A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ev. Sérgio Lenz Fones (48) 8856-0625 ou 8855-0110 MSN: Igreja Evangélica Assembléia de Deus São.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ev. Sérgio Lenz Fones (48) 8856-0625 ou 8855-0110 MSN: Igreja Evangélica Assembléia de Deus São."— Transcrição da apresentação:

1 Ev. Sérgio Lenz Fones (48) ou MSN: Igreja Evangélica Assembléia de Deus São José - SC Lição 2 – 08/01/2012

2 Vendo, pois, o seu senhor que o SENHOR estava com ele e que tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava em sua mão (Gn 39:3). VERDADE PRÁTICA A prosperidade no Antigo Testamento está diretamente relacionada à obediência à Palavra de Deus e à dedicação ao trabalho.

3 LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Deuteronômio 8: Guarda-te, que não te esqueças do Senhor teu Deus, deixando de observar os seus mandamentos, os seus preceitos e os seus estatutos, que eu hoje te ordeno; 12 para não suceder que, depois de teres comido e estares farto, depois de teres edificado boas casas e estares morando nelas, 13 depois de se multiplicarem as tuas manadas e es teus rebanhos, a tua prata e o teu ouro, sim, depois de se multiplicar tudo quanto tens, 14 se exalte e teu coração e te esqueças do Senhor teu Deus, que te tirou da terra o Egito, da casa da servidão; 15 que te conduziu por aquele grande e terrível deserto de serpentes abrasadoras e de escorpiões, e de terra árida em que não havia água, e onde te fez sair água da rocha pederneira; 16 que no deserto te alimentou com o maná, que teus pais não conheciam; a fim de te humilhar e te provar, para nos teus últimos dias te fazer bem; 17 e digas no teu coração: A minha força, e a fortaleza da minha mão me adquiriram estas riquezas. 18 Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque ele é o que te dá força para adquirires riquezas; a fim de confirmar o seu pacto, que jurou a teus pais, como hoje se vê.

4 I N T R O D U Ç Ã O A prosperidade no antigo pacto não está associada apenas ao acúmulo de posses e bens materiais, ou ainda a saúde perfeita, mas, sobretudo, a um íntimo relacionamento com Deus. Esta lição procurará mostrar como as escrituras veterotestamentárias definem alguém que alcançou a verdadeira prosperidade.

5 1.1 – Prosperidade e solidariedade:

6 1.2 – Prosperidade e espiritualidade: Nas culturas antigas (especialmente na Ásia) a gordura está associada a prosperidade. Assim: pastos gordos, animais gordos, pessoas gordas = alta espiritualidade dos proprietários. A Bíblia é a resposta veraz contra tal pensamento simplista, quando nos ensina que a espiritualidade está aliada, antes de tudo a: Conhecimento (Pv 3:13; 20:15). Integridade (Sl 7:8; 78:72). Justiça (Sl 15:2; Pv 8:18; 14:34). Entendimento (Pv 15:32; 19:8). Humildade e paz (Pv 15:33; 18:12; 12:20)

7 1.3 – Prosperidade e bem estar físico: Em uma cultura em que os recursos da medicina eram escassos, a chave da prosperidade estava atrelada a saúde. É aí que o SENHOR se apresenta como o Deus que sara...

8 1. Quais são as duas idéias equivocadas sobre a pobreza e a riqueza no contexto do Antigo Testamento? 2. Como devemos compreender a prosperidade no Antigo Pacto?

9 2.1 – O trabalho como propósito divino: Negligenciar o trabalho e buscar a prosperidade em fontes alternativas, tem sido a tendência do homem moderno. Ex.: loterias – agiotagem – trafico de ilícitos – sonegação de impostos – etc.

10 2.2 – A benção de Deus como favor divino: Reconhecer o SENHOR como a fonte de toda prosperidade (lícita) é a melhor forma de proteger- se da ganância e tornar o trabalho prazeroso...

11 3. Explique a relação existente entre a prosperidade e o trabalho no Antigo Pacto: 4. De acordo com a lição, defina graça comum:

12 3.1 – A retribuição: Fazer por merecer... Na Bíblia vemos vários exemplos disso: Abraão. Israel (em momentos). Davi. Vários reis. Prova de que a obediência ainda é o melhor caminho…

13 3.2 – Soberania divina: Há 4 fatos a serem levados em consideração: 1.Deus DEU aos homens a mordomia sobre a vida. 2.Tudo que plantamos, colhemos… 3.O sol (e as tempestades) vem para todos (bons e maus). 4.Segundo o Sl 73, justos e injustos prosperam. A diferença entre justos e injustos, então, encontra-se no fim de todas as coisas – no acerto final de contas.

14 5. Quais os dois princípios bíblicos no Antigo Testamento?

15 A prosperidade no AT é resultado da bênção do SENHOR sobre os empreendimentos do seu povo. Tal prosperidade não se fundamenta em méritos pessoais, mas é uma resposta à obediência que se constrói como resultado de um relacionamento correto com Deus. A prosperidade, portanto, não é meramente circunstancial, nem tampouco pode ser entendida apenas como uma lei de causa e efeito, mas deve levar em conta os atos soberanos do SENHOR.

16 Nossa Jornada não pode parar!


Carregar ppt "Ev. Sérgio Lenz Fones (48) 8856-0625 ou 8855-0110 MSN: Igreja Evangélica Assembléia de Deus São."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google