A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROGRAMA FUNDAMENTAL Módulo XVIII: ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Módulo XVIII: ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Objetivo Geral: Possibilitar o entendimento do significado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROGRAMA FUNDAMENTAL Módulo XVIII: ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Módulo XVIII: ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Objetivo Geral: Possibilitar o entendimento do significado."— Transcrição da apresentação:

1 PROGRAMA FUNDAMENTAL Módulo XVIII: ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Módulo XVIII: ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Objetivo Geral: Possibilitar o entendimento do significado de esperanças e consolações segundo o Espiritismo Objetivo Geral: Possibilitar o entendimento do significado de esperanças e consolações segundo o Espiritismo

2 ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Roteiro 2: Penalidades e Prazeres Futuros Roteiro 2: Penalidades e Prazeres Futuros

3 Penalidades e Prazeres Terrestres

4 Felicidades e Infelicidades Relativas Perda de Pessoas Amadas Decepção. Ingratidão. Afeições Destruídas Uniões Antipáticas Medo da Morte Desgosto da Vida. Suicídio Felicidades e Infelicidades Relativas Perda de Pessoas Amadas Decepção. Ingratidão. Afeições Destruídas Uniões Antipáticas Medo da Morte Desgosto da Vida. Suicídio

5 Penalidades e Prazeres Futuros

6 O nada. Vida Futura Intuição das Penalidades e Prazeres Futuros Intervenção de Deus nas penalidades e recompensas. Natureza das penalidades e prazeres futuros. O nada. Vida Futura Intuição das Penalidades e Prazeres Futuros Intervenção de Deus nas penalidades e recompensas. Natureza das penalidades e prazeres futuros.

7 Penalidades e Prazeres Futuros Penalidades Temporais Expiação e Arrependimento Duração das Penalidades Futuras Ressurreição da Carne Paraíso. Inferno. Purgatório Penalidades Temporais Expiação e Arrependimento Duração das Penalidades Futuras Ressurreição da Carne Paraíso. Inferno. Purgatório

8 Penalidades e Prazeres Terrestres O homem cria para si tormentos que está nas suas mãos evitar ESE: Cap.III O homem cria para si tormentos que está nas suas mãos evitar ESE: Cap.III

9 Penalidades e Prazeres Terrestres Felicidade sem mescla não existe na Terra ESE: Cap.III Felicidade sem mescla não existe na Terra ESE: Cap.III

10 Penalidades e Prazeres Terrestres No homem carnal a morte o assusta, porque ele duvida do futuro... LE: 941 No homem carnal a morte o assusta, porque ele duvida do futuro... LE: 941

11 Quantas uniões desgraçadas, porque resultaram de um cálculo de interesse ou de vaidade e nas quais o coração não tomou parte alguma... Martins Peralva: Estudando a Mediunidade Quantas uniões desgraçadas, porque resultaram de um cálculo de interesse ou de vaidade e nas quais o coração não tomou parte alguma... Martins Peralva: Estudando a Mediunidade

12 Provacionais: Provacionais: Reencontro de almas, para reajustes necessários à evolução de ambos. Sacrificiais: Sacrificiais: Reencontro de alma iluminada com alma inferiorizada, com o objetivo de redimi-la. Afins: Afins: Reencontro de corações amigos para consolidação de afetos. Transcendentes: Transcendentes: Almas engrandecidas no bem e que se buscam para realizações imortais. Acidentais: Acidentais: Encontro por atração momentânea sem ascendente espiritual. Provacionais: Provacionais: Reencontro de almas, para reajustes necessários à evolução de ambos. Sacrificiais: Sacrificiais: Reencontro de alma iluminada com alma inferiorizada, com o objetivo de redimi-la. Afins: Afins: Reencontro de corações amigos para consolidação de afetos. Transcendentes: Transcendentes: Almas engrandecidas no bem e que se buscam para realizações imortais. Acidentais: Acidentais: Encontro por atração momentânea sem ascendente espiritual.

13 Quantas uniões desgraçadas, porque resultaram de um cálculo de interesse ou de vaidade e nas quais o coração não tomou parte alguma... Quantas dissensões e funestas disputas teriam se evitado com um pouco de moderação... Quantas doenças e enfermidades decorrem da intemperança e dos excessos de todo o gênero... Quantos pais são infelizes com seus filhos, porque não lhes combateram desde o princípio as más tendências... Quantas uniões desgraçadas, porque resultaram de um cálculo de interesse ou de vaidade e nas quais o coração não tomou parte alguma... Quantas dissensões e funestas disputas teriam se evitado com um pouco de moderação... Quantas doenças e enfermidades decorrem da intemperança e dos excessos de todo o gênero... Quantos pais são infelizes com seus filhos, porque não lhes combateram desde o princípio as más tendências...

14 Penalidades e Prazeres Terrestres Com efeito, nem a riqueza, nem o poder, nem mesmo a florida juventude são condições essenciais à felicidade ESE: Cap.III Com efeito, nem a riqueza, nem o poder, nem mesmo a florida juventude são condições essenciais à felicidade ESE: Cap.III

15 Penalidades e Prazeres Futuros Todas as religiões acreditam na vida futura. Existem pouquíssimos descrentes. (Na hora H) Deus se ocupa do nosso julgamento? As punições e os prazeres não são materiais. Bons: Felicidade é não possuir paixões que nos infelicitam. Maus: Os maiores tormentos é acreditar sofrer para sempre. Todas as religiões acreditam na vida futura. Existem pouquíssimos descrentes. (Na hora H) Deus se ocupa do nosso julgamento? As punições e os prazeres não são materiais. Bons: Felicidade é não possuir paixões que nos infelicitam. Maus: Os maiores tormentos é acreditar sofrer para sempre.

16 Penalidades e Prazeres Futuros Não é necessário crer no Espiritismo para ser feliz quando desencarnar. O arrependimento se dá na vida física ou espiritual (mais proveitoso quando é na física) Para o Espírito sofredor o tempo parece sempre mais longo. Os sofrimentos sempre têm um termo. Jamais são eternos (Santo Agostinho – Eternidade) Não é necessário crer no Espiritismo para ser feliz quando desencarnar. O arrependimento se dá na vida física ou espiritual (mais proveitoso quando é na física) Para o Espírito sofredor o tempo parece sempre mais longo. Os sofrimentos sempre têm um termo. Jamais são eternos (Santo Agostinho – Eternidade)

17 Penalidades e Prazeres Futuros Código Penal da Vida Futura: 33 itens: 1º - A alma ou Espírito sofre na vida espiritual as consequências de todas as imperfeições que não conseguiu corrigir na vida corporal. O seu estado, feliz ou desgraçado, é inerente ao seu grau de pureza ou impureza. Código Penal da Vida Futura: 33 itens: 1º - A alma ou Espírito sofre na vida espiritual as consequências de todas as imperfeições que não conseguiu corrigir na vida corporal. O seu estado, feliz ou desgraçado, é inerente ao seu grau de pureza ou impureza.

18 Penalidades e Prazeres Futuros Código Penal da Vida Futura: 33 itens: 12º - Não há regra absoluta nem uniforme quanto à natureza e duração do castigo: - a única lei geral é que toda falta terá punição, e terá recompensa todo ato meritório, segundo o seu valor. Código Penal da Vida Futura: 33 itens: 12º - Não há regra absoluta nem uniforme quanto à natureza e duração do castigo: - a única lei geral é que toda falta terá punição, e terá recompensa todo ato meritório, segundo o seu valor.

19 Penalidades e Prazeres Futuros Código Penal da Vida Futura: 33 itens: 16º - O arrependimento, conquanto seja o primeiro passo para a regeneração, não basta por si só; são precisas a expiação e a reparação. Código Penal da Vida Futura: 33 itens: 16º - O arrependimento, conquanto seja o primeiro passo para a regeneração, não basta por si só; são precisas a expiação e a reparação.

20 A cada um segundo suas obras Jesus: Mateus16:27


Carregar ppt "PROGRAMA FUNDAMENTAL Módulo XVIII: ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Módulo XVIII: ESPERANÇAS E CONSOLAÇÕES Objetivo Geral: Possibilitar o entendimento do significado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google