A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Profa Wendy Beatriz Carraro PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Profa Wendy Beatriz Carraro PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO 1."— Transcrição da apresentação:

1 Profa Wendy Beatriz Carraro PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO 1

2 GESTÃO CONTROLE DE DESEMPENHO DA EMPRESA COMO UM TODO, CUJO OBJETIVO É GARANTIR O CUMPRIMENTO DA MISSÃO E A CONTINUIDADE DA EMPRESA. 2

3 GESTÃO Se um homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável. Sêneca, filósofo romano que viveu entre 4 a.C. e 65 d.C. 3

4 GESTÃO DEFINIR NEGÓCIO DEFINIR MISSÃO DEFINIR VISÃO DEFINIR ESTRATÉGIA IMPLEMENTAR ESTRATÉGIA 4

5 GESTÃO MAS, E A ORGANIZAÇÃO ESTÁ ATINGINDO AS METAS ESTABELECIDAS? COMO SABER? PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO + PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO 5

6 CONCEITO Capacidade de projetar o futuro da empresa em termos de resultados, fluxos de caixa e patrimônio, com base em informações pretéritas, bem como baseadas em modificações recentes ocorridas no cenário econômico, ou na estrutura da própria organização. Assim, ele não será preciso, mas auxiliará a concretização do planejamento estratégico. 6

7 OBJETIVO PREVER E CONTROLAR FLUXOS DE CAIXA RESULTADOS ALCANCE DAS METAS SITUAÇÃO PATRIMONIAL 7

8 CARACTERÍSTICAS PROJEÇÃO PARA O FUTURO 8

9 EXPRESSÃO MONETÁRIA 9

10 FLEXIBILIDADE 10

11 CARACTERÍSTICAS COMPROMETIMENTO 11

12 CARACTERÍSTICAS COMPLETUDE 12

13 CARACTERÍSTICAS OPORTUNIDADE 13

14 CARACTERÍSTICAS UNIFORMIDADE 14

15 CARACTERÍSTICAS CONTROLE 15

16 FASES DO ORÇAMENTO PREPARAÇÃO DO ORÇAMENTO ELABORAÇÃO DE ORÇAMENTOS SETORIAIS ELABORAÇÃO DO ORÇAMENTO EMPRESARIAL 16

17 Conselho / Presidência Aprovar o planejamento estratégico Conselho / Presidência Definir as políticas e as metas orçamentárias Unidades Definir as estratégicas das unidades Unidades: Orçar as estratégias das unidades Unidades Dar entrada no sistema Setor de Orçamento Consolidar os diversos orçamentos recebidos Setor de Orçamento Fazer simulações Simulação OK? Setor de Orçamento Acompanhamento e controle Unidades Divulgar Conselho/Presidência Aprovar o orçamento anual Rever Diretrizes Não Sim 17

18 DRE ProjetadoFluxo de Caixa ProjetadoBalanço Projetado 18

19 ORÇAMENTO DE VENDAS 19

20 CONCEITO Projeção de Vendas mês a mês Quantidade a ser vendida Receita Total Preço Unitário 20 x =

21 OBJETIVO Evidenciar FATURAMENTO futuro, analisando: Crescimento histórico da empresa Crescimento esperado para a empresa Crescimento esperado do setor e da economia 21

22 OBJETIVO Evidenciar FATURAMENTO futuro, considerando: Capacidade de produção da empresa Nível mínimo de estoques Evitar problemas com atraso na entrega ou ainda capacidade ociosa 22

23 CARACTERÍSTICAS 23 Quantidades físicas e valores das vendas por produtos, unidades de negócios, regiões e total da empresa;

24 CARACTERÍSTICAS 24 Preço de venda unitário, que será praticado em cada unidade de negócio ou região;

25 CARACTERÍSTICAS 25 Vendas por modalidades, tais como venda a vista, venda no crediário (em 2 vezes, 3 vezes, com ou sem entrada), venda no cartão de crédito, vendas no consórcio, vendas com cheques pré-datados etc; FLUXO DE CAIXA!

26 CARACTERÍSTICAS 26 Formas de distribuição de seus produtos, tais como: venda direta, no atacado, no varejo, venda por representantes, por internet, etc.

27 CENÁRIO ECONÔMICO 27 ANÁLISE: PIB Taxa de Juros Política Governamental Variação Cambial Inflação Modificação fatia de mercado da empresa

28 FORMA DE ELABORAÇÃO: 28 ORÇAMENTO DESCENDENTE ALTA ADMINISTRAÇÃO ORÇAMENTO ASCENDENTE PARTICIPAÇÃO DOS VENDEDORES

29 MÉTODO DE ELABORAÇÃO DE ELABORAÇÃO DE ORÇAMENTO DE VENDAS: ESTIMAÇÃO DE VALORES 29 Crescimento Histórico Crescimento esperado (empresa e economia) Previsão dos Analistas Determinantes de crescimento de vendas

30 CRESCIMENTO HISTÓRICO: 30 Taxas médias de crescimento de vendas passadas Média Aritmética Média Geométrica (considera o resultado)

31 CRESCIMENTO HISTÓRICO: 31 EXEMPLO: Ano Lucro por açãoTaxa de crescimento 20X20,50 20X30,54 8,00% 20X40,45-16,67% 20X50,55 22,22% 20X60,57 3,64% Média aritmética = (8,00%-16,67%+22,22%+3,64%) / 4 = 4,29% Média geométrica = ($ 0,57 / $ 0,50) 1/4 - 1 = 3,33%

32 CRESCIMENTO HISTÓRICO: 32 Sensibilidade das taxas de crescimento em relação ao período (+ 2 anos): Ano Lucro por açãoTaxa de crescimento 20X00,45 20X10,486,67% 20X20,504,17% 20X30,548,00% 20X40,45-16,67% 20X50,5522,22% 20X60,573,64% Média aritmética = (6,67%+4,17%+8,00%-16,67%+22,22%+3,64%) / 6 = 4,67% Média geométrica = ($ 0,57 / $ 0,45) 1/6 - 1 = 4,02%

33 CRESCIMENTO HISTÓRICO: 33 MODELO DE REGRESSÃO LINEAR: LPA t = Lucro por ação no período t; a = coeficiente linear; b = coeficiente angular; t = período de tempo t. LPA t = a + bt

34 CRESCIMENTO HISTÓRICO: 34 MODELO DE REGRESSÃO LINEAR: LPA t = a + bt Regressão de mínimos quadrados ordinários dos lucros por ação em relação ao tempo; Considera a informação existente nas observações intermediárias; Crescimento do lucro por ação em termos monetários.

35 CRESCIMENTO HISTÓRICO: 35 MODELO DE REGRESSÃO LOGARÍTMICO-LINEAR: ln(LPA t ) = a + bt ln(LPA t ) = Logaritmo natural do lucro por ação no período t; a = coeficiente linear; b = coeficiente angular; t = período de tempo t.

36 CRESCIMENTO HISTÓRICO: 36 MODELO DE REGRESSÃO LOGARÍTMICO-LINEAR: Medida da mudança percentual dos lucros por ação por unidade de tempo; Elimina o problema do modelo linear, convertendo o coeficiente em uma mudança percentual; ln(LPA t ) = a + bt

37 CRESCIMENTO ESPERADO (EMPRESA E ECONOMIA): 37 Estimativa que as Vendas da empresa irão crescer conforme: Crescimento projetado do setor em que atua; Crescimento da economia como um todo.

38 PREVISÃO DOS ANALISTAS 38 * Visão de mais de um analista para a empresa; * Melhores resultados (no curto prazo); * Projeções de vendas baseadas em informações passadas;

39 PREVISÃO DOS ANALISTAS 39 Informações utilizadas na previsão: Dados empresa Dados macroeco- nômicos Informações privilegiadas da empresa Dados de concor- rentes

40 PREVISÃO DOS ANALISTAS 40 Fatores que determinam a escolha das previsões para estimar o crescimento futuro em detrimento dos modelos mecânicos: Modelos mecânicos Quantidade de informações recentes específicas da empresa Qualidade dos analistas Desacordo entre analistas e uso do desvio padrão Número de analistas.

41 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 41 Projeção conforme decisões tomadas pela empresa em relação às informações financeiras da empresa.

42 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 42 Análise: ÍNDICE DE RETENÇÃO x RETORNO SOBRE O PATRIMÔNIO LÍQUIDO Crescimento dos lucros é uma função crescente do índice de retenção e do retorno sobre o patrimônio líquido.

43 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 43 Análise: RETORNO SOBRE O PATRIMÔNIO LÍQUIDO e ALAVANCAGEM ROE = ROA + D / PL [ROA – i (1-t)] ROA = LLE + juros (1- tx de juros) / Ativos totais ou ROA = EBIT (1-t) / Ativos totais; i = despesa com juros da dívida / Dívida; t = impostos; D/PL = dívida / patrimônio líquido. Usando uma versão expandida do ROE a taxa de crescimento pode ser expressa como: g = IR [ROA + D / PL [ROA – i (1-t)]

44 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 44 Análise: RETORNO SOBRE O PATRIMÔNIO LÍQUIDO e ALAVANCAGEM Análise dos efeitos de uma reestruturação na taxa de crescimento: Reestruturação de projetos; Mudança na estrutura de capital; Mudança na política de dividendos.

45 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 45 Análise: RETORNO SOBRE ATIVOS, MARGEM DE LUCRO E GIRO DE ATIVOS (TURNOVER) ROA =EBIT (1-t) / Ativos totais Multiplicando-se e dividindo-se pela venda tem-se: ROA =(EBIT (1-t) / vendas) x (vendas / Ativos totais) Então: ROA = Margem de lucro antes juros x Giro de ativos

46 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 46 Análise: RETORNO SOBRE ATIVOS, MARGEM DE LUCRO E GIRO DE ATIVOS (TURNOVER) Retorno sobre os ativos é uma função crescente tanto da margem de lucros antes do pagamento de juros, quanto do giro dos ativos; Geralmente quanto maior for a margem de lucro menor será o giro dos ativos, o efeito líquido dessa variação dependerá da elasticidade da demanda do produto;

47 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 47 Análise: ANÁLISE DA LINHA DE PRODUTOS g = IR [ROA + D / PL [ROA – i (1-t)] ROA = RL + juros (1- t) / Ativos totais ou ROA =EBIT (1-t) / Ativos totais; Incorporando-se os conceitos de margem de lucro e turnover, têm-se: g = IR [(ML x GA) + D / PL [(ML x GA) – i (1-t)] ML = Margem de lucro; GA = Giro dos ativos. Adaptando-se essa relação tem-se que: g jt = IR [(ML jt x GA jt ) + D / PL [(ML jt x GA jt ) – i (1-t)] g jt = taxa de crescimento no ano t para a linha de produto j; ML jt = margem de lucro antes dos juros e após os impostos no ano t para a linha j; GA jt = giro do ativo no ano t para a linha de produto j.

48 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 48 Análise: ANÁLISE DA LINHA DE PRODUTOS Lucratividade da empresa em termos de linhas individuais de produtos.

49 DETERMINANTES DE CRESCIMENTO DE VENDAS 49 Em relação à análise conforme fundamentos financeiros: Avaliar considerável aumento de CUSTO para obtenção de dos dados necessários.

50 APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO 50 FORMAS DE APRESENTAÇÃO: PLANILHASSOFTWARES

51 APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO 51 Orçamento de vendas (OV) = (OV, u) x (PV, u) ORÇAMENTO DE VENDAS, UNIDADES (OV, u) INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PREÇO DE VENDAS, UNIDADES (PV, u)

52 EXEMPLO: EMPRESA ALFA 52 Projeção de Vendas – Unidades

53 EXEMPLO: EMPRESA ALFA 53 Projeção de Vendas – Unidades

54 EXEMPLO: EMPRESA ALFA 54 Desdobrar valores de venda por modalidades Projeção de Vendas – RECEITAS

55 EXEMPLO: EMPRESA ALFA 55

56 EXEMPLO: EMPRESA ALFA 56

57 EXEMPLO: EMPRESA ALFA 57 Composição dos encaixes financeiros estimados das vendas a prazo: Projetar para cada um dos planos os valores conforme a porcentagem da entrada; Projetar para cada um dos planos os valores conforme os juros que incidirão sobre as parcelas;


Carregar ppt "Profa Wendy Beatriz Carraro PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google