A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

21/02/2011Parábola da Figueira Seca1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO AULA E PALESTRA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "21/02/2011Parábola da Figueira Seca1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO AULA E PALESTRA."— Transcrição da apresentação:

1 21/02/2011Parábola da Figueira Seca1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO AULA E PALESTRA

2 21/02/2011Parábola da Figueira Seca2 PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Introdução Uma reflexão sobre a simbologia da figueira seca. Veremos: Endereço bíblico. Aspecto científico da morte da figueira. Tipos de símbolos.

3 21/02/2011Parábola da Figueira Seca3 PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Conceito Parábola. Argumento que consiste em aduzir uma comparação ou um paralelo. Das evangélicas, deve-se extrair um ensinamento moral. Figueira. Nome vulgar da Fícus carica, pequena árvore da família das Moráceas. É originária da Região Mediterrânea e frequentemente cultivada em Portugal em sítios com nível freático pouco fundo e de clima bastante quente e seco no verão.

4 21/02/2011Parábola da Figueira Seca4 PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Endereço Bíblico No dia seguinte, saindo eles de Betânia, teve fome – vendo ao longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se, porventura, acharia nela alguma coisa. Aproximando-se, nada achou senão folhas; porque ainda não era tempo de figos. Disse-lhe: Nunca jamais coma alguém fruto de ti; e seus discípulos ouviram isto. Quando chegava a tarde saíram da cidade. Ao passarem de manhã, viram que a figueira estava seca até a raiz. Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Olhe, Mestre, secou-se a figueira que amaldiçoaste! (Marcos, XI, )

5 21/02/2011Parábola da Figueira Seca5 PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Contexto Bíblico O título: Figueira Seca: a Purificação do Templo. Jesus expulsa os vendilhões do templo: casa de oração e não de perdição.. Jesus exalta, também, a fé em Deus. Ainda: discorre sobre a oração e o perdão. (Marcos, 11, 1 a 26)

6 21/02/2011Parábola da Figueira Seca6 PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Relação entre Folhas e Frutos Na antiga Palestina, diziam que os primeiros brotos de frutos da figueira aparecem dois meses antes das folhas. Mesmo não sendo época de figos, a figueira já tinha estrutura para, mesmo fora de época, possuir frutos. Cristo se baseia nessa premissa para lançar uma praga à figueira.

7 21/02/2011Parábola da Figueira Seca7 Jesus, pelo seu magnetismo, poderia destruir as células das árvores. Cremos que Jesus, conhecedor das leis da natureza, e sabendo que a figueira iria morrer, disse-lhe para não dar mais frutos. PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Natureza e Magnetismo

8 21/02/2011Parábola da Figueira Seca8 PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Simbologia da Figueira Seca 1) Pessoas que apenas aparentam o bem, mas na realidade nada produzem de bom. 2) Pessoas que podem ser úteis e não o são. 3) Médiuns que se desviam de sua missão. (Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. XIX, itens 9 e 10)

9 21/02/2011Parábola da Figueira Seca9 PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Esterilidade é Destoante Com o tempo, a obra estéril desaparece. Jesus está, nesta passagem evangélica, chamando a nossa atenção para as boas obras, não de aparência, mas de real valor para a Humanidade. O verniz da caridade nada vale, pois a salvação da alma está presa ao essencial, não ao que aparentamos ser.

10 21/02/2011Parábola da Figueira Seca10 Um Centro Espírita, se não servir de lenitivo aos que o procuram, pode se tornar uma figueira seca, pois deixou de atender às necessidades de seus frequentadores. Por isso, cada um de seus integrantes deve se sacrificar para que o todo prevaleça sobre as suas opiniões, e no caso do Espiritismo, os princípios doutrinários devem sempre estar em primeiro lugar. PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Centro Espírita e Figueira Seca

11 21/02/2011Parábola da Figueira Seca11 Não é o tamanho, a configuração, as ramagens, os rebentos verdes, as pontas ressequidas, o aspecto brilhante, a vetustez do tronco, a fragilidade das folhas, o aroma atraente. Não é pela aparência exterior, mas pelos frutos, utilidade e produção. O que realmente vale é a substância de nossa colaboração no progresso comum, pela importância de nosso concurso no bem geral. (Fonte Viva, cap. 7) PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Árvore e Frutos

12 21/02/2011Parábola da Figueira Seca12 PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Conclusão A vida de aparência caridosa pode enganar aos homens, pode até fazer prosélitos, mas não consegue ludibriar a Deus, que é eminentemente sabedoria e justiça. Esta é a lição que devemos extrair dessa parábola.

13 21/02/2011Parábola da Figueira Seca13 ENCICLOPÉDIA LUSO-BRASILEIRA DE CULTURA. Lisboa: Verbo, [s. d. p.] KARDEC, A. O Evangelho Segundo o Espiritismo. 39. ed. São Paulo: IDE, SCHUTEL, C. Parábolas e Ensinos de Jesus. 11. ed. São Paulo: O Clarim, XAVIER, F. C. Fonte Viva, pelo Espírito Emmanuel. Rio de Janeiro: FEB, [s.d.p.] Texto em HTMLTexto em HTML: figueira-seca.htm PARÁBOLA DA FIGUEIRA SECA Bibliografia Consultada


Carregar ppt "21/02/2011Parábola da Figueira Seca1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO AULA E PALESTRA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google