A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Por que quando somos jovens temos tanta energia? E por que conforme envelhecemos vamos ficando mais fracos e doentes com mais facilidade? A resposta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Por que quando somos jovens temos tanta energia? E por que conforme envelhecemos vamos ficando mais fracos e doentes com mais facilidade? A resposta."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Por que quando somos jovens temos tanta energia? E por que conforme envelhecemos vamos ficando mais fracos e doentes com mais facilidade? A resposta e simples: Quando somos jovens, criancas, temos muita energia e com o passar dos anos vamos perdendo esta energia. Todas as pessoas, sem excessao, quando ficam velhas adoencem com maior facilidade. Entao porque nao resolver este problema? Como?

4

5 Na medicina a modalidade não ionizante mais empregada é a não térmica. Aqui devemos prestar atenção a dois significados das palavras não térmico : o biológico e o físico. Biologicamente,isto é, para os médico significa que ``não está ocorrendo aumento da temperatura do tecido e fisicamente, isto é, científicamente significa abaixo do limite de ruído térmico.

6 Quando expostas a campos eletromagnéticos de extrema baixa freqüência (0 a 100 Hz) as Células sofrem alterações Específicas Desde mudanças de fluxo iônico transmembrana até o aumento da síntese de DNA e o aumento da transcrição de RNA (Goodman1989).

7 Os campos eletromagnéticos pulsáteis de extrema baixa freqüência (PEMF–ELF) interferem em vários processos biológicos como regeneração de membros em anfíbios, reparação de fratura em coelhos e regeneração hepática em ratos. Nas células eles são capazes de modificar o crescimento e a diferenciação celular, a transcrição do RNA, a síntese de proteínas especializadas, a resposta a hormônios, a liberação de neurotransmissores, e também a síntese de DNA de algumas células como condrócitos de galinha e carcinoma embrionário de rato.

8 Os PEMF-ELF in vitro são capazes de aumentar o crescimento de células endoteliais e a angiogênese e aumentar a atividade tumoricída das células de Kupffer do fígado. Yen – Patton em 1988, revelou de uma maneira muito elegante que os PEMF – ELF estimulam a velocidade de crescimento e a angiogênese em placas de Petri (in vitro).

9 Tal campo eletromagnético foi capaz de aumentar em 20 a 40% a velocidade de crescimento da célula endotelial em região desnuda. Fora do campo as células apresentavam forma cubóide e dentro dele as células endoteliais se alongavam e freqüentemente se conectavam pelas extremidades formando um broto.

10 Francheschi em 1987 mostrou que os PEMF-ELF em linfócitos de doadores idosos, expressam um número aumentado de receptores IL-2 e também tal exposição aumenta a IL-2.

11 Cossarizza em 1989, mostrou que a aplicação de campos eletromagnéticos pulsáteis de extrema baixa freqüência são capazes de aumentar a proliferação de linfócitos de idosos, quando submetidos a estimulo pela fitohemaglutinina. (PHA).

12 É surpreendente que linfócitos de idosos, os quais possuem habilidade reduzida de proliferação, consigam após exposição aos PEMF, níveis de incorporação de timidina H3 semelhantes às culturas de linfócitos jovens não expostos ao campo. Também em 1989, Cossarizza mostrou que os PEMF-ELF não provocam efeitos colaterais pois não conseguem interferir com a capacidade de reparação do DNA humano lesado por radiação gama ou por agentes químicos antiproliferativos.

13 Utilizam baixa intensidade (contínua ou modulada por pulsos) com tipo de onda sinusoidal e eles têm obtido muito sucesso no tratamento de várias patologias : artrite, esofagite, úlceras gastrointestinal, hipertensão arterial, dor crônica, paralisia cerebral ( redução das contraturas musculares)

14 Segundo o engenheiro argentino Carlos Belohlavec, o campo produzido pelos aparelhos pode crear ( é crear mesmo e não criar ) uma onda guia, como descreveu De Broglie:

15 Onda guia esta gerada no espaço vazio dos átomos e capaz de reorganizar o spin dos elétrons. A organização do spin das partículas atômicas agrega e ordena as funções do conjunto e assim facilita a separação ou a união de moléculas incompletas, aumenta a reparação do DNA e estimula os processos de reorganização e reparação celular. Em uma palavra, facilita a expressão gênica e o funcionamento da maquinaria celular.

16 As sucessivas exposições ao campo gerado provocam mudanças na escala atômica que acabam por se expressar na escala biológica, aparecendo clinicamente como modificação da estrutura da matéria.

17 Esta onda guia no vazio dos átomos, efeito túnel, parece ser o meio primordial de comunicação, de informação que a natureza viva possui cuja finalidade é a construção e a reparação da própria natureza.

18 Matzke, mostrou através da expressão gênica de eucariócitos que o campo elétrico da periferia do núcleo da célula controla as interações macro moleculares.

19 Liboff e colaboradores propuseram o modelo ciclotron de ressonância baseados nos dados experimentais de Blackman. Este último encontrou aumento do efluxo de cálcio no cérebro de galinha exposto a campos elétricos e magnéticos fracos.

20 Ratos submetidos a este campo apresentam os mesmos efeitos da injeção da substância química lítio, isto é, diminuem a atividade e se tornam mais passivos e submissos (efeito calmante).

21 Tal campo também consegue ensinar as células envelhecidas a se reproduzirem como antigamente voltando inclusive a fabricar novamente o tecido de sustentação do sistema retículo endotelial. Ensinar significa informar.

22 As ondas informariam as células a se comportarem da maneira correta, do modo que elas foram criadas, da maneira que haviam se comportado na adolescência.

23 O aparelho de radio freqüência harmônica de Lakhovisky foi reconstruído por professor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

24 Temos obtido diminuição de tumores metastáticos de fígado, de adenocarcinomas de mama, de tumor pulmonar( oat cell ) e modulação do sistema endócrino interno e do sistema imune. Temos observado aumento dos linfócitos T e B, do CD4 e das células natural killer. O T4 livre aumenta, o TSH geralmente diminui e os anticorpos anti peroxidase e anti tiroglobulina diminuem. O IGF-1 aumenta em média 30%, a testosterona se eleva e o PSA diminui ( Felippe Jr.-2000).

25 Conclusão do tratamento com o aparelho gerador de múltiplas ondas de Lakhovisky construído no Brasil : necessitamos de maior casuística, porém os resultados iniciais mostram efeitos significantes e realmente muito importantes sobre o sistema imunológico e sobre as glândulas de secreção interna.

26 Pode ser que as informações estejam armazenadas em locais do organismo na forma de campos eletromagnéticos que podem ser usados na regulação biológica e na comunicação celular ou que as próprias ondas eletromagnéticas fazem com que as estruturas moleculares voltem novamente a funcionar corretamente.

27 Acreditamos que em um futuro próximo os campos eletromagnéticos serão empregados na medicina onde os meios químicos falharam. O ideal seria o emprego correto de ambos em conjunto.

28 Estamos na década do osso, da articulação, dos problemas circulatorios e dos derames cerebrais A CURA PARA TODOS ESTAS DOENCAS ESTA A SEU ALCANCE IMPORTANTE:

29 Principais aplicações médicas dos campos eletromagnéticos não ionizantes e não térmicos 1- Câncer 2- Osteoartrite 3- Regeneração de tecidos 4- Cicatrização de feridas 5- Estimulação do sistema imune : aumento de linfócitos T e B, de CD4 e de células "Natural Killer 6- Modulação neuroendócrina : aumento de IGF-1 e de testosterona 7- Condições degenerativas associadas à idade 8- Não união de fraturas

30 09- Osteonecrose 10- Dor intratável 11- Estados psico fisiológicos (epilepsia e dependência de drogas) 12- Paralisia cerebral (redução da espasticidade) 13- Lesão da medula espinhal 14- Doença de Parkinson 15- Dificuldade de aprendizado 16- Estimulação nervosa 17- Infecções crônicas 18- Osteoporose 19- Pseudoartrose congênita 20- Aumento da síntese de neuro transmissores : serotonina

31 UM NOVO ENFOQUE CIENTÍFICO NO TRATAMENTO DAS ENFERMIDADES COM FUNDAMENTO TERAPÊUTICO EM BIOLOGIA MÉDICA. CAPAZ DE SUBSTITUIR COM LARGA VANTAGEM O PROCEDIMENTO TRADICIONAL DA QUÍMICA, MESMO NAS ENFERMIDADES MAIS OBSTINADAS DA PATOLOGIA MÉDICA.

32 ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE DE GENEBRA - SUÍÇA

33 - PESQUISAS DESEN- VOLVIDAS NAS ÁREAS DA: - BIOELETRICIDADE; - EXCITABILIDADE NEURAL; - ATIVIDADE DA MEMBRANA PLASMÁTICA (BOMBA SÓDIO-POTÁSSIO); - REATIVAÇÃO CELULAR. - PESQUISAS DESEN- VOLVIDAS NAS ÁREAS DA: - BIOELETRICIDADE; - EXCITABILIDADE NEURAL; - ATIVIDADE DA MEMBRANA PLASMÁTICA (BOMBA SÓDIO-POTÁSSIO); - REATIVAÇÃO CELULAR.

34 AS ONDAS FISIOTERAPÊUTICAS BIOQUÂNTICAS TEM DEMONSTRADO TOTAL SUCESSO EM APLICAÇÕES CLÍNICAS COM PACIENTES QUE SOFREM DE DOENÇAS ÓSSEAS INTRATÁVEIS PELOS SISTEMAS CONVENCIONAIS (OSTEOPOROSE, FRATURAS, CALCIFICAÇÃO DAS JUNTAS - JOELHO, ARTRITES, ARTROSES E PROBLEMAS DA COLUNA VERTEBRAL). (SEGUNDO TRABALHOS CIENTÍFICOS DIVULGADOS PELA OMS) ONDAS BIOQUÂNTICAS

35 É uma Onda longa, Unipolar, alternada de pico e de Extrema Baixa Frequência e de Extrema Baixa Intesidade. Esta onda ao entrar em contato com o organismo gera uma energia de 1,5 Volts, restituindo parcialmente a energia que perde-se com o passar dos anos que são responsáveis por causar inúmeras enfermidades no organismo, como por exemplo: Hipertensão, Intestino Preguiçoso, Artrites e Artroses, Epilepsia, Retenção de Líquidos, Mal de Parkinson, Mal de Allsheimer, entre outras. ONDAS BIOQUÂNTICAS

36 INSULINA - DIABETE; INSULINA - DIABETE; TESTOSTERONA (MASCULINO) - IMPOTÊNCIA TESTOSTERONA (MASCULINO) - IMPOTÊNCIA PROGESTERONA E ESTROGENO (FEMININO) - FRIGIDEZ PROGESTERONA E ESTROGENO (FEMININO) - FRIGIDEZ SUCO PANCREÁTICO E GÁSTRICO; NAS GLÂNDULAS DE SECREÇÃO INTERNA (GLÂNDULAS ENDÓCRINAS) TEM DEMOSTRADO ÓTIMOS RESULTADOS NA ESTIMULAÇÃO HORMONAL: SUPRA RENAL – PRESSÃO ARTERIAL; DOPAMINA – MAL DE PARKINSON;

37 FÍGADO (CONSIDERADO UMA GLÂNDULA. TODAS AS GLÂNDULAS INTERNAS DEMONSTRARAM UMA GRANDE MELHORA NA SECREÇÃO); FÍGADO (CONSIDERADO UMA GLÂNDULA. TODAS AS GLÂNDULAS INTERNAS DEMONSTRARAM UMA GRANDE MELHORA NA SECREÇÃO); TROCA DO ÍON CÁLCIO CEREBRAL - ATIVIDADE CEREBRAL; IMUNOREATIVIDADE DOS LINFÓCITOS; IMUNOREATIVIDADE DOS LINFÓCITOS; EXCITABILIDADE ELÉTRICA DO TECIDO NEURAL (NEURÔNIOS) - SERATONINA: DEPRESSÃO; EXCITABILIDADE ELÉTRICA DO TECIDO NEURAL (NEURÔNIOS) - SERATONINA: DEPRESSÃO; TAXAS DE CRESCIMENTO DE TODOS OS TECIDOS DO CORPO HUMANO;

38 ACEITA QUE EXPOSIÇÕES ÀS ONDAS BIOQUÂNTICAS DE BAIXA FREQÜÊNCIA E BAIXA INTENSIDADE SÃO SEGURAS E NÃO CAUSAM NENHUM EFEITO COLATERAL ÀS CÉLULAS DO ORGANISMO HUMANO. ACEITA QUE EXPOSIÇÕES ÀS ONDAS BIOQUÂNTICAS DE BAIXA FREQÜÊNCIA E BAIXA INTENSIDADE SÃO SEGURAS E NÃO CAUSAM NENHUM EFEITO COLATERAL ÀS CÉLULAS DO ORGANISMO HUMANO.

39 AS ONDAS BIOQUÂNTICAS PODEM SER CAPAZES DE SUBSTITUIR A QUÍMICA FARMACOLÓGICA EM VÁRIAS ENFERMIDADES, TANTO COMUNS COMO COMPLEXAS DA PATOLOGIA MÉDICA. AS ONDAS BIOQUÂNTICAS PODEM SER CAPAZES DE SUBSTITUIR A QUÍMICA FARMACOLÓGICA EM VÁRIAS ENFERMIDADES, TANTO COMUNS COMO COMPLEXAS DA PATOLOGIA MÉDICA.

40 SEUS EFEITOS PODEM SER IMEDIATOS EM PATOLOGIAS LEVES OU MEDIATAS NAS PATOLOGIAS CRÔNICAS. PATOLOGIAS

41 FORAM OBTIDOS RESULTADOS COM RECUPERAÇÃO TOTAL OU PARCIAL, MESMO QUE OS TECIDOS JÁ ESTEJAM DANIFICADOS, COMO OCORRE NAS ARTROSES E CERTOS ESTADOS DE ARTRITES REUMATÓIDES. ARTRITES - ARTROSES

42 AS ONDAS BIOQUÂNTICAS TEM EFEITOS REPARADORES, MESMO NAS ENFERMIDADES QUE NÃO RESPONDEM AOS TRATAMENTOS CONVENCIONAIS, COM RESULTADOS LIVRES DE CONTRA-INDICAÇÕES INDESEJÁVEIS. EM ENFERMIDADES HEREDITÁRIAS, PREDECESSORAS DA PATOLOGIA HUMANA, DEMONSTROU ALTA EFICIÊNCIA ENFERMIDADES HEREDITÁRIAS

43 COLCHÕES FISIOTERAPÊUTICOS BIOQUÂNTICOS Os Colchões Fisioterapêuticos Bioquânticos foram desenvolvidos baseados em pesquisas bibliográficas. Seguimos rigorosamente as intensidades e freqüências, conforme as conclusões dos pesquisadores internacionais e da Organização Mundial da Saúde. Trabalhos científicos publicados em 1984, 1994, 1998 e Efetuamos vários testes na universidade e inVITRO e inLÓCO. Apesar do otimismo dos pesquisadores e da OMS de eliminar os produtos farmacológicos em substituição às Ondas Bioquânticas, não assumiremos a responsabilidade da eliminação da medicação convencional no período inicial.

44 Por Exemplo: - Pressão alta: só baixou após o 15º dia de uso; - Diabete: em média dias para diminuir a taxa de glicose; - Intestino Preguiçoso: 8-14 dias; - Dores na coluna: dias, dependendo do estado crônico em que estiver; - Depressão: em 24 horas já apresentou melhoras; - Hemorróides: dias; - Deficiência Renal: dias; Abordamos os exemplos acima somente para deixar claro que os efeitos terapêuticos não são imediatos, portanto não deixe de utilizar a medicação farmacológica, seguindo rigo- rosamente a orientação de seu MÉDICO. Somente um perito em medicina pode eliminar ou diminuir a medicação.

45 IMPULSOS NERVOSOS Os impulsos Nervosos, também conhecidos na MEDICINA, como impulsos Elétricos, foram altamente ativados pelas ONDAS BIOQUÂNTICAS. Milhares de testes foram experimentados pela farmacologia, pouco animadores ou sem sucesso. É considerado um grande avanço tecnológico o uso de ONDAS BIOQUÂNTICAS, para reativar a energia que se perde com o passar dos anos. Corrige o caminhar mais lento e principalmente nas enfermidades que surgem com o passar dos anos (Dores, Circulação, Sistema Nervoso, Aparelho Digestivo). MELHORA A ATIVIDADE MENTAL (S.N.C.) - Esquecido - Raciocínio lento.

46 Aconselhamos ao paciente que procure não interromper o tratamento oferecido pelo colchão Bioquântico, por longos períodos, pois isto pode causar recaídas de certas enfermidades. Exemplo: Pressão Alta NOTA IMPORTANTE:

47 Este produto possui alta tecnologia, que acelera a reprodução celular quando ligado, por este motivo mulheres grávidas ou recém nascidos não devem utilizá-lo. Este não tem efeitos colaterais nos primeiros dias de gravidez. Obs.: A mulher grávida pode e deve utilizar o colchão normalmente, desde que o mesmo permaneça DESLIGADO.

48 COLCHÕES MAGNÉTICOS; INFER RED; INVELLON A NEO MICONS também fabrica colchões magnéticos, infer red e outros, em vários modelos, com designers modernos, porem não recomenda sua utilizacao. Os colchões magnéticos + infer red e outros quando comparados aos novos colchões bioquânticos, demonstraram ficar apenas com 15 a 20 % da sua capacidade de cura nas enfermidades humanas. Magnético + Infer Red ou Invellon Ondas Bioquânticas Pulsadas GRÁFICO ILUSTRATIVO SOBRE EFEITOS NO CORPO HUMANO

49 MAGNETISMO ESTÁTICO O MAGNETISMO FOI DESENVOLVIDO COMO UM PRODUTO HOMEOPÁTICO NA DÉCADA DE 50 DO SÉCULO XX, PARA A SAÚDE E POSTERIORMENTE INCORPORADO A COLCHÕES, NA DÉCADA DE 70, PELOS ASIÁTICOS.

50 CONCLUSÕES DA NASA COLCHÕES MAGNÉTICOS E O MAGNETISMO (PASTILHAS) ESTÁTICO NO CORPO HUMANO. O MAGNETISMO ESTÁTICO, NÃO OFERECE BENEFÍCIOS À SAÚDE. E SIM SOMENTE A ORTOPEDIA DOS COLCHÕES.

51 1) Alimentação: Bateria Eletromagnética auto recarregável, 02 Volts. Totalmente segura e não ligada à rede da energia elétrica. 2) ONDAS BIOQUÂNTICAS a) conjunto de 08 antenas HORIZONTAIS QUE EMITEM UMA ONDA DE PICO DE BAIXA INTENSIDE E FREQÜÊNCIA: 15 Hertz p/ segundo. É a onda principal no conjunto das ondas BIOQUÂNTICAS. ATIVA A BIOELETRICIDADE DO ORGANISMO. b) 20 solenóides QUE EMITEM UMA ONDA MAGNÉTICA PULSADA, PÓLO SUL GEOGRÁFICO DE BAIXA INTENSIDADE E FREQÜÊNCIA: 30 Hertz p/ segundo. Onda complementar de PROFUNDA PENETRAÇÃO, QUE AUXILIA O METABOLISMO CELULAR.

52 PATENTES - NACIONAIS E INTERNACIONAIS A NEO MICRONS é detentora de 18 patentes junto ao INPI, de diversos aparelhos com Ondas Bioquânticas. Patentes Nacionais e patentes Internacionais. A NEO MICRONS detêm os direitos de fabricação reservados pelo período de - 25 anos. Patentes requeridas nos seguintes mercados internacionais: NAFTA, UNIÃO EUROPÉIA, MERCADO ASIÁTICO e MERCOSUL

53


Carregar ppt "Por que quando somos jovens temos tanta energia? E por que conforme envelhecemos vamos ficando mais fracos e doentes com mais facilidade? A resposta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google