A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto - Fabricação de celulares Alexandre Yembo Leite Elton Murari Ferreira Fábio Yugo Matsuda Heloísa Rabelo Pontes Márcia Maria Soares Prof.: Mauri.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto - Fabricação de celulares Alexandre Yembo Leite Elton Murari Ferreira Fábio Yugo Matsuda Heloísa Rabelo Pontes Márcia Maria Soares Prof.: Mauri."— Transcrição da apresentação:

1 Projeto - Fabricação de celulares Alexandre Yembo Leite Elton Murari Ferreira Fábio Yugo Matsuda Heloísa Rabelo Pontes Márcia Maria Soares Prof.: Mauri Soares Turma: 2 SIN A/07

2 Departamento de Qualidade

3 O termo qualidade vem do latim qualitas; Conformidade com as exigências dos clientes; Relação custo/ benefício; Fazer bem à primeira vez; Produtos e/ ou serviços com efetividade. Qualidade

4 Ponto de vista Produtor x cliente x empresa Ponto de vista do produtor: a concepção e produção que vá ao encontro das necessidades do cliente. Ponto de vista do cliente: a qualidade não é unidimensional, mas sim multidimensional. Ponto de vista da empresa: é oferecer os produtos e serviços com qualidade, visando adequar cada produto as necessidades do cliente.

5 Gestão da Qualidade Total (GQT) - Satisfação total dos clientes (internos e externos); - Cooperação recíproca, estimulando o trabalho em equipe; - Valorização dos colaboradores e funcionários; - Ações orientadas por prioridades, fatos e dados para tomada de decisões; - Melhoria constante e sistemática de processos; - Definição de propósitos e comprometimento em sua realização, inclusive da alta administração; - Gestão participativa e estratégica.

6 Concluindo, a seguir apresentamos o esquema do conceito de Serviço de Qualidade Total (SQT), os cinco processos críticos que conduzem ao valor superior para o cliente:

7 ISO ISO (Organização Internacional para Normalização) ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ISO série Gestão e garantia da qualidade. ISO série Preservação do meio ambiente.

8 ISO Para uma organização ser certificada pelo ISO 9001, deve atender os seguintes requisitos: - Padronização de todos os processos chaves do negócio, processos que afetam o produto e conseqüente- mente o cliente; - Monitoramento e medição dos processos de fabricação para assegurar a qualidade do produto/ serviço; - Inspeção de qualidade e meios apropriados de ações corretivas quando necessário; - Revisão sistemática dos processos e do sistema da qualidade para garantir sua eficácia; - Garantir a qualidade do produto (eficácia + eficiência = excelência)

9 Sistema de Garantia da Qualidade - Estabelecer objetivos (metas), procedimentos e processos (metodologias) necessários para o atingimento dos resultados; - Executar as atividades; - Monitorar e avaliar periodicamente os resultados, processos e resultados, confrontando-os com o planejado, objetivos, especificações e estado desejado, consolidando as informações, eventualmente confeccionando relatórios; - Agir de acordo com o avaliado e com os relatórios, determinar e confeccionar novos planos de ação, de forma a melhorar a qualidade, eficiência e eficácia, aprimorando a execução e corrigindo eventuais falhas.

10 Metas para manter: - Padrão de qualidade na produção; - Qualidade dos produtos adquiridos pelos fornecedores; Metas para melhorar: - Reduzir o desperdício em 10% durante o ano; - Aumentar a produtividade em 15% até o final do ano.

11 Ciclo de Controle do PDCA ) (Plan, Do, Check e Action) AÇÃO CORRETIVA PLANEJAR (definir objetivo, meta e método) DESENVOLVER (treinar e implantar) CHECAR Objetivo Meta Método P D Treinar Implantar C A

12 As ferramentas do controle de qualidade - Diagrama de Pareto; - Diagramas de causa-efeito (espinha de peixe ou diagrama de Ishikawa); - Folhas de verificação; - Fluxogramas; - Carta de controle; - Programas de sensibilização funcional para a qualidade 5S; - Qualificação de fornecedores e a cadeia de suprimentos (Supply-chain); - Kaizen (melhorias contínuas).

13 Diagrama de pareto É uma forma de descrição gráfica aonde procura-se identificar quais itens são responsáveis pela maior parcela dos problemas. Diagrama de causa-e-efeito Permite que seja identificada uma relação significativa entre um efeito e suas possíveis causas. Folha de verificação Permite uma coleta de dados organizada, facilitando a sua análise e interpretação.

14 Carta de controle Carta de controle é um tipo de gráfico, comumente utilizado para o acompanhamento durante um processo, determina uma faixa chamada de tolerância limitada pela linha superior (limite superior de controle) e uma linha inferior (limite inferior de controle) e uma linha média do processo que foram estatisticamente determinadas. Fluxogramas Fluxograma é um tipo de diagrama, muitas vezes feito através de gráficos que ilustram de forma descomplicada a transição de informações entre os elementos que o compõem, é na prática, uma documentação dos passos necessários para a execução de um processo qualquer.

15 Programa 5S O Programa 5S é uma filosofia de trabalho que busca promover a disciplina na empresa através da consciência e responsabilidade de todos, de forma a tornar o ambiente de trabalho agradável, seguro e produtivo. Temos: Seiri (Descarte): Separar o necessário do desnecessário. Seiton (Arrumação): Colocar cada coisa em seu devido lugar. Seisso (Limpeza): Limpar e cuidar do ambiente de trabalho. Seiketsu (Saúde): Tornar saudável o ambiente de trabalho. Shitsuke (Disciplina): Rotinizar e padronizar a aplicação dos S anteriores.

16 Fundação Nacional da Qualidade A Fundação Nacional da Qualidade ou FNQ é uma instituição brasileira sem fins lucrativos cuja a finalidade é desenvolver os fundamentos da excelência da gestão e o objetivo é disseminar a excelência da gestão para organizações de todos os setores e portes, o aperfeiçoamento para administrar o Prêmio Nacional da Qualidade® (PNQ) e as atividades decorrentes do processo de premiação, em todo o território nacional, fazer a representação institucional externa do PNQ nos fóruns internacionais, aumentando a competitividade das organizações e conseqüentemente, para a melhoria da qualidade de vida do povo brasileiro.

17 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA QUALIDADE ORGANOGRAMA FUNCIONAL - CARGOS Gerência da Qualidade Alexandre Supervisão Márcia Presidência Produção VendasCompras Marketing Inspetor Qualidade Fábio Inspetor Qualidade Elton Auditoria Interna Heloísa

18 Cargo e salário do setor de qualidade CargoQuantidadeSalário Gerente da qualidade1 funcionárioR$8.726,00 Supervisor1 funcionárioR$5.295,00 Auditor interno1 funcionárioR$3.812,00 Inspetor2 funcionáriosR$1.609,16

19 Aplicação da qualidade Setor de suprimentos Analisar todo processo de compra de matéria- prima, qualificando os melhores fornecedores e produtos. Recursos necessários R$ 1.000,00 para implantação de programas de melhorias e normas de aceitação da matéria-prima.

20 Aplicação da qualidade Setor de produção Análise de lotes, separando os que estão com defeito, reaproveitando as melhores peças. Recursos necessários R$ 3000,00 para investimentos em programas de capacitação e gestão da qualidade na produção, da implantação de normas de produção e de padronização do produto.

21 Aplicação da qualidade Setor de marketing Mostrar através do marketing a qualidade do produto, em relação a durabilidade e ao designer inovador, mostrando para o cliente de que o produto que ele está comprando é um produto de ótima qualidade, além disso, oferecer serviços de garantia sobre o produto. Recursos necessários R$ 1.000,00 para investimentos em programas de capacitação e gestão da qualidade em marketing.

22 Aplicação da qualidade Setor de responsabilidade social Através de metas em benefício da preservação do meio ambiente, possibilitando o reaproveitamento do celular, oferecendo um novo em troca com desconto de preço, para que com isso o aparelho não seja dispensado no meio ambiente. Recursos necessários R$ 1.000,00 para investimentos em programas de conscientização da preservação do meio ambiente e investimentos em projeto de reciclagem de material que possa prejudicar o meio ambiente.

23 Aplicação da qualidade Setor de recursos humanos Admitir uma tolerância para aceitar reivindicações que atenda as necessidade dos funcionários, desde que esteja ao alcance da empresa. Setor financeiro Manter uma confiabilidade e transparência para administrar a movimentação da receita e das despesas.

24 Aplicação da qualidade Setor de tecnologia da informação Aplicar inovações tecnológicas nos produtos a serem desenvolvidos, garantindo uma qualidade no software do celular. Recursos necessários R$ 3.000,00 para investimentos em programas de capacitação a qualidade do software e de implantação de recursos tecnológicos dentro da própria organização.

25 Total de recursos necessários Base utilizada por mês GastosQuantidadeValor Programas de capacitação5R$ ,00 Funcionários5R$19.442,16 Certificações1R$2.000,00 Auditoria externa-R$2.000,00 Total de gastos-R$33.442,16

26 Bibliografia Sites:


Carregar ppt "Projeto - Fabricação de celulares Alexandre Yembo Leite Elton Murari Ferreira Fábio Yugo Matsuda Heloísa Rabelo Pontes Márcia Maria Soares Prof.: Mauri."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google