A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IRACI GENÉSIO CAETANO Assistente Social – Psicoterapeuta de Grupos (19) 3884-1016 –

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IRACI GENÉSIO CAETANO Assistente Social – Psicoterapeuta de Grupos (19) 3884-1016 –"— Transcrição da apresentação:

1 IRACI GENÉSIO CAETANO Assistente Social – Psicoterapeuta de Grupos (19) –

2

3 EPIDEMIOLOGIA EUA Abuso/Dependência de álcool: 13,6% Abuso/Dependência de drogas: 11,9% Brasil Álcool: 11% (M) 2,5% (F) (acima de 12 anos). CEBRID, Drogas: 38% (vida) 19% (mês). USP, GREA - Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas – IPQ-HC-FMUSP

4 Relevância do problema –EUA (Kessler e cols, 1994): Prevalência de dependência ao álcool = 14,1% –20,1% em homens; 8,2% em mulheres. Outras drogas = 7,5% –9,2% em homens; 5,9% em mulheres. –Custos Sociais: perda de produtividade, deterioração de relações, criminalidade Financeiros (por ano ): –Álcool = US$ 166,5 bilhões; Outras Drogas = US$ 109,8 bilhões. –Brasil (Almeida Filho e cols, 1992): Álcool = 7 a 15% em três centros diferentes. GREA - Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas – IPQ-HC-FMUSP

5 Prevenção na empresa: De alguma forma esta população está dentro das empresas (idade produtiva). O adiamento da discussão e do encaminhamento do problema conduz para a piora do quadro. O preconceito não ajuda. Prevenção Qualidade de vida Responsabilidade Social Divulgação das ações em todos os setores da empresa. Oferecer e Acompanhar o Tratamento GREA - Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas - IPQ-HC-FMUSP

6 Para cada dólar gasto na prevenção economiza-se de 4 a 5 dólares em custos com tratamento * Carlini-Marlatt, B. JBDQ, 2001;2(1):3-8 A produção de álcool no pais vem aumentando cerca de 74,53% desde a década de 70, sendo que no restante do mundo ( - Reino Unido) este índice tem baixado*

7 SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS ALTERAM: ALTERAM: O PENSAMENTO DANIFICAM: MENTE E CORPO MENTE E CORPOAFETAM: COMPORTAMENTOS E RELACIONAMENTOS COMPREENDENDO A DEPENDÊNCIA QUÍMICA

8 SEJAM USADAS ADICTIVAMENTE OU NÃO.

9 DEPENDÊNCIA QUÍMICA DOENÇA DEPENDÊNCIA QUÍMICA DOENÇA ASSOCIAÇÕES MÉDICAS INTERNACIONAIS ASSOCIAÇÕES MÉDICAS INTERNACIONAIS ALCOOLISMO DOENÇA ALCOOLISMO DOENÇA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE CRENÇA INCORRETA CRENÇA INCORRETA CAUSA PRIMÁRIA - PSICOLÓGICA CAUSA PRIMÁRIA - PSICOLÓGICA

10 NATUREZA BÁSICA DA DEPENDÊNCIA QUIMICA DOENÇA PRIMÁRIA PROGRESSIVA CRÔNICA TRATÁVEL

11 PREDISPOSIÇÃO PSICOATIVOS PSICOATIVOS MEIO AMBIENTE MEIO AMBIENTE DEPENDÊNCIA DEPENDÊNCIA QUÍMICA QUÍMICA CAUSAS DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

12 TOLERÂNCIA TOLERÂNCIA ADAPTAÇÃO CELULAR ADAPTAÇÃO CELULAR DESCONFORTO FÍSICO / EMOCIONAL DESCONFORTO FÍSICO / EMOCIONAL INSTALAÇÃO INSTALAÇÃO DA DA DOENÇA DOENÇA POR QUE DESENVOLVEM A DEPENDÊNCIA ? PROCESSO BIOQUÍMICO

13 REDUZ O REPERTÓRIO PESSOAL DE ESTRATÉGIAS PARA LIDAR COM A VIDA. PARA LIDAR COM A VIDA. DEPENDÊNCIA QUÍMICA

14 HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA CONCEITO.. DEPENDÊNCIA QUÍMICA É A PREDISPOSIÇÃO MÓRBIDA A DESENVOLVER DEPENDÊNCIA A SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTERADORAS DO ESTADO DE HUMOR. O PRINCIPAL INDICADOR DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA É A PERDA DO CONTROLE DO USO. PRIMÁRIA,CRÔNICA,PROGRESSIVA E FATAL. PRIMÁRIA,CRÔNICA,PROGRESSIVA E FATAL.

15 HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA EXPERIÊNCIA UNIVERSAL EXPERIÊNCIA UNIVERSAL APRENDE ALTERAÇÃO DE HUMOR (NORMAL EUFÓRICO) APRENDE ALTERAÇÃO DE HUMOR (NORMAL EUFÓRICO) BUSCA A ALTERAÇÃO DO ESTADO DE HUMOR BUSCA A ALTERAÇÃO DO ESTADO DE HUMOR PERIODICIDADE REGULAR PERIODICIDADE REGULAR RESSACAS OCASIONAIS RESSACAS OCASIONAIS EXPERIÊNCIA EMOCIONALMENTE POSITIVA E GRATIFICANTE EXPERIÊNCIA EMOCIONALMENTE POSITIVA E GRATIFICANTE HÁ SEMPRE VANTAGENS NO USO HÁ SEMPRE VANTAGENS NO USO EVOLUÇÃO 1º. FASE: USO SOCIAL

16 HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA DESENVOLVIMENTO DA TOLERÂNCIA AO QUÍMICO DESENVOLVIMENTO DA TOLERÂNCIA AO QUÍMICO DOSES CADA VEZ MAIORES PARA O MESMO EFEITO DESEJADO DOSES CADA VEZ MAIORES PARA O MESMO EFEITO DESEJADO BUSCA NORMALIZAR O ESTADO DE HUMOR BUSCA NORMALIZAR O ESTADO DE HUMOR (DEPRESSIVO NORMAL) (DEPRESSIVO NORMAL) PRIMEIROS LAPSOS DE MEMÓRIA PRIMEIROS LAPSOS DE MEMÓRIA FAMILIARES E AMIGOS COMEÇAM A QUESTIONAR FAMILIARES E AMIGOS COMEÇAM A QUESTIONAR QUEDA DA PRODUTIVIDADE / RENDIMENTO NO TRABALHO / ESCOLA QUEDA DA PRODUTIVIDADE / RENDIMENTO NO TRABALHO / ESCOLA 2ª. FASE: MANIFESTAÇÃO DA DEPENDÊNCIA MANIFESTAÇÃO DA DEPENDÊNCIA

17 HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA DIFICULDADES DO RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DIFICULDADES DO RELACIONAMENTO INTERPESSOAL RESSACAS CADA VEZ MAIS FREQÜENTES RESSACAS CADA VEZ MAIS FREQÜENTES RIGIDEZ NOS MECANISMOS DE DEFESA (INCONSCIENTE) RIGIDEZ NOS MECANISMOS DE DEFESA (INCONSCIENTE) INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE AUTO-ILUSÃO INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE AUTO-ILUSÃO DRÁSTICA ALTERAÇÃO DE COMPORTAMENTO DRÁSTICA ALTERAÇÃO DE COMPORTAMENTO ISOLAMENTO ISOLAMENTO GRANDE SOFRIMENTO EMOCIONAL GRANDE SOFRIMENTO EMOCIONAL 2ª. FASE: MANIFESTAÇÃO DA DEPENDÊNCIA MANIFESTAÇÃO DA DEPENDÊNCIA

18 HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA DEPENDÊNCIA FÍSICA (NÃO FUNCIONA MAIS SEM O QUÍMICO) DEPENDÊNCIA FÍSICA (NÃO FUNCIONA MAIS SEM O QUÍMICO) NECESSIDADE DE MANTER PERMANENTEMENTE CERTA QUANTIDADE DO QUÍMICO NO ORGANISMO PARA EVITAR ABSTINÊNCIA NECESSIDADE DE MANTER PERMANENTEMENTE CERTA QUANTIDADE DO QUÍMICO NO ORGANISMO PARA EVITAR ABSTINÊNCIA DELÍRIOS DE CIÚMES DELÍRIOS DE CIÚMES LAPSOS MAIS FREQÜENTES E AMPLOS LAPSOS MAIS FREQÜENTES E AMPLOS ALUCINAÇÕES ALUCINAÇÕES 3ª. FASE: ADICÇÃO TOTAL

19 HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA PROFUNDAS DEPRESSÕES DO HUMOR PROFUNDAS DEPRESSÕES DO HUMOR (DEPRESSIVO DEPRESSIVO) (DEPRESSIVO DEPRESSIVO) ISOLAMENTO ISOLAMENTO BAIXA AUTO-ESTIMA BAIXA AUTO-ESTIMA IDÉIAS FIXAS DE AUTO-ELIMINAÇÃO IDÉIAS FIXAS DE AUTO-ELIMINAÇÃO EMBOTAMENTO FÍSICO E EMOCIONAL EMBOTAMENTO FÍSICO E EMOCIONAL PROFUNDAS DEPRESSÕES DO HUMOR PROFUNDAS DEPRESSÕES DO HUMOR (DEPRESSIVO DEPRESSIVO) (DEPRESSIVO DEPRESSIVO) ISOLAMENTO ISOLAMENTO BAIXA AUTO-ESTIMA BAIXA AUTO-ESTIMA IDÉIAS FIXAS DE AUTO-ELIMINAÇÃO IDÉIAS FIXAS DE AUTO-ELIMINAÇÃO EMBOTAMENTO FÍSICO E EMOCIONAL EMBOTAMENTO FÍSICO E EMOCIONAL 3ª. FASE: ADICÇÃO TOTAL

20 TRATAMENTO Abstinência total de psicoativos Reformulação de vida e valores Mudança de hábitos Orientação / tratamento familiar

21 codependência dq. perde o controle do uso família tenta controlar eliminam o químico chantagem, ameaçam frustram-se dq + irresponsável auto destrutivo mais ajuda + controle baixa auto estima/imagem perda de controle

22 PROBLEMAS CAUSADOS PELA DEPENDÊNCIA QUÍMICA NO AMBIENTE DE TRABALHO BAIXA QUALIDADE DO TRABALHO PERDA DE MATERIAIS ATRASOS FREQÜENTES PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO COLEGAS / CHEFIAS EXCESSO DE HORAS EXTRAS ACIDENTES DE TRABALHO BRASIL - 25% A 54% ESTADOS UNIDOS - 65% BAIXA QUALIDADE DO TRABALHO PERDA DE MATERIAIS ATRASOS FREQÜENTES PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO COLEGAS / CHEFIAS EXCESSO DE HORAS EXTRAS ACIDENTES DE TRABALHO BRASIL - 25% A 54% ESTADOS UNIDOS - 65%

23 NÍVEIS DO PROGRAMA NÍVEL I - EDUCAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO NÍVEL II - TRATAMENTO ESPECIALIZADO NÍVEL III - REINTEGRAÇÃO GLOBAL NÍVEL I - EDUCAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO NÍVEL II - TRATAMENTO ESPECIALIZADO NÍVEL III - REINTEGRAÇÃO GLOBAL

24 PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA OS TRÊS PONTOS CHAVES: UMA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL MOTIVADA, COESA E PREPARADA PARA IMPLANTAR, GERIR E PERENIZAR O PROGRAMA. UMA POLITICADE DEPENDÊNCIA QUÍMICA DA EMPRESA QUE SEJA CLARA, TRANSPARENTE, BEM DIVULGADA E COM RESPONSABILIDADES BEM DEFINIDAS. CHEFIAS IMEDIATAS BEM TREINADAS E MOTIVADAS PARA IDENTIFICAR, ORIENTAR E ENCAMINHAR CASOS QUE APAREÇAM. OS TRÊS PONTOS CHAVES: UMA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL MOTIVADA, COESA E PREPARADA PARA IMPLANTAR, GERIR E PERENIZAR O PROGRAMA. UMA POLITICADE DEPENDÊNCIA QUÍMICA DA EMPRESA QUE SEJA CLARA, TRANSPARENTE, BEM DIVULGADA E COM RESPONSABILIDADES BEM DEFINIDAS. CHEFIAS IMEDIATAS BEM TREINADAS E MOTIVADAS PARA IDENTIFICAR, ORIENTAR E ENCAMINHAR CASOS QUE APAREÇAM. COMO SE FAZ ?

25 PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA 3 FAVORECER A RECUPERAÇÃO DA SAÚDE INTEGRAL DOS COLABORADORES. 3 DEMONSTRAR ATRAVÉS DE ATITUDES, O APOIO E A VALORIZAÇÃO DOS COLABORADORES. 3 MELHORIA DO AMBIENTE DE TRABALHO. 3 FAVORECER A RECUPERAÇÃO DA SAÚDE INTEGRAL DOS COLABORADORES. 3 DEMONSTRAR ATRAVÉS DE ATITUDES, O APOIO E A VALORIZAÇÃO DOS COLABORADORES. 3 MELHORIA DO AMBIENTE DE TRABALHO. OBJETIVOSOBJETIVOS

26 3 REDUÇÃO DE CUSTOS COM INTERNAÇÕES E DOENÇAS DECORRENTES DA DEPENDÊNCIA. 3 REDUÇÃO DO ÍNDICE DE ABSENTEÍSMO E DE ROTATIVIDADE. 3 MELHORIA DE PRODUTIVIDADE. 3 REDUÇÃO DE CUSTOS COM INTERNAÇÕES E DOENÇAS DECORRENTES DA DEPENDÊNCIA. 3 REDUÇÃO DO ÍNDICE DE ABSENTEÍSMO E DE ROTATIVIDADE. 3 MELHORIA DE PRODUTIVIDADE. PROGRAMAS DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA OBJETIVOSOBJETIVOS

27 OBRIGADA ! (19)


Carregar ppt "IRACI GENÉSIO CAETANO Assistente Social – Psicoterapeuta de Grupos (19) 3884-1016 –"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google