A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Enade 2013 Preparação para o Exame Prof. Daltro José Nunes UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Enade 2013 Preparação para o Exame Prof. Daltro José Nunes UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL."— Transcrição da apresentação:

1

2 Enade 2013 Preparação para o Exame Prof. Daltro José Nunes UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

3 Apresentação: De interesse de todos os presentes Organização da Avaliação Institucional da UFRGS NAUs (Comissões de Avaliação) nas Unidades Importância do ENADE para a UFRGS Estratégia para obtenção de uma boa nota ENADE De interesse dos coordenadores das COMGRADs ENADE 2013 (Processo)

4 Organização da Avaliação Institucional da UFRGS

5

6

7 Importância do ENADE para a UFRGS

8 COMPOSIÇÃO DO ENADE O ENADE é composto por 8 (oito) componentes: nota de professores doutores; nota de professores mestres; nota de professores com regime de dedicação integral ou parcial; nota da infraestrutura; nota da organização didático-pedagógica; nota dos concluintes no ENADE; nota dos ingressantes no ENEM; indicador de diferença entre os desempenhos observado e esperado (IDD)

9 NOTA DE PROFESSORES DOUTORES Proporção de professores vinculados ao curso que apresentam titulação igual ou maior do que doutorado; É um número entre 0 e 1.

10 NOTA DE PROFESSORES MESTRES Proporção de professores vinculados ao curso que apresentam titulação igual ou maior do que mestrado; É um número entre 0 e 1.

11 NOTA DE PROFESSORES COM REGIME DE DEDICAÇÃO INTEGRAL OU PARCIAL Proporção de professores vinculados ao curso que apresentam regime de dedicação integral ou parcial; É um número entre 0 e 1.

12 NOTA DE INFRAESTRUTURA Questionário socioeconômico do ENADE: Questão: Os equipamentos e/ou materiais disponíveis nos ambientes para aulas práticas são suficientes para o número de estudantes? (Se for estudante de EAD – Educação a distância, considere as condições do polo de apoio presencial e/ou sede). (A) = Sim, todos. (1 ponto) (B) = Sim, a maior parte. (1 ponto) (C) = Somente alguns. (0,5 ponto) (D) = Nenhum. (0 pontos) Média da pontuação obtida na questão acima; É um número entre 0 e 1.

13 NOTA DE ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA Questionário socioeconômico do ENADE: Questão: Na maioria das vezes, os planos de ensino apresentados pelos professores contêm os seguintes aspectos: objetivos, metodologias de ensino e critérios de avaliação, conteúdos e bibliografia da disciplina? (A) = Sim, todos os aspectos. (1 ponto) (B) = Sim, a maior parte dos aspectos. (0,5 ponto) (C) = Somente alguns aspectos. (0,5 ponto) (D) = Nenhum dos aspectos. (0 pontos) (E) = Não sei responder. (não entra no cálculo) Média da pontuação obtida na questão acima; É um número entre 0 e 1.

14 NOTA DOS CONCLUINTES NO ENADE Nota dos concluintes no ENADE: peso de 75% para a prova específica e 25% para a formação geral; É um número entre 0 e 100,28.

15 NOTA DOS INGRESSANTES NO ENEM São consideradas as notas do ENEM de 2010 e 2011 para os alunos inscritos como ingressantes; Caso o aluno tenha feito ENEM nos dois anos, considera-se a nota mais alta; É feita uma média com pesos iguais para as quatro áreas (Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Códigos e Matemática); É um número entre 0 e 100, que é padronizado através das notas das quatro áreas do ENEM. Não é usado no cálculo do CPC, serve apenas para o cálculo do IDD.

16 IDD Indicador de diferença entre os desempenhos observado e esperado, que serve para verificar a evolução do aluno ao longo do curso; É calculado pelo INEP a partir de regressão linear múltipla, levando em conta todos os outros fatores citados; É um número que varia de zero até um valor indefinido.

17 PADRONIZAÇÃO Todos componentes são padronizados (subtraindo-se seu valor da média e dividindo pelo desvio padrão de todas as IES que apresentam determinado curso), com exceção da nota dos ingressantes, que serve apenas para o cálculo do IDD; Após serem padronizados, os valores são transformados em um número entre 0 e 5 (contínuo).

18 CÁLCULO DO CPC Cada um dos valores padronizados é transformados em uma escala de 0 a 5, são multiplicados pelos seguintes pesos: ComponentePeso nota de professores doutores15% nota de professores mestres7,5% nota de professores com regime de dedicação integral ou parcial7,5% nota de infraestrutura7,5% nota de organização didático-pedagógica7,5% nota dos concluintes20% IDD35%

19 ÍNDICE CPC Do cálculo anterior, surge o valor contínuo do CPC, que é discretizado da seguinte forma: Valor Discreto do CPCValor Contínuo do CPC 10,00 a 0,94 20,95 a 1,94 31,95 a 2,94 42,95 a 3,94 53,95 a 5,00

20 OBSERVAÇÕES FINAIS O CPC não serve para avaliar um curso independente dos outros. O CPC é um conceito que serve para comparar determinado curso de uma IES com o mesmo curso de outras IES; Resumindo: o CPC mostra se o curso de uma IES é melhor ou pior do que o de outra IES, mas não indica se esse curso é bom ou ruim.

21 OBSERVAÇÕES FINAIS O CPC é utilizado para o cálculo do IGC (Índice Geral de Cursos), que serve para avaliar a instituição como um todo; O IGC é composto, além do CPC, pelos conceitos CAPES da pós-graduação e sintetiza num único indicador a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado de uma IES; O IGC é divulgado anualmente.

22 CÁLCULO DO IGC GRADUAÇÃO: O conceito CPC de cada curso é multiplicado pela proporção de alunos do curso com relação ao número de alunos da IES; PÓS-GRADUAÇÃO: O conceito CAPES de cada curso é transformado em um conceito com nota máxima 5 e é então multiplicado pela proporção de alunos do curso com relação ao número de alunos da IES; Soma-se esse cálculo de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado, gerando um conceito para cada um deles.

23 CÁLCULO DO IGC Os conceitos são multiplicados por pesos variáveis, que são calculados através do número de alunos da pós-graduação (mestrandos e doutorandos por graduando equivalente); Esse conceito, contínuo, é discretizado da seguinte forma: Valor Discreto do IGCValor Contínuo do IGC 10,00 a 0,94 20,95 a 1,94 31,95 a 2,94 42,95 a 3,94 53,95 a 5,00

24 Estratégia para obtenção de uma boa nota ENADE

25 Cursos a serem submetidos ao ENADE AgronomiaZootecnia BiomedicinaServiço Social Educação FísicaOdontologia EnfermagemNutrição FarmáciaMedicina Veterinária FisioterapiaMedicina Fonoaudiologia

26 Os alunos concluintes de cada um dos cursos são responsáveis pela nota Deverão ser motivados para Responder de forma responsvel os questionários sobre Plano pedagógico do curso Infraestrutura Realizar a prova com responsabilidade

27 ENADE 2013 (Processo)

28 Enade 2013 – Portaria Normativa nº. 6, de 27/03/2013 Agronomia Biomedicina Educação Física Enfermagem Farmácia Fisioterapia Fonoaudiologia UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Medicina Medicina Veterinária Nutrição Odontologia Serviço Social Zootecnia

29 O que é o Enade? Constitui-se componente curricular obrigatório dos cursos superiores, devendo constar do histórico escolar de todo estudante a participação ou dispensa da prova (PORTARIA NORMATIVA Nº 40, DE 12 DE DEZEMBRO DE DOU de 29/12/2011, Seção 1, pág. 23). O aluno que não estiver em situação regular em relação ao Enade não estará apto a receber seu diploma.

30 27/03/2013 – Portaria Normativa nº 06/2013, a qual define as áreas a serem avaliadas no Enade 2013; Até 31/05/2013 – Divulgação do Manual do Enade 2013 – instruções técnicas; 04/Jun/2013 – Início do processo de enquadramento de cursos no Enade 2013; 11 a 28/Jun/2013 – Inscrições de estudantes irregulares de anos anteriores (SAI); 09/Jul a 16/Ago/2013 – Inscrições de estudantes habilitados ao Enade 2013 (Coord. de Congrads); Cronograma Previsto de Divulgação do Enade

31 20 a 30/Ago/2013 – Consulta pública à lista de inscritos; 20 a 30/Ago/2013 – Ajustes nas inscrições (inclusões ou retificações na lista de estudantes habilitados e inscritos para o Enade 2013); 20 a 30/Ago/2013 – Alteração de localidade de prova; Até 20/Out/2013 – Divulgação dos estudantes obrigados ao Enade 2013; 22/10 a 24/Nov/2013 – Respostas ao Questionário do Estudante e consulta ao local de prova;

32 Cronograma Previsto de Divulgação do Enade 24/Nov/2013 – Aplicação das provas (PORTARIA NORMATIVA No- 6, DE 27 DE MARÇO DE 2013); 26/Nov/2013 a 10/Dez/2013 – Respostas ao Questionário do Coordenador de Curso; Até 25/Dez/2013 – Relatório dos Estudantes em Situação Regular junto ao Enade 2013, após trinta dias da prova, por meio da página da Internet que permitirá a IES registrar no histórico escolar do estudante a sua situação junto ao Enade; Final de dezembro de 2013 a início de janeiro de Portaria de Regulamentação de solicitação de Dispensa do ENADE 2013;

33 Cronograma Previsto de Divulgação do Enade De 12 a 31 de janeiro de os estudantes poderão solicitar sua dispensa do Enade 2013 exclusivamente por meio do endereço eletrônico em sistema criado para esse fim. As solicitações de dispensas deferidas pela IES, deverão ser registradas, por meio do endereço eletrônico do INEP, em sistema criado para este fim, e de modo a não ultrapassar a proporção de 2% dos concluintes habilitados por curso, ou o número de 10 alunos (conforme § 8º do art. 33-G da Portaria Normativa nº 40/2007, em sua atual redação);

34 Quem são os estudantes que devem ser inscritos e que devem participar do Enade 2013? Devem ser inscritos no Enade todos os estudantes regulares com áreas selecionadas pelo Enade 2013, nas seguintes condições: UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

35 Estudantes ingressantes são aqueles que tenham iniciado o respectivo curso com matrícula no ano letivo de realização do Enade 2013 e que tenham concluído até 25% da carga horária do currículo do curso avaliado no Enade até o término do período de inscrição. Os estudantes ingressantes são dispensados da prova a ser aplicada em 2013 e sua situação de regularidade será atestada por meio de relatório específico a ser emitido pelo INEP. UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Inscrição e Dispensa de Estudantes Ingressantes

36 Estudantes concluintes são aqueles que tenham vencido mais de 80% (oitenta por cento) da grade curricular cumprida OU aqueles que tem expectativa de formatura até julho de 2014 (2014/1). ENADE 2013 – Censitário (para concluintes). Todos os concluintes inscritos no período regular serão convocados. UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Inscrição e Convocação de Estudantes Concluintes para a prova

37 Quem deve ser dispensado do Enade 2013? Critérios prévios de dispensa do Enade 2013, (inclusive inscrição): Os estudantes dos cursos avaliados pelo Enade 2013 que colarem grau até o dia 31 de agosto de 2013; Os estudantes que estiverem oficialmente matriculados e cursando atividades curriculares fora do Brasil, na data de realização do Enade 2013, em instituição conveniada com a IES de origem do estudante. UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

38 A inscrição dos Ingressantes e dos Concluintes do ENADE 2013 deve ser realizada pela COMGRAD através do Portal do Servidor (UFRGS) pelos seguintes caminhos: Ingressantes: Consultas Exclusivas Comgrad >> Aluno >> ENADE Alunos Ingressantes Concluintes: Consultas Exclusivas Comgrad >> Aluno >> ENADE Alunos Concluintes UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

39 UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - Campo de Inscrição de Alunos Ingressantes

40 UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL – Campo de Inscrição do Aluno Ingressante no Portal do Servidor da UFRGS

41 Para os concluintes devem ser realizadas as seleções de Ano, Comissão e Curso A comissão e suas habilitações aparecem de acordo com o calendário trienal fornecido pelo INEP. Após o filtro de dados ser realizado, como na figura abaixo, a lista de alunos concluintes do curso é exibida (ver figura). UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - Campo de Inscrição de Alunos Concluintes

42 UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - Campo de Inscrição de Alunos Concluintes no Portal do Servidor da UFRGS

43 UFRGS – SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL – Análise dos Alunos com Expectativa de Conclusão de Grau, no Portal do Servidor da UFRGS

44 44 MEC – INEP – DAES – CGENADE – Enade 2013 – Questões Operacionais Página Inicial

45 Exame aplicado apenas aos concluintes de cada curso São 40 questões, a resolver em 4h00min. Há uma parte da prova (primeiras 10 questões, sendo 2 discursivas e 8 de múltipla escolha), comum a todos os estudantes que prestam o exame, independentemente do seu curso: avaliação de formação geral; esta parte da prova tem peso de 25% sobre a nota O restante da prova (30 questões, sendo 3 discursivas e 27 de múltipla escolha) destina-se à avaliação dos conteúdos, habilidades e competências inerentes à área do curso; com peso de 75% sobre a nota Há tanto questões discursivas, quanto de múltipla escolha, podendo ambas serem de grau baixo, médio ou elevado de dificuldade. O peso relativo de cada tipo de questão na prova varia de acordo com a deliberação de cada comissão de assessoramento, não podendo, porém, ultrapassar os 5% por questão. ENADE – A Prova

46 Enade: informações gerais Os estudantes habilitados que não tenham sido inscritos ou não tenham realizado o ENADE fora das hipóteses de dispensa referidas na Portaria Normativa nº 40/2007 estarão em situação irregular, não podendo receber o histórico escolar final. A não inscrição de alunos habilitados para participação no Enade, nos prazos estipulados pelo INEP, sujeitará a instituição à aplicação das sanções previstas no § 2º do art. 10, sem prejuízo do disposto no art. 12 desta Lei do SINAES. Após a realização do Enade, os estudantes habilitados para o Enade que não tenha participado da prova realizada no dia 24 de novembro de 2013 por motivos de saúde, mobilidade acadêmica ou outros impedimentos relevantes de caráter pessoal, terão que apresentar no sistema a justificativa de ausência no Enade 203. O INEP analisará a justificativa e comunicará à instituição o deferimento ou indeferimento da dispensa. O estudante que permanecer em situação irregular deverá ser inscritos no ENADE no ano seguinte, nesta condição.

47 A UFRGS informa a sua comunidade universitária sobre o ENADE através da página eletrônica da SAI: Eventualmente, algumas outras informações são repassadas através de chamadas especiais na página principal da Universidade ou via mensagens postadas no Portal do Aluno Conclusões Gerais

48 Fontes: Portal do Servidor – UFRGS Portal da SAI – UFRGS graduacao/enade Seminários do Enade 2012 – INEP/MEC Portal do INEP/Enade:

49 Equipe da SAI – Secretaria de Avaliação Institucional: Prof. Dr. Daltro José Nunes Secretário de Avaliação Institucional – UFRGS Profª Drª. Cláudia Medianeira Cruz Rodrigues Vice-Secretária de Avaliação Institucional – UFRGS TAE Débora Trindade De Angelis TAE Fernanda Brasil Mendes TAE Flavia Renata Pinto Barbosa TAE Claudete Lampert Gruginskie Estatístico Gilberto Müller Beuren Bolsista Aloizio Brasil Biguelini Bolsista Cláudia Scalco Franke Telefone: Enade 2013 – Orientações sobre o Enade


Carregar ppt "Enade 2013 Preparação para o Exame Prof. Daltro José Nunes UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google