A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Alienista Machado de Assis. 1. Resenha Simão Bacamarte foi um grande médico, que decidiu seguir o ramo da psiquiatria; inicia um estudo sobre a loucura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Alienista Machado de Assis. 1. Resenha Simão Bacamarte foi um grande médico, que decidiu seguir o ramo da psiquiatria; inicia um estudo sobre a loucura."— Transcrição da apresentação:

1 O Alienista Machado de Assis

2 1. Resenha Simão Bacamarte foi um grande médico, que decidiu seguir o ramo da psiquiatria; inicia um estudo sobre a loucura e seus graus, classificando-as, escolheu Itaguaí para poder continuar seguindo sua vida, preferindo essa cidade que conta com grande conceito europeu. Casa-se com D. Evarista da Costa, uma senhora de vinte e cinco anos, viúva de um juiz, o qual percebe-se que não é bonita nem simpática.

3 Bem recebido pela população, monta na cidade, uma espécie de hospício, onde concebe o nome de Casa Verde, por alusão à cor das janelas, que pela primeira vez apareciam verdes; lá pretende executar seus projetos científicos, analisando cientificamente o homem; porém a população não gosta, quando ele decidi por aprisionar as pessoas loucas. Pretende separar o reino da loucura do reino do perfeito juízo.

4 No desenrolar do conto, percebe- se que Bacamarte era apenas mais um egoísta, valorizando-se mais e desprezando os outros. Se acha o único reto e sadio, dessa forma ele próprio se internou, onde morreu 17 meses depois.

5

6 Tema Diferença entre loucura e sensatez.

7 Aspectos que chamaram a atenção. Não podemos julgar as pessoas pela aparência ou seus atos. O egoísmo diante de Bacamarte. Não se achar o melhor de todos, pois há pessoas que possuem talentos melhores que si próprio.

8

9 2. Características da obra Pessimismo. Acha que é o centro do universo. Tem sobre tudo a presença do humor e ironia. Análise psicológica e a crítica social. Montando um micro-realismo, Machado de Assis torna-o cego para questões sociais, se achando o melhor de todos. Entende-se que a literatura machadiana demonstra com expressão os problemas psicossociais.

10

11 3. Hábitos sociais do séc. XIX Classe social: Burguesia Hábitos burgueses: Festas – Costumavam ir ao teatro. Outra coisa importante nessa época é que liam muitos livros. Profissões em evidência da época: Médicos, advogados e escritores.

12 4. Análise das personagens Dr. Simão Bacamarte - é o protagonista da história. Representa a caricatura do cientificista do século. Acabou se tornando vítima de suas próprias idéias, recolhendo-se à Casa Verde por se considerar o único cérebro bem organizado de Itaguaí. D. Evarista - Embora não fosse "bonita nem simpática", o doutor a escolheu para esposa porque ela "reuni condições fisiológicas e anatômicas de primeira ordem", estando apta para dar-lhes filhos robustos, são e inteligentes". Chegou a ser recolhida à Casa Verde, certa vez, por manifestar algum desequilíbrio mental.

13 Porfírio, o barbeiro - Posto que representa a caricatura política. Representa bem a ambição de poder, quando lidera a rebelião que depôs o governo legal. Foi preso na Casa Verde duas vezes; primeiro, por Ter liderado a rebelião; segundo, porque se negou a participar de uma Segunda revolução. Crispim Soares - era o boticário. Muito amigo do Dr. Bacamarte e grande admirador de sua obra humanitária. Também passou pela Casa Verde, pois não soube "ser prudente em tempos de revolução", aderindo à causa do barbeiro.

14

15 5. Há ironia? A ironia de Machado de Assis é notória nesse conto, quando mostra a hipocrisia do ser humano que só pensa em seu próprio prestígio.

16 6. Narrador Tipo: Narrador onisciente. Foco Narrativo: O narrador está em conformidade com os princípios da literatura realista; isto é, trata-se de um narrador-onisciente, preocupado com a objetividade Importância do Narrador: A intenção do narrador é a análise do comportamento humano: vai além das aparências e procura atingir os motivos essenciais da conduta humana, descobrindo, no homem, o egoísmo e a vaidade.

17 7. Justificativa da escolha do título O Alienista, se dá ao fato de Dr. Simão Bacamarte ser um médico, que ao desenrolar do conto, resolve se especializar na área da psiquiatria. Alienista = Médico especializado em alienação mental ou loucura; De forma mais geral, o equivalente do que hoje conhecemos por psiquiatra.

18

19 Grupo Maurício Nº 22 Pedro Nº 24 Richard Nº 28 Túlio A Nº 33 Túlio P Nº34 Literatura – Profª. Alessandra 1ª Série EM II 2011


Carregar ppt "O Alienista Machado de Assis. 1. Resenha Simão Bacamarte foi um grande médico, que decidiu seguir o ramo da psiquiatria; inicia um estudo sobre a loucura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google