A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4 as séries do Ensino Fundamental I - 2005. DEDICATÓRIA Pois bem... Chegando ao término de mais um ano letivo, pensamos como é maravilhoso fazer o que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4 as séries do Ensino Fundamental I - 2005. DEDICATÓRIA Pois bem... Chegando ao término de mais um ano letivo, pensamos como é maravilhoso fazer o que."— Transcrição da apresentação:

1 4 as séries do Ensino Fundamental I

2 DEDICATÓRIA Pois bem... Chegando ao término de mais um ano letivo, pensamos como é maravilhoso fazer o que gostamos. Durante nossa caminhada sempre encontramos obstáculos, ora difíceis, ora fáceis, nos deparamos diante deles e somos obrigados a enfrentá-los frente a frente. Convivendo, praticamente, a maior parte dos nossos dias com crianças não podemos deixar de dizer que cada minuto de convivência é um aprendizado a mais em nossas vidas. Criança lembra VIDA e VIDA é tudo o que precisamos para continuar preenchendo nossa agenda de compromissos diários. Os poemas, abaixo, foram feitos com muito carinho após abordarmos as várias formas de VIVER das diferentes CRIANÇAS de vários lugares do mundo. Esperamos que gostem das palavras que foram, uma a uma, escritas para alertar, conscientizar e até mesmo humanizar cada leitor. Que a CRIANÇA que existe em você nunca deixe de sonhar e ter esperanças!

3 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança Criança tem que amar E também tem que respeitar Criança tem que ir à escola Ter brincadeira e estudar! Criança tem carinho, Amor e amizade Criança é uma Flor a cultivar. ANANDA

4 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 As crianças devem estudar E não trabalhar. Devem ter uma vida, Como qualquer outra criança. Todo mundo foi criança. Tenho esperança, Que um dia Todos as crianças Vão ter uma família e vão estudar Mas as pessoas Se esquecem que já foram Uma criança Que já teve esperança! Direitos da Criança ADELITA

5 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 SER CRIANÇA Se esta escola, Fosse minha, eu brincava, de boneca. eu comia, chocolate,sobremesas,sobremesas,deliciosas. Brenda Yvis

6 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança Criança tem que aproveitar enquanto é criança Para sorrir, estudar e ser feliz Elas têm direito a moradia Porque senão onde elas vão dormir noite e dia? Criança gosta de brincar, mas também de amar A única coisa que a criança precisa é ser feliz! E para isso, basta sorrir. GABRIEL

7 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança é sinal de vida Toda criança, tem muita esperança. A criança faz companhia, e traz muita alegria. A criança tem o direito de estudar e brincar, mas não devem trabalhar. Para a criança ser alguém na vida, a primeira coisa importante é ter uma família reunida. GEOVANA

8 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Ser criança Criança é vida e esperança Criança lembra brincadeira e vive a vida inteira. Quando a gente cresce lembra do passado e nunca se esquece Criança tem bastante amor E às vezes também rancor Criança é feliz todo dia E que a gente nunca esquece que Já foi criança um dia A gente nunca esquece Que toda criança é alegre E todos nós temos que lembrar Que criança tem que estudar e não trabalhar ISABELLA

9 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Ser criança Ser criança é ter esperança é isso que as mães falam para as crianças porque a cada dia, há mais alegria. Ser criança é uma beleza elas amam a natureza porque a flor brota com amor. Se pensa que sou criança criança sei que sou mas nunca se esqueça da criança que te amou Menina brinca de boneca menino brinca de bola e com jeito tudo rola e assim nada extrapola ISABELLE CHRISTAL

10 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Infância Criança é carinhosa Criança é dengosa Criança tem o coração puro que Deus lhe deu Aproveite a sua infância Pois ela acaba um dia Se você quiser, seu espírito será de criança para sempre. Mas seu físico e mente não, eles mudarão, mesmo que você não queira. Então, não se esqueça, ser criança é a melhor parte da vida. Bom, esse poema também acaba, pois tudo tem um fim até a vida, então eu digo tchau! Fui! JOÃO PAULO

11 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Ser Criança Criança é criança Na alegria e na tristeza Na saúde e na doença Podemos ser criança Quando pequeno e quando grande Isso não tem idade Ser criança é muito bom Quero ser criança sempre LARISSA

12 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança é feliz A criança tem esperança Para viver e brincar Bagunçar e aproveitar Arrumar alegria e hora para tudo Ir à escola e estudar Divertir e ser feliz LEONARDO SILVA

13 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Infância Criança é carinho, Mas nasce dengosa Criança é alegria É como harmonia Aproveite a infância Porque ela vai acabar E um dia você vai se lembrar Ser criança tem vantagem Mas também tem vontade De ser um adulto Mas acredite adulto É uma pura desvantagem Mas um dia você vai ser Aquele chato que vai crescer, Pais acredite Não se importa com o sentimento triste EDUARDO

14 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança na vida Ser criança é legal Ser criança é maneiro Ser criança é radical Ser criança o ano inteiro. A criança pode bagunçar E depois tem que arrumar Os brinquedos não quebrar Senão bronca vai levar. Logo ela vai crescer Responsabilidade vai ter Adulta vai se tornar E um emprego vai arrumar. MAURICIO JUNIOR

15 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 CRIANÇAS TRABALHAM As crianças não devem trabalhar, elas devem Estudar. Tem crianças catando latinas Papelão Isso e bom pra combater a poluição. Coitadinha dessa crianças Elas faltam da escola isso não é bom Trabalhar cortando cana, Segurando um facão É para homem grandão Não é para crianças não Se o homem tivesse Deus no coração as crianças não precisaria trabalhar Teriam comida na mesa e boa educação NYCKOLAS

16 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança é assim!!! O dia pra criança é sempre lindo, com sua expressão feliz, com sua face rindo Com sua cara de sapeca e jeito de espertinho faz uma arte, uma meleca faz tudo direitinho Quando não está com o dedo no nariz, parece um anjo cantando feliz Criança, tem lado bom e lado ruim Preste bem atenção em mim, tenho certeza que é assim: O bebê, Quebra sua T.V. a criança, seu DVD Sei que estão gostando da história, Mas agora, Vou me embora! PEDRO

17 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança As crianças são bons meninos Eles têm amor e muito carinho As crianças às vezes mentem com alguém Só que depois se entendem Eles têm imaginação E compreensão, Os seus colegas São seus melhores amigos. RAFAEL

18 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Aproveite enquanto é criança Criança ou crianção De Deus é uma criação Tratar com amor Se não vai sentir dor É bom ser criança Só que não vai ter liderança Porque vai ser liderado Por um adulto danado Ter doces é alegria Não ter é agonia Ser criança é brincar Ser adulto é se responsabilizar É bom aproveitar Porque o tempo vai acabar E ser adulto É pagar tributos. RENAN

19 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Ser criança Eu sou uma criança Com amor, felicidade e esperança Criança gosta de brincadeira Faz tanta farra que pula na cadeira Criança vai à escola No recreio se der, jogamos bola Menino gosta E menina namora Mas criança não dura para sempre Mudamos e viramos adultos Então temos que aproveitar Brincando e tentando relaxar. Luiz Henrique.

20 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança A escola da vizinhança Levou as crianças A um parque de diversão Lá eles comeram: Cachorro-quente, algodão-doce e Um sorvetão Se divertiram a valer E até ganharam um pirulitão Obedeceram os professores Por isso, puderam comer Tudo com muito prazer Com a promessa que voltarão No parque de diversão. SANDY

21 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Jeitinho de criança Criança adora brincar, Com o seu jeitinho de amar Criança não me engana, Elas têm cada idéia bacana. Criança gosta de chocolate Quem não gosta também... Pois tem gente que não, Mas eu gosto de montão. Todo mundo gosta de ser criança, Por isso aproveite a sua infância Porque quando você crescer vai se lembrar Ser criança de arrasar, Mas pena que não poderá voltar Ser criança é tudo de bom, Mas esse poema vai acabar Então aproveite enquanto pode Porque um dia o seu instinto criança, morre Victor Cerezini de Freitas

22 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Ser criança Ser criança é legal Ser criança é radical. Ser criança é bagunçar E depois arrumar tudo Logo vai crescer E vai virar um adulto Vai arrumar um emprego. Ser adulto É pagar contas Que nunca vão terminar. Mauricio Filho

23 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança Sempre fazendo extravagância Criança legal comendo mingau Brincar gostando de amar Bicicleta Sempre chegando a sua meta Estudar Sempre a pensar Quando jogam um jogo Eles sempre ficam loucos Criança aventureira Renato

24 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança feliz Brinquedo me lembra criança e também esperança De carrinho os meninos vão brincar Boneca as meninas vão comprar E o bebê Ainda não sabe o que é DVD Mas no coração Há toda emoção Quando vemos uma criança Temos mais confiança Por isso a criança é importante Então, vamos ser confiantes LEONARDO BAIO

25 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Essa casa, esse CD e essa fruta Se essa casa Fosse minha Eu mandava Ela virar o Banespinha Se esse CD Fosse meu Eu mandava Para o Zaqueu Se essa fruta Fosse minha Eu a comia Inteirinha. Vitinho

26 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 SER CRIANÇA Ser criança é muito Bom, ainda bem que Deus deu o dom. Ser criança é vaidade As crianças lutam Pela paz na Humanidade Ser criança, isso é legal! Nunca mais quero crescer. BRUNA

27 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE D E.F.I/2005 Criança esperança Criança tem muita esperança Sem falar na segurança Criança não deve trabalhar Criança deve estudar Criança é uma herança Como é bom ser criança! Os adultos têm lembranças De quando foram crianças. JEAN


Carregar ppt "4 as séries do Ensino Fundamental I - 2005. DEDICATÓRIA Pois bem... Chegando ao término de mais um ano letivo, pensamos como é maravilhoso fazer o que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google