A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Plano de negócios da Casa do Tenista Joanna Oliveira Gabriel Fortes Pedro Bastos Projetos de Empresas – 2008.2.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Plano de negócios da Casa do Tenista Joanna Oliveira Gabriel Fortes Pedro Bastos Projetos de Empresas – 2008.2."— Transcrição da apresentação:

1 Plano de negócios da Casa do Tenista Joanna Oliveira Gabriel Fortes Pedro Bastos Projetos de Empresas –

2 Agenda Introdução A empresa Produtos e Serviços Análise de mercado Estratégia do negócio Gerência do negócio Planejamento Financeiro

3 Introdução Esporte - Papel muito importante na estrutura social, cultural e econômica Variação de 11% do número de tenistas no Brasil de 2001 a 2006 Mercado em desenvolvimento – 0,8% de penetração Últimos dez anos, o PIB esportivo cresceu 10,8% ao ano, muito mais que os 3,2% em média do PIB brasileiro Fonte: Tennis Beyond 2000, Federação Internacional de Tênis, 2006

4 A empresa – Casa do Tenista Venda de produtos e serviços ligados exclusivamente para a prática do esporte tênis Grande variedade de produtos – Especialização no esporte Diretriz no desenvolvimento do esporte e disseminação para o público carioca Empresa é uma sociedade de responsabilidade limitada Localização: Zona Sul – Rio de Janeiro - RJ

5 Produtos e Serviços Serviços: - Tennis Day - Associação de tenistas - Encordoamento Produtos: Venda de produtos e serviços ligados exclusivamente para a prática do esporte tênis

6 Análise do mercado BairroLocalConcorrentes Leblon Shopping Leblon Centauro Deny Sports Maikai Esportes Adidas R. Conde BernadoteProShop BotafogoRio Sul Centauro Físico e Forma World Tennis RKG Esportes GáveaShopping da Gávea Sport Society Goal Brasil Esporte Total Maturidade do mercado: Variação Total de tenistas % Potenciais concorrentes: Consumidores: Fonte: Tennis Beyond 2000, Federação Internacional de Tênis, 2006

7 Análise do mercado Público alvo: Jogadores de tênis amadores e profissionais - Homens e mulheres - 6 a 65 anos - Classes A, B e C Fonte: Tennis Beyond 2000, Federação Internacional de Tênis, 2006 Consumidores:

8 Estratégia do Negócio –Atingir Classes A, B e C entre 6 e 65 anos de idade –Estratégia de diferenciação de serviços –Alianças com Fornecedores e Clubes –Propagandas em Revistas Especializadas e na Internet –Comercializar Produtos pela Internet –Comercializar Produtos de Ponta

9 Gerência do Negócio – Horário de Funcionamento da loja – Cadastro dos Atletas – Comercialização de Produtos nos Eventos – Funcionários: Gerente Geral VendedoresCaixa Gerente Caixa Vendedores

10 Investimentos Iniciais INVESTIMENTOS INICIAISValor (R$ K) Luvas Aluguel + Condomínio Aspectos legais e jurídicos Estoque inicial Móveis e instalações Divulgação Total Planejamento Financeiro

11 Custos fixos e variáveis Planejamento Financeiro

12 Premissas - A receita inicial será muito menor, pois a loja ainda não é conhecida. - A depreciação do móveis, maquinário e instalações é de 5 anos. - Crescimento:. Pessimista: o crescimento das vendas é de 1% a.a.. Esperado: o crescimento das vendas é de 1,6% a.a.. Otimista: o crescimento das vendas é de 2,2% a.a. - Sazonalidade:. Pessimista: novembro e dezembro 7%. Esperado: novembro e dezembro 10%. Otimista: novembro e dezembro 13% - Número de tenistas em São Paulo x Rio de Janeiro / número de concorrentes em São Paulo x Rio de Janeiro - Nas perpetuidades foram consideradas o último fluxo de caixa e a taxa de 17%

13 Planejamento Financeiro Cenário Esperado

14 Planejamento Financeiro Cenário Pessimista

15 Planejamento Financeiro Cenário Otimista

16 Planejamento Financeiro Payback


Carregar ppt "Plano de negócios da Casa do Tenista Joanna Oliveira Gabriel Fortes Pedro Bastos Projetos de Empresas – 2008.2."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google