A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O pensamento de Bernardinho Principais apontamentos do livro Transformando suor em ouro escrito em 2006 pelo técnico de voleibol Bernardinho (Bernardo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O pensamento de Bernardinho Principais apontamentos do livro Transformando suor em ouro escrito em 2006 pelo técnico de voleibol Bernardinho (Bernardo."— Transcrição da apresentação:

1

2 O pensamento de Bernardinho Principais apontamentos do livro Transformando suor em ouro escrito em 2006 pelo técnico de voleibol Bernardinho (Bernardo Rocha de Rezende)

3 A importância do trabalho Não faça nada que impeça uma pessoa de trabalhar. Retire todos os obstáculos em sua empresa ao trabalho. Crie um ambiente que estimule o trabalho.

4 A equação do sucesso 1.Trabalho + talento = sucesso. 2.A ordem dos fatores altera o produto neste caso. O trabalho vem em primeiríssimo lugar, muito antes do talento. 3.Talento, sem trabalho, é DESPERDÍCIO!!! 4.Não tolere desperdícios em nenhuma situação de sua vida.

5 A diferença entre vitória e sucesso FracassoSucesso Derrota Tristeza com peso na consciência Tristeza mas com a sensação do dever cumprido Vitória Alegria sem a sensação do dever cumprido Alegria plena, pois tem a sensação do merecimento Veja o slide seguinte para entender melhor a diferença entre vitória e sucesso e entre derrota e fracasso.

6 As diferenças… 1.Vitória é quando você ganha… 2.Sucesso é quando você ganha e sabe que mereceu a vitória pois preparou-se para ela mais do que todos os outros. 3.Derrota é quando você perde… 4.Fracasso é quando você perde sabendo que não se preparou adequadamente. Você sabe que podia ter feito mais.

7 Lapidar o médio… É melhor lapidar até a exaustão o talento médio (e determinado) do que tentar polir o diamante preguiçoso que não deseja polimento. Gênio é 1% de inspiração e 99% de transpiração (Thomas Edison).

8 A importância da solidariedade As vaidades e os melindres de uma equipe devem ser substituídas por um enorme senso de solidariedade. Extraia das pessoas o que de melhor houver nelas para tornar sólida sua empresa. Faça- os entender que o esforço coletivo leva à vitória (lucro) e que o talento individual desorientado tende ao fracasso.

9 Os talentos e os medianos Ensine aos talentos de sua empresa a importância dos medianos, aqueles que muitas vezes carregam o piano. Talentosos e medianos devem desenvolver um senso único de cooperação, solidariedade e esforço coletivo.

10 Assim no vôlei como na vida… Existe a necessidade de identificarmos talentos, mantê-los motivados, comprometermo-nos com seu desenvolvimento e, principalmente, criar um espírito de equipe que torne o desempenho do time muito superior à mera soma dos talentos individuais.

11 Bill Russel disse… Sucesso é o resultado da prática constante de fundamentos e ações vencedoras. Não há nada de milagroso no processo, nem sorte envolvida. Amadores aspiram, profissionais trabalham.

12 O esforço da preparação… A vitória não é mais importante do que a certeza de termos feito todo o esforço para conquistá-la.

13 Esteja sempre sintonizado… Não relaxe nunca, não perca jamais sua concentração. O que nossos adversários (cconcorrentes) estão preparando para nós?

14 Frase fantásticas para alguns jogadores… 1.Não me faça desistir de você! ( para Dante, que andava dispersivo e relaxado nos treinos). 2.Eu quero saber quais são os planos que você tem para mim? Giovane perguntou para Bernardinho. A resposta foi…e eu quero saber quais são os seus planos para você? 3.Você não pode levar o violão para a concentração. Perderemos o som de sua música, mas ganharemos um atleta mais competente e concentrado (resposta para Anderson – reserva em Atenas e tocador de violão).

15 A disciplina… Disciplina é a ponte que liga nossos sonhos às nossas realizações. Pat Tillman O amor por princípio e a ordem por base: o progresso por fim. pensamento positivista de Augusto Comte, influenciador da vida de Bernardinho.

16 Exigir mais de quem? Deve-se exigir mais de quem tem mais para dar. É fundamental conhecer as pessoas para motivá-las.

17 A superação… Alguém, mesmo sem ser excepcional, pode conseguir superar suas limitações com uma superdedicação ao trabalho, apoiada por hábitos saudáveis na empresa e na vida pessoal. O fundamental é verificar se nossos funcionários têm brilho no olhar em relação ao seu trabalho, à empresa e a si próprios. Você pode chamar brilho no olhar de raça, energia ou vibração com trabalho.

18 Os bons hábitos Alguns hábitos são incompatíveis com certas funções e outros com qualquer função. Sono adequado, alimentação saudável, ausência do fumo e preparo físico são fundamentais para qualquer trabalhador, em qualquer nível da empresa. Não são somente atletas que devem ter preparo físico. É condição higiênica um executivo estar bem preparado fisicamente.

19 O arrependimento e o merecimento Existem 3 sentimentos muito ruins e que fazem uma pessoa sofrer: o medo, a culpa que gera o arrependimento e o ódio. Existe um sentimento muito bom: o senso de merecimento. Trabalhei, fui honesto, ralei bastante e mereço a vitória. O senso de merecimento traz força interior impressionante para um embate.

20 A história do sábio chinês que presenteou o imperador com um livro… O livro tinha apenas duas páginas. Ao dá-lo, o sábio explicou: No momento mais triste de sua vida, senhor imperador, leia a primeira página e feche o livro. No momento mais feliz, leia a segunda. O presente terá atingido seu objetivo. Tempos depois, o azar abateu-se sobre o império. Uma peste matou parte da população, uma praga destruiu a lavoura, bárbaros invadiram as terras, saqueando o que sobrara. Desesperado, o imperador lembrou-se do livro. Na primeira página, somente uma frase curta: Isto vai passar. Incansável e laborioso, ele convocou seus conselheiros e pediu o apoio de seu povo para expulsar os invasores, debelar a peste e recuperar a lavoura. Mais tarde, sua única filha casou-se com o filho de um imperador vizinho e os dois países se uniram em um único e imenso império. Feliz da vida, o imperador lembrou-se novamente do livro e foi direto à segunda página, onde se lia apenas outra frase curta: Isto também vai passar. MORAL DA HISTÓRIA: NÃO DEVEMOS NOS EMBRIAGAR PELAS GRANDES ALEGRIAS NEM NOS DEIXAR ABATER PELAS GRANDES FRUSTRAÇÕES.

21 Mensagem para os trainees… Poucos têm consciência de que a fama e a fortuna são resultado do treinamento árduo a que terão de se entregar. A preparação, a entrega irrestrita ao aperfeiçoamento técnico e físico (quase sempre demandando sacrifícios), estes sim deveriam ser os primeiros pensamentos de todo jovem. Sem isto, os bens e todo o resto não passam de um sonho.

22 A superação… Supere as suas limitações pela disciplina.

23 A preparação Os guerreiros vitoriosos vencem antes de ir à guerra, ao passo que os derrotados vão à guerra e só então procuram a vitória.

24 Na avaliação de desempenho… Avalie: 1.Empenho. 2.Ritmo. 3.Técnica. 4.Reações emocionais. 5.Fundamentos. 6.Capacidade de realização.

25 Algo muito irritante… Não aceito desperdício de talento, o que até hoje é uma das coisas que mais me irritam. Não aceito menos do que 100 % de dedicação.

26 Por que geração de prata e não de ouro??? Fomos a geração de prata porque nos embriagamos com o sucesso. Passamos do limite da autoconfiança para o da autosuficiência. Enquanto assistíamos à fita do jogo dos americanos na semifinal contra os canadenses, tínhamos tanta certeza de que os venceríamos na final que um cochilava e outro rabiscava qualquer coisa em um caderno. Perdemos!!!

27 Quando alcançamos uma vitória… Temos que perceber que, tão logo finda um confronto, já começa, imediatamente, a preparação para o outro.

28 O perigo do ego… Não deixe seu ego acompanhar sua ascensão profissional.

29 Suor… Quanto mais você sua nos treinamentos, menos você sangra no campo de batalha. Para se conquistar alguma coisa é preciso trabalhar e suar muito, com uma dedicação que não raro exige sacrifícios, e tentar esticar a corda até o limite que cada um imagina ser o seu.

30 O preparo… Abomino a falta de preparo. Quem não se qualificar para o que pretende ser, quem não conhecer a fundo o que faz, tem tudo para colher mais adiante o revés e a decepção.

31 Acreditar… Quanto mais as pessoas acreditam em uma coisa, quanto mais se dedicam a ela, mais podem influenciar no seu acontecimento.

32 Como montar uma equipe… Os 3 pontos fundamentais para a montagem de uma equipe: 1.Condicionamento (técnicas) 2.Fundamentos (conceitos) 3.Unidade (atitudes).

33 O líder Se você é um líder realmente duro e exigente, seu próprio sacrifício serve como fonte de motivação, pois demonstrará que a equipe não está sozinha.

34 A importância da concentração Muita agitação e muito glamour ao redor dos campeões começa a desviar o seu foco. Começa a enfraquecer a concentração. A missão de um líder é fazer com que sua equipe atinja seus objetivos. E eliminar tudo o que possa desviar a atenção da equipe em relação à meta.

35 Quando você não sabe algo que deveria saber no seu trabalho Estude e pratique o que você não sabe de forma obstinada, tantas horas e tantas vezes até você aprender.

36 Quando a gente falha… Grandes não são os que não caem, e sim os que se levantam. Buscar causas, analisar equívocos, tudo para evitar que as falhas se repitam. O questionamento constante é uma grande fonte de crescimento. O crescimento, por sua vez, é uma fonte de satisfação. Quando você der uma bronca, acompanhe esta bronca de alguma informação.

37 Quando a gente perde… Perder me deixa entristecido. Mas só me deixa frustrado e inconformado quando tenho a convicção de não termos feito o melhor.

38 Recado aos talentosos… Não importa o tamanho de seu talento se você é incapaz de fazer parte de um grupo, de uma comunidade, e se dá mais importância ao eu do que ao nós.

39 A motivação Esta é uma porta que se abre de dentro para fora. É um processo que começa na seleção das pessoas que vão formar uma equipe. A motivação se baseia em dois pilares: a necessidade e a paixão. É impossível motivar algumas pessoas.

40 Para se automotivar Um menino pobre teve sua bicicleta roubada por um vagabundo após trabalhar muito para comprá-la. Anos mais tarde, ele tornou-se boxeador e declarou que sempre que subia no ringue e olhava para o adversário, imaginava que ele (o adversário) era o ladrão que roubou sua bicicleta. O nome do menino? Cassius Clay, mais tarde Muhammad Ali. Imaginem o que devem ter roubado do Mike Tyson para ele ter tentado arrancar a dentadas a orelha do Evander Holyfield!!!

41 O inaceitável Como diz Michael Jordan, a única atitude inaceitável é NÃO TENTAR.

42 Aos campeões, o desconforto Sou viciado em treinamento. Nunca relaxo. Quando ganho um título, dou como prêmio para meus jogadores mais treinamento. Os treinos começam mais cedo. Quero sabem quem quer continuar sendo campeão e está disposto a continuar a fazer sacrifícios.

43 Treinamento extremo Somente suadouros sem fim em treinamentos sem fim podem garantir alta probabilidade de vitória. É importante criar dificuldades para os que têm talentos. As facilidades os limitam.

44 Senso de propriedade É importante desenvolver o senso de propriedade. Toda a equipe deve sentir- se proprietária da meta.

45 Desistir… Não desista nunca de seus objetivos. Vá em frente, apesar dos obstáculos. Este é um dos princípios mais caros da liderança.

46 O trabalho… Tenho que fazer tudo o que meu potencial físico e mental me permita. Eu trabalhei tanto e tão bem quanto pude. E ninguém pode fazer mais do que isto. Charles Darwin.

47 Vencer… Vencer não é tudo, mas dar tudo pela vitória é a única coisa que importa. A vontade de vencer, ou melhor, a vontade de se preparar para vencer é o complemento indispensável ao talento. A vontade de se preparar tem que ser maior do que a vontade de vencer.

48 O sucesso… Sucesso é o estado de espírito resultante da consciência que você tem de haver se empenhado para ser o melhor que é capaz de ser.

49 O treinador O treinador deve ser mais líder do que amigo. A popularidade não deve ser o foco de um treinador. O foco de um treinador deve sempre estar no bem coletivo.

50 Ego e vaidade… São dois inimigos terríveis da formação de uma equipe. Precisamos estar sempre monitorando- os.

51 A boa sorte Quando você treina em demasia, você cria condições propícias para a boa sorte.

52 As zonas de desconforto O combate à acomodação deve ser contínuo em uma equipe. O gestor sempre deve estar pensando em como criar desconforto para sua equipe.

53 Emburrados Às vezes, os atletas ficavam emburrados porque havia muito treinamento. Mas, quanto mais emburrados, mais treinamento é necessário. Até desemburrar de vez.

54 Senso de urgência E senso de merecimento são decisivos para a vitória. Os profissionais de recursos humanos deveriam encarar o processo de treinamento como algo contínuo, sem tréguas.

55 As causas do fracasso Não sei, ou não tenho certeza, se a falta de talento, de capacidade técnica, leva necessariamente ao fracasso. Mas sei que a ausência de paixão e de comprometimento, esta sim, é fatal.

56 As pessoas certas Uma equipe nem sempre é formada pelos melhores, mais capazes, mas sim pelos colaboradores certos.

57 A excelência, segundo Aristóteles… Nós somos aquilo que fazemos repetidas vezes, sistematicamente. A excelência portanto não é um feito, mas um hábito.

58 Para manter-se em primeiro… A única forma de se manter à frente em qualquer área é dedicar-se ao processo de preparação com pelo menos o mesmo entusiasmo do segundo colocado. Esxqueça rapidamente as vitórias e concentre-se no próximo jogo.

59 A idéia perigosa Tenho medo da falsa e perigosa idéia de que, se você vence jogando mal, será invencível jogando bem.

60 Vencer e dar tudo pela vitória! Vencer não depende somente de nós. Mas dar tudo pela vitória só depende de nós.

61 Talento x resultados Quanto um talento em sua equipe realmente contribui com os resultados? Esteja constantemente avaliando isto. Não bastam os talentos. Tem que haver capacidade de realização.

62 Para avaliar pessoas… Não utilize fatores subjetivos. Utilize números tanto quanto puder.

63 Potencial x realizações 1.Talento médio + determinação alta = bom profissional. 2.Talento alto + determinação alta = superprofissional 3.Talento alto + determinaçào baixa = frustração

64 Intenção do líder É importante que a equipe não duvide das intenções do líder.

65 O inconformismo Um verdadeiro líder sempre deve estar inconformado, não relaxar nunca, estar sempre preocupado.

66 Nada menos que o máximo Provocar, desafiar, instigar, buscar nada menos do que o máximo – essa é a obrigação de todo o gestor.

67 Só contrate… …gente que se sinta confortável no desconforto da preparação extrema e na busca incessante de desafios.

68 Ditado chinês – a prosperidade Se você deseja um ano de prosperidade, cultive grãos. Se você deseja 10 anos de prosperidade, cultive árvores. Mas se você quer 100 anos de prosperidade, cultive gente!!!

69 MUBARACK CONSULTORIA EMPRESARIAL Site: (51) Escritório central : (51) (51) Celulares : (51) (51) (51) (51) Fax : (51)


Carregar ppt "O pensamento de Bernardinho Principais apontamentos do livro Transformando suor em ouro escrito em 2006 pelo técnico de voleibol Bernardinho (Bernardo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google