A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 A ALCA e as MPEs Paulistas SONDAGEM DE OPINIÃO Novembro/2002.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 A ALCA e as MPEs Paulistas SONDAGEM DE OPINIÃO Novembro/2002."— Transcrição da apresentação:

1 1 A ALCA e as MPEs Paulistas SONDAGEM DE OPINIÃO Novembro/2002

2 2 Introdução Objetivo desta Sondagem: -Identificar a opinião, o grau de conhecimento e as expectativas das MPEs paulistas sobre a formação da Área de Livre Comércio das Américas (ALCA). ALCA: -Área de Livre Comércio das Américas: proposta de formação de bloco comercial que visa reduzir tarifas de importações, entre 34 países das três Américas, e facilitar a movimentação de capitais para investimentos entre os países componentes do bloco.

3 3 Introdução Método de pesquisa: -Entrevistas: -pessoais e/ou por telefone -com sócios-proprietários e/ou gerentes Amostra planejada: 600 MPEs -150 MPEs Indústria -150 MPEs Comércio -150 MPEs Serviços -150 MPEs Agropecuária Período de entrevistas: -De 14 a 27 de setembro de 2002

4 4 Número de MPEs no Estado de São Paulo MPEs do Estado: 1,3 milhão de MPEs Universo Representado neste trabalho: 531 mil MPEs com 1 empregado ou mais

5 5 Distribuição das MPEs no Estado de São Paulo 43% 12% 14% 31% Não comercializáveis internacionalmente Fonte: Onde estão as MPEs paulistas, SEBRAE-SP, 2000.

6 6 Características das MPEs entrevistadas Base: 587 entrevistados

7 7 Grau de informação das MPEs sobre a ALCA Base: 587 entrevistados

8 8 Com a ALCA, haverá maior facilidade para importar produtos dos países das três Américas. Em sua opinião, isso...? Base: 587 entrevistados

9 9 Com a ALCA, haverá maior facilidade para exportar produtos/serviços brasileiros para os países das três Américas. Em sua opinião, isso...? Base: 587 entrevistados

10 10 O(A) Sr.(a) acredita que grandes empresas de outros países das 3 Américas possam vir a se instalar no Brasil e concorrer no mercado onde sua empresa já atua? Base: 587 entrevistados

11 11 Se grandes empresas estrangeiras vierem se instalar no Brasil e passarem a concorrer no mercado onde sua empresa atua, na sua opinião isso... Base: 587 entrevistados

12 12 A maior facilidade para importar produtos vindos de países das três Américas poderá afetar sua empresa de que forma ? Base: 211 entrevistados (*) transferência de atividades para o exterior, redução de preços finais com insumos mais baratos e questões diversas associadas à maior concorrência e acesso facilitado a importados.

13 13 A sua empresa já realizou alguma ação para se adequar à ALCA? Base: 587 entrevistados

14 14 Se não realizou nenhuma ação para se adequar à ALCA, qual o motivo? Base: 570 entrevistados (*) falta de tempo/oportunidade, a implantação da ALCA está incerta, prefere aguardar a implantação da ALCA, etc.

15 15 Com a formação da ALCA, o(a) Sr.(a) acredita que o crescimento da economia brasileira... Base: 587 entrevistados

16 16 Com a formação da ALCA, o(a) Sr.(a) acredita que o desemprego no Brasil... Base: 587 entrevistados

17 17 Após a implantação da ALCA, sua empresa pretende...? Base: 587 entrevistados

18 18 O Sr.(a) é a favor da formação da ALCA? Base: 587 entrevistados

19 19 Atividades/empresas que aparecem com maior incidência na amostra... Mais otimistas c/ALCAMais Pessimistas c/ALCA Pecuária de corte Café Flores Frutas Artefatos de couro Indústria de alimentos Arquitetura e engenharia Advocacia Restaurantes Imobiliárias Indústria de confecções Fundidos Produtos de metal Sorvetes Máquinas Artefatos de plásticos Artefatos de madeira Móveis de madeira Farmácias Minimercados Ganhos c/ Com. Ext.Perdas c/ Com. Ext. Ganhos c/ Novos Clientes Perdas c/ Novos Concorrentes

20 20 Riscos e Oportunidades das MPEs com a ALCA RiscosOportunidades Indústria Concorrência c/ importações Concorrência c/ novas multinacionais Clientes atuais podem ser prejudicados Ampliação das exportações Vendas p/ empresas exportadoras Acesso a importados mais baratos Comércio Concorrência c/ novas multinacionais Acesso a bens mais variados Acesso a importados mais baratos Serviços Acesso a bens mais variados Acesso a importados mais baratos Novos Clientes Agropecuári a Concorrência c/ importações Concorrência c/ novas multinacionais Clientes atuais podem ser prejudicados Ampliação das exportações Vendas p/ empresas exportadoras Acesso a importados mais baratos

21 21 Principais Conclusões A maioria das MPEs se considera pouco informada sobre a ALCA e não têm opinião definida, se é contra ou a favor. Até agora, a quase totalidade das MPEs não realizou nenhuma ação para adequar-se à formação da ALCA. Em parte, por falta de informações sobre este processo. Não há uma visão homogênea sobre a repercussão da ALCA sobre a taxa de crescimento da economia brasileira. Entre as MPEs que já têm opinião formada, a maioria acredita que a formação da ALCA tende a aumentar o desemprego. A ALCA exigirá/estimulará um maior grau de internacionalização da economia brasileira. Parcela expressiva das MPEs, em especial do comércio e serviços, acredita que uma maior facilidade para importar e/ou exportar da economia não alterará de forma significativa o seu negócio.

22 22 Principais Conclusões As MPEs de Serviços tendem a enfrentar menos riscos e a se beneficiar mais com os aspectos positivos da ALCA (acesso a maior variedade de bens importados, acesso a produtos mais baratos e possibilidade de novos clientes). As MPEs do Comércio também podem se beneficiar do acesso a bens mais variados e mais baratos, mas poderão enfrentar maior concorrência de empresas multinacionais. As MPEs da Indústria e da Agropecuária tendem a enfrentar uma concorrência mais forte dos importados e dos grandes grupos estrangeiros. No entanto, como muitas dessas empresas produzem bens comercializáveis internacionalmente, as negociações no âmbito da ALCA podem permitir a abertura de novos mercados para esses produtos no exterior. Com a formação da ALCA, as estratégias que tendem a ser mais adotadas pelas MPES tendem a ser: passar a fornecer para outras empresas exportadoras (de 21% para 30% das MPEs) e/ou passar a exportar regularmente (de 2% para 9% das MPEs). Embora a maioria das MPEs não tenha definido se é contra ou a favor à ALCA, entre os que já têm uma opinião formada, é maior a proporção dos que são contrários à formação da ALCA.

23 23 ANEXO 1 - Dados por Setor Gráfico da página 6

24 24 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 7

25 25 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 8

26 26 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 9

27 27 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 10

28 28 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 11

29 29 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 12

30 30 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 13

31 31 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 14

32 32 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 15

33 33 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 16

34 34 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 17

35 35 Dados por Setor (continuação) Gráfico da página 18

36 36


Carregar ppt "1 A ALCA e as MPEs Paulistas SONDAGEM DE OPINIÃO Novembro/2002."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google