A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Política de Preço de um Medicamento I Reunião Internacional de ONGs e Políticas Públicas Abril, 28-29, 2008 São Paulo René Imhof Head Operational Pricing.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Política de Preço de um Medicamento I Reunião Internacional de ONGs e Políticas Públicas Abril, 28-29, 2008 São Paulo René Imhof Head Operational Pricing."— Transcrição da apresentação:

1 Política de Preço de um Medicamento I Reunião Internacional de ONGs e Políticas Públicas Abril, 28-29, 2008 São Paulo René Imhof Head Operational Pricing F. Hoffmann-La Roche Ltd. Basiléia - Suíça

2 Preço Caps Área de clasee/ tratamento preço de referência Preço interna- cional de referência Exigências Fármaco- econômicas Substituição de genéricos Co-pagamentos Controles de promoção Volume caps Diretrizes de prescrição Lista positiva de reembolso Lista negativa de reembolso Cortes de preço Preços e Reembolsos de Produtos Farmacêuticos Altamente regulamentado na maioria dos países por meio de intervenções governamentais

3 Conclusão: Na maioria dos países, existe alguma forma de avaliação e negociação antes de uma droga poder ser incluída no formulário de produtos reembolsáveis. Políticas de Contenção de Custo mais Comumente Aplicadas Brasil e seus mercados de referência

4 Preço internacional de referência –Envolve estabelecer preços com base no preço de outros países Enfoques baseados em custo-lucro –Visa controlar a lucratividade das empresas que vendem drogas ao sistema público de saúde por meio do preço de venda Enfoques baseados em valor –Termo que compreende sistemas que estabelecem preços em relação aos benefícios gerados por uma droga, em relação a um comparador adequado, ex.: Avaliações de custo-efetividade Preço de referência terapêutica Muitos países aplicam uma mescla de medidas e enfoques para estabelecer preços e/ou negociar o reembolso de medicamentos. Em quase todos os países a discussão de preço tem a ver com reembolso entendido que se não houver acordo de preço a droga não será reembolsada. Métodos Aplicados na Definição de Preço Podem ser englobados em três áreas

5 Preço Internacional de Referência O preço no Brasil é afetado pelo preço de 10 mercados do mundo Países de referência para o Brasil: Austrália, Nova Zelândia, Portugal, Espanha, Itália, Grécia, USA, Canadá, País de origem do medicamento.

6 Num ambiente de preços controlados, o preço de um novo produto reflete o acordo entre o fabricante e o pagador, a respeito do valor Valor Clínico: Refere-se a uma necessidade médica não atendida Possui benefícios terapêuticos incrementais em termos de eficácia. segurança, tolerabilidade, qual de vida etc. (e.x. prolonga a vida, aumenta a sobrevida livre de progressão) É inovador (novo mecanismo de ação) Valor Econômico: É custo/efetivo conforme diretrizes nacionais (i.e. os benefícios clínicos compensam o preço) Reduz o custo médico direto (ex. reduz tempo de hospitalização) Reduz custos indiretos (ex. menor licença p/ tratamento) Enfoque de Preço Baseado em Valor

7 Uso de Estudos Farmaco-econômicos para Preço Baseado em Valor Comparação de benefícios incrementais vs. custo incremental Componentes da Avaliação Econômica da Saúde Droga analisada Tratamento comparador Grupo-alvo de pacientes Impacto sobre a situação da saúde Impacto sobre o custo de atendimento Impacto sobre o custo de atendimento QdV = Qualidade de Vida i Sobrevida ii QdV i Hospitalização ii QdV iii Procedimentos etc. i Hospitalização ii QdV iii Procedimentos etc. i Sobrevida ii QdV Fonte

8 Países que Exigem Dados PE para Reembolso Uso crescente Países que exigem formalmente dados PE com a finalidade de reembolso Países que também consideram argumentos PE com a finalidade de reembolso

9 Níveis de Preço de Venda em 15 Mercados Europeus Os preços de varejo podem variar significantemente por difeenças nas margens do comércio local e taxa VAT produtos reembolsados, margens médias, simplificado Preço de fábrica = 100 %

10 Margens comerciais O acréscimo da margem comercial acrescenta parte significante no custo total do atendimento com medicamentos 25% dos custos dos sistemas de saúde com medicamentos entregues por farmácias são gerados por impostos e pelo comércio Fonte: adaptado de Roche internal data, Western Europe, Dezembro 2006

11 O Acesso ao Mercado Pode Variar consideravelmente Tempo médio entre aprovação regulatória e acesso efetivo ao mercado, na Europa Source: IMS Patients Wait Indicator – Phase 6 Report – January 2007, all EMEA products approved UK Alemanha Irlanda Noruega Suécia Finlândia Portugal Suíça Holanda Espanha Grécia França Itália Bélgica Market Access Delay (days)

12 Aprovação de Preço e Reembolso Acesso Example: There are not enough funds made available for oncology drugs Carga total de doença em DALYs Total custos de atendimento Cancer 6.4% Inpatient hospital care 67% Divisão de custos em Oncologia (examplo: Alemanha) Fonte: Comparação pan-européia de acesso a drogas de câncer, Instituto Karolinska DALY: Anos de Incapacidade Ajustados, números de 2002/3, medida comumente usada na carga de doença

13 Sumário e Conclusões Na maioria dos países, os preços e reembolsos de medicamentos são controlados pelas autoridades nacionais (ex. Autoridades da Saúde). As autoridades aplicam diferentes medidas e enfoques para negociar preço e reembolso de medicamentos (ex. preço internacional de referência, preço baseado em valor, análise fármaco-econômica). Preços do varejo, ou seja, o preço reembolsado pelos pagadores, variam muito de um país para outro, devido às diferentes margens do comércio e impostos incidentes. Há atrasos significantes para o acesso dos pacientes a novos medicamentos, dependendo do mercado, por demora na avaliação de preços e reembolso, pelas autoridades competentes.

14 We Innovate Healthcare


Carregar ppt "Política de Preço de um Medicamento I Reunião Internacional de ONGs e Políticas Públicas Abril, 28-29, 2008 São Paulo René Imhof Head Operational Pricing."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google