A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unicred Vale do Paraíba Lorena, março 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unicred Vale do Paraíba Lorena, março 2010."— Transcrição da apresentação:

1

2 Unicred Vale do Paraíba Lorena, março 2010

3

4

5

6

7

8

9 Pos.UNICRED´S Metropolitana Campinas Vale do Paraíba Americana Taubaté Guarulhos Rio Claro Oeste Paulista São Carlos Anhanguera3.705 Valores em milhares de reais Fonte: Unicred do Brasil

10

11

12

13 Pos.UNICRED´S Metropolitana 8.387,7 2Campinas 5.374,6 3Vale do Paraíba 3.242,5 4Americana 1.868,8 5 Rio Claro 1.020,1 6São Carlos 915,7 7Guarulhos 775,3 8Taubaté 768,8 9Oeste Paulista 577,5 10Sudeste Paulista 429,5

14 Continuação Pos.UNICRED´S Anhanguera397,5 12Piracicaba243,5 13São Paulo224,8 14Pindamonhangaba137,4 15Odontocred São Carlos125,5 16Regional Sul64,8 17Engecred19,8 18Bebedouro2,7

15 Ano Rentabilidade s/ PLA – ROE – Sistema 18,02%17,10%16,7316,96% Vale do Paraíba 18,30%25,35%15,80%27,37% Rentabilidade do Ativo-ROA-Sistema 4,47%4,38%4,35%4,54% Vale do Paraíba 4,84%5,41%2,69%4,05% Crescimento do Ativo – Sistema 24,5%17,25%17,6117,77% Vale do Paraíba 11,00%24,80%44,6%19,47% Média Sobras por Associado – Sistema R$ Vale do Paraíba ,53884,74 Fonte: Unicred do Brasil

16 Cooperados: 78% Cooperados: 78% Depósitos Totais: 20% Depósitos Totais: 20% Empréstimos: 22% Empréstimos: 22% Receitas Operacionais: 63% Receitas Operacionais: 63% Margem Bruta: 67% Margem Bruta: 67% Sobras: 90% Sobras: 90%

17 Treinamento/Capacitação dos Dirigentes e Colaboradores em nosso espaço próprio; Inauguração da nova Agencia em São José dos Campos na Av. Adhemar de Barros; Certificação (CPA – 10) dos colaboradores do Atendimento; Adequação do Organograma e do Fluxograma de atividades, face aos desafios da Fusão.

18 Atingir a marca de cooperados; Consolidação da marca Unicred Vale do Paraíba; Continuidade do Planejamento Estratégico da Unicred Vale do Paraíba, para atingir metas de 2010; Continuidade da Padronização Visual das Agências; Treinamento/Capacitação de Dirigentes e Colaboradores. Fortalecimento de Parcerias Estratégicas Melhoria dos Processos de Atendimento, Fidelização e de todo ciclo Negocial. Estar entre as principais opções de investimento do cooperado.

19

20 CESTA DE TARIFA DE SERVIÇOS CESTA MÉDIA MENSAL COBRADAS PELOS BANCOS POR CLIENTE 1) Cesta de serviços – Custo médio - R$ 26,00 2) Tarifa de DOC/TED – Eletrônico/Pessoal Custo Médio - R$ 10,75 3) Outras Tarifas fora/excesso da cesta – média R$ 30,00 4) Tarifa Média Mensal Total (R$ 66,75) CESTA DE SERVIÇOS UNICRED R$ 0,00 GANHO SOCIAL R$ ,00

21 APLICAÇÕES SALDO MÉDIO DE APLICAÇÕES ANO R$ ,00 RENDAS SOBRE AS APLICAÇÕES UNICRED R$ ,14(TAXA MÉDIA 10,10% A.A.) BANCOS R$ ,20 (TAXA MÉDIA 8,88% A.A.) GANHO SOCIAL R$ ,94 CDI ANO 2009 = 9,87%

22 CHEQUE ESPECIAL SALDO MÉDIO DE UTILIZAÇÃO ANO R$ ,00 RECEITA SOBRE O CHEQUE ESPECIAL UNICRED R ,30 (TAXA MÉDIA 7,50% A.M.) BANCOS R$ ,67 (TAXA MÉDIA 8,51% A.M.) GANHO SOCIAL R$ ,37

23

24 EMPRÉSTIMOS SALDO MÉDIO DE EMPRÉSTIMOS ANO R$ ,00 RECEITA SOBRE EMPRÉSTIMOS UNICRED R$ ,60 (TAXA MÉDIA 3,00% A.M.) BANCOS R$ ,48 (TAXA MÉDIA 3,77% A.M.) GANHO SOCIAL R$ ,88

25 - CESTA DE SERVIÇOS R$ ,00 - APLICAÇÕES R$ ,94 - CHEQUE ESPECIAL R$ ,37 - EMPRESTIMOS R$ ,88 R$ ,19 TOTAL DO GANHO SOCIAL ANO 2009 = R$ ,19

26

27 BANCOSUNICREDDIFERENÇA ValorR$ ,00 R$ ,0 0,00 Rendimento AnoR$ 888,30 R$ 1.016,61 R$ 128,31 Sobras- R$ 276,00 Total RendimentosR$ 888,30 R$ 1.292,61 R$ 404,31 TotalR$ ,30 R$ ,61 R$ 404,31 % CDI90%130,96%40,96% no Ano Saldo médio de aplicações no Ano no valor de R$ ,00 CDI ANO 2009: 9,87%

28 R$ ,19 Total do Ganho Social: R$ ,19 R$ ,42 Sobras Brutas Ano 2009: R$ ,42 Ganho Social + Sobras= R$ ,61 Retorno PLA s/ Ganho Social = 27,74% Retorno PLA c/ Ganho Social = 96,97% CDI ANO 2009 = 9,87%

29

30 Balanço Patrimonial levantado em: 31/12/2009 Em Reais A T I V O31/12/200931/12/2008 Circulante Disponibilidades Aplicações Interfinanceiras de Liquidez Títulos e Valores Mobiliários Relações Interfinanceiras Relações Interdependências Operações de Crédito Provisão para perdas com operações de crédito ( ) ( ) Outros Créditos Outros Valores e Bens Não Circulante Realizável a Longo Prazo Operações de Crédito Provisão para perdas com operações de crédito ( ) ( ) Outros Créditos Outros Valores e Bens Permanente Investimentos Imobilizado de Uso Depreciação Acumulado ( ) ( ) Diferido Amortização Acumulado (16.279) (47.232) TOTAL

31 Balanço Patrimonial levantado em: 31/12/2009 P A S S I V O31/12/200931/12/2008 Circulante Depósitos Depósito à Vista Depósito Sob Aviso Depósito a Prazo Outros Depósitos Relações Interfinanceiras Relações Interdependências Obrigações Por Empréstimos e Repasses Outras Obrigações Cobrança e Arrecadações de Tributos e Assemelhados Sociais e Estatutárias Fiscais e Previdenciárias Diversas Não Circulante Exigível a Longo Prazo Depósito a prazo Obrigações Por Empréstimos e Repasses Provisões Para Riscos Fiscais e Trabalhistas Patrimônio Líquido Capital Social Reserva de Capital - Reserva de Sobras Sobras Acumuladas TOTAL

32 Demonstrações de Sobras ou Perdas - Encerrado em: 31/12/09 Em Reais 2º Semestre / /12/0931/12/08 Ingressos da Intermediação Financeira Operações de Crédito Resultado de Operações com Tít. e Valores Mobil. e Instr. Financeiros (54) (20.314) Dispêndios da Intermediação Financeira ( ) ( ) ( ) Operações de Captação no Mercado ( ) ( ) ( ) Operações de Empréstimos, Cessões e Repasses ( ) ( ) ( ) Provisão para Operações de Créditos ( ) ( ) ( ) Resultado Bruto Intermediação Financeira Outros Ingressos/Rec. (Dispêndios/Desp.) Operacionais ( ) ( ) ( ) Ingressos/Receitas de Prestação de Serviços Dispêncido/Despesas de Pessoal ( ) ( ) ( ) Outras Dispêndios/Despesas Administrativas ( ) ( ) ( ) Dipêndios/Despesas Tributárias (11.655) (19.795) (9.431) Outros Ingressos/Rendas Operacionais Ingressos de Depositos Intercooperativos - Outros Dispêndios/Despesas Operacionais ( ) ( ) (94.088) Resultado Operacional Resultado Não Operacional (10.270) Resultado Antes da Tributação e Participações Imposto de Renda e Contribuição Social (330) Sobras ou Perdas Líquidas do Exercício Participações Estatutárias nas Sobras ( ) ( ) ( ) F.A.T.E.S. ( ) ( ) Reserva Legal ( ) ( ) Participações Estatutárias nas Sobras (60.185) ( ) Sobras/Perdas à Disponsição da A.G.O

33

34

35

36

37 Proposta da Diretoria Sobras a Distribuir= R$ ,14 100% incorpora Capital Cooperados = R$ ,14 Juros ao Capital 2,5%- R$ ,56(Provisão) 15 % I.R. s/ Juros ao Capital – R$ ,43 Juros Líquido ao Capital= R$ ,13 O que vai Incorporar ao Capital: 100% Distribuição Sobras R$ ,14 (+)Juros Capital sem I.R. R$ ,13 Total = R$ ,27 Total Geral Distribuído = ,27

38 Proposta da Diretoria Sobras a Distribuir= R$ ,14 60% incorpora Capital Cooperados = R$ ,68 40% Distribui na C/c cooperados = ,46 Juros ao Capital 2,5%- R$ ,56(Provisão) 15 % I.R. s/ Juros ao Capital – R$ ,43 Juros Líquido ao Capital= R$ ,13 O que vai distribuir na c/c dos cooperados: 40% Distribuição Sobras R$ ,46 O que vai distribuir na conta capital dos cooperados: Juros Líquido ao Capital: R$ ,13 Incorporação das sobras Credita Capital = R$ ,68 Total Crédito Conta Capital: = R$ ,01 Total Geral Distribuído = ,47

39

40 Efetivos - Dr. Paulo Vinício Carvalho Chicarino - Dr. Marcio Rangel de Mello - Dr. Ricardo Wagner de C. C. Junior Suplentes - Antonio Celso Ribeiro Rangel - Dr. Fabio Villela Ribeiro - Dr. Gilberto Antonio Dumalakas

41


Carregar ppt "Unicred Vale do Paraíba Lorena, março 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google