A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Renata Freire renata.freire@joaquimnabuco.edu.br Programação 1 Renata Freire renata.freire@joaquimnabuco.edu.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Renata Freire renata.freire@joaquimnabuco.edu.br Programação 1 Renata Freire renata.freire@joaquimnabuco.edu.br."— Transcrição da apresentação:

1 Renata Freire renata.freire@joaquimnabuco.edu.br
Programação 1 Renata Freire

2 Apresentação Graduação: Ciência da Computação pela UNICAP
Mestrado: Engenharia de Software pela UPE 7 anos atuando na área de desenvolvimento de software

3 Geral Participação em Sala de Aula Provas Projeto

4 Ementa Noções Básicas de programação de computadores.
Noções de elaboração de programas em linguagem de alto nível. Instruções de entrada e saída. Uso de variáveis. O controle do fluxo de execução – desvios condicionais e repetição. Estruturas de dados básicas. Cadeias de caracteres. Tipos de dados compostos. Modularização. Arquivos. Práticas: metodologias e simulações.

5 Bibliografia SCHILDT, Herbert. C Completo e Total. 3ª Edição. Makron Books, 1997 CASTRO, J. Linguagem C na Pratica. Ciência Moderna, 2008. SENNE, Edson Luiz. Primeiro Curso de Programação em C. 3ª Edição. Visual Books Editora, 2009. FORBELLONE, Andre Luiz Villar; EBERSPACHER, Henri Frederico. Lógica de programação. 3ª Edição. Prentice Hall, 2005. LOPES, Anita; GARCIA, Guto. Introdução a Programação. Campus, 2002. KERNIGHAN, Brian W.; PIKE, Rob. A Prática da Programação. Campus, 2000 KNUTH, D. E. The art of computer programming. Addison-Wesley, 1997

6 Linguagem de Programação

7 Linguagem de Programação
Um programa de computador é um conjunto instruções que representam um algoritmo para a resolução de algum problema. Estas instruções são escritas através de um conjunto de códigos (símbolos e palavras). Este conjunto de códigos possui regras de estruturação lógica e sintática própria. Dizemos que este conjunto de símbolos e regras formam uma linguagem de programação.

8 Linguagens de Programação
Linguagens de baixo nível: Voltadas para a máquina Linguagens Assembly. Vantagens: Programas são executados com maior velocidade de processamento. Os programas ocupam menos espaço na memória. Desvantagens: Programação mais difícil.

9 Linguagens de Programação
Linguagens de alto nível: São linguagens voltadas para o ser humano. Necessitam de compiladores ou interpretadores Vantagens: Programação mais fácil. Desvantagens: O programa é mais lento e ocupa mais memória.

10 Linguagem C Foi desenvolvida por programadores para programadores tendo como principais características de flexibilidade e portabilidade. O C foi usado para desenvolver o sistema operacional UNIX e Windows, e hoje esta sendo usada para desenvolver novas linguagens, entre elas a linguagem C++ e Java.

11 Características da Linguagem C
O C é uma linguagem de alto nível Programas em C são compilados O C compartilha recursos tanto de alto quanto de baixo nível (permite acesso e programação direta do microprocessador). O C é uma linguagem estruturalmente simples e de grande portabilidade. O compilador C gera códigos mais enxutos e velozes do que muitas outras linguagens. Os fabricantes de compiladores fornecem uma ampla variedade de rotinas pré-compiladas em bibliotecas.

12 Constantes em C Numéricas Decimal Octal Hexadecial Ponto Flutuante
1, 2, 24, -6 Octal 01, 02, 064 Hexadecial 0x1, 0x45, 0xEE34 Ponto Flutuante 0.7 , 1.345, 2.3e3, 6.9e-2

13 Constantes em C Caracteres Strings ‘A’ , ‘s’ , ‘4’
“Renata” , “Turma” , “Isso é uma string”

14 Variáveis Podem ser declaradas em qualquer parte do algoritmo
Os identificadores devem começar por uma letra (a - z , A - Z) ou um underscore ( _ ). O resto do identificador deve conter apenas letras, underscores ou dígitos (0 - 9). Não pode conter outros caracteres.

15 Variáveis Os identificadores podem ter até 32 caracteres.
Letras maiúsculas são diferentes de letras minúsculas. Essa propriedade é chamada de case sensibility. MAX, max, Max Palavras reservadas não podem ser utilizadas como variáveis if, for, while, do, else, main

16 Tipos de dados Tipos Primitivos Tipo Tamanho Intervalo
char 1 byte a 127 int bytes a 32767 float 4 bytes e-38 a 3.4e38 double 8 bytes e-308 a 1.7e308

17 Tipos de dados Outros tipos Tipo Tamanho Intervalo
unsigned char a 255 unsigned int a long int a unsigned long int a long double e-4932 a 1.1e4932

18 Tipos de dados Strings Cadeira de caracteres Vetor de caracteres
char* nome = “Programa Teste”; char nome[15] = “Programa Teste”;

19 Declaração de Variáveis
Estrutura tipo var_1 [, var_2, ...] [ = valor] ; tipo var_1 = valor_1[, var_2 = valor_2,...];

20 Programando em C /* importacao de bibliotecas */
#include <stdio.h> int main() { /* corpo do algoritmo */ return 0; }

21 Programando em C /* importacao de bibliotecas */
#include <stdio.h> int main() { char nome[10] = {0}; printf(“Escreva seu nome”); scanf(“%s”, &nome); printf(“Voce digitou: %s\n”, nome); return 0; }

22 Programando em C /* importacao de bibliotecas */
#include <stdio.h> #include <stdlib.h> int main() { char nome[10] = {0}; printf(“Escreva seu nome”); scanf(“%s”, &nome); printf(“Voce digitou: %s\n”, nome); system(“pause”); return 0; }

23 Comandos de IO Entrada: Caracteres de Controle
scanf("caracteres de controle", lista de variáveis); Caracteres de Controle %d      int         %f      float ou double %c      character %s      character string (char *)

24 Comandos de IO Entrada: Exemplos:
scanf("caracteres de controle", lista de variáveis); Exemplos: scanf("%d", &n); scanf("%d %d", &m, &n);

25 Comandos de IO Saida: Exemplos:
printf(“texto + caracteres de controle", lista de variáveis); Exemplos: printf("Valor de x = %d", x); printf("x = %d e y = %c\n", x, y);

26 Comandos de IO Controle/Caracter Sequencia de escape nulo (null) \0
tabulacao horizontal \t nova linha (new line) \n aspas (") \" apostrofo (') \' barra invertida (\) \\

27 Fluxo de Controle Condição (Se) Pseudo-linguagem Linguagem C
se condição entao if(condição){ bloco bloco 1; senão }else{ bloco bloco 2; Fimse }

28 Fluxo de Repetição Loop (Para) Pseudo-linguagem Linguagem C
Para i de 1 ate n faca for(i = 1; i <= n; i++){ bloco bloco 1; Fimpara }

29 Fluxo de Repetição Loop (Enquanto) Pseudo-linguagem Linguagem C
enquanto condição faca while(condição){ bloco bloco 1; fimenquanto }

30 Fluxo de Repetição Loop (Repita) Pseudo-linguagem Linguagem C
repita do{ bloco bloco 1; ate condição }while(condição);


Carregar ppt "Renata Freire renata.freire@joaquimnabuco.edu.br Programação 1 Renata Freire renata.freire@joaquimnabuco.edu.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google