A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1ª Guerra Mundial (1914 – 1918) Autoria: Profª Fabiana Pegoraro Soares Colégio Pentágono.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1ª Guerra Mundial (1914 – 1918) Autoria: Profª Fabiana Pegoraro Soares Colégio Pentágono."— Transcrição da apresentação:

1 1ª Guerra Mundial (1914 – 1918) Autoria: Profª Fabiana Pegoraro Soares Colégio Pentágono

2 1ª Guerra Mundial (1914 a 1918) Alguns países como Império Austro-Húngaro, Alemanha e Itália tinham poucas colônias fora da Europa. Império Austro-Húngaro queria dominar a Sérvia. Império Russo também queria, pois os sérvios estão ligados à etnia russa (eslavos).

3 O arqueduque austro-húngaro Francisco Ferdinando é assassinado por um sérvio em Sarajevo (atualmente, Bósnia mas, naquela época, pertencia à Sérvia). Para se vingar, o Império Austro- Húngaro, Alemanha e Itália, que formavam a Tríplice Aliança (um tipo de acordo econômico de metrópoles), declararam guerra à Sérvia. A Tríplice Entente (Rússia – saiu em 1917 – França e Inglaterra – e depois também Japão) sua concorrente, entra na guerra para defender a Sérvia.

4 Gavrilo Princip, o atirador O arque duque austro- húngaro Franz Ferdinand F. Ferdinando e sua esposa, a última foto, na Bósnia (na época, parte da Áustria)

5

6 A Guerra se alastra e toma proporções mundiais. A Tríplice Aliança perdeu e não se conformou. Trincheira alemã Soldados franceses

7 Construção medieval destruída Trincheira em fronteira francesa

8 Posto de observação Paisagem pós-batalha

9 Mapa da Europa depois da 1ª. guerra

10 2ª. Guerra Mundial (1939 – 1945)

11 Situação: Alemanha havia sido derrotada na 1ª guerra. Adolf Hitler surge como líder, afirmando a superioridade da raça ariana (alemães: arianos mais puros) e da Alemanha perante o mundo (nacionalismo exagerado). Os alemães acreditavam que a Alemanha poderia vencer a guerra e os arianos dominarem o mundo. Para isso: matança de judeus, negros, deficientes, homossexuais... = nazismo.

12 Juntam-se à Alemanha: Itália e Japão = Eixo. Do outro lado, surgem os aliados: Reino Unido, França, EUA, URSS... Os aliados vencem, mas a Europa está destruída. O socialismo soviético avança. A Europa fica dividida em duas partes: capitalista (ocidental) e socialista (oriental).

13 Benito Mussolini e Adolf Hitler (1937) Fuzileiro norte-americano no Japão Tanques alemães invadem a Polônia em um ataque da segunda guerra mundial.

14 O Eixo Albania Bulgaria Finlandia Alemanha Hungria Italia Japão Romenia Tailândia Os Aliados Argentina Australia Belgica Bolivia Brasil Canada Chile China Colombia Costa Rica Cuba Czechoslovakia Dinamarca Republica Dominicana Equador Egito El Salvador Etiopia França Gran Bretanha Grecia Guatemala Haiti Honduras India Iran Iraque Líbano Liberia Luxemburgo México Republica da Mongolia Países Baixos Nova Zelândia Nicaragua Noruega Panamá Paraguai Peru Polônia San Marino Arabia Saudita Africa do Sul União Sovietica Síria Turquia Estados Unidos Uruguai Venezuela Iugoslavia Fonte: 8/1/A-SEGUNDA-GUERRA-MUNDIAL (acessado em 11/02/2008) 8/1/A-SEGUNDA-GUERRA-MUNDIAL

15 Os camicases ("vento divino", em japonês) eram esquadrões suicidas formados pelas forças aéreas japonesas nos últimos meses da II Guerra Mundial. Estes pilotos voavam em aviões carregados de explosivos e se lançavam contra os navios dos Estados Unidos com a finalidade de deter o seu avanço. Chegaram a afundar 40 navios dessa forma. Poucos minutos antes das oito da manhã do domingo, 7 de dezembro de 1941, um grupo de aeronaves japonesas lançou um ataque de surpresa sobre a Frota do Pacífico dos Estados Unidos, atracada em Pearl Harbor (Havaí). Os japoneses tinham como objetivo minar o poderio naval dos Estados Unidos, o que consideravam fundamental para impor uma derrota militar a esse país. Por causa deste ataque, o Congresso dos Estados Unidos declarou guerra ao Japão no dia seguinte, atendendo à petição do presidente Franklin Delano Roosevelt.

16 Situação dos judeus em campo de concentração...

17 "Soldados alemães, cidadãs e cidadãos da Alemanha: nosso líder, Adolf Hitler, se foi...". Com esse pronunciamento no dia 8 de maio de 1945 o almirante Dönitz, que fora nomeado por Hitler seu sucessor, anunciou pela rádio a rendição incondicional da Alemanha. Hitler e sua companheira de anos Eva Braun, haviam cometido suicídio no dia 30 de abril de 1945, após seu bunker em Berlim estar totalmente cercado pelo exército vermelho da URSS. A Segunda Guerra Mundial terminava, mas somente no continente europeu. No Pacífico o Japão ainda resistia às investidas norte-americanas. Em maio de 1945 os líderes aliados reunidos na Conferência de Potsdan, haviam exigido a rendição incondicional do império japonês. Essa imposição já era aceita por uma parte do gabinete japonês, mas não pelos generais-- o Japão nunca havia perdido uma guerra.

18 "Meu Deus, o que foi que nós fizemos?" Eram 8h 16min 8s. do dia 6 de agosto de A interrogação foi a primeira reação de um dos tripulantes do Elona Gay, após presenciar a devastação produzida pela primeira bomba atômica jogada sobre uma cidade povoada. Elona Gay foi o nome dado ao avião norte-americano B-29 pelo seu comandante em homenagem à própria mãe. A cidade era Hiroxima, no Japão, que desapareceu em baixo de uma nuvem em forma de cogumelo. As notícias sobre a cidade eram desencontradas, e ninguém sabia exatamente o que ocorrera. No dia 9 outra bomba atômica foi lançada sobre a cidade de Nagasaki. Os norte-americanos haviam treinado durante meses uma esquadrilha de B-29 para um ataque especial. Nos aviões, quase ninguém sabia o que transportava. Morreram cerca de 100 mil pessoas em Hiroxima e 80 mil em Nagasaki. As vítimas eram civis, cidadãos comuns, já que nenhuma das duas cidades era alvo militar muito importante. O cenário histórico dessa tragédia que permanece até hoje na memória de milhares de japoneses era a guerra no Pacífico, entre Japão e Estados Unidos no contexto do término da Segunda Guerra Mundial. Os generais japoneses ainda tentaram resistir, até serem convencidos do contrário pelo próprio imperador Hiroíto. No dia 15 de agosto de 1945 os japoneses escutam pelo rádio a rendição incondicional do país. Em 2 de setembro o encouraçado norte-americano Missouri entrou na baía de Tóquio e a paz foi assinada. A Segunda Guerra chegava ao fim, deixando um saldo de 50 milhões de mortos em seis anos. A bomba atômica tinha sido mais um episódio desumano na história da Segunda Guerra Mundial.

19

20

21 guerra-mundial/ MUNDIAL 20e%20Nagasaki.jpg


Carregar ppt "1ª Guerra Mundial (1914 – 1918) Autoria: Profª Fabiana Pegoraro Soares Colégio Pentágono."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google