A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CARBOIDRATOS DE INTERESSE NO LABORATÓRIO 1.Função pancreática – Diabetes mellitus a. Exploração funcional endócrina b. Aspectos bioquímicos do Diabetes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CARBOIDRATOS DE INTERESSE NO LABORATÓRIO 1.Função pancreática – Diabetes mellitus a. Exploração funcional endócrina b. Aspectos bioquímicos do Diabetes."— Transcrição da apresentação:

1 CARBOIDRATOS DE INTERESSE NO LABORATÓRIO 1.Função pancreática – Diabetes mellitus a. Exploração funcional endócrina b. Aspectos bioquímicos do Diabetes – critérios c. Provas bioquímicas de diagnóstico e de acompanha- mento 2.Teste oral de Tolerância à Glicose a. Objetivos do teste b. Recomendações ao paciente c. Execução do teste d. Critérios de Avaliação – provas complementares

2 PÂNCREAS EXÓCRINO ENDÓCRINO  - Insulina  - Glucagon - Somatostatina Ilhotas de Langerhans : - 1 milhão a 1,5 milhões - produtoras de insulina

3 Funções da Insulina Glicose Sanguínea Fígado Pâncreas Tecido Periférico (músculo) SNC

4 Diabetes mellitus – distúrbio metabólico caracterizado por um quadro de hiperglicemia, resultante de defeitos na ação da insulina Conseqüências da não utilização da glicose pelos tecidos: Hiperglicemia Diurese Polidipsia Polifagia Aumento de produção de corpos cetônicos Emagrecimento rápido Aumento da glicação de proteínas - patogenicidade Aumento do sorbitol – complicações microvasculares Infecções urinárias ou cutâneas de repetição

5 Diagnóstico Laboratorial Demonstração Hiperglicemia diagnóstico clínicoSintomatologia diagnóstico laboratorial Glicemia Classificação e avaliaçãoTOTG Provas complementares

6 Classificação do Diabetes Mellitus: Tipo 1 Tipo 2 - DMID (insulino – dependente) destruição auto-imune das células  do pâncreas < 30 anos presença de anticorpos anti - ilhotas grandes transtornos metabólicos com brusca instalação de sintomas - DMNID ( não insulino – dependente) Insuficiência das células  do pâncreas e resistência à insulina (adipócitos/músculos) > 40 anos Sintomatologia: incidiosa

7 -DG Diabetes Gestacional Diabetes Secundário ou Associado -DS ou IG  Distúrbios Hormonais: GH, tireoidianos, cortisol, catecolaminas Doenças Severas:   Associadas à medicação: esteróides, corticóides, anti-inflamatórios, diuréticos tiazídicos, beta – bloqueadores, anti- hipertensivos e outros pâncreas/ fígado

8 PREVALÊNCIA  Diabetes Tipo a 10%  Diabetes Tipo % diagnosticados : 23% - não tratam 29% - dieta 41% - medicação oral 7% - insulina  Diabetes Gestacional - 2 a 3%  Diabetes Secundário ou Associado - 2%

9  População: %25% (5 anos) longevidade obesidade - Tipo 2 : 30 a 50% desconhecem a própria patologia  Importância do Diagnóstico : IG em assintomáticos ¯idade > 40 anos ¯obesidade ¯dislipidemias ( HDL 250 mg/dL) ¯antecedentes familiares ¯enfermidade coronariana ¯hipertensos ¯sedentarismo ¯portadores de nefropatias, neuropatias e retinopatias ¯gestantes (filhos > 4kg) ou antecedentes de partos patológicos

10  Critérios: ADULTOS GLICEMIA JEJUM (mg/dL)  110 e  125  126  110 TOTG normal Diabetes melittus zero  110 e  ’ -  140 Intolerância de jejum à glicose zero  110 e  ’-  140 e  199 Intolerância à glicose zero  110 e  ’-  200 Diabetes mellitus  confirmação ADA≤100

11 GRÁVIDAS  Triagem: entre 24 e 28ª semana de gestação Grupos de Risco :  história familiar de diabetes  prévia de filhos macrossômicos (  4Kg) ou antecedentes obstétricos patológicos  obesidade  hipertensão  dislipidemias ( HDL  35 e TRI  250 mg/dL)

12 GLICEMIA PÓS-SOBRECARGA - Não é necessário jejum/ 50g de dextrosol via oral Determinação da glicemia após 1 hora  140 mg/dL  140 mg/dL Normal TOTG Valores normais: 60’ = 190 mg/dL jejum: 105 mg/dL 120’= 165 mg/dL 180’= 145 mg/dL Interpretação: 2 valores acima dos citados : Diabetes Gestacional

13 TESTE ORAL DE TOLERÂNCIA À GLICOSE (TOTG) (CURVA GLICÊMICA) A- OBJETIVOS: Raramente é necessário para o diagnóstico do Diabetes mellitus  Indicações:  Diabetes Gestacional  Glicotolerância diminuída  Diabetes Associado ou Secundário  Hipoglicemias  Estudos Epidemiológicos

14 B - RECOMENDAÇÕES AO PACIENTE: (Ambulatorial)  Dieta prévia  Jejum  Medicação  Exercício C - EXECUÇÃO DO TESTE:  manhã - ciclo circadiano  Glicemia jejum (  50 e  140 mg/dL) - Métodos de Determinação:  Ingestão de Dextrose: 75g/adulto 1,75g/kg peso/crianças 100g grávidas  Tempos de Coleta

15 Método da glicose –oxidase-peroxidase (Trinder)  -D-Glicose + O 2 Glicose-oxidase Ácido glicônico + H 2 O 2 2H 2 O 2 + fenol aminoantipirina peroxidase Quinoneimina + 4 H 2 O vantagens interferentes – enzimas reação indicadora Reações:

16 D - EMISSÃO DO RESULTADO - GRÁFICO E - CURVAS ESPECIAIS

17 EXAMES COMPLEMENTARES: ACOMPANHAMENTO  Glicemia Pós-prandial  Perfil Glicêmico  Hb glicada  Glicosúria fracionada  Cetonúria  Proteinúria  Lipídeos Séricos


Carregar ppt "CARBOIDRATOS DE INTERESSE NO LABORATÓRIO 1.Função pancreática – Diabetes mellitus a. Exploração funcional endócrina b. Aspectos bioquímicos do Diabetes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google