A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NUTRIÇÃO NA SÍNDROME METABÓLICA DOENTE DIABÉTICO NUTRIÇÃO NA SÍNDROME METABÓLICA DOENTE DIABÉTICO OBESIDADE, DIABETES & Cª Patrícia Almeida Nunes Dietista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NUTRIÇÃO NA SÍNDROME METABÓLICA DOENTE DIABÉTICO NUTRIÇÃO NA SÍNDROME METABÓLICA DOENTE DIABÉTICO OBESIDADE, DIABETES & Cª Patrícia Almeida Nunes Dietista."— Transcrição da apresentação:

1 NUTRIÇÃO NA SÍNDROME METABÓLICA DOENTE DIABÉTICO NUTRIÇÃO NA SÍNDROME METABÓLICA DOENTE DIABÉTICO OBESIDADE, DIABETES & Cª Patrícia Almeida Nunes Dietista 2º CURSO PÓS-GRADUADO 19 de Abril 2008

2 PATOGÉNESE Obesidade e doenças do tecido adiposo Resistência à insulina Factores independentes, envelhecimento, estado pro- inflamatório e alterações hormonais

3 OBESIDADE Principal responsável pelo aumento da prevalência da S.M. A maioria dos indivíduos tem excesso de peso Diminuição do peso Não é necessário atingir o peso ideal 5 a 10% (melhorias clínicas relevantes) Benefícios se a perda de peso se mantiver durante 2 anos Objectivos

4 PERDA DE PESO Redução de 20% da Mortalidade Total 30% das mortes relacionadas com a Diabetes 10 mmHg na PA Sistólica 20 mmHg na PA Diastólica 50% da Glicose em jejum 10% Colesterol Total 30% Triglicerídeos

5 IMC Kg/m2 ♂ ≤ 102 cm ♀ ≤ 88 cm > 102 cm > 88 cm Baixo peso < 18,5 Normal 18,5 – 24,9 Excesso de Peso 25,0 – 29,9Aumentado Obesidade I 30,0 – 34,9Alto Obesidade II 35,0 – 39,9Muito alto Obesidade III ≥ 40Extrema/ alto Risco para Diabetes, HTA e DCV Vs Peso e Perímetro Abdominal Adaptado de Hill et al, 2005

6 TRATAMENTO Aumentar a sensibilidade da insulina diminuir a obesidade visceral combater o sedentarismo Corrigir / prevenir alterações metabólicas e factores de risco cardiovasculares

7 Medico Dietético. Equipa Multidisciplinar Psicológico Outros

8 Objectivos da Terapêutica Nutricional Manter bons níveis glicémicos - Normoglicémia - Correcta ingestão alimentar / Actividade física - Evitar risco de hipoglicémias - Redução da insulino-resistência Prevenir e tratar complicações (Hipertensão, Doença cardiovascular, Neuropatia, Doença renal) Ingestão energética adequada - Peso Adequado

9 Nutrientes Valor Energético Global - Atingir e manter peso corporal normal - Restrição calórica moderada ( Kcal/dia) Proteínas - 15 a 20 % ( 0,8 g / Kg / dia) - 50 % AVB / BVB - Função renal

10 Nutrientes Lípidos - Até 30 % do VCT da dieta - Ácidos gordos saturados < a 10% VCT - Minimizar ingestão de trans - Colesterol < a 300 mg

11 HIDRATOS DE CARBONO 50 a 60% do VCT Quantidade/Qualidade Glicémia / Perfil Lipídico Complexos (cereais, legumes e leguminosas) - Digestão lenta (menores variações da glicémia) - Maior saciedade - Concorrem diminuição do colesterol LDL Índice glicémico 25% máx. VCT alimentos com alto IG Aumentar o consumo de alimentos com baixo índice glicémico (lentilhas, massas, cereais, cereais integrais)

12 IG pode  hiperglicémia pós-prandial – evidências insuficientes a longo prazo Sacarose - controle >>  VCT - permitida, no contexto de uma alimentação saudável Frutose - Resposta pós-prandial baixa - pode afectar os lípidos plasmáticos Edulcorantes artificiais - seguros nas doses aconselhadas FDA HIDRATOS DE CARBONO

13 FIBRAS / ÁLCOOL / ÁGUA FIBRAS Solúveis Saciedade 30 g/d ÁGUA Isenta de valor calórico 1 ml / Kcal ingerida ÁLCOOL 7 Kcal / g OMS – 4% VCT Contabilizado Plano alimentar

14 Intervenção dietética PLANO ALIMENTAR Individualizado - Sensível às necessidades individuais (IMC, idade, sexo) - Hábitos e Preferências Alimentares; - Actividade física e profissional; - Patologias associadas; ADO Esquema insulina

15 Plano Alimentar Distribuição das refeições: - 3/3 horas - Evitar jejum prolongado Desmistificação alimentar Equilíbrio alimentar

16 Intervenção Dietética Avaliação nutricional Prescrição dietética Educação alimentar Corrigir os erros alimentares Plano alimentar saudável Valor nutricional dos alimentos Rotulagem Alimentos processados, diabeticos Equivalências Acompanhamento Regular

17 Alimentação Saudável ADA, 2007

18

19 S.M. e Diabetes Doença Crónica Tratamento médico continuo Educação alimentar Actividade física Evitar complicações Melhorar a qualidade de vida

20 Prevenção: Primária - população em geral (campanhas de educação alimentar, materiais informativos locais públicos...) Secundária - grupos de risco (prevenção, ex. obesos) Terciária - (doentes) Nutrição Comunitária

21 Objectivos: Informar sobre diabetes - sensibilizar Modificar estilos de vida Criar estratégias a longo prazo – prevenção e tratamento Nutrição Comunitária

22 Notas importantes Desafio constante : Doente / Técnico Promover adesão do doente - Compreensão – Doença - Consciência dos riscos associados - Necessidade de Hábitos alimentares saudáveis - Desmistificar alimentos e algumas práticas alimentares Evitar complicações – Dça renal, DCV, Neuropatias, Hipertensão Evitar dietas tipo personalizar

23 INSULINORRESISTÊNCIA HIPERINSULINISMO DM2 SÍNDROME METABÓLICO OBESIDADE VISCERAL DISLIPIDÉMIA HTA HIPERURICÉMIA

24 Obrigada !


Carregar ppt "NUTRIÇÃO NA SÍNDROME METABÓLICA DOENTE DIABÉTICO NUTRIÇÃO NA SÍNDROME METABÓLICA DOENTE DIABÉTICO OBESIDADE, DIABETES & Cª Patrícia Almeida Nunes Dietista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google