A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Burnout. Histórico: A Síndrome de Burnout foi escrita pela primeira vez pelo psicólogo Herbert J. Freudenberger em 1974 A Síndrome do Burlout, pode atingir.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Burnout. Histórico: A Síndrome de Burnout foi escrita pela primeira vez pelo psicólogo Herbert J. Freudenberger em 1974 A Síndrome do Burlout, pode atingir."— Transcrição da apresentação:

1 Burnout

2 Histórico: A Síndrome de Burnout foi escrita pela primeira vez pelo psicólogo Herbert J. Freudenberger em 1974 A Síndrome do Burlout, pode atingir indivíduos de diferentes categorias profissionais, qualquer faixa etária, mas os mais atingidos são os que exercem profissões que exigem um intenso contato interpessoal.

3 A Síndrome de Burnout, também chamada de Estafa Profissional é, - Um sentimento de fracasso e exaustão, provocado pelo esgotamento físico e emocional do trabalho, - É caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas físicos e psíquicos.

4 - Segundo Soto (2005, p.159), duas fontes se destacam na ação do individuo; 1. A Motivação, que orienta com objetivo de solucionar problemas e 2. A Frustração que orienta para o desagravo da própria frustração.

5 A Síndrome de Burnout e o Estresse no ambiento organizacional * O Burnout é desencadeado a partir do estado muito avançado do estresse ocupacional. * A diferença do Estresse e do Burnout é que este é de caráter completamente negativo e está relacionado com o mundo do trabalho, enquanto o Estresse pode apresentar aspectos positivos ou negativos.

6 Caracteriza-se nos seguintes tipos: 1º Estressores Físicos – Provenientes de ambientes externos. (Sensação de fadiga constante e progressiva; distúrbios do sono; dores musculares; no pescoço; ombro e dorso; perturbações gastrointestinais; baixa resistência imunológica; astenia; cansaço intenso; cefaleias; transtornos cardiovasculares). 2º Estresses Cognitivos (psíquicos) – São os ameaçadores à integridade (diminuição da memória; falta de atenção e concentração; diminuição da capacidade de tomar decisões; fixações de ideias e obsessão por determinados problemas; ideias fantasiosas ou delírios de perseguição; sentimento de alienação e impotência; labilidade emocional; impaciência). Caracteriza-se nos seguintes tipos: * 1º Estressores Físicos – Provenientes de ambientes externos. (Sensação de fadiga constante e progressiva; distúrbios do sono; dores musculares; no pescoço; ombro e dorso; perturbações gastrointestinais; baixa resistência imunológica; astenia; cansaço intenso; cefaleias; transtornos cardiovasculares). 2º Estresses Cognitivos (psíquicos) – São os ameaçadores à integridade (diminuição da memória; falta de atenção e concentração; diminuição da capacidade de tomar decisões; fixações de ideias e obsessão por determinados problemas; ideias fantasiosas ou delírios de perseguição; sentimento de alienação e impotência; labilidade emocional; impaciência).

7 3º Estressores Emocionais – Sentimentos de perda, medo (desânimo; perda de entusiasmo e alegria; ansiedade; depressão; irritação; pessimismo; baixa alta estima). 4º Comportamentais - isolamento; perda de interesse pelo trabalho ou lazer; comportamento menos flexível; perda de iniciativa; lentidão no desempenho das funções; absenteísmo; aumento do consumo de bebidas alcoólicas; fumo e até mesmo drogas;

8 O Administrador deve conhecer a concepção do Burnout – Implicações São causados por diversos fatores como: Concepção Clínica – Conjunto de sintomas Concepção Sócio-Psicológica: - relacionado a condição do trabalho Concepção Organizacional – Concepção Sócio-histórica O que leva o Individuo ao Burnout Idade – mais frequente em jovens menos de 30 anos

9 O que leva o Individuo ao Burnout Idade – mais frequente em jovens menos de 30 anos Sexo – não existe incidência Nivel educacional - mais elevado tem mais probabilidade Estado civil – depende da qualidade do relacionamento

10 Fatores do Trabalho * * Tipo de ocupação – principalmente as que trabalham com pessoas * Tempo de Profissão – quanto tempo atua na profissão * Tempo na Instituição – tem inicio no início no primeiro ano de trabalho * Trabalho por Turnos ou Noturnos – chega afeta até 20% dos trabalhadores * Sobrecarga –altas quantidades de trabalho * Relação Profissional-cliente –quanto mais próximo e intensa a relação trabalhador – cliente, maior a probabilidade Fatores do Trabalho * * Tipo de ocupação – principalmente as que trabalham com pessoas * Tempo de Profissão – quanto tempo atua na profissão * Tempo na Instituição – tem inicio no início no primeiro ano de trabalho * Trabalho por Turnos ou Noturnos – chega afeta até 20% dos trabalhadores * Sobrecarga –altas quantidades de trabalho * Relação Profissional-cliente –quanto mais próximo e intensa a relação trabalhador – cliente, maior a probabilidade

11 * Tipo do Cliente – tipo do problema do cliente pode afetar as pessoas * Relacionamento entre os colegas de Trabalho – aqueles que são mais competitivos, críticos ou preguiçosos contribuem para piorar * Responsabilidade – profissionais com maior responsabilidade sobre a vida de outras pessoas

12 * Pressão no trabalho – proporciona aparecimento de Burnout principalmente de exaustão emocional * Conflito com valores Pessoais – quando o trabalho conflita com a posição ética e moral do individuo * Percepção de inequidade – diferenças sofridas no trabalho * Falta de Feedback – ausência de retorno * Pressão no trabalho – proporciona aparecimento de Burnout principalmente de exaustão emocional * Conflito com valores Pessoais – quando o trabalho conflita com a posição ética e moral do individuo * Percepção de inequidade – diferenças sofridas no trabalho * Falta de Feedback – ausência de retorno

13 Fatores Organizacionais * Ambiente físico – Trabalhar sobre condições adversas * Mudanças Organizacionais – mudanças nas regras e normas da instituição * Normas Institucionais – normas muito rígidas Clima - * Burocracia – excesso de normas, regras * Comunicação - * Autonomia – * Recompensas - * Segurança - ambiente de trabalho perigoso

14 Fatores Sociais * Suporte Social - * Suporte Familiar * Cultura * Prestigio Social

15 Consequências do Burnout * São sérias e ligadas com o eu do individuo afetado * Traz consequências físicas e pessoais – perdas ao individuo no campo profissional – diminuição qualidade, produtividade e grande rotatividade em instituições.

16 Consequências do Burnout Predisposição à acidentes Absenteísmo - Rotatividade Baixa produtividade

17 Como o administrador detecta mais facilmente o Burnout no colaborador MBI (Maslach Burnout Inventry) – questionário de 22 questões, que visa dar dimensão aos pontos de Exaustão Emocional, Despersonalização e a Realização Profissional Como o administrador detecta mais facilmente o Burnout no colaborador MBI (Maslach Burnout Inventry) – questionário de 22 questões, que visa dar dimensão aos pontos de Exaustão Emocional, Despersonalização e a Realização Profissional


Carregar ppt "Burnout. Histórico: A Síndrome de Burnout foi escrita pela primeira vez pelo psicólogo Herbert J. Freudenberger em 1974 A Síndrome do Burlout, pode atingir."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google