A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Microbiologia do ar: diversidade, disseminação e controle.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Microbiologia do ar: diversidade, disseminação e controle."— Transcrição da apresentação:

1 Microbiologia do ar: diversidade, disseminação e controle

2 Introdução Partículas carregadas pelo ar - principal causa de problemas respiratórios: –alergias –asma –doenças infecciosas do trato respiratório –esporos de fungos: agentes de doenças de plantas (principal meio de disseminação de esporos fúngicos)

3 Espirro: - milhões de gotículas de água e muco expelidas a cerca de 100 m.s -1 - tamanho inicial de m de diâmetro (0,001 – 0,01 cm) - reduzindo-se a 1-4 m após secagem (0,0001 – 0,0004 cm) - contendo partículas virais ou bactérias - principal meio de transmissão de várias doenças (Fonte: Department of Medical Microbiology, Edinburgh University)

4 Origem dos microrganismos do ar solo: poeira

5 Origem dos microrganismos do ar

6 água (aerossóis a partir da superfície de): –oceanos –lagos –baías

7 Origem dos microrganismos do ar irrigação com efluentes de esgoto

8 Origem dos microrganismos do ar colheitas

9 Origem dos microrganismos do ar abatedouros/curtumes

10 Origem dos microrganismos do ar lixões

11 Origem dos microrganismos do ar local de acúmulo de cadáveres

12 Aeromicrobiologia Como os microrganismos vão parar no ar efetivamente? Exemplo dos esporos de fungos Passiva (Basidiomicetos) Balística (Pylobolus) Via impacto (fungos copo e ninho de pássaro) Ferrugens (passivas com o vento)

13 Fatores que afetam a microbiota do ar umidade temperatura radiação densidade populacional tempo

14 principais tipos: –esporos de fungos p. ex. Cladosporium, Aspergillus, Penicillium –bactérias esporulantes –vírus Tipos de microrganismos no ar

15 Doenças transmitidas pelo ar Doenças de plantas ventos na superfície dos órgãos atacados (parte aérea) ou na superfície do solo (patógenos de raízes) »ferrugem do café

16 Doenças do homem e dos animais –inalação de poeira ou gotículas contendo propágulos, provenientes de: –pessoas infectadas (diretamente) –outras fontes infectadas: roupas, cama, solo –aerossóis »infecções respiratórias: secreções nasais, garganta

17 O sistema respiratório dos seres humanos e as regiões onde os microrganismos patogênicos selecionados geralmente iniciam as infecções (Madigan et al., 2004: Microbiologia de Brock) bronquite meningite faringite coqueluche

18 Mortes mundiais causadas por doenças infecciosas (2010).

19 Importantes doenças transmitidas de pessoa a pessoa pela inalação de partículas aéreas Doenças viraisDoenças bacterianas Catapora (Varicela)Coqueluche (Bordetella pertussis) Gripe (Influenza)Meningite (Neisseria spp.) Resfriado comumDifteria (Corynebacterium diphtheriae) Sarampo (Rubeola)Pneumonia (Mycoplasma peneumoniae, Rubeola (Rubella)Streptococcus spp.) Caxumba Tuberculose/Lepra (Mycobacterium Varíola tuberculosis, M. leprae) Amigdalites (Streptococcus pyogenes) Impetigo (Staphylococcus aureus)

20 (Madigan et al., 2004: Microbiologia de Brock)

21

22 Aeromicrobiologia Importantes patógenos do ar em plantas Doenças de plantas Doenças de plantasPatógeno Doenças Fungicas Infecção da floraçãoSclerotinia laxa Ferrugem do cedro e da macieiraGymnosporangium spp. Ferrugem da coroa dos cereaisPuccinia coronata Ferrugem da folhaPuccinia recondita Ferrugem do milhoPuccinia sorghi Ferrugem do trigoPuccinia graminis Fuligem do trigoUstilago tritici MíldioPseudoperonospora humuli Míldio do centeioErysiphe graminis Murcha da folha do milhoHelminthosporium maydis Sigatoka negra da bananeiraMycosphaerella musicola

23 Aeromicrobiologia Importantes patógenos do ar em animais Doenças animais Doenças animaisPatógeno Doenças Bacterianas BruceloseBrucella spp. SalmoneloseSalmonella spp. TuberculoseMycobacterium bovis Doenças Fungicas AspergiloseAspergillus spp. CoccidiomicoseCoccidioides immitis Doenças Virais AftosaAphthovirus Bronquite infecciosaInfluenza, outros Cólera caninaPestivirus EncefalomieliteAlphavirus Herpes caninaHerpesviridae InfluenzaVírus da influenza

24 Aeromicrobiologia Importantes patógenos do ar em humanos Doenças humanas Doenças humanasPatógeno Doenças Bacterianas Antrax pulmonarBacillus anthracis Bronquite, sinusiteHaemophilus influenza BruceloseBrucella melitensis DifteriaCorynebacterium diphteriae Febre tifóideSalmonella typhi Infecção respiratória de StaphylococcusStaphylococcus aureus Infecção respiratória de StreptococcusStreptococcus pyogenes LegioneloseLegionella spp. MeningiteNeisseria meningitidis PneumoniaChlamydia psittaci PneumoniaKlebsiella pneumoniae Pneumonia primária atípicaMycoplasma pneumoniae Praga pneumônicaYersinia pestis TuberculoseMycobacterium tuberculosis

25 Aeromicrobiologia Importantes patógenos do ar em humanos Doenças humanas Doenças humanasPatógeno Doenças Fungicas AspergiloseAspergillus fumigatus BlastomicoseBlastomyces dermatiridi CandidiaseCandida albicans CoccidiomicoseCoccidioides immitis CritpococcoseCryptococcus neoformans HistoplasmoseHistoplasma capsulatum NocardioseNocardia asteriodes SporotricoseSporotrichum schenckii

26 Aeromicrobiologia Importantes patógenos do ar em humanos Doenças humanas Doenças humanasPatógeno Doenças Virais CaxumbaVírus da caxumba DengueFlavivirus Febre amarelaFlavivirus Febre hemorrágicaBunyavirus Gripe comumRhinovirus Hantavirus (síndrome pulmonar)Hantavirus HepatiteVírus da hepatite Influenza myxovirusVírus da influenza PoliomielitePoliovirus SarampoMorbillivirus VaricelaVírus da varicela VaríolaPoxvirus da varíola

27 Métodos de avaliação da microbiotado ar Sedimentação: placa aberta Impacto: Amostrador de Andersen Filtração: diferentes filtros

28 Sedimentação

29 Impacto Amostrador de Andersen

30

31

32 Figuras P-R. Placas removidas de um amostrador de ar Andersen e incubadas a 37 ºC. P: placa do fundo do aparelho. As colônias são do actinomiceto termofílico (Faenia rectivirgula ou Thermoactinomyces vulgaris) que causa a "doença do pulmão do fazendeiro". Q e R: placas da região intermediária do aparelho, com espécies de Aspergillus e Penicillium que se desenvolveram a partir de esporos de cerca de 3-5 µm de diâmetro.

33 Controle das populações microbianas do ar filtração: filtros HEPA (high efficiency particulate air) radiação desinfetantes/esterilizantes

34

35

36 Controle das populações microbianas do ar filtração: filtros HEPA radiação desinfetantes/esterilizantes

37

38 Controle das populações microbianas do ar filtração: filtros HEPA radiação desinfetantes/esterilizantes

39 Óxido de etileno - Registrado em 1948 nos EUA como um pesticida antimicrobiano - Utilizado para esterilizar material hospitalar, tratar temperos processados e locais de manuseio e preparo de alimentos. - Usado diretamente no estado gasoso, pode agir como desinfetante, fumigante, esterilizante e inseticida - Em 2001, foi usado para esterilizar prédios nos EUA contaminados com esporos de Bacillus anthracis, agente do antrax Anthium dioxide

40 RE 09 da ANVISA (BRASIL, 2003). Depende o ambiente Depende da finalidade do ambiente BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Resolução – RE no 9, de 16 de janeiro de Determina a publicação de Orientação Técnica elaborada por Grupo Técnico Assessor, sobre Padrões Referenciais de Qualidade do Ar Interior, em ambientes climatizados artificialmente de uso público e coletivo


Carregar ppt "Microbiologia do ar: diversidade, disseminação e controle."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google