A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTEGRANDO AS EXPERIÊNCIAS NOS TEMPOS QUE NÃO PODEM FALTAR ( PLANEJANDO UMA ROTINA DIÁRIA)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTEGRANDO AS EXPERIÊNCIAS NOS TEMPOS QUE NÃO PODEM FALTAR ( PLANEJANDO UMA ROTINA DIÁRIA)"— Transcrição da apresentação:

1 INTEGRANDO AS EXPERIÊNCIAS NOS TEMPOS QUE NÃO PODEM FALTAR ( PLANEJANDO UMA ROTINA DIÁRIA)

2 PRINCÍPIOS: ÉTICOS, POLÍTICOS E ESTÉTICOS EIXOS NORTEADORES InteraçõesBrincadeiras CRIANÇA =>Como pessoa real: singular, capaz, participante ativa e com direitos =>Como construtora de significados e coconstrutoras da aprendizagem PEDAGOGIA DA INFÂNCIA =>Pautada na criança, nas relações/interações, na escuta e nas cem linguagens da criança PROFESSORA Mediadora/responsável das ações educativas =>Mediadora/responsável das ações educativas => capaz, profissional de educação de infância/ crianças

3 AS EXPERIÊNCIAS E AS APRENDIZAGENS DAS CRIANÇAS Os tempos = precisam ser organizados tendo como FOCO A CRIANÇA E COMO EIXOS NORTEADORES a Brincadeira e as Interações; Os tempos = precisam ser organizados relacionando as necessidades de cuidado e educação a que as crianças têm direito => de se expressar, comunicar, criar, organizar pensamentos e ideias, conviver, brincar e trabalhar em grupo; de apropriar-se de diferentes linguagens e saberes...

4 Os tempos = precisam ser organizados com “espaço” para as experiências que respeitem os saberes que circulam em nossa sociedade que podem e devem ser ampliados. Embora “o espaço” das experiências guarde uma relação com o tempo cronológico (da realização das experiências), os ritmos das crianças precisam ser respeitados. Os tempos = precisam ser organizados incluindo a vivência e experimentação de diferentes experiências fundamentais para o desenvolvimento, aprendizagem e bem estar das crianças “reais da turma”. AS EXPERIÊNCIAS E AS APRENDIZAGENS DAS CRIANÇAS

5 Questões norteadoras Como os Tempos estão distribuídos ao longo do período? E da semana? Como estão sendo organizadas as diferentes experiências? Que sequência de atividades significativas estão sendo sugeridas? A organização das experiências e das atividades nos diferentes Tempos contempla momentos diferenciados de interação? (momentos coletivos, em pequenos grupos, individuais, coordenados pela professora, momentos em que as crianças se envolvam livremente – com a supervisão da professora?) Como se dá a transição entre as atividades? Tudo está centrado no professor? As crianças ficam muito tempo ociosas?

6 Questões norteadoras No planejamento e integração das experiências, a organização das atividades está acompanhada da organização dos espaços e materiais? Com que frequência as crianças estão brincando? (faz de conta, brincadeiras de construção, jogos educativos...) Em que outros Tempos a brincadeira está sendo sugerida? Os Tempos da história e da roda de conversa estão sendo contemplados diariamente? Como você está organizando o espaço e os materiais? A duração e a regularidade com que as experiências ocorrem têm respeitado os ritmos e possibilidades de aprendizagens das crianças? Essas experiências são interessantes e significativas para as crianças?

7 Que experiências estão sugeridas nos diferentes Tempos? Que sequência de atividades concretizam essas experiências? (chegada e saída das crianças, alimentação, higiene, parque, areia, água, experiências com diferentes linguagens - narrativas, linguagem verbal, relações quantitativas, de medidas, de movimentação ampla, de conhecimento de si e da natureza... Art. 9º). As atividades propostas estão coerentes com as experiências escolhidas? De que forma observo e registro o desenvolvimento das experiências/atividades pelas crianças? Questões norteadoras

8 Integrando as experiências das crianças (sugestão de planejamento) O QUÊ? E EM QUAIS TEMPOS? Relacionados às necessidades das crianças de educação e cuidado (as experiências fundamentais – que devem ter como eixos norteadores as interações e a brincadeira) PARA QUÊ? Ao participarem dessas experiências (Art. 9º e de muitas outras) que aprendizagens as crianças podem construir? COMO? De que forma o professor organiza as experiências nos tempos que não podem faltar? Que sequência de atividades significativas propõe? O que precisa considerar nessa organização? considera as possibilidades de interação (criança/criança; professor/criança); de construção de sua autonomia (as escolhas); de brincadeiras; de produção; de diálogo e negociação? define as possibilidades de ação criativa e exploratória das crianças e de representação verbal (oral, escrita/desenho)? planeja as formas de escuta das crianças; os desafios; o espaço, o tempo e o material necessário? respeita o ritmo e interesse das crianças?

9 Integrando as experiências das crianças (sugestão de planejamento) O QUÊ? E EM QUAIS TEMPOS? *Experiências *Tempo de chegada PARA QUÊ? - Experiências que promovam o conhecimento de si e do mundo por meio da ampliação de experiências sensoriais, expressivas, corporais que possibilitem movimentação ampla, expressão da individualidade e respeito pelos ritmos e desejos da criança (Inciso I, Art. 9º) As crianças podem aprender: - a brincar de roda e de jogos; - a conviver com os amigos, a fazer escolhas; - a dramatizar, a vivenciar personagens, a fantasiar-se; - Experiência envolvendo Música (Inciso II, Art. 9º) As crianças podem aprender: - a apreciar diferentes músicas; a explorar as possibilidades sonoras e expressivas da própria voz; a cantar e inventar outras músicas, a se expressar por meio da dança.... COMO? Que sequência de atividades propõe? - receber as crianças com: *brincadeira de roda que possibilitem imitações; *brincadeiras no parque (circuito com caixas de papelão; com cordas; com bolas, jogo de amarelinha); - disponibilizar livros de história e propor situações que instiguem as crianças a descreverem personagens, relatarem situações similares, recontarem a história - receber as crianças com músicas variadas e dançar com elas ao som dos vários ritmos (àquelas que não quiserem participar sugerir outras experiências).

10 Experiências que promovam o conhecimento de si e do mundo por meio da ampliação de experiências sensoriais, expressivas, corporais que possibilitem movimentação ampla, expressão da individualidade e respeito pelos ritmos e desejos da criança (Inciso I, Art. 9º) segundaterçaquartaquintasexta Expressividade Corporal – Que sequência de atividades significativas propõe? Explorando o espelho; desenhando parte do corpo; desenhando o colega; desenho com interferência... Equilíbrio e Coordenação Que sequência de atividades significativa s propõe? Jogos e desafios (obstáculos) Deslocamentos Que sequência de atividades significativas propõe? Brincadeira de pega, dança das cadeiras; busca ao tesouro. Movimentos Específicos Que sequência de atividades significativas propõe? Jogo de elástico, danças, desafio na centopéia, bambolê, circuito no parque Movimentos amplos Que sequência de atividades significativas propõe? Circuito de corrida e desafios no parque, subir e descer, brincadeira com corda.

11 Integrando as experiências das crianças (sugestão de planejamento) O QUÊ? E EM QUAIS TEMPOS? * Experiências * Tempo de roda de conversa PARA QUÊ? - Experiências que promovam a expressão da individualidade e respeito pelos ritmos e desejos da criança; (Inciso III, Art. 9º) As crianças podem aprender a: - expressar corporal e verbalmente suas vivências, sentimentos e opiniões; - socializar as brincadeiras e atividades preferidas; - Experiência de conhecimento de si e dos outros por meio da expressão motora (Inciso IV, Art. 9º) As crianças podem aprender: - a ajustar seu movimento nas diferentes situações das quais participam (brincadeira); a usar gestos, expressões faciais e movimentos corporais para se comunicar com diferentes parceiros. COMO? Que sequência de atividades significativas propõe? - apresentar as fichas das crianças com o nome e conversar sobre outros componentes da família; - organizar o jogo de imitação com cartões de figuras humanas em diferentes posições e com diversas expressões faciais; - propiciar situações de diálogo em que as crianças falem sobre as brincadeiras e jogos preferidos - propor o jogo das cadeiras

12 Integrando as experiências das crianças (sugestão de planejamento) O QUÊ? E EM QUAIS TEMPOS? * Experiências * Tempo de exploração e construção de conhecimento de si e do mundo PARA QUÊ? - Experiência de relações quantitativas e numéricas (Inciso IV, Art. 9º) As crianças podem aprender a: - produzir coleções de objetos, - a contar os objetos da coleção, - a representar as quantidades envolvidas (do jeito que sabe). - Experiências que promovam o relacionamento e a interação das crianças com diversificadas manifestações de música, artes plásticas e gráficas, cinema, fotografia, dança, teatro, poesia literatura (Inciso IX, Art. 9º) As crianças podem aprender: - a identificar e apreciar quadros de pintores famosos e a conhecer suas vidas; - a conhecer algumas técnicas de pintura e material de artes - a apreciar uma música e desenvolver uma dança; COMO? Que sequência de atividades significativas propõe? - No parque, pedir que as crianças recolham pedrinhas, folhas, gravetos e outros objetos que encontrem pelo chão. Na sala, separar e contar o material que conseguiram. - Pedir para as crianças que desenhem o conjunto de objetos de que mais gostaram (essa experiência de contagem pode ser desenvolvida por meio de sequências didáticas (outras coleções, em casa...) - propiciar situações em que as crianças: - apreciem as obras de pintores renomados; desenhem e pintem algumas obras desses pintores famosos; - pesquisar sobre o pintor e outras obras;

13 Experiência de relações quantitativas e numéricas... (Inciso IV, Art. 9º) segundaterçaquartaquintasexta Experiências de relacionar quantidades e de construir a noção de número - Contagem: série numérica e representaçõe s de quantidades - Que sequência de atividades significativas propõe? - Contar crianças; objetos... Experiências com formas e orientações no espaço e no tempo - Jogos de Construção Que sequência de atividades significativas propõe? Espaço e Forma (deslocamentos de si e de Objetos, Exploração de objetos Experiências de relacionar quantidades e de construir a noção de número – Jogos Matemáticos Que sequência de atividades significativas propõe? Relações Numéricas: Classificação, seriação e Correspondência numéricas. Experiências de resolução de situações- problema – Que sequência de atividades significativas propõe? Desafios Matemáticos Criação e Resolução/ representação de situações- problema cotidianas – de juntar, tirar, repartir; Experiências com Grandezas e Medidas - Que sequência de atividades significativas propõe? Medição os pés das crianças Exploração do tempo (calendário, painel de aniversários);

14 Experiências que promovam o relacionamento e a interação das crianças com diversificadas manifestações de música, artes plásticas e gráficas, cinema, fotografia, dança, teatro, poesia literatura (Inciso IX, Art. 9º) Experiên cias e tempos Segundaterçaquartaquintasexta Fazer artístico - Que sequência de atividades significativas propõe? aprender a desenhar com diversos materiais (oficina de arte) Apreciação artística Que sequência de atividades significativ as propõe? conhecer o trabalho e a vida de artistas; produzir releituras; realizar aulas passeio a museus; montar um mural de artistas Fazer artístico - Que sequência de atividades significativ as propõe? aprender a pintar com diversos materiais (oficina de arte) Apreciação artística Que sequência de atividades significativ as propõe? gostar de música e de dançar; conhecer a vida e o trabalho de cantores Fazer artístico - Que sequência de atividades significativ as propõe? aprender a modelar, esculpir com diversos materiais (oficina de arte)

15 Integrando as experiências das crianças (sugestão de planejamento) O QUÊ? E EM QUAIS TEMPOS? *Experiências *Tempo de alimentação e higiene PARA QUÊ? - Experiências que possibilitem situações de aprendizagem mediadas para a elaboração da autonomia das crianças nas ações de cuidado pessoal, auto- organização, saúde e bem-estar (Inciso VI, Art. 9º) As crianças podem aprender a: - construir atitudes de cuidado de si; habilidades na hora de comer; - a ampliar seus gostos alimentares e a importância de alimentos saudáveis; COMO? Que sequência de atividades significativas propõe? Preparo do lanche: - Na roda conversar sobre a importância de lavar as mãos antes de comer; - acompanhar e orientar as crianças até o banheiro para que lavem suas mãos; Lanche: solicitar que as crianças peguem seus copos/talheres e incentivar que se alimentem de forma independente, sem desperdiçar os alimentos; - propiciar momentos de escolhas dos próprios alimentos; de servir os alimentos; fazer um painel do lanche.

16 Integrando as experiências das crianças (sugestão de planejamento) O QUÊ? E EM QUAIS TEMPOS? *Experiências *Tempo de parque PARA QUÊ? - Experiência de conhecimento de si e dos outros por meio da expressão motora (Inciso I, Art. 9º) - Experiências que ampliem a confiança e a participação das crianças nas atividades individuais e coletivas (Inciso V, Art. 9º) As crianças podem aprender a: - explorar o espaço por meio de movimentos diversos, como andar, correr, saltar, subir, descer etc., com autonomia, presteza e confiança. -interagir e negociar com os amigos; - construir e identificar regras de convivência; COMO? Que sequência de atividades significativas propõe? - delimitar certas áreas do pátio com divisórias, giz ou fita adesiva e colocar alguns obstáculos para que as crianças se movimentem dentro deles. - propiciar situações em que as crianças fiquem à vontade no parquinho. - oferecer bambolês, cordas, bicicleta, - incentivar brincadeiras diferentes (esconde, pega, circuito de jogos...)

17 Integrando as experiências das crianças (sugestão de planejamento) O QUÊ? E EM QUAIS TEMPOS? * Experiências * Tempo da Roda de história PARA QUÊ? - Experiências de narrativas, de apreciação e interação com a linguagem oral e escrita, e convívio com diferentes suportes e gêneros textuais orais e escritos (Inciso III, art.9) As crianças podem aprender: - a gostar de ler e de ouvir histórias, - a antecipar o significado da história por meio das ilustrações; - a identificar as características dos personagens, dos lugares; - a diferenciar desenho de escrita; COMO? Que sequência de atividades significativas propõe? A CONVERSA PRECISA RODAR - escolher, com a ajuda das crianças, uma história já conhecida por elas e pedir que recontem essa história por meio das imagens; - pedir que apresentem (gestos, vozes...) uma característica de um personagem; - propiciar situações em que as crianças manuseiem diferentes livros e tenham um leitor disponível

18 Integrando as experiências das crianças (sugestão de planejamento) O QUÊ? E EM QUAIS TEMPOS? * Experiências * Tempo da saída PARA QUÊ? -Experiências que ampliem a confiança e a participação das crianças nas atividades individuais e coletivas; (Inciso IV, Art. 9º) As crianças podem aprender: - a cuidar do entorno próximo e ter iniciativa de limpar o que está sujo; - a guardar brinquedos e materiais nos devidos lugares enquanto esperam os pais COMO? Que sequência de atividades significativas propõe? - as crianças vão escolher o cantinho que quiserem para brincar enquanto aguardam seus pais chegarem para buscá-las. - colocar brinquedos à disposição das crianças.

19 A brincadeira como eixo norteador das práticas pedagógicas Importante!!! Tempo destinado ao jogo livre – iniciativa da criança (interação com outras crianças e com os objetos) Brincar de faz de conta Brincar com jogos de Construção *Jogos de encaixe; jogos de manipulação (substâncias diferentes: areia, farinha, argila, água, panos) Brincar Com Jogos Jogo de correspondência- memória, quebra cabeça; dominó, sete erros, dado, boliche, baralho; imitação, pareamento... Brincar no Parque *Jogo com bambolês; bolas, circuito, areia, água... * Jogos coletivos (futebol, volei, pega...) Brincar na sala * Faz de conta; jogos de construção, brincadeira com jogos, com brinquedos... Brincar com jogos de Construção Com caixas; sucata; oficina de brinquedos, com blocos e jogo de empilhar.... Brincar com jogos *Jogo Sequência Lógica Brincar com jogos *Jogo de Correspondência bingo de numerais, dominó...


Carregar ppt "INTEGRANDO AS EXPERIÊNCIAS NOS TEMPOS QUE NÃO PODEM FALTAR ( PLANEJANDO UMA ROTINA DIÁRIA)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google