A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RELIGIÃO À LUZ DO ESPIRITISMO TOMO IV: Espiritismo, o Consolador Prometido Módulo 4: A Humanidade Regenerada Roteiro 8: Os bons espíritas Objetivos: Citar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RELIGIÃO À LUZ DO ESPIRITISMO TOMO IV: Espiritismo, o Consolador Prometido Módulo 4: A Humanidade Regenerada Roteiro 8: Os bons espíritas Objetivos: Citar."— Transcrição da apresentação:

1 RELIGIÃO À LUZ DO ESPIRITISMO TOMO IV: Espiritismo, o Consolador Prometido Módulo 4: A Humanidade Regenerada Roteiro 8: Os bons espíritas Objetivos: Citar as principais características dos bons espíritas. Explicar como se reconhece o verdadeiro Espírita. Brasília, 25 de abril de 2009

2 ANTECEDENTES Amor e Evolução – Roteiro 6 BONS ESPÍRITOS Predominância sobre a matéria Desejo do bem Uns têm a Ciência Outros a Sabedoria e a Bondade Mais adiantados – reunem Saber às Qualidades Morais ESPÍRITOS PUROS Classe Única – nenhuma influência da materia Superioridade Intelectual e Moral Absoluta

3 O HOMEM DE BEM – Roteiro 7 Pratica a lei de Deus Portador de Fé Verdadeira Caridoso Humanitário Virtuoso Conhece a Transitoriedade dos Bens Materiais

4 Os Bons Espíritas – Roteiro 8 Nenhum servo pode servir a dois senhores, porque ou há de aborrecer a um e amar ao outro ou se há de chegar a um e desprezar ao outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. Jesus (Lucas, 16:13) O Reino do Cristo ainda não é da terra Não se pode satisfazer a Jesus e ao mundo ao mesmo tempo - O vício e o dever não se alinham a marcha diária

5 Os Bons Espíritas Para ser espírita é necessário fugir do mundo? NÃO - Transformar a parte de serviço confiada ao nosso esforço nos círculos da luta, em célula de trabalho do Cristo - Compreender o carater transitório da existência carnal - Consagrar – se ao Mestre como centro da vida

6 Os Bons Espíritas Nem todas as pessoas que participam de uma casa espírita (por vários motivos) são efetivamente espíritas - Espiritualistas – oposta ao materialismo Todas as religiões estão baseadas no espiritualismo - Espiritismo – Crê nos espíritos e nas suas manifestações Todo o espírita é necessariamente espiritualista sem que todos os espiritualistas sejam espíritas

7 Os Bons Espíritas Se alguém deseja ser Espírita - Tornar – se espiritualista - Adepto ao estudo Espírita AS CATEGORIAS DOS ADEPTOS DO ESPIRITISMO Segundo Kardec A - INCERTOS - Pessoas que buscam apoio nas casas espíritas, não tem certeza, ou não confia, nas orientações do Espiritismo

8 Os Bons Espíritas A - INCERTOS Características - Espiritualistas por princípio - Vaga intuição das idéias espíritas - uma aspiração de qualquer coisa que não podem definir - Traço de luz: a claridade que dissipa o nevoeiro - Por isso mesmo o acolhem pressurosos, porque ele os livra das angústias e da incerteza

9 Os Bons Espíritas B - Espíritas sem o saberem - Não ouviram falar da Doutrina Espírita - Possuem o sentimento inato dos grandes princípios que dela decorrem e esse sentimento se reflete em algumas passagens de seus escritos e de seus discursos - Iniciados - Escritores profanos e sagrados, nos poetas, oradores, moralistas e filósofos, antigos e modernos

10 Os Bons Espíritas Mesmo os que estudam as obras (básicas) há também diferentes categorias (Allan Kardec) Espíritas experimentadores - crêem pura e simplesmente nas manifestações Espíritas imperfeitos - Compreendem a parte filosófica - Admiram a moral mas não a praticam - Em nada alteram seus hábitos (avarento continua a sê-lo, o orgulhoso se conserva cheio de si, o invejoso e o ocioso sempre hostis) - Consideram a caridade cristã apenas uma bela máxima

11 Os Bons Espíritas Mesmo os que estudam as obras (básicas), há também diferentes categorias, (Allan Kardec) Espíritas cristãos - Praticam a moral espírita e aceitam todas as conseqüências - A existência terrena é uma prova passageira Aproveitam para avançar pela senda do progresso (hierarquia do mundo dos Espíritos) - Esforço por fazer o bem e coibir seus maus pendores - As relações sempre oferecem segurança, porque não praticam o mal A caridade é a regra que obedecem

12 Os Bons Espíritas Mesmo os que estudam as obras (básicas), há também diferentes categorias (Allan Kardec) Espíritas exaltados - Em tudo, o exagero é prejudicial - O entusiasmo deslumbra. Esta espécie de adeptos é mais nociva do que útil à causa do Espiritismo - São os menos aptos para convencer - Graças à sua boa-fé são iludidos por Espíritos mistificadores, como por homens que procuram explorar-lhes a credulidade

13 Os Bons Espíritas Os bons espíritas estão incluidos na terceira categoria Verdadeiros Espíritas ou dos Espíritas Cristãos

14 Os Bons Espíritas PERGUNTA – SITE O ESPIRITISMO, COMO VOCÊ CONCEITUA OU ENTENDE O TERMO BONS ESPÍRITAS se esforça pelo seu melhoramento moral, que poe em pratica os conhecimentos da doutrina e trabalha pela sua divulgação. busca compreender quais são os reais postulados espíritas - não confundindo-os com outros - e esforça-se para aplicá-los a si próprio

15 Os Bons Espíritas PERGUNTA – SITE O ESPIRITISMO, COMO VOCÊ CONCEITUA OU ENTENDE O TERMO BONS ESPÍRITAS SE ESFORÇA PARA CUMPRIR A LEI DE JUSTIÇA, AMOR E CARIDADE OS QUE EXEMPLIFICAM OS ENSINAMENTOS ESPÍRITAS ESTUDO E RACIONALIDADE - TÃO PRESADAS PELA DOUTRINA, EM PROL DE SUA REFORMA ÍNTIMA

16 Os Bons Espíritas PERGUNTA – SITE O ESPIRITISMO, COMO VOCÊ CONCEITUA OU ENTENDE O TERMO BONS ESPÍRITAS "[...] aquele que podemos,com razão, qualificar de verdadeiro e sincero espírita, encontra-se num grau superior de adiantamento moral. O Espírito já domina mais completamente a matéria e lhe dá uma percepção mais clara do futuro; os princípios da doutrina fazem vibrar-lhe as fibras, que nos outros permanecem mudas; numa palavra: foi tocado no coração, e por isso a sua FÉ é inabalável. [...] Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que faz para dominar suas más inclinações." (E.S.E. Cap.17) – DUAS RESPOSTAS

17 Os Bons Espíritas PERGUNTA – SITE O ESPIRITISMO, COMO VOCÊ CONCEITUA OU ENTENDE O TERMO BONS ESPÍRITAS possui conhecimentos sobre a doutrina e pratica os ensinamentos no seu dia-a-dia caminham a luz do Evangelho. Não alcançaram a perfeição, porém esforçam-se no sentido de promover o amor, a concórdia e o conhecimento É aquele que ama a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ele mesmo

18 Os Bons Espíritas PERGUNTA – SITE O ESPIRITISMO, COMO VOCÊ CONCEITUA OU ENTENDE O TERMO BONS ESPÍRITAS ESFORÇA POR SE TORNAR MELHOR; CORRE ATRÁS DE SEU APRENDIZADO; AMA INCONDICIONALMENTE QUALQUER PESSOA QUE ESTIVER EM SEU CAMINHO; A DISPOSIÇÃO PARA ESTENDER A MÃO AO PRÓXIMO SEGUE A RISCA OS PRECEITOS DEIXADOS PELOS ESPIRITOS ATRAVÉS DO MESTRE LIONÊS; SEMPRE ABERTO AO PERDÃO PRATICAM O ENSINAMENTO E NÃO DESISTEM DIANTE DE NENHUM OBSTÁCULO, NENHUMA DIFICULDADE, NENHUMA DOR

19 Os Bons Espíritas 1.CARACTERÍSTICAS DOS BONS ESPÍRITAS - Não são simples seguidores ou adeptos da Doutrina Espírita - Se esforçam em ser bons cristãos É o que ensina a Parábola dos Talentos (Mateus, 25: 14-30) e a do Semeador (Mateus, 13: 3-9) (Leitura do livro Parábolas Evangélicas – pag. 53 e 9)

20 Os Bons Espíritas O bom espírita é, sobretudo, cristão 1.Admite os ensinos do Cristo 2. O Espiritismo é o restaurador do Cristianismo responsáveis pelos ensinamentos que o nosso Divino Mestre legou à Humanidade 3. Solicitam ajuda - É assim que, atormentados por dificuldades e crises de toda espécie rogam: Senhor, eu creio! Ajuda a minha incredulidade 4. Em todas as circunstâncias, eleger, no Senhor Jesus, o Mestre invariável de cada dia

21 Os Bons Espíritas O bom espírita está atento à sua melhoria espiritual 1. [...] Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que emprega para domar suas inclinações más. 2. Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento; instruí- vos, este o segundo 3. Estuda, aceita e pratica com fidelidade os alutares princípios doutrinários, buscando a renovação do espírito humano

22 Os Bons Espíritas O bom espírita sabe exemplificar a sua crença 1 - Se acha no grau superior de adiantamento moral 2 - Domina de modo mais completo a matéria 3 - Dá-lhe uma percepção mais clara do futuro Os princípios da Doutrina lhe fazem vibrar as fibras que nos outros se conservam inertes 4 - É tocado no coração, pelo que inabalável se lhe torna a fé – FÉ INABALÁVEL

23 Os Bons Espíritas O bom espírita esforça-se para ser virtuoso, praticando a caridade 1.Usa a virtude no mais alto grau - bom, caritativo, laborioso, sóbrio, modesto, são qualidades do homem virtuoso - Afastai de vossos corações o orgulho, vaidade, amor- próprio 2. Pratica a caridade absoluta - desde o menor até o maior - Nenhuma caridade teria a praticar o homem que vivesse insulado. - Unicamente no contacto com os seus semelhantes, nas lutas mais árduas é que ele encontra ensejo de praticá-la 3. Deus é amor, e aqueles que amam santamente ele os abençoa

24 CONCLUSÕES PALAVRAS CHAVES NAS RESPOSTAS DOS ENTREVISTADOS – RECONHECENDO BONS ESPÍRITAS - ESFORÇO - CONHECIMENTO – ESTUDO – INSTRUÇÃO - TRABALHA PELA DIVULGAÇÃO DO CRISTIANISMO - APLICA A SI - LEI DE JUSTIÇA E AMOR - EXEMPLOS - CARIDADE - REFORMA INTIMA - PERDÃO - FÉ

25 CONCLUSÕES LITERATURA ESPÍRITA - RECONHECENDO BONS ESPÍRITAS ESFORÇO, CONHECIMENTO, ESTUDO, INSTRUÇÃO PARÁBOLAS DO TALENTO RECURSOS QUE RECEBEMOS DA PROVIDÊNCIA PARA SEREM EMPREGADOS EM BENEFÍCIO PRÓPRIO E NOS SEMELHANTES NA EXISTÊNCIA TERRENA PARÁBOLA DOSEMEADOR ACEITAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS E A MANEIRA DE PROCEDER APÓS TÊ – LA OUVIDO

26 CONCLUSÕES LITERATURA ESPÍRITA - RECONHECENDO BONS ESPÍRITAS PEDE AJUDA ELEGE JESUS COMO MESTRE TRANSFORMAÇÃO MORAL RENOVAÇÃO DO ESPÍRITO HUMANO PERCEPÇÃO MAIS CLARA DO FUTURO PERDÃO FÉ CARIDADE DEUS – LEI DA JUSTIÇA E DO AMOR

27 CONCLUSÕES ESTAMOS NO CAMINHO…………………….


Carregar ppt "RELIGIÃO À LUZ DO ESPIRITISMO TOMO IV: Espiritismo, o Consolador Prometido Módulo 4: A Humanidade Regenerada Roteiro 8: Os bons espíritas Objetivos: Citar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google