A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gestão Ambiental Indústria da Carne CAMPO GRANDE, 31 DE OUTUBRO DE 2007.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gestão Ambiental Indústria da Carne CAMPO GRANDE, 31 DE OUTUBRO DE 2007."— Transcrição da apresentação:

1 Gestão Ambiental Indústria da Carne CAMPO GRANDE, 31 DE OUTUBRO DE 2007

2 LEGISLAÇÃO E MEIO AMBIENTE Desenvolvimento Econômico Meio Ambiente Poluição: Ar Solo Água Desenvolvimento Sustentável Leis Ambientais ISO e Certificação Licenciamento MARCO HISTÓRICO 1948 LEI DE POLUIÇÃO DAS ÁGUAS – EUA 1972 – CONFERÊNCIA ONU EM ESTOCOLMO 1992 – RIO

3 LEGISLAÇÃO AMBIENTAL POLÍTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE Lei nº /81 POLÍTICA NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS Lei nº /97 LEI DE CRIMES AMBIENTAIS Lei nº /98 RESOLUÇÕES CONAMA 357/2005 – Classificação dos corpos de água, diretrizes para enquadramento e padrão de lançamento de efluentes

4 REQUISITOS LEGAIS LEGISLAÇÃO ESTADUAL MATO GROSSO DO SUL MINAS GERAIS RONDÔNIA SÃO PAULO TOCANTINS GOIÁS LEGISLAÇÃO MUNICIPAL NORMAS E DEMAIS REGULAMENTOS

5 VISÃO HOLÍSTICA FLORA FAUNA SOCIEDADE EMPRESA ÁGUA RECURSOS NATURAIS

6 SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ISO Política Ambiental Planejamento Implementação e Operação Verificação e Ações Corretivas Revisão Gerencial Melhoria Contínua

7 ESTRUTURA DA IMPLANTAÇÃO DO SGA ISO

8 IMPLANTAÇÃO DO SGA Requisitos e requerimentos legais Avaliação e registros dos efeitos ambientais significativos Exame de práticas e procedimentos do sistema de gerenciamento ambiental existente Avaliação e investigação de acidentes ambientais passados e não-conformidades anteriores

9 DEFINIÇÃO DA POLÍTICA AMBIENTAL

10 Refletir as de bases morais e éticas Considerar exigências legais Promover a melhoria contínua Prover coordenação entre políticas organizacionais Prover anexos para exigências internas e externas Integrar as operações e os impactos no meio ambiente Ser clara, concisa e implementada em todos os níveis Estar disponível ao público Prevenir e reduzir efeitos adversos Fixar e permitir publicação de metas, planos e revisões Satisfazer as exigências das partes interessadas POLÍTICAPOLÍTICA

11 PLANEJAMENTO SGA

12 1. Definição de aspectos ambientais significativos 2. Impactos ambientais negativos e positivos 3. Definição de objetivos e metas 4. Requisitos Legais e Critérios de desempenho interno 5. Elaboração do Programa de Gestão Ambiental 6. Indicadores de Desempenho Ambiental PLANOPLANO

13 Programa de Gestão Ambiental Plano de ação sobre como a organização alcançará os objetivos e metas especificados Lista de responsabilidades, métodos e prazos Incorporação de temas ambientais na gestão empresarial Comunicação interna Alocação de recursos

14 IMPLEMENTAÇÃO OPERAÇÃO

15 Responsabilidades/Estrutura Treinamento/Conscientização e Competência Comunicação Documentação do SGA Controle de Documentos Preparação e resposta a emergências Controle Operacional IMPLEMENTAÇÃOIMPLEMENTAÇÃO

16 VERIFICAÇÃO E AÇÕES CORRETIVAS

17 Acompanhamento e medição (aparelhos calibrados) e arquivo dos dados. Investigação, prevenção e correção de Não- conformidades e de ações preventivas corretivas. Identificação, manutenção e disposição de registros ambientais. o Auditorias periódicas do SGA. VERIFICAAÇÃOVERIFICAAÇÃO

18 REVISÃO E MELHORIAS

19 Análise Crítica do SGA Avaliação de ajustes na política, objetivos e metas Verificação do comprometimento com a gestão ambiental Avaliação do desempenho do SGA REVISÃOREVISÃO

20 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS E EM DESENVOLVIMENTO FRIGORÍFICO – BOVINO CURTUME CHARQUEADA LOGÍSTICA Transporte e Exportação FERTILIZANTE ORGÂNICO BIODIESEL

21 UNIDADES INDEPENDÊNCIA S/A Campo Grande – MS Nova Andradina – MS Anastácio – MS Cajamar – SP Presidente Venceslau – SP Santana do Parnaíba – SP Brás Export – Santos – SP Janaúba – MG Senador Canedo – GO Pires do Rio – GO Rolim de Moura – RO Colorado dOeste – RO

22 ESTÁGIO ATUAL IMPLANTAÇÃO DO SIG UNIDADES CERTIFICADAS Nova Andradina-MS Santana de Paranaíba Ano de Certificação: 2004 SGS ICS Certificadora Ltda. UNIDADES EM PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO Cajamar Anastácio Campo Grande Brás Export - Santos

23 SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO – SIG NOVA ANDRADINA Certificação Multi-Site PVCAJ PR JA CO RM SN SNTANASP CGR

24 NORMAS ISO 9.001:00 – Gestão da Qualidade ISO :04 – Gestão Ambiental OHSAS :99 – Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional SA 8.000:01 – Gestão da Responsabilidade Social

25 COMPROMISSO INDEPENDÊNCIA Atender aos requisitos legais e normas Promover a melhoria contínua de seu SIG Atender as necessidades e expectativas dos seus clientes Respeitar o meio ambiente e a comunidade Promover e proteger a saúde e a integridade física dos seus colaboradores Respeitar os seus colaboradores

26 ISO – SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL Monitoramento contínuo e sistemático da eficiência do tratamento dos efluentes e da qualidade da água consumida Reaproveitamento de resíduos – Reciclagem, Adubo Orgânico, Biodiesel Atendimento à Legislação Ambiental em todos os níveis: Federal, Estadual e Municipal Projeto Efluente Zero – Fertirrigação Controle de Emissões Atmosféricas

27 METAS GERAIS Prevenir a poluição e preservar os recursos naturais Atender a legislação do Meio Ambiente Promover entre nossos colaboradores o respeito ao meio ambiente Desenvolver um Programa de Educação Ambiental Proporcionar treinamento e conscientização ambiental Promover educação ambiental nas escolas locais

28 TRATAMENTO DE EFLUENTES

29 DISPOSIÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS - ORGÂNICOS

30 FERTILIZANTE ORGÂNICO

31 RESÍDUOS RECICLÁVEIS Diminui a exploração de recursos naturais Reduz o consumo de energia Diminui a poluição do solo, da água e do ar Possibilita a reciclagem de materiais que iriam para o lixo Prolonga a vida útil dos aterros sanitários Diminui o desperdício

32 RESÍDUOS PERIGOSOS

33 EMISSÕES ATMOSFÉRICAS Instalação de filtros nas chaminés Controle das emissões de gases e controle da poluição do ar Manutenção dos veículos Plano de emergência (vazamentos, derramamentos, explosões, reações químicas, etc.)

34 CONSUMO DE ÁGUA

35 ÁGUAS RESIDUÁRIAS DA LAVAGEM DE FILTROS DA ETA ÁGUAS RESIDUÁRIAS DE LAVANDERIAS ÁGUA DO LAVADOR DE CARCAÇA ÁGUAS RESIDUÁRIAS DOS TANQUES DE SALGA DO DIANTEIRO ÁGUAS RESIDUÁRIAS DA DESCALCINAÇÃO DE CURTUME REUSO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS

36 ÁGUAS PLUVIAIS

37 FLORESTAMENTO FERTIRRIGAÇÃO PRESERVAR MATAS NATIVAS LENHA PRODUÇÃO AUTO-SUFICIENTE

38 PRODUÇÃO DE BIODIESEL NOVA ANDRADINA JANAÚBA CAMPO GRANDE ANASTÁCIO

39 TREINAMENTOS COLABORADORES ESCOLAS CIMA

40 OBRIGADA PELA ATENÇÃO!!! Contato


Carregar ppt "Gestão Ambiental Indústria da Carne CAMPO GRANDE, 31 DE OUTUBRO DE 2007."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google