A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ORIGEM E EVOLUÇÃO DA PSICOLOGIA Disciplina: Psicologia Profª Dinamara Selbach.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ORIGEM E EVOLUÇÃO DA PSICOLOGIA Disciplina: Psicologia Profª Dinamara Selbach."— Transcrição da apresentação:

1 ORIGEM E EVOLUÇÃO DA PSICOLOGIA Disciplina: Psicologia Profª Dinamara Selbach

2 A Psicologia entre os gregos: os primórdios Gregos grandes conquistas na Antiguidade (700 ªc.) é entre os filósofos gregos que surge a primeira tentativa de sistematizar uma psicologia. Psicologia = psyché + logos (alma) (razão) Portanto, psicologia, etimologicamente significa o estudo da alma.

3 A Psicologia colabora com o estudo da subjetividade A subjetividade é a síntese singular e individual que cada um de nós vai constituindo conforme vamos nos desenvolvendo e vivenciando as experiências da vida social e cultural; é uma síntese que nos identifica, de um lado, por ser única, e nos iguala, de outro lado, na medida em que os elementos que a constituem são experienciados no campo comum da objetividade social. Subjetividade: é a maneira de sentir, pensar, fantasiar, sonhar, amar e fazer de cada um!

4 preocupavam-se em definir a relação do homem com o mundo através da percepção; Discutiam se o mundo existe porque o homem vê ou se o homem vê o mundo que já existe; havia uma oposição entre os idealistas (a idéia forma o mundo) e os materialistas (a matéria que forma o mundo já é dada para a percepção)

5 ( a. C): principal preocupação era com o limite que separa o homem dos animais. Principal característica humana é a R A Z Ã O; ao definir a razão como peculiaridade do homem, abre um caminho que seria muito explorado pela Psicologia; a razão permitia ao homem se sobrepor aos instintos, que seriam a base da irracionalidade.

6 Esse procurou definir um lugar para a razão no nosso corpo – a cabeça -, onde se encontra a alma do homem, elemento de ligação da alma e do corpo – medula; esse elemento de ligação era necessário porque Platão concebia a alma separada do corpo; quando alguém morria, a matéria (corpo) desaparecia, mas a alma ficava livre para ocupar outro corpo.

7 ( ª.C), sua contribuição foi inovadora ao postular que a alma e o corpo não podem ser dissociados; a psyché seria o princípio ativo da vida; tudo aquilo que cresce, se reproduz e se alimenta possui a sua psyché ou alma; os vegetais (alma vegetativa), os animais (alma vegetativa e alma sensitiva), o homem (alma vegetativa, alma sensitiva e a alma racional – tem função pensante); Estudou as diferenças entre a razão, a percepção e as sensações – livro Da anima

8 T E O R I A S Platônica: imortalidade da alma e a concebia separada do corpo Aristotélica: afirmava a mortalidade da alma e a sua relação de pertencimento ao corpo.

9 cristianismo: dois grandes filósofos, respresentam esse período: Santo Agostinho ( ) e São Tomás de Aquino ( ); Santo Agostinho: inspirado em Platão também fazia a cisão entre a alma e o corpo; a alma era imortal por ser o elemento que liga o homem a Deus. Sendo a alma também a sede do pensamento, a Igreja passa a se preocupar também com sua compreensão; São Tomás de Aquino: viveu num período que prenunciava a ruptura da Igreja Católica, o aparecimento do protestantismo

10 São Tomás de Aquino foi buscar em Aristóteles a distinção entre essência e existência; afirma que somente Deus seria capaz de reunir a essência e a existência, em termos de igualdade = a busca de perfeição pelo homem seria a busca de Deus; renascimento: grandes evoluções em todas as áreas: mercantilismo: busca de novo mercado, novas conquistas René Descartes: postula a separação entre mente (alma, espírito) e corpo - afirma que o homem possui uma substância material e uma substância pensante e, que o corpo, desprovido de espírito é apenas uma máquina.

11 Dualismo: mente-corpo: provocou o aparecimento de novas áreas como a anatomia e a fisiologia; capitalismo(séc. XIX): traz o processo de industrialização para o qual a ciência deveria dar respostas e soluções práticas no campo da técnica - impulso para o desenvolvimento das ciências; a racionalidade do homem apareceu como a grande possibilidade de construção do conhecimento estavam dadas as condições materiais para o desenvolvimento da ciência moderna; meados do séc. XIX os problemas e temas da Psicologia saem da filosofia e começam a ser investigados pela fisiologia e para neurofisiologia

12 Descobertas importantes para o estudo e instauração definitiva da ciência chamada Psicologia: Neurologia descobre a doença mental; a Neuroanatomia descobre a atividade motora - reflexo; Surge a Psicofísica: caminho natural que os fisiologistas da época seguiam quando passavam a se interessar pelo fenômeno psicológico Lei Fechner-Weber: estabelece a relação entre estímulo e sensação permitindo a mensuração


Carregar ppt "ORIGEM E EVOLUÇÃO DA PSICOLOGIA Disciplina: Psicologia Profª Dinamara Selbach."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google