aquele formado pela junção ou combinação de tipos básicos, definindo apenas uma variável que o represente.

47 47/55 Vetores Vetor (ou array) é uma estrutura de dados composta por uma quantidade determinada de elementos de um mesmo tipo. Como armazena sempre dados do mesmo tipo, diz- se que vetores são estruturas de dados homogêneas.

48 48/55 Vetores em Java Recebem o nome de Array. Para criar um array, 3 passos são necessários: Declaração; Construção; Inicialização.

49 49/55 Vetores em Java A construção é feita com o operador new. int vetor[ ] = new int[10]; Os índices em um array em Java começam em 0. Para inserirmos elementos, precisamos indicar a posição no array onde eles serão inseridos: vetor[0] = 52; vetor[1] = -28;

50 50/55 Vetores em Java Não se especifica o tamanho do array na declaração: int vetor[ ]; // declaração do array Isso deve ser feito apenas na construção: vetor = new int[10]; // construção do array

51 51/55 Vetores Observações É necessário validar acessos a índices inexistentes, evitando erros no sistema; Apenas variáveis inteiras podem ser utilizadas como índices de um vetor. Cada elemento do vetor deve ser tratado como uma variável independente Todas as operações que podem ser realizadas sobre variáveis de tipos básicos, podem ser aplicadas a posições de um vetor. Ex.: ler preco[10]; escrever preco[12];

52 52/55 Vetores em Java Não é possível acessar além dos limites em um array. Para sabermos o tamanho de um array, podemos usar a variável length: Ex: int v[ ] = new int[10]; for(int i = 0; i < v.length; i++) { System.out.println("array[" +i + "] = " +v[i]); }

53 53/55 Exercício Faça um programa que leia 10 nomes em um vetor e depois permita a consulta dos nomes armazenados a partir da posição do nome no vetor.

54 54/55 Exercício Faça um programa que leia 30 números inteiros em um vetor e depois imprima os números na ordem inversa a qual foram digitados.

55 Revisão Java Básico Programação em Java Prof. Maurício Braga


Carregar ppt "Revisão Java Básico Programação em Java Prof. Maurício Braga."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google