A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTRODUÇÃO À QUÍMICA 2º BIMESTRE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTRODUÇÃO À QUÍMICA 2º BIMESTRE."— Transcrição da apresentação:

1 INTRODUÇÃO À QUÍMICA 2º BIMESTRE

2 Cada átomo de um elemento químico é representado por um símbolo
Cada átomo de um elemento químico é representado por um símbolo. Cada símbolo é formado por letra(s) retirada(s) do nome do elemento escrito em latim. O símbolo do Sódio, por exemplo, é Na devido ao termo natrium em latim. COMPOSIÇÃO DO ÁTOMO Um átomo apresenta duas regiões distintas (o núcleo e a eletrosfera) e três variedades de partículas básicas (prótons, nêutrons e elétrons). Eletrosfera (contém os elétrons) Núcleo (contém os prótons e os nêutrons)

3 O núcleo do átomo é a região central com as seguintes partículas:
Os PRÓTONS (p) são partículas com carga elétrica positiva; Os NÊUTRONS (n) são partículas sem carga elétrica (neutra). A eletrosfera é a região formada por camadas ou níveis energéticos, em número máximo de 7, nas quais giram os ELÉTRONS (e). Estes são partículas que apresentam carga elétrica negativa.

4 Um átomo é uma estrutura eletricamente neutra, isto é, o número de prótons (p) é igual ao número de elétrons (e). O número de nêutrons (n), porém, pode ser diferente dos demais, e por eles não apresentarem carga elétrica não tem influência na carga total de um átomo. Os elétrons (e) giram em torno dos núcleos. Eles podem saltar de um nível para outro e também podem saltar de um átomo para outro. Dizemos então que um átomo perde enquanto outro ganha elétrons.

5 Quando um átomo perde ou ganha elétrons ele passa a se chamar ÍON.
Ao ganhar elétrons, o número de elétrons (-) passa a ser maior que o número de prótons (+). Passa então a ser chamado de ÍON NEGATIVO (ou ÂNION). Ao perder elétrons, o número de prótons (+) passa a ser maior que o número de elétrons (-). Passa então a ser chamado de ÍON POSITIVO (ou CÁTION). Obs.: um átomo somente pode perder ou ganhar elétrons, nunca prótons, pois são os elétrons que se movem na eletrosfera.

6 PRÓTONS – NÊUTRONS - ELÉTRONS
OS NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO DA MATÉRIA As moléculas são combinações de átomos que formam substâncias. MATÉRIA SUBSTÂNCIAS MOLÉCULAS ÁTOMOS PRÓTONS – NÊUTRONS - ELÉTRONS

7 SUBSTÂNCIA: material formado por moléculas quimicamente iguais.
Substância pura simples: é constituída de uma molécula formada por átomos do mesmo elemento químico (mesmo tipo de átomo). Exemplos: Gás hidrogênio (H2); Gás oxigênio (O2); Nitrogênio (N2) Substância pura composta: é constituída por uma molécula formada por mais de um elemento químico. Água (H2O); Sal de cozinha (NaCl); Açúcar (C12H22O11), Álcool (C2H5OH)

8 MISTURA: é formada por duas, ou mais, substâncias, sendo cada uma destas denominada componente.
CLASSIFICAÇÃO DAS MISTURAS Fase: em uma mistura, é cada uma das porções que apresenta aspecto homogêneo ou uniforme. Mistura homogênea: toda mistura que apresenta uma única fase. Exemplos: liga metálica, ar atmosférico, água de torneira, café, etc. Mistura heterogênea: toda mistura que apresenta pelo menos duas fases. Exemplos: Sangue, vidro, gelatina, gasolina, etc.

9 O leite é, então, considerado uma mistura heterogênea.
Água gaseificada Duas fases Óleo + água duas fases Água + açúcar dissolvido Uma única fase O leite é, então, considerado uma mistura heterogênea. Copo de leite visto a olho nu Leite visto ao microscópio

10 SUBSTÂNCIA PURA SIMPLES
(Pois apresenta moléculas formadas pelo mesmo elemento químico) SUBSTÂNCIA PURA COMPOSTA (Pois apresenta moléculas formadas por mais de um elemento químico, porém as moléculas são iguais) MISTURA (Pois é formada por moléculas diferentes)

11 O conhecimento científico agora é objetivo, generalizador, produzindo verdades refutáveis, na medida em que estas são verificáveis, em contraste com os métodos dos “cientistas mais antigos”, vistos como subjetivos,pois exprimiam sentimentos e, apesar de serem generalizadores, criavam verdades irrefutáveis,dogmas. Desse modo, o conhecimento científico desvinculou-se da magia. SEPARAÇÃO DE MISTURAS Destilação: separar dois ou mais componentes de uma mistura homogênea com diferentes pontos de ebulição. Decantação: separar misturas heterogêneas de dois líquidos ou de um líquido e um sólido. Ebulição: temperatura de fervura de um líquido Filtração: separar sólidos de líquidos. Diluição: diminuir a concentração de um meio.

12 TRANSFORMAÇÃO FÍSICA: São transformações reversíveis e não modificam a constituição da matéria, que tem seu estado físico alterado. Não há formação de novos materiais. Exemplo: amassar um pedaço de papel, um vidro que se parte, água em ebulição. TRANSFORMAÇÃO QUÍMICA: ocorre mudança na constituição do produto. Exemplo: respiração celular, fotossíntese, cozinhar alimentos, acender um fósforo.

13 Z = p = e PROPRIEDADES DOS ÁTOMOS
Existem átomos de diversos tipos e que apresentam diferentes propriedades. As partículas subatômicas (prótons, nêutrons e elétrons) são, todavia, iguais e as diferenças entre os átomos dependem do número de partículas que possuem. Por não se alterarem, os átomos são identificados pela quantidade de prótons em seu núcleo, ou seja, por seu NÚMERO ATÔMICO, representado pela letra Z. Portanto, Z = p. Todos os átomos de Cálcio, por exemplo, apresentam número atômico 20. O conjunto de átomos de cálcio formam o elemento químico Cálcio. Se o número atômico (Z) é o número de prótons (p), e num átomo neutro, o número de prótons (carga positiva) é igual ao número de elétrons (carga negativa), concluímos então que: Z = p = e

14 Outra propriedade importante dos átomos é o NÚMERO DE MASSA, representado pela letra A. O número de massa de um átomo é a soma do seu número de prótons (p ou Z) e de seu número de nêutrons (N). A = Z + N ou A = p + N Para calcularmos quantos nêutrons um átomo possui, basta usarmos a fórmula: N = A - Z

15 A TABELA PERIÓDICA distribui os elementos químicos em ordem crescente de seus números atômicos. Cada linha horizontal (em um total de 7) é chamada de PERÍODO, e as colunas (em um total de 18) são chamadas de GRUPOS ou FAMÍLIAS.

16

17

18 As leis da Química são como salsichas: melhor não saber como são feitas!

19 ESTUDE


Carregar ppt "INTRODUÇÃO À QUÍMICA 2º BIMESTRE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google