A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Exemplo: Gerar os diagramas de Bode (Magnitude e faase) Desenhar as assíntotas Somar as assíntotas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Exemplo: Gerar os diagramas de Bode (Magnitude e faase) Desenhar as assíntotas Somar as assíntotas."— Transcrição da apresentação:

1 Exemplo: Gerar os diagramas de Bode (Magnitude e faase) Desenhar as assíntotas Somar as assíntotas

2 Exemplo: Gerar os diagramas de Bode (Magnitude e faase) Desenhar as assíntotas Somar as assíntotas

3 assíntotas

4 Exemplo: Gerar os diagramas de Bode Desenhar assíntotas Somar assíntotas

5 Exemplo: Gerar os diagramas de Bode Desenhar assíntotas Somar assíntotas

6 Resultado final... E dicas extras sobre pólos na origem

7 Exemplo: Uma função com polos complexos conjugados Colocar na forma Padrão: Somar as assíntotas O comportamento próximo ao canto dos polos/zeros conjugados é muito dependente do coeficiente de amortecimento. Uma avaliação computacional é indicada.

8 Exemplo: Uma função com polos complexos conjugados Colocar na forma Padrão: Somar as assíntotas

9 Avaliação da resposta em frequência usando o MATLAB » num=[25,0]; %define numerator polynomial » den=conv([1,0.5],[1,4,100]) %use CONV for polynomial multiplication den = » freqs(num,den)


Carregar ppt "Exemplo: Gerar os diagramas de Bode (Magnitude e faase) Desenhar as assíntotas Somar as assíntotas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google