A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ansiedade, Medo e Depressão Uma Perspectiva Cristã

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ansiedade, Medo e Depressão Uma Perspectiva Cristã"— Transcrição da apresentação:

1 Ansiedade, Medo e Depressão Uma Perspectiva Cristã

2 Considerações Preliminares: Há na natureza humana três dimensões, a saber: Física – O corpo e os seus sentidos; Emocional – A mente que elabora os estímulos emitidos pelos sentidos; Espiritual – O espírito que dá conta de estímulos de uma outra ordem. Estas dimensões não são estanques, mas estão em completa harmonia e se interinfluenciam.

3 Conseqüências da Ansiedade: Dificuldade para relaxar Insegurança Dificuldade de concentração e freqüentes esquecimentos Irritabilidade Tensão muscular Dificuldade para adormecer ou sono insatisfatório

4 Principais Causas da Ansiedade: Na Realidade Na Realidade - O caráter utilitarista e consumista das relações humanas; - O sentimento de contínua competição das relações interpessoais. Na Mentalidade Na Mentalidade - A Lei de Murphy: Se qualquer coisa pode dar errado, dará. - A idéia de que tudo depende de você e de seus cuidados.

5 Receita de Jesus para a Ansiedade em Mateus 6: Lembre-se que Deus já nos deu o que nos é mais importante, a vida (v. 25); 2. Saiba que Deus proverá aquilo que é necessário para a vida daqueles que crêem nele (v. 26); 3. A ansiedade é absolutamente inútil (v. 27); 4. O que vem de Deus é melhor do que aquilo que poderíamos conquistar (vs. 28 a 30);

6 5. Lembre-se que você não é um Sem Deus (vs. 31 e 32); 6. Aprenda a ajustar as suas prioridades (v. 33); 7. Desenvolva a arte de lidar apenas com os problemas reais e não com os imaginários (v. 34)

7 Conclusão Não andeis ansiosos por coisa alguma;em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus. Filipenses 4:6 e 7

8 Aprendendo a Mudar para Atuar de Forma Eficaz Por Martorelli Dantas

9 A Palavra de Ordem é MUDANÇA - Porque nós precisamos aprender e nos desenvolver continuamente; - Porque o mundo está em contínua transformação e se nós não acompanharmos estas mudanças vamos ficar para trás; - Porque as novas oportunidades exigem novas habilidades e competências

10 Que tipo de Mudança vale a pena? - Uma mudança que represente evolução e crescimento; - Uma mudança que ocorra DE DENTRO PARA FORA; - Uma mudança que gere resultados duradouros;

11 Quais os principais empecilhos para a Mudança? - A idéia de que seu deu certo no passado vai continuar dando certo sempre; - A idéia de que eu sou desse jeito desde pequeno e não consigo mudar agora; - A idéia de que as coisas vão se ajeitar com o tempo; - Nossos fortes paradigmas.

12 Ser/Ver - Nós vemos o mundo através do que somos; - A realidade é aquilo que os nossos sentidos e a nossa razão nos dizem existir lá fora; - Se mudarmos a nós mesmos, mudaremos o mundo ao nossos redor e as circunstâncias serão totalmente transformadas.

13 O Processo da Formação da nossa forma de ser Crenças Pensamentos Ações Hábitos Personalidade

14 Uma Visão Geral dos Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes 1. Seja Proativo; 2. Comece com o objetivo em mente; 3. Primeiro o mais importante; 4. Pense Ganha/Ganha 5. Procure Primeiro Compreender; 6. Crie Sinergia 7. Afine o Instrumento

15 Primeiro Hábito: Seja Proativo EstímulosRespostas EstímulosRespostas ESCOLHAS Modelo Proativo Modelo Reativo

16 Terceiro Hábito: Primeiro o Mais Importante Extraído do livro de Stephen Covey Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes Altamente Eficazes

17 Primeiro o Mais Importante 1. Primeiro, seja bem-sucedido no lar; 2. Busque e seja digno da ajuda divina; 3. Jamais comprometa a sua honestidade; 4. Lembre-se das pessoas envolvidas; 5. Procure se aconselhar com os outros; 6. Defenda os ausentes;

18 7. Seja sincero e firme; 8. Desenvolva uma nova habilidade por ano; 9. Planeje hoje o trabalho de amanhã; 10. Ocupe-se enquanto espera; 11. Mantenha uma atitude positiva; 12. Tenha senso de humor; 13. Seja organizado pessoal e profissionalmente

19 Não Urgente ImportanteImportanteImportanteImportante NãoNãoImpot.Impot.NãoNãoImpot.Impot. IAtividades Crises Problemas Urgentes Projetos com data marcada II Atividades Prevenção, Atividades CP Desenvolvimento de Relacionamentos Identificação de novas oportunidades Planejamento, recreação III Atividades Interrupções, telefone Relatórios e correspondência Atividades Populares IV Atividades Detalhes, pequenas tarefas Correspondência Perda de Tempo Atividades Agradáveis

20 Quais os Resultados? Primeiro Quadrante: - Estresse - Esgotamento - Administração de Crises - Sempre apagando incêndios Terceiro Quadrante: - Foco no curto prazo - Administração de crises - Caráter e reputação de camaleão - Considera planos e metas inúteis - Faz papel de vítima, não controla a vida - Relacionamentos superficiais ou rompidos

21 Quarto Quadrante: - Total irresponsabilidade - Demissão dos empregos - Dependência de outros Segundo Quadrante: - Visão, perspectiva - Equilíbrio - Disciplina - Controle - Poucas crises


Carregar ppt "Ansiedade, Medo e Depressão Uma Perspectiva Cristã"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google