A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LINHAS DE MICROFITA. OBJETIVO APRESENTAR UMA TECNOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO EM CIRCUITO IMPRESSO DENOMINADA LINHA DE MICROFITA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LINHAS DE MICROFITA. OBJETIVO APRESENTAR UMA TECNOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO EM CIRCUITO IMPRESSO DENOMINADA LINHA DE MICROFITA."— Transcrição da apresentação:

1 LINHAS DE MICROFITA

2 OBJETIVO APRESENTAR UMA TECNOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO EM CIRCUITO IMPRESSO DENOMINADA LINHA DE MICROFITA E AS SUAS VANTAGENS. APRESENTAR UMA TECNOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO EM CIRCUITO IMPRESSO DENOMINADA LINHA DE MICROFITA E AS SUAS VANTAGENS.

3 ROTEIRO APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO FORMULAÇÃO FORMULAÇÃO APLICAÇÃO APLICAÇÃO

4 APRESENTAÇÃO Constituída por uma fita condutora (cobre) de largura W colocada na superfície de um material dielétrico de espessura h que se encontra sobre um plano Terra. Constituída por uma fita condutora (cobre) de largura W colocada na superfície de um material dielétrico de espessura h que se encontra sobre um plano Terra.

5 APRESENTAÇÃO Pelo método das imagens, podemos observar que a microstrip se comporta como uma linha de transmissão cuja a distância entre os condutores é igual a 2H. Pelo método das imagens, podemos observar que a microstrip se comporta como uma linha de transmissão cuja a distância entre os condutores é igual a 2H.

6 APRESENTAÇÃO A rigor, o modo de propagação no interior da linha de microfita é híbrido (TE-TM) pois as velocidades de propagação nos dois meios é distinta. Porém, considerando-se o substrato fino, podemos considerar modos quase TEM. A rigor, o modo de propagação no interior da linha de microfita é híbrido (TE-TM) pois as velocidades de propagação nos dois meios é distinta. Porém, considerando-se o substrato fino, podemos considerar modos quase TEM.

7 APRESENTAÇÃO Assim, soluções estáticas (modos TEM) podem ser derivadas com boa aproximação inserindo-se uma permissividade elétrica efetiva que leve em conta que os campos encontram-se parte no ar e parte no dielétrico Assim, soluções estáticas (modos TEM) podem ser derivadas com boa aproximação inserindo-se uma permissividade elétrica efetiva que leve em conta que os campos encontram-se parte no ar e parte no dielétrico

8 FORMULAÇÃO As equações seguintes foram obtidas através de aproximações empíricas para as soluções das equações de Maxwell na microfita. Estas equações permitem projetar linhas de transmissão planares para a sua utilização em circuitos de microondas. As equações seguintes foram obtidas através de aproximações empíricas para as soluções das equações de Maxwell na microfita. Estas equações permitem projetar linhas de transmissão planares para a sua utilização em circuitos de microondas.

9 FORMULAÇÃO A velocidade de fase e a constante de propagação são escritas em função da permissivade elétrica efetiva A velocidade de fase e a constante de propagação são escritas em função da permissivade elétrica efetiva

10 FORMULAÇÃO A permissividade elétrica efetiva é calculada em função da permissivade elétrica relativa do dielétrico e da geometria da microfita. A permissividade elétrica efetiva é calculada em função da permissivade elétrica relativa do dielétrico e da geometria da microfita.

11 FORMULAÇÃO Em seguida, é possível calcularmos a impedância característica Z 0 da linha de transmissão planar em função da permissivade elétrica relativa e da geometria. Em seguida, é possível calcularmos a impedância característica Z 0 da linha de transmissão planar em função da permissivade elétrica relativa e da geometria.

12 FORMULAÇÃO Se quisermos construir uma microfita que possua uma dada impedância características, podemos obter a relação W/d através das seguintes equações: Se quisermos construir uma microfita que possua uma dada impedância características, podemos obter a relação W/d através das seguintes equações: A e B são dadas por: A e B são dadas por:

13 FORMULAÇÃO Finalmente, os coeficientes de atenuação devido ao dielétrico e ao condutor são dados por: Finalmente, os coeficientes de atenuação devido ao dielétrico e ao condutor são dados por:

14 APLICAÇÕES

15 APLICAÇÕES As microfitas têm ampla aplicação em antenas, linhas de transmissão em circuitos integrados, casadores de impedância, divisores de potência, etc. As microfitas têm ampla aplicação em antenas, linhas de transmissão em circuitos integrados, casadores de impedância, divisores de potência, etc.

16 Exemplo Projete uma linha de transmissão em microfita que possua uma impedância característica de 100. O substrato tem espessura de 0,158 cm, como permissividade relativa de 2,20. Determine a espessura W da linha, o comprimento de onda guiado. Se a tangente de perdas do material é igual a 0,001, determine a atenuação devida ao dielétrico Projete uma linha de transmissão em microfita que possua uma impedância característica de 100. O substrato tem espessura de 0,158 cm, como permissividade relativa de 2,20. Determine a espessura W da linha, o comprimento de onda guiado. Se a tangente de perdas do material é igual a 0,001, determine a atenuação devida ao dielétrico


Carregar ppt "LINHAS DE MICROFITA. OBJETIVO APRESENTAR UMA TECNOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO EM CIRCUITO IMPRESSO DENOMINADA LINHA DE MICROFITA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google