A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pilhas Marco Antonio Montebello Júnior Estrutura de Dados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pilhas Marco Antonio Montebello Júnior Estrutura de Dados."— Transcrição da apresentação:

1 Pilhas Marco Antonio Montebello Júnior Estrutura de Dados

2 Introdução a Computação Pilhas Estrutura de dados variável LIFO – Last In, First Out (Último a entrar é o primeiro a sair) FILO = First In, Last Out (Primeiro que entra é o último a sair) Aplicações: Análise de expressões Conversão de notações

3 Introdução a Computação Representando Pilhas com Vetor Vetor Possui uma quantidade prévia de elementos Pilha É dinâmica Aumenta e diminui conforme empilhamos e desempilhamos os elementos Pilhas e Vetores são estruturas diferentes Iremos utilizar inicialmente vetores para representarmos as pilhas

4 Introdução a Computação Pilhas BASE TOPO SAÍDA ENTRADA Elemento 1 Elemento 2

5 Introdução a Computação Representado a Pilha Vamos utilizar uma estrutura (struct) para representar a nossa pilha que será chamada de stack #define MAXPILHA 100 struct stack { int Topo; int Item[MAXPILHA]; };

6 Introdução a Computação Representado a Pilha Levando em consideração a estrutura criada, podemos declarar uma pilha da seguinte maneira: struct stack s;

7 Introdução a Computação Entendimento da Estrutura Item Vetor onde os elementos que são empilhados são armazenados Topo Armazena a posição que se encontra o último elemento da pilha Quando a pilha estiver vazia o topo é igual à -1

8 Introdução a Computação Manipulação de Pilhas Iniciando uma Pilha Inicializa uma Pilha O topo da pilha passa a ter o valor -1, o qual indica que a mesma está vazia O vetor não precisa ser inicializado com 0s (zeros) void IniciaPilha(struct stack *ps); IniciaPilha(&s);

9 Introdução a Computação Manipulação de Pilhas Verificando Limites Pilha Vazia Verifica se a pilha está vazia Retorna: True – Quando estiver realmente vazia (1) False – Quando não estiver vazia (0) int iPilhaVazia(struct stack *ps); iRet = iPilhaVazia(&s);

10 Introdução a Computação Manipulação de Pilhas Verificando Limites Pilha Cheia Verifica se a pilha está cheia Retorna: True – Quando estiver realmente cheia (1) False – Quando não estiver cheia (0) int iPilhaCheia(struct stack *ps); iRet = iPilhaCheia(&s);

11 Introdução a Computação Manipulação de Pilhas Empilhando um Elemento (push) Adiciona um elemento no topo da pilha É chamada de PUSH Deve-se sempre verificar se a pilha já não está cheia int iPush(struct stack *ps, int iVal); iRet = iPush(&s, iNum);

12 Introdução a Computação Manipulação de Pilhas Desempilhando um Elemento (pop) Retira um elemento do topo da pilha É chamada de POP Deve-se verificar se a pilha não está vazia int iPop(struct stack *ps); iRet = iPop(&s);

13 Introdução a Computação Manipulação de Pilhas Consultando o Topo da Pilha Consulta o elemento do topo da pilha sem desempilhar o mesmo int iElemTopo(struct stack *ps); iRet = iElemTopo(&s);

14 Introdução a Computação Exemplo de Pilhas Exemplo do Trem Demonstrar a execução do programa de Pilhas

15 Introdução a Computação Exercícios Utilizando as funções de PUSH e POP de pilhas, coloque na ordem determinada as letras que se encontrar em uma Pilha P1 na Pilha P2, pode ser utilizada uma variável auxiliar para realizar as trocas Frase Original: AES-SI

16 Introdução a Computação Exercícios Utilizando pilhas, crie um algoritmo que reordene um conjunto de dados fornecido pelo usuário tal que o primeiro e o último elementos devem ser trocados de posição e todos os elementos entre o primeiro e o último deve também ser trocados relativamente Ex.: { } { }

17 Introdução a Computação Exercícios Utilizando pilhas, crie um algoritmo que converta um número decimal para binário. Ps.: A conversão de números binários para decimal se dá através da divisão sucessiva dos resultados até que o mesmo seja 0 ou 1 Exemplo: (100011) 2 = (35) 10

18 Introdução a Computação Exercícios Um palavra é considerada palíndroma se ela pode se lida da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda com o mesmo significado. Neste caso não podemos considerar as acentuações, as letras maiúsculas ou minúsculas, os espaços e os caracteres especiais. Exemplos: Subi no Onibus Radar Ana Go dog Utilizando pilhas, desenvolva um algoritmo que determine se uma expressão é palíndroma ou não.


Carregar ppt "Pilhas Marco Antonio Montebello Júnior Estrutura de Dados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google