A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução à Computação Hardwares dos PCs e seu Funcionamento Cynara Carvalho Autarquia Educacional do Vale do São Francisco.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução à Computação Hardwares dos PCs e seu Funcionamento Cynara Carvalho Autarquia Educacional do Vale do São Francisco."— Transcrição da apresentação:

1 Introdução à Computação Hardwares dos PCs e seu Funcionamento Cynara Carvalho Autarquia Educacional do Vale do São Francisco – AEVSF Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina – FACAPE Curso de Ciências da Computação

2 PC ( Personal Computer) PC significa Personal Computer, ou Computador pessoal. Os computadores que hoje são chamados de PCs são derivados do IBM PC, criado no início dos anos 80.

3 Elementos básicos do computador

4 Processador Um microprocessador, ou simplesmente processador, é um circuito integrado (ou chip),que é considerado o "cérebro" do computador. O processador é o componente responsável por executar os programas. Quanto mais rápido é o processador, mais rápida será a execução dos programas. Exemplos: Pentium 4, Pentium III, Celeron, Core, K6-2, Athlon e Duron

5 Processador O centro de controle é denominado CPU – Unidade central de processamento. A CPU consiste em duas partes: Unidade de Controle – contém circuitos que usam sinais elétricos para coordenar o computador inteiro para realizar ou executar instruções armazenadas de um programa. Unidade lógica e aritmética – (arithmetic/logic unit – ALU) – contém circuitos eletrônicos que executam todas as operações lógicas e aritiméticas.

6 Processador A unidade de controle deve comunicar-se tanto com a unidade lógica e aritmética quanto com a memória. Registradores – são áreas de armazenamento temporário de alta velocidade que servem a propósitos especiais e destinam- se a instruções ou dados. Se localizam dentro da CPU. São coordenados pela unidade de controle de modo que aceitem, guardem e transfiram instruções ou dados e façam comparações aritméticas ou lógicas em alta velocidade.

7 Processador A combinação de tempo de Instrução ( i-time) e tempo de execução (e-time) denomina-se ciclo de máquina.

8 Processador RISC versus CISC CISC – Complex Instruction Set Computing Trabalha com instruções complexas, lento, código simplificado RISC – Reduced Instruction Set Computing Trabalha com instruções reduzidas, rápido, instruções complexas implementadas via código.

9 Memória Componentes da Memória Memória semicondutora RAM e ROM Memória Flash

10 Memória Semicondutora Usada pela maioria dos computadores modernos: – Confiável, barata e compacta. – Volátil: exige corrente elétrica contínua. Se a corrente for interrompida, os dados se perdem. – Semicondutor Complementar de Óxido de Metal – Complementary Metal Oxide Semiconductor (CMOS). Retém informação quando a energia é desligada. Usado para armazenar informações necessárias quando o computador é inicializado

11 Memória A memória é responsável pela armazenagem dos programas e dos dados. Também conhecida por armazenamento primário. RAM ( randon-acess memory – memória de acesso aleatório) - (memória de leitura e escrita): são chips de memória que podem ser lidos e gravados pela CPU a qualquer instante. A CPU usa a RAM para armazenar e executar programas vindos do disco, para ler e gravar os dados que estão sendo processados. Uma outra característica da RAM, é que se trata de uma memória VOLÁTIL. Isso significa que quando o computador é desligado, todos os seus dados são apagados.

12 Memória A RAM pode ser de dois tipos: SRAM – RAM estática – retém o conteúdo sem intervenção da CPU,contanto que a energia elétrica seja mantida.É mais rápida. DRAM – RAM DINÂMICA – deve ser constantemente recarregada pela CPU. Vantagens: tamanho e custo.É usada na maioria dos computadores pessoais.

13 RAM Dinâmica Usada para memória de computadores pessoais. – DRAM síncrona – Synchronous DRAM (SDRAM): o tipo mais rápido de DRAM usado atualmente. – Rambus DRAM (RDRAM): mais rápida do que a SDRAM, tornar-se-á mais comumente usada quando os preços se reduzirem.

14 Memória ROM (read-only memory – memória somente de leitura). São chips de memória que podem ser lidos pela CPU a qualquer instante, mas não podem ser gravados pela CPU. Sua gravação é feita apenas pelo fabricante do computador, ou pelo fabricante de memórias. Os dados armazenados nela já saem prontos de fábrica e são produzidas em larga escala na indústria. A característica importante de ROM é que trata-se de uma memória PERMANENTE. Seu conteúdo nunca é perdido, mesmo com o computador desligado. Quantidade de memória de um PC é medida em megabytes (MB). 1 MB equivale a cerca de 1 milhão de bytes. 1 byte, por sua vez, é a unidade de memória capaz de armazenar, por exemplo, uma letra. PCs modernos possuem 256 MB, 512 MB ou mais.

15 Memórias FLASH RAM não-volátil – Usada em telefones celulares, câmeras digitais e computadores manuais (handheld). – Os chips de memória flash assemelham- se aos cartões de crédito. – Menores do que uma unidade de disco e requerem menos energia.

16 Periféricos Periféricos - são os dispositivos responsáveis pelas entradas e saídas de dados do computador, ou seja, pelas interações entre o computador e o mundo externo. Exemplos de periféricos são o monitor, teclados, mouses, impressoras,etc.

17 Barramento O termo Barramento, originário de bus, um meio de transporte. Liga todos estes componentes e é uma via de comunicação de alto desempenho por onde circulam os dados tratados pelo computador.

18 Barramento Largura de barramento: – O número de percursos elétricos para transportar dados. – Medida em bits. Velocidade de barramento: – Medida em megahertz (MHz).

19 Representação de Dados Os computadores entendem duas coisas: ligado e desligado. Dados são representados na forma binária: – Sistema numérico binário (base 2). – Contém somente 2 dígitos: 0 e 1.

20 Byte Um grupo de 8 bits. – Cada byte tem 256 valores possíveis. Para texto, armazena um caractere: – Pode ser letra, dígito ou caractere especial. Dispositivos de memória e armazenamento são medidos em número de bytes.

21 Palavra O número de bits que a CPU processa como uma unidade. – Tipicamente, um número inteiro de bytes. – Quanto maior a palavra, mais potente é o computador. – Computadores pessoais tipicamente têm 32 ou 64 bits de extensão de palavras.

22 Capacidade de Armazenamento Kilobyte: 1024 (210) bytes. – Capacidade de memória dos computadores pessoais mais antigos. Megabyte: aproximadamente, um milhão (220) de bytes. – Memória de computadores pessoais (antigos). – Dispositivos de armazenamento portáteis (disquetes, CD-ROMs). Gigabyte: aproximadamente, um bilhão (230) de bytes. – Dispositivos de armazenamento (discos rígidos). – Memória de computadores pessoais, mainframes e servidores de rede. Terabyte: aproximadamente, um trilhão (240) de bytes. – Dispositivos de armazenamento (discos rígidos). Petabyte: aproximadamente, um quatrilhão (250) de bytes. – Dispositivos de armazenamento para sistemas muito grandes

23 Esquemas de Codificação Provêem uma maneira comum para representar um caractere de dados. – Necessários para os computadores poderem intercambiar dados. Esquemas comuns: – ASCII – 1byte = 8 bits( mais usado) – EBCDIC – 1 byte = 7bits ( IBM) – Unicode Usa 16 bits para representar um caractere valores possíveis. Exige duas vezes mais espaço para armazenar dados.

24 A Unidade de Sistema Abriga os componentes eletrônicos do sistema de computador: – Placa-mãe (motherboard) – Dispositivos de armazenamento

25 Placa-mãe (motherboard) Placa de circuitos plana que contém os circuitos do computador. – A unidade central de processamento (microprocessador) é o componente mais importante.


Carregar ppt "Introdução à Computação Hardwares dos PCs e seu Funcionamento Cynara Carvalho Autarquia Educacional do Vale do São Francisco."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google