A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Todos os profissionais envolvidos na prescrição de medicamentos, e não apenas quem prescreve, estão obrigados a respeitar a prescrição, desde que esta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Todos os profissionais envolvidos na prescrição de medicamentos, e não apenas quem prescreve, estão obrigados a respeitar a prescrição, desde que esta."— Transcrição da apresentação:

1

2 Todos os profissionais envolvidos na prescrição de medicamentos, e não apenas quem prescreve, estão obrigados a respeitar a prescrição, desde que esta siga os preceitos legais e esteja adequadamente fundamentada em evidências.

3 O farmacêutico deverá avaliar a prescrição e observar: legibilidade e ausência de rasuras e emendas; identificação do usuário; identificação do medicamento, concentração, dosagem, forma farmacêutica e quantidade; Receita ilegível

4 O farmacêutico deverá avaliar a prescrição e observar: modo de usar ou posologia; duração do tratamento; local e data da emissão; e assinatura e identificação do prescritor com o número de registro no respectivo conselho profissional. Dipirona nos 3 medicamentos

5 Troca do medicamento prescrito erro na leitura da receita Renitec® (maleato de enalapril – anti-hipertensivo) x Retemic® (Cloridrato de oxibutinina – antiespasmódico urinário) Ritmonorm® (cloridrato de propafenona - taquicardia) X Ritmoneuran® (fitoterápico – ansiedade leve a moderada) Amplictil® (cloridrato de clorpromazina - ação neuroléptica, sedativa, pré-anestésica) X Amytril® (cloridrato de amitriptilina – anti-depressivo) X Anafranil® (cloridrato de clomipramina – anti-depressivo, síndromes obsessivo-compulsivas, estados de pânico) Depakene® (ácido valproico/valproato de sódio - tratamento da epilepsia) X Depakote® (divalproato de sódio - tratamento de epilepsia)

6 Interações medicamentosas medicamento – medicamento medicamento – alimento medicamento – outras substâncias Aspirina® X Marevan® (anticoagulante oral) = potencialização do efeito; Prolopa® (Levodopa + cloridrato de benserazida) X Vitamina B6 (piridoxina) em altas doses diminui o efeito do prolopa; Captopril® X Ácido acetilsalicílico = diminuição do efeito do captopril; Furosemida X Gentamicina (ototoxicidade);

7 Período máximo de tratamento estabelecido para alguns medicamentos (medicamentos da portaria 344/98 da lista B1 - 5 ampolas ou tratamento para 60 dias - ex: bromazepam, diazepam, clonazepam); Falta de farmacêutico na saúde pública; Conflito de políticas públicas (Programa Farmácia Popular e outros programas); Paciente com diversas patologias e que são tratados por diversos especialistas; 7

8 Não adesão ao tratamento; Dificuldade de acesso ao medicamento; Reações adversas ou ocorrência de outros problemas relacionados a medicamentos; Não obtenção dos resultados esperados; Piora no estado de saúde do paciente; Em casos extremos: óbito do paciente.

9 Além da avaliação da prescrição, o farmacêutico pode contribuir com o tratamento do paciente que faz uso contínuo do medicamento, por meio de: - Acompanhamento farmacoterapêutico; - Orientação farmacêutica (durante a dispensação) sobre: forma correta de utilização, possíveis interações, cronofarmácia. 9

10 Na cadeia do medicamento, o farmacêutico é o último elo de contato do sistema de saúde com o paciente, que anteriormente havia buscado o médico para tratar de seu problema de saúde. É, portanto, uma das últimas oportunidades de identificar, corrigir ou reduzir possíveis riscos associados à terapêutica, sendo fundamental a atuação conjunta do médico e do farmacêutico para que ocorra a adesão ao tratamento e sua efetividade.

11 Obrigado pela atenção! Obrigado pela atenção!


Carregar ppt "Todos os profissionais envolvidos na prescrição de medicamentos, e não apenas quem prescreve, estão obrigados a respeitar a prescrição, desde que esta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google