A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

APRESENTANDO O IMPACTO DA ATUAL TABELA BRASÍNDICE PARA OS HOSPITAIS

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "APRESENTANDO O IMPACTO DA ATUAL TABELA BRASÍNDICE PARA OS HOSPITAIS"— Transcrição da apresentação:

1 APRESENTANDO O IMPACTO DA ATUAL TABELA BRASÍNDICE PARA OS HOSPITAIS
AVALIAÇÃO DO IMPACTO DA RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 241, DE 3 DE DEZEMBRO DE APRESENTANDO O IMPACTO DA ATUAL TABELA BRASÍNDICE PARA OS HOSPITAIS

2   Objetivo Apresentar o impacto financeiro da alteração dos valores do BRASÍNDICE, anulando o preço máximo ao consumidor de alguns produtos, conforme classificação de " RESTRITO HOSPITALAR".

3 Fundamento Legal Art. 1º da RN nº 241 de 3 de Dezembro de 2010: As operadoras de planos de assistência à saúde deverão ajustar os instrumentos jurídicos firmados com os prestadores de serviços, que apresentem como parte integrante dos seus serviços de atenção à saúde a utilização de medicamentos de usos restritos a hospitais e clínicas.

4 Material utilizado como referência
Edição Brasíndice: n.º 683 de de Abril de 2009 n.º 739 de Agosto de 2011.

5 Avaliação Quantitativa
Análise da Edição 683 (Abril de 2009) PMC: Preço máximo ao consumidor Análise da Edição 739 (Agosto de 2011) Item Quantidade Restrição Hospitalar Participação no total em % PMC¹ = 0 Medicamento 13.443 379 2,82% Solução 504 0% Item Quantidade Restrição Hospitalar PMC ¹= 0 Participação no total em % Medicamento 14.086 1947 14% Solução 522 100%

6 Valor total dos procedimentos Valor total dos procedimentos
Avaliação Financeira Análise da Edição 683 (Abril de 2009) Análise da Edição 739 (Agosto de 2011) Medicamentos Número de itens Valor total dos procedimentos % Sem restrição hospitalar 13.064 90% Com restrição hospitalar 379 10% TOTAL 13.443 Medicamentos Número de itens Valor total dos procedimentos % Sem restrição hospitalar 12.140 48% Com restrição hospitalar 1.947 52% TOTAL 14.087 100%

7 Evolução das edições RN Nº 241

8 Avaliação da margem de comercialização
Medicamentos da edição 739: Margem de Comercialização Número de itens % 27% 1 32% 33% 4.413 37% 34% 3 38% 7.483 63% 39% 16 41% 38 50% 51% 68%

9 Impacto na Santa Casa de Misericórida de Maceió
A média da receita mensal com material e medicamento da instituição é de R$ ,00, sendo R$ ,14 com medicamentos definidos com restrição hospitalar, utilizando como referência a edição do Brasíndice n.º 739, possibilitando concluir que a Santa Casa de Maceió tem de recuperar esta possível perda de margem de comercialização de R$ ,00 (R$ ,14* 38%) através de renegociação da margem ou compensação com outros procedimentos.

10 Apresentação do impacto por protudo.
Abrir arquivo: ANÁLISE DA TABELA BRASÍNDICE.xls

11 Contato Dácio Guimarães Gerente Financeiro e Controller Santa Casa de Misericórdia de Maceió


Carregar ppt "APRESENTANDO O IMPACTO DA ATUAL TABELA BRASÍNDICE PARA OS HOSPITAIS"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google