A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação da Idade Gestacional (CLICK AQUI) Orientador: Dr. Paulo R. Margotto Grupo: Juliana Tepedino Roberta Tallarico Túlio Gama Vinícius Riella Unidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação da Idade Gestacional (CLICK AQUI) Orientador: Dr. Paulo R. Margotto Grupo: Juliana Tepedino Roberta Tallarico Túlio Gama Vinícius Riella Unidade."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação da Idade Gestacional (CLICK AQUI) Orientador: Dr. Paulo R. Margotto Grupo: Juliana Tepedino Roberta Tallarico Túlio Gama Vinícius Riella Unidade de Neonatologia do HRAS/SES/DF

2 Avaliação da Idade Gestacional Avaliar o risco de morbi-mortalidade afim de proporcionar assistência adequada Identificar e facilitar reconhecimento do RN quanto a relação entre seu peso de nascimento e idade gestacional para avaliar seu crescimento e desenvolvimento intra- uterino. Objetivo

3 Assistência ao Recém – Nascido Avaliação da Idade Gestacional - Peso / Idade Gestacional (IG) - Estima-se o risco de patologia / morte - IG : Concepção – Nascimento ( Inferido pela DUM ) Se desconhecida Na Gestação Ao nascer Fundo de útero ( Exame clínico-neurológico) USG

4 Avaliação da Idade Gestacional Durante a gestação DUM (regra de Naegele); Medição de fundo uterino Ultrassonografia (até 20 semanas); Ao nascer Se RN com IG >28 sem: Método de Capurro (subestimação da IG a partir da da 35ª sem); Se RN <1500g: Método de Ballard e col, Se RN for pré termo extremo (IG<26 sem.): 1. Valores do Perímetro Cefálico ao Nascer; 2. Longitude da Espinha Dorsal (LED). Métodos de Avaliação da IG

5 Avaliação da Idade Gestacional Regra de Naegele: Adicionar a data da DUM sete dias e somar nove meses (ou diminuir 3 meses) Cálculo da Idade Gestacional pela DUM Exemplo: DUM: 02/08/2004 DPP: 09/05/2005 (40 sem) Nascimento: 11/03/2005 IG: 29(31-2) = dividido por 7 = 31 semanas e 4 dias

6 Assistência ao Recém – Nascido Avaliação da Idade Gestacional Data da Última Menstruação - DUM desconhecida ou dúvida - Ultra - som ( Maior precisão, quanto mais precoce) - Exame físico neonatal

7 Assistência ao Recém – Nascido Avaliação da Idade Gestacional Ultra - som - Primeiras 12 semanas: Longitude céfalo- caudal semanas: r = 0,98 +/- 4,2 dias ( DBP ) Campbell, semanas: r = 0,83 ( DBP ) Levi e Erbsman, semanas: r = 0,99 ( DBP ) semanas: 4,9 dias semanas: 7 dias - > 35 semanas: 9,8 dias

8 Assistência ao Recém – Nascido Avaliação da Idade Gestacional Ao Nascer: Capurro (J Pediatr 1978; 93: 120) Extremamente fácil Pode ser realizado na sala de parto ( Método Somático) Método Somático: 5 caracteres físicos (r = 0,88 com a DUM)- Textura da Pele - Forma da Orelha - Glândula mamária - Formação do mamilo - Pregas Plantares

9 Assistência ao Recém – Nascido Avaliação da Idade Gestacional Método Somático-Neurológico: -4 caracteres físicos (r: 0,90 com a DUM) anteriores exceto formação do mamilo -2 caracteres neurológicos - Sinal do Xale - Posição da cabeça ao levantar o RN (r = 0,90 com Dubowitz -J Pediatr 1970;77:1) (10 critérios neurológicos/11 critérios físicos)

10 Capurro: Critérios físicos:

11 Capurro: Critérios neurológicos

12 Para os RN com peso de nascimento abaixo de 1500 g, utiliza-se o método de Ballard e cl. modificado por Constantine e cl. Constantine e cl. correlacionaram com a DUM 3 métodos clínicos na determinação da idade gestacional dos RN de baixo peso (critérios físicos, neurológicos e físicos e neurológicos, pelo método de Ballard e cl). Os autores observaram melhor correlação (0,81) com a idade gestacional obtida por critérios físicos. Avaliação da Idade Gestacional Método de Ballard

13 Avaliação da Idade Gestacional Método de Ballard, modificado por Constantine et al

14 Método de Ballard, modificado por Constantine et al

15 Avaliação da Idade Gestacional Valores do Perímetro Cefálico ao nascer PC(cm)I.G. (semanas)Peso(g) MínimoMédioMáximo , , , , , , , , , , CLAP- Centro Latino Americano de Perinatologia e Desenvolvimento Humano (OPS/OMS), 1991.

16 Avaliação da Idade Gestacional Longitude da Espinha Dorsal (LED) em mm (margem superior 1 a vert. e margem inferior 12 a vert. torácica) L.E.DI.GES T. L.E.DI.GES T. L.E.DI.GES T. L.E.DI.GES T Martell M e cl, 1997

17 Avaliação da Idade Gestacional: New Ballard Score (NBS) O NBS é um método de avaliação da idade gestacional (IG) de recém-nascido (RN) através da análise de 6 parâmetros neurológicos (postura, ângulo de flexão do punho, retração do braço, ângulo poplíteo, sinal do xale, calcanhar-orelha) e 6 parâmetros físicos (pele, lanugo, superfície plantar, glândula mamária, olhos/orelhas, genital masculino, genital feminino), a cada um dos quais se atribui uma pontuação que na somatória determinará a estimativa da idade gestacional. Este é um método modificado da versão original sendo agregados alguns itens, permitindo assim a avaliação de RN com IG a partir de 20 semanas. A correlação entre o NBS e a IG calculada pela amenorréia é de 0,97; para o RN < 26 semanas, esta correlação foi mantida quando o método foi aplicado nas primeiras 12 horas de vida.

18 New Ballard: Critérios neurológicos (6)

19 New Ballard Critérios Físicos (6)

20

21 Assistência ao Recém – Nascido Classificação do RN

22 Avaliação da Idade Gestacional OMS – WHO 1950: Todo RN vivo com peso de nascimento menor ou igual a 2500 g; OMS – Comitê de Especialistas em Saúde Materno- infantil 1961: RN de baixo peso é todo RN vivo com peso de nascimento inferior a 2500g; Academia Americana de Pediatria(AAP) 1970: RN vivo que nasce antes da 38ª semana de idade gestacional; OMS atual: Todo RN que nasce antes da 37ª Conceitos de Prematuridade

23 Avaliação da Idade Gestacional Pré termo: nascidos vivos antes da 37ª semana; Termo: nascidos vivos entre 37ª e 41ª semana e 6 dias; Pós termo: nascidos vivos com 42ª semanas ou mais. Classificação atual dos RN

24 Avaliação da Idade Gestacional Classificação relacionando Peso e Idade Gestacional PIG: abaixo do percentil 10; AIG: entre os percentis 10 e 90; GIG: acima do percentil 90. Exemplo 01: RN, 31 semanas e 4 dias, peso 1610g, 45 cm. Conclusão: RN AIG Assistência ao recém-nascido de risco, P.R. Margotto, 2002.

25 Assistência ao Recém – Nascido Classificação do RN Importância: - Antecipação de problemas clínicos - Prognóstico de crescimento desenvolvimento - Busca inteligente de anomalia congênita inaparente Qualifica o risco de morbimortalidade

26 Assistência ao Recém – Nascido Classificação do RN AIG/PIG Deprivação crônica intra-útero afeta a atividade oligodendrócita Prematuros PIG< 1500g prognóstico favorável se adequado suporte nutricional (2 primeiros anos) RN de baixo peso PIG: menores e menos pesados aos 10 anos AIG: supera desvantagens aos 5 anos RN a termo PIG x AIG: diferença de peso, estatura, perímetro cefálico desaparecem aos 18 meses

27 Assistência ao Recém – Nascido Classificação do RN Importância - Disfunção hepatocelular nos primeiras 3 semanas (PIG) - Menor conteúdo mineral ósseo (PIG < percentil 3) - Menor percentagem de perda e menor tempo de perda de peso

28 Colestase associada a nutrição parenteral (CANP) em recém- nascidos pequenos para a idade gestacional Colestase associada a nutrição parenteral (CANP) em recém- nascidos pequenos para a idade gestacional Autor(es): Daniel T. Robinson and Richard A. Ehrenkranz. Apresentação:Cynthia Bettini L. de C. Monteiro, Clarice de Menezes, Alberto Guerra Dias, Paulo R. MargottoDaniel T. Robinson and Richard A. Ehrenkranz. Apresentação:Cynthia Bettini L. de C. Monteiro, Clarice de Menezes, Alberto Guerra Dias, Paulo R. Margotto

29 Resultados A Odds Ratio para o desenvolvimento de colestase quando o RN foi PIG foi de 3,3 (IC a 95%: 1,6-6,6) Daniel T. Robinson and Richard A. Ehrenkranz, 2008

30 Assistência ao Recém – Nascido Classificação do RN Importância - Aos 3 anos – PIG: peso e comp < p10 : 2 x perimetro cefálico < p 10: 4x - Aos 2 anos – 34% PIG < P3 – peso / comprimento - 21% PIG sequela neurológica ( asfixia) - Idade Escolar – 30% PIG Deficiências de linguagem e visumotor 9% AIG Margotto,PR.Unid Neonatol HRAS/ESCS

31 Avaliação da Idade Gestacional Classificação relacionando Peso e Idade Gestacional PIG: abaixo do percentil 10; AIG: entre os percentis 10 e 90; GIG: acima do percentil 90. Exemplo 02: RN, 40 semanas, peso 2000g, 45 cm. Conclusão: RN PIG Assistência ao recém-nascido de risco, P.R. Margotto, 2002.

32 Avaliação da Idade Gestacional Exemplo: RN, 40 semanas, peso 2000g, 45 cm Índice Ponderal: IP= 2000 = 0,0219 x 100 = 2,19 (45) 3 Conclusão: RN PIG Assimétrico Assistência ao recém-nascido de risco, P.R. Margotto, A

33 RN PIG simétrico (IP=2,40) (IP para 38 semanas:2,39) Aspecto clínico de PIG assimétrico

34 Margotto PR, 1995

35 Avaliação da Idade Gestacional: Subclassificação do PIG

36 Avaliação da Idade Gestacional

37 Fatores de Risco: Tabagismo; HA crônica ou gestacional; Gestação Múltipla; Antecedentes de RCIU; Infecções perinatais crônicas; Anomalias Congênitas; Ganho Ponderal Materno insuficiente; Sangramento persistente no 2º trimestre; Consumo de álcool; Desnutrição Materna; Retardo do crescimento intra-uterino

38 CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO FETAL Crescimento da Placenta

39 Avaliação da Idade Gestacional Crescimento da placenta Crescimento da placenta acontece até que seu peso chegue 300g (considerando placenta sem cordão e membranas) e o feto pese 2300g, o que acontece após 36ª semana de gestação.

40 Avaliação da Idade Gestacional RCIU e Peso da placenta Placenta Adequada Placenta Grande (P10 e P90) (>P 90) Malformações Infecção congênita Placenta Pequena (

41 Assistência ao Recém – Nascido Crescimento da Placenta - Margotto PR e cl ( 1999) Anemia Materna e Placenta PIG (RR=3,90) RN PIG com placenta PIG e DHEG ( RR=4,16) RN GIG com placenta GIG e hipoglicemia ( RR= 10,2) RN PIG com placenta AIG/GIG e infecção inespecífica (RR=1,6)

42 Avaliação da Idade Gestacional Exemplo: IG 29 sem ao nascer Depois de 12 semanas IGpc: 41 semanas IGc: 1 semana Idade Gestacional Pós-Concepcional (IGpc) e Corrigida (IGc)

43 Consultem: TESE DE DOUTORADO (Centro Latinoamericano de Perinatologia e Desenvolvimento Humano-CLAP/ OPS / OMS, Montevideo, Uruguai) CRESCIMENTO INTRA-UTERINO: Percentis de peso, estatura e perímetro cefálico ao nascer de recém-nascidos únicos de gestações normais e Autor(es): Paulo R. Margotto

44 Margotto PR. (Click aqui) [Intrauterine growth curves: study of 4413 single live births of normal pregnancies] J Pediatr (Rio J) Jan- Feb;71(1): Portuguese.

45 Margotto PR.(Click aqui) [Intrauterine growth curves: the use of local growth charts] J Pediatr (Rio J) May- Jun;77(3): Portuguese. No abstract available.

46 CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO FETAL - Morbimortalidade Perinatal (O reconhecimento pré-natal do desvio do crescimento ) -Pré-requisito para reduzir a mortalidade fetal e neonatal -Prevenção ou redução do retardo físico ou mental -Ótimo peso ao nascer : é aquele associado com a menor mortalidade Curvas de crescimento aplicados a nossa população (Social, cultural, ambiental que variam de uma sociedade a outra e de uma geração a outra ).

47 Jamais considere seus estudos como uma obrigação, mas como uma oportunidade invejável para aprender a conhecer a influência libertadora da beleza do reino do espírito, para seu próprio prazer pessoal e para proveito da comunidade à qual seu futuro trabalho pertencer (Albert Einstein)

48 Assistência ao Recém – Nascido OBRIGADO PELA ATENÇÃO!


Carregar ppt "Avaliação da Idade Gestacional (CLICK AQUI) Orientador: Dr. Paulo R. Margotto Grupo: Juliana Tepedino Roberta Tallarico Túlio Gama Vinícius Riella Unidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google