A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Gerenciamento de Projetos (parte 2) Disciplina: Gestão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Gerenciamento de Projetos (parte 2) Disciplina: Gestão."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Gerenciamento de Projetos (parte 2) Disciplina: Gestão de serviços Professor: Marcel de Gois Pinto

2 Rede PERT, revisando... Calculando o caminho crítico para a seguinte rede A2A2 C3C3 D2D2 G4G4 E 10 I3I3 J2J2 H1H1 B8B8 F4F

3 Rede PERT, revisando... Calculando o caminho crítico para a seguinte rede A2A2 C3C3 D2D2 G4G4 E 10 I3I3 J2J2 H1H1 B8B8 F4F

4 Rede PERT, revisando... Calculando o caminho crítico para a seguinte rede A2A2 C3C3 D2D2 G4G4 E 10 I3I3 J2J2 H1H1 B8B8 F4F

5 Acelerando o término

6 Suponha que queiramos acelerar o término de um projeto Várias podem ser as razões: Clientes Contratos Custos.... Algumas análises de custo precisam ser feitas

7 Acelerando o término Custo para projeto hipotético Duração do projeto Custo Custo Total Custo indireto Custo de oportunidade Custo de direto

8 Acelerando o término Custo para projeto hipotético Duração do projeto Custo Custo Total Custo indireto Custo de oportunidade Custo de direto - Mão-de-obra - Inversamente rela- cionado ao tempo

9 Acelerando o término Custo para projeto hipotético Duração do projeto Custo Custo Total Custo indireto Custo de oportunidade - Bônus pelo térmi- no do projeto - Ônus pelo não tér- mino Custo de direto

10 Acelerando o término Custo para projeto hipotético Duração do projeto Custo Custo Total Custo indireto Custo de oportunidade Custo de direto - Aluguel de equipa- mentos - Supervisão - Seguros

11 Acelerando o término Custo para projeto hipotético Duração do projeto Custo Custo Total Custo de oportunidade Custo de direto - Soma dos itens Custo indireto Custo total mínimo

12 Acelerando o término Acelerar as atividades terá influência sobre os três tipos de custos: Custo indireto Custo de oportunidade Custo direto Reduz-se com a aceleração das atividades Bônus são ganhos com a aceleração Aumentam com a aceleração (mais equipes)

13 Acelerando o término Atividades do projeto hipotético A2A2 C3C3 D2D2 G4G4 E 10 I3I3 J2J2 H1H1 B8B8 F4F4

14 Acelerando o término Atividades do projeto hipotético TempoCusto AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A21515 B C D E F43815 G43910 H11 I328 J Custo direto À medida que aceleramos uma atividade o seu custo direto aumenta

15 Acelerando o término Atividades do projeto hipotético Duração do projeto Custo Normal Acelerada E*E C C* Custo direto

16 Acelerando o término Atividades do projeto hipotético Duração do projeto Custo Normal Acelerada E*E C C* Efetuando este cálculo para todas atividades, temos: Custo direto

17 Acelerando o término Atividades do projeto hipotético TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C D E F G H11 - I328 2 J Custo direto

18 Acelerando o término Atividades do projeto hipotético No exemplo que estamos trabalhando, consideramos os seguintes valores: Indireto = $4,00/dia Oportunidade = $2,00/dia Custo indireto Custo de oportunidade Devem ser considerados

19 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o Acelerar em um dia a atividade de menor custo de aceleração Esta atividade deverá estar no caminho crítico Duração Atividade AceleradaCusto Direto Custo Indireto Custo de Oportunidade Custo total 20Normal A2A2 C3C3 D2D2 G4G4 E 10 I3I3 J2J2 H1H1 B8B8 F4F4

20 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C D E F G H11 - I J

21 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C D E F G H11 - I J

22 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o Duração Atividade AceleradaCusto Direto Custo Indireto Custo de Oportunidade Custo total 20Normal I* A2A2 C3C3 D2D2 G4G4 E 10 I2I2 J2J2 H1H1 B8B8 F4F4

23 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C D E F G H11 - I* J

24 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C D E F G H11 - I* J

25 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o Duração Atividade AceleradaCusto Direto Custo Indireto Custo de Oportunidade Custo total 20Normal I* C* A2A2 C2C2 D2D2 G4G4 E 10 I2I2 J2J2 H1H1 B8B8 F4F4

26 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C* D E F G H 11 - I* J

27 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C* D E F G H 11 - I* J

28 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o Duração Atividade AceleradaCusto Direto Custo Indireto Custo de Oportunidade Custo total 20Normal I* C* E E E A2A2 C2C2 D2D2 G4G4 E7E7 I2I2 J2J2 H1H1 B8B8 F4F4 Reduzindo mais um dia em E não teremos redução no tempo total

29 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C* D E F G H 11 - I* J

30 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C* D E F G H 11 - I* J Qualquer outra escolha não alteraria o tempo total final

31 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o Duração Atividade AceleradaCusto Direto Custo Indireto Custo de Oportunidade Custo total 20Normal I* C* E E E J* A2A2 C2C2 D2D2 G4G4 E7E7 I2I2 J1J1 H1H1 B8B8 F4F4

32 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C* D E F G H 11 - I* J*

33 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C* D E F G H 11 - I* J*

34 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o Duração Atividade AceleradaCusto Direto Custo Indireto Custo de Oportunidade Custo total 20Normal I* C* E E E J* E*, B A2A2 C2C2 D2D2 G4G4 E6E6 I2I2 J1J1 H1H1 B7B7 F4F4

35 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C* D E* F G H 11 - I* J*

36 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o TempoCusto Custo da Aceleração AtividadeNormalAceleradoNormalAcelerada A B C* D E* F G H 11 - I* J*

37 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o Duração Atividade AceleradaCusto Direto Custo Indireto Custo de Oportunidade Custo total 20Normal I* C* E E E J* E*, B A*, B*

38 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o A1A1 C2C2 D2D2 G4G4 E6E6 I2I2 J1J1 H1H1 B6B6 F4F4

39 Acelerando o término Cálculo do custo do projeto – acelerando-o A1A1 C2C2 D2D2 G4G4 E6E6 I2I2 J1J1 H1H1 B6B6 F4F4 Todas as atividades se tornaram críticas

40 Análise PERT

41 Até aqui consideramos o tempo um constante Entretanto, a realidade não mostra isso principalmente quando o projeto envolve: Criatividade Condições adversas Pessoas que dividem o tempo entre o projeto e outras atividades Por esta razão, consideramos o tempo uma variável aleatória - distribuição

42 Análise PERT Uma aproximação da distribuição Beta é realizada a partir dos seguintes conceitos: Tempo otimista (A) – caso não ocorra nenhum problema (Probabilidade de 1% de chance do tempo ser menor que o otimista) Tempo mais provável (M) – em termos estatísticos é o valor da moda Tempo pessimista (B) – duração de uma atividade caso surjam problemas (probabilidade de 1% de chance do tempo ser maior que o pessimista)

43 Análise PERT Utilizando os três tempos, o tempo médio será calculado a partir da seguinte equação: A variância será dada por:

44 Análise PERT Utilizando o mesmo exemplo da análise anterior, teremos AtividadeAMBVariância (σ²)t A1234/362 B581136/368 C2344/363 D123 2 E /3610 F24616/364 G /364 H11101 I23836/363 J22202

45 Análise PERT Os diagramas PERT são elaborados da mesma forma O cálculo do caminho crítico é dado pelos tempos médios (t) O tempo de finalização do projeto é dito normalmente distribuído – teorema do limite central (a soma de muitas VA independentes) é uma VA normalmente distribuída

46 Análise PERT Utilizando o MS Project Análise PERT

47 Utilizando o mesmo exemplo da análise anterior, teremos AtividadeAMBVariância (σ²)t A1234/362 B581136/368 C2344/363 D123 2 E /3610 F24616/364 G /364 H11101 I22836/363 J22202

48 Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Gerenciamento de Projetos (parte 2) Disciplina: Gestão de serviços Professor: Marcel de Gois Pinto


Carregar ppt "Universidade Federal do Vale do São Francisco Campus de Juazeiro Colegiado de Engenharia de Produção Gerenciamento de Projetos (parte 2) Disciplina: Gestão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google