A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTÓRIA Aula de História Luís Fernando - Pingüim.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTÓRIA Aula de História Luís Fernando - Pingüim."— Transcrição da apresentação:

1 HISTÓRIA Aula de História Luís Fernando - Pingüim

2 IMPERIALISMO ou NEOCOLONIALISMO Imperialismo na África Corrida imperialista realizada por países europeus que inicia-se com a França nos territórios: Argélia, Tunísia e Marrocos. Países europeus partilharam o Continente Africano entre si e disputaram as colônias com o interesse de: Riquezas naturais: ouro, cobre e diamantes. Regiões localizadas próximas ao Mar Mediterrâneo (ex:Egito) para garantir o acesso a navegação e ao comércio marítimo. IMPERIALISMO ou NEOCOLONIALISMO Imperialismo na África Corrida imperialista realizada por países europeus que inicia-se com a França nos territórios: Argélia, Tunísia e Marrocos. Países europeus partilharam o Continente Africano entre si e disputaram as colônias com o interesse de: Riquezas naturais: ouro, cobre e diamantes. Regiões localizadas próximas ao Mar Mediterrâneo (ex:Egito) para garantir o acesso a navegação e ao comércio marítimo.

3

4 A corrida imperialista na África teve início com a França e Inglaterra, porém após a unificação da Itália (1870) e Alemanha (1871), intensificou a corrida imperialista por regiões a serem exploradas pelos países europeus. A corrida imperialista na África teve início com a França e Inglaterra, porém após a unificação da Itália (1870) e Alemanha (1871), intensificou a corrida imperialista por regiões a serem exploradas pelos países europeus. Não esqueça! Estados Unidos e Japão eram imperialistas também. Não esqueça! Estados Unidos e Japão eram imperialistas também.

5 CONFERÊNCIA DE BERLIM ( novembro de 1884 a fevereiro de 1885 ) – CONFERÊNCIA DE BERLIM ( novembro de 1884 a fevereiro de 1885 ) – O principal objetivo era oficializar a partilha das colônias africanas entre os países colonizadores. O primeiro-ministro alemão Bismark reuniu em Berlim – Alemanha, representantes das principais nações imperialistas para discutir a ocupação do território africano. O principal objetivo era oficializar a partilha das colônias africanas entre os países colonizadores. O primeiro-ministro alemão Bismark reuniu em Berlim – Alemanha, representantes das principais nações imperialistas para discutir a ocupação do território africano. Ideologia – A superioridade da raça branca. Ideologia – A superioridade da raça branca.

6 Imperialismo na Ásia Destaque: dominação inglesa na Índia através da Companhia das Índias Orientais, uma empresa inglesa que controlava o comércio de produtos indianos como algodão, chá e ópio (substância entorpecente, vindo do suco da papoula). Imperialismo na Ásia Destaque: dominação inglesa na Índia através da Companhia das Índias Orientais, uma empresa inglesa que controlava o comércio de produtos indianos como algodão, chá e ópio (substância entorpecente, vindo do suco da papoula).

7 Revoltas para conter o imperialismo inglês na Índia Guerra dos Cipaios ( Cipaios era o nome dado aos soldados indianos que serviam aos ingleses militarmente. Os soldados protestavam contra o imperialismo inglês e questionavam os maus tratos que recebiam dos oficiais ingleses. Guerra dos Cipaios ( Cipaios era o nome dado aos soldados indianos que serviam aos ingleses militarmente. Os soldados protestavam contra o imperialismo inglês e questionavam os maus tratos que recebiam dos oficiais ingleses. Causa imediata da rebelião desconfiança dos soldados de que os cartuchos que eles utilizavam eram engordurados com sebo de vaca ou porco. Causa imediata da rebelião desconfiança dos soldados de que os cartuchos que eles utilizavam eram engordurados com sebo de vaca ou porco.

8 Para esses soldados feria a crença religiosa (hindu - hinduístas e islâmicos), para os islâmicos o porco era considerado um animal impuro e para os hinduístas a vaca era um animal sagrado. Para esses soldados feria a crença religiosa (hindu - hinduístas e islâmicos), para os islâmicos o porco era considerado um animal impuro e para os hinduístas a vaca era um animal sagrado. Resultado das rebeliões ingleses se aproximaram da elite indiana, oferecendo cargos na administração da Colônia, com isso evitaram focos de rebelião e fundamentaram sua exploração sobre a Índia, que se tornou a principal colônia inglesa. Resultado das rebeliões ingleses se aproximaram da elite indiana, oferecendo cargos na administração da Colônia, com isso evitaram focos de rebelião e fundamentaram sua exploração sobre a Índia, que se tornou a principal colônia inglesa.

9 Reação antiimperialista na China Enquanto a Índia foi explorada quase que exclusivamente pela Inglaterra, a China sofreu uma invasão estrangeira: EUA, Japão, Rússia, Alemanha, França e Inglaterra. Rebeliões contra o Imperialismo Reação antiimperialista na China Enquanto a Índia foi explorada quase que exclusivamente pela Inglaterra, a China sofreu uma invasão estrangeira: EUA, Japão, Rússia, Alemanha, França e Inglaterra. Rebeliões contra o Imperialismo

10 Rebeliões contra o Imperialismo Rebeliões contra o Imperialismo. Guerra dos Boxers (1900 – 1901). Guerra dos Boxers (1900 – 1901) Principal característica: o nacionalismo destruir os estrangeiros, para enfrentar o domínio estrangeiro se dedicavam ao treinamento de lutas marciais.Seus movimentos eram semelhantes a uma luta de boxe, daí o nome guerra dos Boxers. Principal característica: o nacionalismo destruir os estrangeiros, para enfrentar o domínio estrangeiro se dedicavam ao treinamento de lutas marciais.Seus movimentos eram semelhantes a uma luta de boxe, daí o nome guerra dos Boxers. Resultado: Os colonizadores venceram, colocando fim em mais uma tentativa de pôr fim ao imperialismo ocidental na Ásia. Resultado: Os colonizadores venceram, colocando fim em mais uma tentativa de pôr fim ao imperialismo ocidental na Ásia.

11 Guerra do Ópio (1839 – 1842) Guerra do Ópio (1839 – 1842) Uma droga produzida pelos ingleses na Índia e comercializada na China. Por ser uma droga que causa a dependência química e ameaçava a economia do país, seu comércio passou a ser combatido pelo governo chinês. Os chineses proibiram a entrada do ópio na China e queimaram 20 mil caixas da droga, desencadeando a Guerra do Ópio. Uma droga produzida pelos ingleses na Índia e comercializada na China. Por ser uma droga que causa a dependência química e ameaçava a economia do país, seu comércio passou a ser combatido pelo governo chinês. Os chineses proibiram a entrada do ópio na China e queimaram 20 mil caixas da droga, desencadeando a Guerra do Ópio. Inglaterra X China Inglaterra X China

12 IMPERIALI$MO

13 Resultado: A China foi vencida pelos ingleses, o que garantiu o comércio do ópio na China e o controle inglês sobre a cidade de Hong Kong. A China foi vencida pelos ingleses, o que garantiu o comércio do ópio na China e o controle inglês sobre a cidade de Hong Kong. Tratado de Nanquim – 1842 Tratado de Nanquim – 1842 Hong Kong torna-se protetorado da Inglaterra até Hong Kong torna-se protetorado da Inglaterra até 1997.

14 Primeira Guerra Mundial A expressão Grande Guerra (1914 – 1918), cunhada para o conflito que pela primeira vez na história envolveu todo o planeta, se justifica pelas proporções que o confronto alcançou, pelo aparato bélico que foi mobilizado e pela destruição devastadora que provocou. A expressão Grande Guerra (1914 – 1918), cunhada para o conflito que pela primeira vez na história envolveu todo o planeta, se justifica pelas proporções que o confronto alcançou, pelo aparato bélico que foi mobilizado e pela destruição devastadora que provocou.

15 Primeira Guerra Mundial

16 Por volta de 1914, havia motivos de sobra para o acirramento das divergências entre os países europeus. Era grande, por exemplo, a insatisfação entre as nações que tinham chegado tarde à partilha da África e da Ásia; a disputa ostensiva por novos mercados e fontes de matérias- primas envolvia muitos governos imperialistas; Por volta de 1914, havia motivos de sobra para o acirramento das divergências entre os países europeus. Era grande, por exemplo, a insatisfação entre as nações que tinham chegado tarde à partilha da África e da Ásia; a disputa ostensiva por novos mercados e fontes de matérias- primas envolvia muitos governos imperialistas;

17 e as tensões nacionalistas, acumuladas durante décadas, pareciam prestes a explodir. O que estava em jogo eram interesses estratégicos para vencer a eterna competição pela hegemonia na Europa e no mundo. e as tensões nacionalistas, acumuladas durante décadas, pareciam prestes a explodir. O que estava em jogo eram interesses estratégicos para vencer a eterna competição pela hegemonia na Europa e no mundo.

18 (1914 – 1918)

19 Causas do conflito: A disputa colonial: buscando novos mercados para a venda de seus produtos, os países industrializados entravam em choque pela conquista de colônias na África e na Ásia. A disputa colonial: buscando novos mercados para a venda de seus produtos, os países industrializados entravam em choque pela conquista de colônias na África e na Ásia.

20 A concorrência econômica: cada um dos grandes países industrializados dificultara a expansão econômica do país concorrente. Essa briga econômica foi especialmente intensa entre Inglaterra e Alemanha. A concorrência econômica: cada um dos grandes países industrializados dificultara a expansão econômica do país concorrente. Essa briga econômica foi especialmente intensa entre Inglaterra e Alemanha.

21 A disputa nacionalista: em diversas regiões da Europa surgiram movimentos nacionalistas que pretendiam agrupar sob um mesmo Estado os povos de raízes culturais semelhantes. O nacionalismo exaltado provocava um desejo de expansão territorial. A disputa nacionalista: em diversas regiões da Europa surgiram movimentos nacionalistas que pretendiam agrupar sob um mesmo Estado os povos de raízes culturais semelhantes. O nacionalismo exaltado provocava um desejo de expansão territorial.

22 Movimentos nacionalistas: os interesses da Alemanha, Rússia e França. Entre os principais movimentos nacionalistas que se desenvolveram na Europa no início do século XX, podemos destacar os seguintes: Movimentos nacionalistas: os interesses da Alemanha, Rússia e França. Entre os principais movimentos nacionalistas que se desenvolveram na Europa no início do século XX, podemos destacar os seguintes:

23 Pan-eslavismo: buscava a união de todos os povos eslavos da Europa oriental. Era liderado pela Rússia. Pan-eslavismo: buscava a união de todos os povos eslavos da Europa oriental. Era liderado pela Rússia. Pangermanismo: buscava a expansão da Alemanha através dos territórios ocupados por povos germânicos da Europa central. Pangermanismo: buscava a expansão da Alemanha através dos territórios ocupados por povos germânicos da Europa central.

24 Revanchismo francês: visava desforrar a derrota francesa para a Alemanha em 1870 (Guerra Franco-prussiana) e recuperar os territórios da Alsácia-Lorena, cedidos aos alemães. Revanchismo francês: visava desforrar a derrota francesa para a Alemanha em 1870 (Guerra Franco-prussiana) e recuperar os territórios da Alsácia-Lorena, cedidos aos alemães.

25 A Tríplice Aliança: formada por Alemanha, Império Austro- húngaro e Itália. A Tríplice Aliança: formada por Alemanha, Império Austro- húngaro e Itália. Império Turco-Otomano e Bulgária. Império Turco-Otomano e Bulgária. A Tríplice Entente: formada por Inglaterra, França e Rússia. A Tríplice Entente: formada por Inglaterra, França e Rússia. Depois – EUA. Depois – EUA.

26 Assassinato de Francisco Ferdinando (Sarajevo, Bósnia, 28/06/1914): foi o estopim que detonou a Primeira Guerra Mundial, quando as tensões entre os dois blocos de países haviam crescido a um nível insuportável.

27 Principais fases: primeira fase (1914/1915) movimentação de tropas e equilíbrio entre as forças rivais; Principais fases: primeira fase (1914/1915) movimentação de tropas e equilíbrio entre as forças rivais; segunda fase (1915/1917) guerra de trincheiras; segunda fase (1915/1917) guerra de trincheiras; terceira fase ( ) entrada dos Estados Unidos, ao lado da França e da Inglaterra, e derrota da Alemanha. terceira fase ( ) entrada dos Estados Unidos, ao lado da França e da Inglaterra, e derrota da Alemanha.

28 Grande Guerra

29 Consequências da guerra: a) O aparecimento de novas nações; b) Desmembramento do império Austro- Húngaro; c) A hegemonia do militarismo francês, em decorrência do desarmamento alemão; Consequências da guerra: a) O aparecimento de novas nações; b) Desmembramento do império Austro- Húngaro; c) A hegemonia do militarismo francês, em decorrência do desarmamento alemão;

30 d) A Inglaterra dividiu sua hegemonia marítima com os Estados Unidos; e) O enriquecimento dos Estados Unidos; f) A depreciação do marco alemão, que baixou à milionésima parte do valor, e a baixa do franco e do dólar; g) O surgimento do fascismo na Itália e do Nazismo na Alemanha. d) A Inglaterra dividiu sua hegemonia marítima com os Estados Unidos; e) O enriquecimento dos Estados Unidos; f) A depreciação do marco alemão, que baixou à milionésima parte do valor, e a baixa do franco e do dólar; g) O surgimento do fascismo na Itália e do Nazismo na Alemanha.

31 O Tratado de Versalhes O Tratado de Versalhes: conjunto de decisões tomadas no palácio de Versalhes no período de 1919 a As nações vencedoras da guerra, lideradas por Estados Unidos, França e Inglaterra, impuseram duras condições à Alemanha derrotada. O Tratado de Versalhes: conjunto de decisões tomadas no palácio de Versalhes no período de 1919 a As nações vencedoras da guerra, lideradas por Estados Unidos, França e Inglaterra, impuseram duras condições à Alemanha derrotada.

32 O desejo dos alemães de superar as condições humilhantes desse tratado desempenhou papel importante entre as causas da Segunda Guerra Mundial: O desejo dos alemães de superar as condições humilhantes desse tratado desempenhou papel importante entre as causas da Segunda Guerra Mundial: - Restituir a região da Alsácia- Lorena à França. - Restituir a região da Alsácia- Lorena à França.

33 - Ceder todas as colônias. - Entregar quase todos seu navios mercantes à França, à Inglaterra e à Bélgica. - Pagar uma enorme indenização em dinheiro aos paises vencedores. - Ceder todas as colônias. - Entregar quase todos seu navios mercantes à França, à Inglaterra e à Bélgica. - Pagar uma enorme indenização em dinheiro aos paises vencedores. US$ 33 bilhões de dólares. US$ 33 bilhões de dólares.

34 Revolução Russa

35 O Império Russo era oficialmente uma autocracia (isto é, uma monarquia absoluta), com todos os poderes centralizados nas mãos do. Não havia partidos políticos legalizados. O Império Russo era oficialmente uma autocracia (isto é, uma monarquia absoluta), com todos os poderes centralizados nas mãos do czar Nicolau II. Não havia partidos políticos legalizados.

36 Czar Nicolau II

37 Embora as agremiações clandestinas fossem bastante atuantes. Delas, a mais importante era o Partido Social- Democrata Russo, que em 1903 se dividiu em dois ramos: bolcheviques (marxistas radicais) e mencheviques (socialistas moderados). Embora as agremiações clandestinas fossem bastante atuantes. Delas, a mais importante era o Partido Social- Democrata Russo, que em 1903 se dividiu em dois ramos: bolcheviques (marxistas radicais) e mencheviques (socialistas moderados).

38 A Revolução de 1905 Em , a Rússia entrou em guerra com o Japão, disputando territórios no Extremo Oriente (Manchúria na China), e foi derrotada. Em , a Rússia entrou em guerra com o Japão, disputando territórios no Extremo Oriente (Manchúria na China), e foi derrotada.

39 Pão e terra...

40 Revolução Russa Esse conflito repercutiu na Rússia Européia, dando origem à Revolução de 1905 que Lenin mais tarde considerou um ensaio geral para a Revolução de A Revolução de 1905 consistiu em três episódios distintos, todos extremamente significativos: Esse conflito repercutiu na Rússia Européia, dando origem à Revolução de 1905 que Lenin mais tarde considerou um ensaio geral para a Revolução de A Revolução de 1905 consistiu em três episódios distintos, todos extremamente significativos:

41 Revolução Russa O Domingo Sangrento Uma manifestação pacífica de milhares de operários de São Petersburgo (então capital da Rússia) foi violentamente dispersada pela Guarda Imperial, com centenas de vítimas. O Domingo Sangrento Uma manifestação pacífica de milhares de operários de São Petersburgo (então capital da Rússia) foi violentamente dispersada pela Guarda Imperial, com centenas de vítimas.

42 A Revolução de 1917 A causa imediata da Revolução Russa foram os efeitos desastrosos do envolvimento russo na I Guerra Mundial. Na qualidade de membro da Tríplice Entente, juntamente com a Grã-Bretanha e a França, A causa imediata da Revolução Russa foram os efeitos desastrosos do envolvimento russo na I Guerra Mundial. Na qualidade de membro da Tríplice Entente, juntamente com a Grã-Bretanha e a França,

43 o Império Russo entrou em guerra com a Alemanha e a Áustria-Hungria em Mas, embora seu gigantesco exército tivesse o apelido de rolo compressor, os russos não estavam à altura de seus adversários alemães. o Império Russo entrou em guerra com a Alemanha e a Áustria-Hungria em Mas, embora seu gigantesco exército tivesse o apelido de rolo compressor, os russos não estavam à altura de seus adversários alemães.

44 As pesadas perdas sofridas pelo exército, mais as dificuldades de abastecimento, somadas à alta do custo de vida e à ineficiência e corrupção administrativas, levaram o povo russo a uma situação de verdadeiro desespero. As pesadas perdas sofridas pelo exército, mais as dificuldades de abastecimento, somadas à alta do custo de vida e à ineficiência e corrupção administrativas, levaram o povo russo a uma situação de verdadeiro desespero.

45 Assim, em fevereiro de 1917 (março, pelo calendário vigente nos países ocidentais), eclodiram manifestações em Petrogrado (novo nome de São Petersburgo), exigindo a saída da Rússia da guerra. Assim, em fevereiro de 1917 (março, pelo calendário vigente nos países ocidentais), eclodiram manifestações em Petrogrado (novo nome de São Petersburgo), exigindo a saída da Rússia da guerra.

46 As tropas da capital recusaram- se a reprimir os manifestantes e aderiram a eles. O czar Nicolau ll, que se encontrava em seu quartel-general, foi impedido de entrar em Petrogrado. Em questão de dias, a insurreição alastrou-se por todas as grandes cidades do Império. As tropas da capital recusaram- se a reprimir os manifestantes e aderiram a eles. O czar Nicolau ll, que se encontrava em seu quartel-general, foi impedido de entrar em Petrogrado. Em questão de dias, a insurreição alastrou-se por todas as grandes cidades do Império.

47 O príncipe Lvov foi substituído na chefia do governo provisório por um advogado chamado Kerensky, do Partido Social- Revolucionário (apesar do nome, essa era uma agremiação política moderada), que gozava de uma certa popularidade. O príncipe Lvov foi substituído na chefia do governo provisório por um advogado chamado Kerensky, do Partido Social- Revolucionário (apesar do nome, essa era uma agremiação política moderada), que gozava de uma certa popularidade.

48 Mas esta se deteriorou rapidamente, devido à insistência de Kerensky em continuar a guerra contra a Alemanha, apesar dos anseios de paz da população e da impossibilidade de a Rússia poder sustentar um conflito militar de tais proporções. Mas esta se deteriorou rapidamente, devido à insistência de Kerensky em continuar a guerra contra a Alemanha, apesar dos anseios de paz da população e da impossibilidade de a Rússia poder sustentar um conflito militar de tais proporções.

49 Revolução Socialista

50 A Revolução de outubro de 1917 Em outubro de 1917 (novembro, pelo calendário ocidental), os bolcheviques finalmente tomaram o poder. Os sovietes, controlados por eles, haviam se transformado no poder de fato da Rússia, anulando o papel da Duma e de Kerensky. Em outubro de 1917 (novembro, pelo calendário ocidental), os bolcheviques finalmente tomaram o poder. Os sovietes, controlados por eles, haviam se transformado no poder de fato da Rússia, anulando o papel da Duma e de Kerensky.

51 Um assalto ao palácio do governo, conduzido por soldados bolcheviques, resultou na fuga de Kerensky, que conseguiu se refugiar nos Estados Unidos. Algumas dezenas de jovens cadetes pereceram nas escadarias e salões do palácio, tentando defender seu líder que fugia. Um assalto ao palácio do governo, conduzido por soldados bolcheviques, resultou na fuga de Kerensky, que conseguiu se refugiar nos Estados Unidos. Algumas dezenas de jovens cadetes pereceram nas escadarias e salões do palácio, tentando defender seu líder que fugia.

52 URSS (1922 – 1991)

53 A Duma foi dissolvida e o poder foi assumido por um Conselho de Comissários do Povo, chefiado por Lenin. O novo governo convocou imediatamente uma Assembléia Constituinte. A Duma foi dissolvida e o poder foi assumido por um Conselho de Comissários do Povo, chefiado por Lenin. O novo governo convocou imediatamente uma Assembléia Constituinte. Lenin (1917 – 1924). Lenin (1917 – 1924).


Carregar ppt "HISTÓRIA Aula de História Luís Fernando - Pingüim."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google