A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Normas em SMA Baldoino Fonseca Viviane Torres da Silva Carlos José Pereira de Lucena

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Normas em SMA Baldoino Fonseca Viviane Torres da Silva Carlos José Pereira de Lucena"— Transcrição da apresentação:

1 Normas em SMA Baldoino Fonseca Viviane Torres da Silva Carlos José Pereira de Lucena

2 Normas Definição Operacionalização das normas –Descrição –Implementação Adoção de normas Conflitos entre normas Deliberação de normas

3 DefiniçãoI/VII Normas restringem o comportamento dos agentes do sistema Uma norma define uma permissão, obrigação ou proibição sobre o comportamento de um agente A norma especifica o quê está sendo regulado, quando esta regulação ocorre e quem está sofrendo esta regulação. –O quê: uma ação ou um estado –Quando: intervalo de tempo onde a norma está ativa –Quem: papel do agente, agente, grupo, todos

4 DefiniçãoII/VII Norma x Lei x Códigos sociais –Uma norma pode ser violada –Um lei não pode ser violada –Os códigos sociais são aceitos como princípios gerais pelos membros da sociedade [4] Estados de uma norma: –Ativa: ocorreu algum evento que ativou a norma. Esta norma deve ser cumprida antes que ela passe para o estado inativo –Inativa: ocorreu algum evento que desativou a norma. O agente já cumpriu com a norma ou já violou a norma –Cumprida: o agente cumpriu com a restrição descrita na norma –Violada: o agente não cumpriu com a restrição descrita na norma

5 DefiniçãoIII/VII Normas podem estar associadas a ações ou a estados –Ex: Um professor não pode agredir a um aluno –Ex: Um aluno não pode repedir de ano As ações podem ser de interação entre os agentes ou podem ser ações de execução –Ex: Agente X é obrigado a enviar a mensagem Y –Ex: Todos os agentes dentro do grupo G não podem executar ação W –Ex: Papel Z tem permissão para executar método M de objeto N

6 DefiniçãoIV/VII Quando uma norma pode ser definida? –Em tempo de design ou em tempo de execução Conflitos entre normas Por quem uma norma pode ser definida? –Design: Pelo design da aplicação –Runtime: Por um agente que tem poder para fazer isso em tempo de execução Quem regula o comportamento dos agentes? –Outros agentes que tem poder para isso –Sistemas de governança

7 DefiniçãoV/VII Tipos de normas: [3] Normas MAS: usadas para regular o comportamento dos agentes Reward norms: encorajam os agentes a cumprir com as normas Legislation norms: descrevem os agentes que podem criar ou modificar normas

8 DefiniçãoVI/VII Tipos de normas: [5] Normas que definem o significado de termos abstratos: –Um pesquisador é uma pessoa que fez doutorado e se dedica a pesquisa Normas que definem uma ação abstrata em termos de sub- ações, procedimentos ou protocolos. –A matrícula de um aluno é realizada quando este é associado a um curso de um departamento Normas que definem obrigações, permissões e proibições

9 DefiniçãoVII/VII Papéis associados às normas: [3] Legislador: aquele que cria ou modifica uma norma Defensor: aquele responsável por aplicar a punição ou dar o prêmio Destinatário: aquele responsável por cumprir com a norma Beneficiário: aquele cujos objetivos se beneficiam da norma ter sido atingida

10 Operacionalização das normas Como que os agentes sabem qual é o conjunto de normas aplicadas a eles? –Normas que estão ativas e que precisam ser cumpridas –Responsabilidades (ex. Papel) Como um agente sabe que outros agentes violaram normas? –Normas aplicadas a outros agentes mas que influenciam o seu comportamento Operacionalização de normas: –Mecanismos de implementação ajudam os agentes do sistema a conhecer as normas, as violações e as normas que foram cumpridas –Descrição de normas

11 Descrição de normas Quais são os componentes de uma norma? Como descrever uma norma?

12 Componentes de uma NormaI/II Conceito deôntico: obrigação, permissão ou proibição Destinatário: quem tem que cumprir com a norma –Um agente, um papel, um agente desempenhando papel, um grupo de agentes, todos os agentes Regulação: –Ação que está sendo regulada: de interação, interna ao agente e acesso a recurso –Estado que deve ser atingido Evento de ativação: quando uma norma é ativada –Evento pode ser uma ação que foi executada, um estado que foi modificado, um deadline que foi alcançado Evento de desativação: quando uma norma é desativada

13 Componentes de uma NormaII/II Condição –condição para execução da norma Punição Prêmio Condição de violação: –Condição que caracteriza a violação –Ex: uma obrigação está ativa mas não cumpro. Mecanismo de detecção: –Mecanismo utilizado para detectar a violação Planos de reparação: –Utilizados para reparar o sistema em caso de violações

14 Exemplo de BNF[8]I/III ::= ::= '{(' ')' '}' | '{(' ')' '}' | '{(' 'IF' ')' '}' ::= 'OBLIGED' | 'FORBIDDEN' | 'PERMISSION' ::= |

15 Exemplo de BNF[8]II/III ::= 'EXECUTE' | ':' 'EXECUTE' | : 'EXECUTE' | 'ALL EXECUTE' ::= 'UTTER(' ';' ';' ')' |... ::= '.' '(' ')''(' ')' | ':' '(' ')''(' ')' |

16 Exemplo de BNF[8]III/III O juiz tem que verificar o equipamento dos jogadores antes do jogo começar Punição: O juiz é demitido pelo sindicato dos juízes Prêmio: A reputação do juiz é aumentada. checkEquipment OBLIGED {(referee EXECUTE managingGame:checkEquipment (players)(;;) BEFORE ( UTTER(game; si; INFORM(S:;SR: referee;R:_;RR:_ [...]))) ) (PUNISHMENT: refereeSyndicate PUNISHES refereeSyndicate EXECUTE managingReferees:FireReferee(game,referee)(;;) ) (REWARD: refereeSyndicate REWARDS ::referee.reputation = }

17 Adoção de Normas É importante termos agentes capazes de adotar novas normas: –Mudanças nas atuais normas; –Membros da sociedade não são pré-determinados; –Relações entre membros são criadas e destruídas dinamicamente; –Possibilidade de agentes entrar e sair de sociedades sem modificar seu design interno; –Considerando que normas representam as responsabilidades do agente, e normas são diferentes em cada sociedade, agentes são capazes de adotar diferentes papéis e obrigações; –Possibilita que agentes adotem ou delegem goals. 10/1/2014 Nome do Autor © LES/PUC-Rio

18 Adoção de Normas Critérios para rejeição ou adoção de normas: –O agente é responsável pela norma; –A autoridade (poder) do agente criador da norma; –A adoção da norma é benéfica para o grupo; –A norma não é um interesse pessoal da autoridade criadora? –... 10/1/2014 Nome do Autor © LES/PUC-Rio

19 Conflitos entre normas Duas normas regulam o comportamento do mesmo agente, falam sobre a mesma ação, no mesmo intervalo de tempo Obrigação e proibição Proibição e permissão Obrigação e permissão Existem várias estratégias para verificação de conflitos e resolução de conflitos

20 Conflitos entre normas [9] Tudo é permitido em qualquer momento até que exista uma norma que diga o contrário Exemplo: (proibição x permissão) –O comprador não pode devolver o produto comprado –O comprador pode devolver o produto antes de ter utilizado comprarusar Proibição Permissão Com conflito

21 Conflitos entre normas [9] Exemplo: (obrigação x proibição) –O vendedor é obrigado a entregar o item ao comprador depois de receber o dinheiro da venda –O vendedor é proibido de entregar o item ao comprador antes de receber o dinheiro da venda Exemplo: (obrigação x permissão) –O vendedor só pode remarcar preço antes da loja abrir –O vendedor tem que remarcar preço quando for anunciada promoção comprar ObrigaçãoProibição abrir Permissão Obrigação promoção Sem conflito Com conflito

22 Conflitos entre normas [9] Utilizando esta abordagem, alguns conflitos só podem ser verificados em tempo de execução Ex: Obrigado executar A depois de X Permitido executar A depois de Y Y Permissão Obrigação X X Permissão Obrigação Y Sem conflito Com conflito

23 Deliberação de Normas Devo cumprir a norma? –Considerar os goals do agente. –Punições Conjunto de goals que podem ser dificultados. –Recompensas Conjunto de goals que podem ser beneficiados. 10/1/2014 Nome do Autor © LES/PUC-Rio

24 Deliberação de Normas 10/1/2014 Nome do Autor © LES/PUC-Rio

25 Cumprindo a Norma A partir do momento que o agente decidi quais normas irá cumprir, temos: –Todos os normativos goals são adicionado na base; –Alguns goals são proibidos; –Alguns goals são beneficiados; –Normas rejeitadas, o agente recebe as punições. –... 10/1/2014 Nome do Autor © LES/PUC-Rio

26 Arquitetura de Controle 10/1/2014 Nome do Autor © LES/PUC-Rio

27 Referencias 1.Kollingbaum M. (2005). Norm-Governed Practical reasoning Agents. PhD Thesis 2.Vazquez-Salceda, J., Aldewereld, H., F. Dignum. Implementing Norms in Multiagent Systems 3.Lopez-Lopez, F., Luck, M. A model of normative multi-agent systems and dynamic relationships 4.Lopez-Lopez, F. Social Powers and Norms: Impact on Agent Behaviour. PhD thesis. University of Southampton. UK J. Vázquez-Salceda, H. Aldewereld, F. Dignum. "Norms in Multiagent Systems: from Theory to Practice". International Journal of Computer Systems Science & Engineering, vol. 20 num. 4, pp CRL publishing, July A. García-Camino, J. Rodríguez-Aguilar, C. Sierra and W. Vasconcelos, Norm-Oriented Programming of Electronic Institutions. In AAMAS06, ACM Press, 2006, pp

28 Referencias 7.A. García-Camino, P. Noriega and J Rodríguez-Aguilar, Implementing Norms in Electronic Institutions, In AAMAS05, ACM Press, 2005, pp Silva, V. From the Specification to the Implementation of Norms: An Automatic Approach to Generate Rules from Norms to Govern the Behavior of Agents, JAAMAS Vasconcelos, W., Kollingbaum, M., Norman, T Resolving Conflict and Inconsistency in Norm-Regulated Virtual Organizations. In Proc. AAMAS.


Carregar ppt "Normas em SMA Baldoino Fonseca Viviane Torres da Silva Carlos José Pereira de Lucena"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google