A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ÁGUA PARA ALIMENTAÇÃO E MEIO AMBIENTE Helinton J. Rocha Secretário Substituto e Diretor de Programa/SDC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ÁGUA PARA ALIMENTAÇÃO E MEIO AMBIENTE Helinton J. Rocha Secretário Substituto e Diretor de Programa/SDC."— Transcrição da apresentação:

1 ÁGUA PARA ALIMENTAÇÃO E MEIO AMBIENTE Helinton J. Rocha Secretário Substituto e Diretor de Programa/SDC

2 A Água Existem duas formas de utilização da água no processo produtivo: água das chuvas e água de irrigação. A sua disponibilidade é um dos responsáveis pelo sucesso da Agropecuária brasileira, pois sua distribuição desigual no mundo, é a maior causa dos problemas relacionados a baixas produtividades do setor e, conseqüentemente, à pobreza e a fome. O Brasil possui 12% de água doce superficial no mundo. Mais de 90% do território brasileiro recebe chuvas abundantes durante o ano.

3 Pecuária Tradicional Degradação das Pastagens e do Solo

4 Agricultura Tradicional Degradação do Solo, Erosão, Contaminação e Assoreamento dos Corpo dágua

5

6 Demanda de Água Equivalente para a Produção de Alimentos Para produzir 1kg de grão são necessários litros de água 1kg de grãos possibilita obter: 0,140kg de carne bovina 0,250kg de carne suína/caprina 0,500kg de carne ovina 0,500kg de peixe 0,300kg de ovos 0,200kg de leite 0,250kg de iorgute 0,150kg de queijo

7 COMPARAÇÃO PLANTIO CONVENCIONAL VS. PLANTIO DIRETO PERDAS DE SOLO TIPOPCPD% PD/PC SOLO ERODIDO t/ha/ano 22,85,624,56 PERDAS DE ÁGUA TIPOPCPD% PD/PC Água Perdida mm/ha/ano 137,642,430,81 Fonte: (J.N.Landers;2000) Media de 30 trabalhos publicados no Brasil

8 O Desafio População –1999 (6 bilhões) –2050 (9 bilhões) Terra per capita cultivada –0,45 ha em 1966 –0,25 ha em 1998 –0,15 ha em 2050 O baixo crescimento da produção de cereais –No mundo, a produção de cereais cresceu 2,0% na década de 80, porém diminuiu para 1,0% na década de 90. Desnutrição / Pobreza –Hoje 840 milhões de pessoas sofrem de desnutrição e 1,3 bilhões são afetadas pela pobreza.

9 A Sustentabilidade do Setor Agropecuário Utilização de áreas aptas para a produção de alimentos é a viabilizando Modificação da vegetação natural provocando aracionalizando a Implantação de cultivos homogêneos, de interesse ao homem através damesmo com Adição de insumos, para manter a capacidade produtiva da área explorada necessitando aviabilizando Equilíbrio entre os organismos com o cuidado de manter o podendo diminuir Maximizar a reciclagem de nutrientes e mantendo o Preservação dos recursos finitos (solo, água, ar) para procurando Uso racional das áreas sujeitas à exploração agrícola e permitir oque objetiva conduzindo paraé o A Sustentabilidade

10 Potencial de Terra Cultivável Área usadaPotencial de áreas não utilizadas Brasil EUA Rússia Índia ChinaUnião Européia Congo Austrália Canadá Argentina Sudão Angola Indonésia Nigéria x1.000 ha

11 Disponibilidade de Água no Brasil Amazônia –78% da água superficial –menor população do Brasil Sudeste –6% de água superficial –maior população do Brasil

12 Potencial : 14,6 milhões de ha em terras altas 14,9 milhões de ha em varzeas 29,5 milhões de ha Fonte: Demetrios Christofidis

13 Irrigação É a atividade que mais consome água no Brasil, 65% do total. –pivô central, inundação, canhão de aspersão Somente 40% da água destinada a irrigação é efetivamente utilizada. Oportunidades de adequações da irrigação por ajustes no –suprimento das necessidades das plantas e aos períodos com evaporação adequada; e –métodos ajustados à cultura; –Consumo de energia utilizado no recalque;

14 Eficiência no Uso da Água para Irrigação Água efetivamente utilizada pela planta Perdas no sistema de distribuição Perdas na aplicação Perdas no sistema de condução 45% 15% 25% 15%

15 Propostas 1/2 Aumentar a eficiência e a produtividade do uso da água na agricultura. Fortalecer a pesquisa e a difusão sobre manejo de água e do solo em condições de irrigação ou de sequeiro. Introduzir a drenagem agrícola de superfície ou subterrânea, para evitar saturação de solos e inundações temporárias das terras baixas. Implantação de Lei de Recursos Hídricos e dos comitês de gestão de recursos hídricos por sub bacia.

16 Desenvolvimento biotecnológico de cultivares de plantas resistentes à seca; Ajuste e validação de cultivares à regiões e épocas de plantio; Boas práticas agropecuárias para a conservação do solo e água como plantio direto e microbacias; Previnir os efeitos adversos das atividades agrícolas e das máquinas e equipamentos sobre a qualidade da água. Fomento à culturas perenes e a cobertura vegetal contínua; Propostas 1/2

17 OBRIGADO! HELINTON JOSÉ ROCHA Diretor de Programa Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo Telefone: (61) /

18 Produção com Sustentabilidade Distribuição Territorial Estimativa em milhões de ha __ Floresta Amazônica350 Pastagens220 Áreas Protegidas55 Culturas Anuais 47 Culturas Permanentes15 Cidades, Lagos e Estradas 20 Florestas Cultivadas5 __________________________________________________ 770 Outros usos38 Área não-explorada, ainda disponível para agricultura106 ___ ___________________________________________ Total851 Revista VEJA edição 03/03/2004 IBGE e CONAB (adaptação MAPA) Distribuição Territorial Estimativa em milhões de ha __ Floresta Amazônica350 Pastagens220 Áreas Protegidas55 Culturas Anuais 47 Culturas Permanentes15 Cidades, Lagos e Estradas 20 Florestas Cultivadas5 __________________________________________________ 770 Outros usos38 Área não-explorada, ainda disponível para agricultura106 ___ ___________________________________________ Total851

19 Ocupação da Área UF Capital Massa d água Área antropizada Área de tensão ecológica Formação pioneira Região fitoecológica IBGE, 2005


Carregar ppt "ÁGUA PARA ALIMENTAÇÃO E MEIO AMBIENTE Helinton J. Rocha Secretário Substituto e Diretor de Programa/SDC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google