A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TRANSPORTE URBANO NO BRASIL Rogerio Belda. 1. O QUE É O TRANSPORTE PÚBLICO URBANO 2. A ORGANIZAÇÃO DO TRANSPORTE URBANO 3. PROBLEMAS DO TRANSPORTE DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TRANSPORTE URBANO NO BRASIL Rogerio Belda. 1. O QUE É O TRANSPORTE PÚBLICO URBANO 2. A ORGANIZAÇÃO DO TRANSPORTE URBANO 3. PROBLEMAS DO TRANSPORTE DE."— Transcrição da apresentação:

1 TRANSPORTE URBANO NO BRASIL Rogerio Belda

2 1. O QUE É O TRANSPORTE PÚBLICO URBANO 2. A ORGANIZAÇÃO DO TRANSPORTE URBANO 3. PROBLEMAS DO TRANSPORTE DE PASSAGEIROS 4. SITUAÇÃO E PERSPECTIVAS DO TRANSPORTE 1. O QUE É O TRANSPORTE PÚBLICO URBANO 2. A ORGANIZAÇÃO DO TRANSPORTE URBANO 3. PROBLEMAS DO TRANSPORTE DE PASSAGEIROS 4. SITUAÇÃO E PERSPECTIVAS DO TRANSPORTE

3 VEÍCULOS / MATERIAL CIRCULANTE ENERGIA DE PROPULSÃO / COMBUSTÍVEL PESSOAL OPERATIVO E ADMINISTRATIVO VIA / INFRAESTRUTURA USUÁRIOS / PASSAGEIROS (!) SISTEMA DE CONTROLE E INFORMAÇÃO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO DE TARIFAS VEÍCULOS / MATERIAL CIRCULANTE ENERGIA DE PROPULSÃO / COMBUSTÍVEL PESSOAL OPERATIVO E ADMINISTRATIVO VIA / INFRAESTRUTURA USUÁRIOS / PASSAGEIROS (!) SISTEMA DE CONTROLE E INFORMAÇÃO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO DE TARIFAS COMPONENTES DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO

4 CONCEITOSCONCEITOS MOBILIDADE: INDICADOR DA CAPACIDADE DA PESSOA SE MOVER E O USO QUE FAZ DESSA CAPACIDADE [ Raia Jr. ]ACESSIBILIDADE INDICADOR DA FACILIDADE (OU DIFICULDADE) PARA ALCANÇAR DETERMINADO LUGAR [ Massa Goto ]MOBILIDADE: INDICADOR DA CAPACIDADE DA PESSOA SE MOVER E O USO QUE FAZ DESSA CAPACIDADE [ Raia Jr. ]ACESSIBILIDADE INDICADOR DA FACILIDADE (OU DIFICULDADE) PARA ALCANÇAR DETERMINADO LUGAR [ Massa Goto ] Banco de Teses - USP

5 GASOLINA / ALCOOL GASOLINA / ALCOOL ÓLEO DIESEL ÓLEO DIESEL ELETRICIDADE ELETRICIDADE GÁS GÁS HIDROGÊNIO HIDROGÊNIO [Muscular] [Muscular] GASOLINA / ALCOOL GASOLINA / ALCOOL ÓLEO DIESEL ÓLEO DIESEL ELETRICIDADE ELETRICIDADE GÁS GÁS HIDROGÊNIO HIDROGÊNIO [Muscular] [Muscular] ENERGIA USADA EM TRANSPORTE

6 FONTE DE EMISSÃO POLUENTES (%) COHCNOxSOxMat. Part. VEÍCULOS a GASOLINA VEÍCULOS a DIESEL MOTOCICLETA E SIMILARES 15 9 < 1 1 < 1 INDUSTRIAS EVAPORAÇÃO E RESSUSPENSÃO TOTAL RESULTADOS GERAIS CONTRIBUIÇÃO DAS FONTES DE POLUIÇÃO CETESB

7 O TRANSPORTE MOTORIZADO É O PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA NAS CIDADES O TRANSPORTE MOTORIZADO É O PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA NAS CIDADES OUTRAS FORMAS DE AGRESSÃO DO AMBIENTE PELO TRANSPORTE: RUÍDO, IMPERMEABILIZAÇÃO, ÓLEOS USADOS, CARCAÇAS DE PNEUS E DE VEÍCULOS OUTRAS FORMAS DE AGRESSÃO DO AMBIENTE PELO TRANSPORTE: RUÍDO, IMPERMEABILIZAÇÃO, ÓLEOS USADOS, CARCAÇAS DE PNEUS E DE VEÍCULOS MEDIDAS IMEDIATAS: MELHORAR O COMBUSTÍVEL, REGULAGEM DE MOTORES, TREINAMENTO DOS MOTORISTAS, MELHOR CIRCULAÇÃO MEDIDAS IMEDIATAS: MELHORAR O COMBUSTÍVEL, REGULAGEM DE MOTORES, TREINAMENTO DOS MOTORISTAS, MELHOR CIRCULAÇÃO MEDIDAS A LONGO PRAZO: COMBUSTÍVEIS ALTERNATIVOS, APERFEIÇOAMENTO DOS MOTORES, ELETRIFICAÇÃO DOS TRANSPORTES COLETIVOS MEDIDAS A LONGO PRAZO: COMBUSTÍVEIS ALTERNATIVOS, APERFEIÇOAMENTO DOS MOTORES, ELETRIFICAÇÃO DOS TRANSPORTES COLETIVOS O TRANSPORTE E O AMBIENTE

8 SÃO PAULO EVOLUÇÃO DO ÍNDICE DE MOBILIDADE Mobilidade ( viag. Motorizadas / hab. ) 1,55 1,31 1,22 1,29 0,00 0,20 0,40 0,60 0,80 1,00 1,20 1,40 1,

9 MOBILIDADE HUMANA NOS TRANSPORTES URBANOS Lei da Mobilidade Urbana Nº de 05/01/2012 Lei da Mobilidade Urbana Nº de 05/01/2012

10 EXEMPLO DE COMO AS MUDANÇAS NÃO SÃO PERCEBIDAS % ANO BONDE ÔNIBUS METRÔ E TREM AUTO MÓVE L

11 O TRANSPORTE COLETIVO NA CONSTITUIÇÃO Somente a União legisla sobre: Somente a União legisla sobre: - GESTÃO DO TRANSPORTE COLETIVO - OPERAÇÃO DO TRÂNSITO VIÁRIO - ORDENAÇÃO DO USO DO SOLO O TRANSPORTE COLETIVO PÚBLICO URBANO É UM SERVIÇO DE CARÁTER ESSENCIAL, DE RESPONSABILIDADE DOS MUNICÍPIOS E ESTADOS, PRESTADO DIRETAMENTE O TRANSPORTE COLETIVO PÚBLICO URBANO É UM SERVIÇO DE CARÁTER ESSENCIAL, DE RESPONSABILIDADE DOS MUNICÍPIOS E ESTADOS, PRESTADO DIRETAMENTE OU POR CONCESSÃO, EM CONFORMIDADE COM AS DIRETRIZES DA LEGISLAÇÃO FEDERAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL: ARTIGOS 22, 25, 30 e 175 CONSTITUIÇÃO FEDERAL: ARTIGOS 22, 25, 30 e 175 o

12 DIVISÃO MODAL Automóveis 28% Moto 2% A Pé 35% Bicicleta 3% Onibusmunicipal 24% Metroferroviários 3% Onibus Onibus Metropolitano 5% 32% BRASIL - RESULTADOS GERAIS Municípios Acima de 60 Mil Habitantes Sistema de Informação Observatório da Mobilidade

13 FORMAS DE PAGAMENTO NO TRANSPORTE PÚBLICO VT 39% Pagante 39% Escolar 13% Não Pagantes 9% BRASIL - RESULTADOS GERAIS Municípios Acima de 60 Mil Habitantes Sistema de Informação Observatório da Mobilidade

14 ORDENAÇÃO DE USO DO SOLO, TRÂNSITO E A GESTÃO DOS TRANSPORTES ESTÃO INTIMAMENTE LIGADOS As cidades com mais de 50 mil habitantes devem fazer um plano As cidades com mais de 50 mil habitantes devem fazer um plano de transporte urbano compatível de transporte urbano compatível com o plano diretor de urbanismo com o plano diretor de urbanismo GESTÃO MUNICIPAL

15 Dois princípios básicos INTEGRAÇÃO = C0MBINACAO DA OPERAÇÃO E DO USO DE MODOS DE TRANSPORTE, COM VANTAGENS PARA O OPERADOR E PARA O PASSAGEIRO, REGULADA PELO PODER PÚBLICO. GESTÃO DA DEMANDA = NECESSÁRIO COMBINAR TRANSPORTE E TRÂNSITO PARA PROMOVER MOBILIDADE.

16 MEDIDAS DE GESTÃO DA DEMANDA REDUZIR:A NECESSIDADE DE VIAGENS O COMPRIMENTO DE VIAGENS OS ATRASOS NA CIRCULAÇÃO URBANA INCENTIVAR:O TRANSPORTE PÚBLICO O TRANSPORTE NÃO MOTORIZADO O USO EFICIENTE DO AUTOMÓVEL MUDAR:O HORÁRIO DE PICO O TRÁFEGO DE LOCAL Fonte: Eduardo Vasconcellos

17 MEDIDAS ANTI-CONGESTIONAMENTO ATUAÇÃO SOBRE A DEMANDA REGULAR O USO DO SOLO INFORMAÇÃO AO USUÁRIO GESTÃO DA DEMANDA MEDIDAS ADMINISTRATIVAS ATUAÇÃO SOBRE A OFERTA OPERAÇÃO DE TRÁFEGO TRATAMENTO PREFERENCIAL TRANSPORTE PÚBLICO TRANSPORTE DE CARGA Fonte: Eduardo Vasconcellos

18 NECESSIDADES DE UM BOM MODELO DE GESTÃO PROMOVER EFICIÊNCIA NOVAS FONTES DE RECURSOS GARANTIA DE ACESSO A TODOS MELHOR QUALIDADE DE VIDA REGULARIZAÇÃO DOS CONTRATOS DE CONCESSÃO BASES JURÍDICAS SÓLIDAS INCENTIVOS À QUALIDADE FLEXIBILIDADE DE GESTÃO TRANSPORTE COLETIVO Desafios da Regulamentação

19 As cidades precisam de As cidades precisam de redes de transporte As cidades precisam de As cidades precisam de redes de transporte

20 A Pesquisa Origem Destino feita em São Paulo pela CET, CPTM,, EMTU, Metrô e SPTrans, em 2007, está disponível no site do Metrô Rogerio Belda


Carregar ppt "TRANSPORTE URBANO NO BRASIL Rogerio Belda. 1. O QUE É O TRANSPORTE PÚBLICO URBANO 2. A ORGANIZAÇÃO DO TRANSPORTE URBANO 3. PROBLEMAS DO TRANSPORTE DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google