A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Metabolismo do Ferro. Importância Absorção Ingestão = ferro não heme e ferro heme Ingestão = ferro não heme e ferro heme O ferro inorgânico é absorvido.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Metabolismo do Ferro. Importância Absorção Ingestão = ferro não heme e ferro heme Ingestão = ferro não heme e ferro heme O ferro inorgânico é absorvido."— Transcrição da apresentação:

1 Metabolismo do Ferro

2 Importância

3 Absorção Ingestão = ferro não heme e ferro heme Ingestão = ferro não heme e ferro heme O ferro inorgânico é absorvido em seu estado Fe 2+ (reduzido) O ferro inorgânico é absorvido em seu estado Fe 2+ (reduzido) A (+) de agentes redutores sua absorção A (+) de agentes redutores sua absorção O ferro dos heme originados das carnes é absorvido separadamente e utilizado + facilmente que o ferro inorgânico O ferro dos heme originados das carnes é absorvido separadamente e utilizado + facilmente que o ferro inorgânico

4 Absorção de ferro não heme

5 Etapas 1. O ferro chega sob a forma de Fe 3+ e é reduzido a Fe 2+ pela ação da ferri redutase 2. O Fe 2+ é transferido da superfície apical dos enterócitos para o seu interior através de DMT1 3. Parte desse Fe 2+ liga-se ao transportador basolateral de Fe 2+ (ferroportina) e é transportado para a CS com o auxílio da hefaestina 4. No plasma, ocorre a oxidação do Fe 2+ a Fe 3+ que se liga a transferrina

6 Etapas da absorção de ferro-heme 1. O ferro na forma heme é transportado para o interior do enterócito pelo transportador de heme 2. No interior do enterócito o heme sofrerá ação da heme oxidase liberando Fe Repetem-se as etapas 3 e 4

7 Transporte de ferro pela transferrina GlicoPTN sintetizada pelo fígado ( 20 formas polimórficas) que transporta Fe 3+ para medula óssea e outros órgãos; GlicoPTN sintetizada pelo fígado ( 20 formas polimórficas) que transporta Fe 3+ para medula óssea e outros órgãos; Essa transferrina é reconhecida por receptores (TfR1 e TfR2) e liga-se a eles; Essa transferrina é reconhecida por receptores (TfR1 e TfR2) e liga-se a eles; Sofre endocitose e o pH ácido no interior do lisossoma processa a dissociação do ferro ligado a PTN. Sofre endocitose e o pH ácido no interior do lisossoma processa a dissociação do ferro ligado a PTN. O ferro dissociado deixa o endossomo por ação do DMT1sendo liberado no citoplasma O ferro dissociado deixa o endossomo por ação do DMT1sendo liberado no citoplasma A Transferrina volta a MP desliga-se de seu receptor passa p/ o plasma, captura mais ferro A Transferrina volta a MP desliga-se de seu receptor passa p/ o plasma, captura mais ferro (reinicia-se o processo)

8 Controle do Metabolismo do Ferro O ferro inorgânico acumula-se nas célls. da mucosa intestinal ligado a um PTN. intracelular (ferritina); O ferro inorgânico acumula-se nas célls. da mucosa intestinal ligado a um PTN. intracelular (ferritina); Qdo. a ferritina está saturada de ferro, nenhuma molécula adicional de ferro consegue entrar no enterócito; Qdo. a ferritina está saturada de ferro, nenhuma molécula adicional de ferro consegue entrar no enterócito; Qdo. a transferrina está saturada de ferro, todas as moléculas que se acumulam nas célls. da mucosa são perdidas por descamação celular (barreira da mucosa) Qdo. a transferrina está saturada de ferro, todas as moléculas que se acumulam nas célls. da mucosa são perdidas por descamação celular (barreira da mucosa)


Carregar ppt "Metabolismo do Ferro. Importância Absorção Ingestão = ferro não heme e ferro heme Ingestão = ferro não heme e ferro heme O ferro inorgânico é absorvido."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google