A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Ana Claudia Barana Leda Battestin Quast Disciplina – Física Maio/2009 ENGENHARIA DE ALIMENTOS ENGEMÉDIO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Ana Claudia Barana Leda Battestin Quast Disciplina – Física Maio/2009 ENGENHARIA DE ALIMENTOS ENGEMÉDIO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA."— Transcrição da apresentação:

1 1 Ana Claudia Barana Leda Battestin Quast Disciplina – Física Maio/2009 ENGENHARIA DE ALIMENTOS ENGEMÉDIO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA

2 2 Mecânica Dinâmica Conceitos de Física que serão abordados: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA

3 3 Tópicos da Apresentação 1 – Cinemática 2 – Forças de atrito 3 - Forças do movimento circular 4 – Gravitação universal 5 – Energia e conservação da quantidade de movimento

4 4 Aplicações da Física na Engenharia de Alimentos O que é um tratamento de efluentes? Caixa de areia – dimensionamento Caixa de areia – dimensionamento Decantadores - dimensionamento Decantadores - dimensionamento

5 5 Tratamento de efluentes Conceitos da física envolvidos: - Velocidade uniforme - Velocidade terminal ou de sedimentação da areia

6 6 Tratamento de efluentes Velocidade uniforme (v 1 ) v 1 = Q/A = (0,2m 3 /s)/0,5m 2 = 0,4m/s Q A

7 7 Tratamento de efluentes Por definição: v 1 = L/t Para encontrar o L, preciso determinar o tempo O tempo vai ser determinado pelo conceito de velocidade terminal ou de sedimentação da partícula, v 2 v 2 = H/t L Na literatura: v 2 = 0,02m/s v 2 = H/t, Assim: v 1.H = v 2.L Obtendo-se a relação L=20.H Q A

8 8 Decantação – velocidade de sedimentação Z0Z0 ZfZf f Onde: Q A vazão de alimentação; u velocidade de sedimentação.

9 9 Clarificação de vinhos, cerveja e sucos.

10 10 Separação sólido-gás: Ciclones Separação de pós usando o conceito de velocidade terminal - Ar + produto em pó

11 11 Separação de sólido-líquido ou líquido-líquido : Centrífugas Separação de componentes por meio de força centrífuga A força centrífuga é uma força inercial que atua radialmente e perpendicularmente a partir do centro de rotação determinado pela partícula no sistema girante, que empurra o corpo para fora da curva.

12 12 Separação sólido-líquido/ líquido-líquido : centrífugas

13 13 Centrífuga – extração do mel

14 14 Bombas Bombeamento Bombeamento

15 15 Bombas Bomba Centrífuga Bomba Centrífuga

16 16 Dimensionamento de bombas – conservação da energia e quantidade de movimento

17 17 Bombas Ação da Gravidade Ação da Gravidade

18 18 Ensaios em embalagens - Ensaios mecânicos - Resistência à compressão - Resistência ao colapso - Resistência ao empilhamento - Resistência ao impacto por queda livre

19 19 Atrito e embalagens Atrito estático Atrito dinâmico

20 20 Ensaios mecânicos

21 21 OBRIGADA


Carregar ppt "1 Ana Claudia Barana Leda Battestin Quast Disciplina – Física Maio/2009 ENGENHARIA DE ALIMENTOS ENGEMÉDIO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google