A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Edifícios Habitacionais de até 5 pavimentos CB – 02 / ABNT Jan/07 Edifícios Habitacionais de até 5 pavimentos Desempenho - Parte 2 Requisitos para os sistemas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Edifícios Habitacionais de até 5 pavimentos CB – 02 / ABNT Jan/07 Edifícios Habitacionais de até 5 pavimentos Desempenho - Parte 2 Requisitos para os sistemas."— Transcrição da apresentação:

1 Edifícios Habitacionais de até 5 pavimentos CB – 02 / ABNT Jan/07 Edifícios Habitacionais de até 5 pavimentos Desempenho - Parte 2 Requisitos para os sistemas estruturais CB – 02 / ABNT Jan/07

2 Participantes do GT Profº Francisco Paulo Graziano - Texto inicial Engº Jorge Batlouni Neto – Coordenador - Sinduscon Engº Sérgio Vieira da Silva – SVS Projetos de Estruturas Engº Marcos Velletri – Secovi Engº João de Valentim – Assessoria - Hexagrama

3 Atividades Realizadas pelo Grupo de Trabalho - revisão do texto-base de julho adequação aos padrões da ABNT - simplificação do texto, eliminando requisitos que não podiam ser mensuráveis - remetidos para a parte 1 os requisitos que não eram exatamente relacionados com a estrutura (ex.: incêndio, estanqueidade)

4 Objetivo O objetivo desta norma é definir os requisitos e critérios de desempenho aplicáveis à estrutura de edifícios habitacionais de até cinco pavimentos, a seus elementos e componentes, considerando-se os estados limites último e de serviço (utilização).

5 O que afeta nosso setor? Estruturas de habitações unifamiliares (casas) ou edifícios de até 5 pavimentos com sistemas estruturais de baixo desempenho, principalmente no Estado Limite de Serviço (ELS) – (excesso de deformação, fissuração) e ainda baixa durabilidade PROBLEMA

6 Inovações Propostas A norma permite a avaliação de métodos construtivos inovadores e que ainda não possuem normalização.

7 Requisitos e Critérios de Desempenho 1.Desempenho Estrutural 2. Durabilidade e Manutenibilidade

8 Segurança Estrutural Requisito Requisito – Estabilidade e resistência estrutural: A estrutura deve apresentar um nível específico de segurança contra a ruína (E.L.U) Critério Critério – Atender as normas que abordam a estabilidade e a segurança estrutural Método de avaliação a) Cálculos – A análise do projeto do edifício com base nas normas nacionais (NBR 6118/Concreto; NBR 7190/Madeira; NBR 8800/Aço, etc.). Na inexistência de normas nacionais específicas para o tipo da estrutura usar normas estrangeiras de reconhecido valor. b)Ensaios – quando não houver norma. Executar ensaios destrutivos, conforme Anexo A. Nível de desempenho Nível de desempenho – É o M, atendendo aos cálculos ou ensaios.

9 Segurança Estrutural Requisito Requisito – Deformação ou fissurações do sistema estrutural. Não ocasionar deslocamentos ou fissuras excessivas aos elementos de construção vinculados ao sistema estrutural. Critério Critério – Sob a ação de cargas gravitacionais, temperatura, vento, recalques de fundação (NBR 6122), solicitações (NBR 8681), os componentes estrutu- rais não devem apresentar: - deslocamentos superiores aos da Tabela 1 e 2. - fissuras com aberturas maiores que os limites da NBR 6118, NBR 9062, etc... ou abertura superior a 0,6 mm. Método de avaliação a) Cálculos – A análise do projeto do edifício, com base nas normas nacionais (NBR 6118/Concreto; NBR 7190/Madeira; NBR 8800/Aço, etc.) Na inexistência de normas nacionais específicas para o tipo de estrutura usar normas estrangeiras de reconhecido valor. b)Ensaios – quando não houver norma. Executar ensaios destrutivos, conforme Anexo B Nível de desempenho Nível de desempenho – É o M, atendendo aos cálculos ou ensaios e mais as tabelas 1 e 2.

10 Segurança Estrutural Requisito Requisito – Impacto de corpo mole e corpo duro. Não sofrer ruptura ou instabilidade sob as energias de impacto das tabelas 3 a 5. Critério Critério – corpo mole a) Sob as ações de impactos de corpo mole (Tabela 3 a 5) os componentes da estrutura não devem sofrer ruptura ou instabilidade, nem causar danos aos componentes a eles acoplados. corpo duro b) Sob as ações de impactos de corpo duro (Tabela 5) os componentes da estrutura não devem sofrer ruptura ou traspassamento, nem causar danos aos componentes a eles acoplados. Método de avaliação Resistência, deslocamentos (corpo mole) ou depressão (corpo duro) dos componen- tes estruturais devem ser verificados por ensaios, conforme método do Anexo C no Requisito Impacto de Corpo Mole e do Anexo D no requisito Impacto de Corpo Duro. Nível de desempenho Nível de desempenho – Os níveis para aceitação estão indicados nas tabelas 3,4 e 5 (corpo mole) e 6,7,8 (corpo duro) e podem ser M, I ou S.

11 Durabilidade Requisito Requisito – Conservar a segurança, estabilidade e aptidão em serviço durante a vida útil da estrutura. Critério Critério – Sob as condições ambientais à época do projeto, quando utilizada conforme preconizado em projeto, e submetida à manutenção/con- servação, a estrutura deve manter sua capacidade funcional durante sua vida útil. Método de avaliação. Análise do projeto;. Ensaios físico químicos e de envelhecimento acelerado.. Modelos para previsão de carbonatação, etc. Nível de desempenho Nível de desempenho – É o M.

12 Manutenabilidade Requisito Requisito – Manutenção da estrutura. Critério Critério – Manual de operação, uso e manutenção da estrutura e componentes Método de avaliação Atender as diretrizes NBR 5674 (Manutenção de Edifícios) e NBR (Manual de Operação, Uso e Manutenção das Edificações) Nível de desempenho Nível de desempenho – É o M, atendendo ao critério.


Carregar ppt "Edifícios Habitacionais de até 5 pavimentos CB – 02 / ABNT Jan/07 Edifícios Habitacionais de até 5 pavimentos Desempenho - Parte 2 Requisitos para os sistemas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google