A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

0 4 8 12 16 64206420 Diurese Ácida (pH 4.9-5.3) Sem controle pH Diurese Alcalina (pH 7.8-8.2) Horas Quantidade de Metanfetamina Excretada Excreção Urinária.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "0 4 8 12 16 64206420 Diurese Ácida (pH 4.9-5.3) Sem controle pH Diurese Alcalina (pH 7.8-8.2) Horas Quantidade de Metanfetamina Excretada Excreção Urinária."— Transcrição da apresentação:

1 Diurese Ácida (pH ) Sem controle pH Diurese Alcalina (pH ) Horas Quantidade de Metanfetamina Excretada Excreção Urinária de Metanfetamina Nature, 1965

2 pH Urinário Clerance Renal (mL/min) Clearance Renal do Ácido Salicílico J. Pharmacol. Exp. Ther. 1946

3 Influência do pH no clearance renal da dietilcarbamziazina pH Urinário Clerance Renal (L/hr) Não controlado (6.3) 8.6 Diurese ácida < Diurese alcalina >

4 Clearance do fenobarbital Fluxo Urinário (mL/min) Clearance Renal do Fenobarbital (mL/min) Diurese alcalina Diurese normal Lancet, 1967

5 % não-ionizada de ácidos fracos e bases fracas em diversos pHs urinários DROGA NATUREZA pKa pH urinário AÁCIDO B C DBASE E F G

6 Faixa Normal Tempo de Protrombina (sec) Concentração de Warfarina (mg/L) Dias Efeito de um indutor de metabolismo (Rifampicina 600mg/dia por 3 dias) na administração de warfarina (1.5 mg/kg) Dose única Rifampicina Ann. Intern. Med., 1974

7 Concentração de clozoxaona (mg/L) Horas Efeito da administração do dissulfiram no metabolismo da clorzoxazona Após dissulfiram (500mg v.o. 10h antes) Antes dissulfiram Clin. Pharmacol, 1993

8 Indução causada pelo pentobarbital Horas Concentração de Alprenolol (mg/L) Oral depois i.v. antesi.v. depois Oral antes Clin. Pharmacol. Ther., 1977

9 % de alteração AUCCLF Oral I.V. N.S. Efeito da cimetidina (400mg 6/6h 4d) na biodisponibilidade do labetolol J. Clin. Pharmacol, 1984

10 Controle Metoprolol 50mg 6/6h 24h antes Propranolol 40mg 6/6h 24h antes Clerance da Lidocaína (L/hr/kg) Efeito de beta-bloqueadores na administração de lidocaína (3mg/kg i.v. 4 min) Clin. Pharmacol, 1983

11 Concentração de Amoxicilina (mg/L) Controle Mais Probenecide Clerance Renal da Amoxicilina (mL/min) Efeito do probenecide (1g, 12h e 1h antes) na administração de amoxicilina (500mg) Chemother, 1983

12 NormalCirroseNormalCirrose o Meia-vida (h) do clordiazepóxido Clerance do clordiazepóxico (ml/min/kg) Clin. Pharmacol, 1979

13 dQ dt = R 0 - k. Q Taxa de infusão Taxa de eliminação Variação da quantidade de droga no organismo em um regime de infusão constante

14 dC dt = R 0 - CL. C V. Variação da quantidade de droga no organismo em um regime de infusão constante

15 Q ss Q no estado de equilíbrio Taxa de infusão Constante de eliminação = R 0 / k Quantidade de droga no organismo no estado de equilíbrio em um regime de infusão constante

16 C ss Concentração no estado de equilíbrio Taxa de infusão Clearance = R 0 / CL Concentração de droga no organismo no estado de equilíbrio em um regime de infusão constante

17 C = C 0 e -kt C = C 0 e -kt Multiplicar por V : VC = VC 0 e -kt VC = VC 0 e -kt Considerando que VC 0 = Dose VC = Dose e -kt VC = Dose e -kt

18 Fração da dose que está no organismo em um tempo t e -kt = VC Dose Dose

19 τ = intervalo da dose

20 Fração da dose que está no organismo após um intervalo de uma dose administrada τ e -kτ = VC Dose Dose

21 Quantidade de droga no corpo após 4 sucessivas doses TEMPO Quantidade que resta no corpo após cada dose 1 a DOSE2 a DOSE3 a DOSE4 a DOSE 0 DOSE τ DOSE.e -kτ DOSE 2 τ DOSE.e -2kτ DOSE.e -kτ DOSE 3 τ DOSE.e -3kτ DOSE.e -2kτ DOSE.e -kτ DOSE

22 e -kτ = r Substituindo

23 Q 4,max = Dose(1+r+r 2 +r 3 ) Quantidade de droga no corpo após 4 sucessivas doses

24 Q N,max = Dose(1+r+r 2 +r 3...+r N-2 +r N-1 ) Quantidade máxima de droga após N doses

25 Q N,max.r = Dose(r+r 2 +r 3 +r 4...+r N-1 +r N ) Multiplicando ambos os lados por r

26 Q N,max = Dose(1+r+r 2 +r 3...+r N-2 +r N-1 ) Subtraindo a segunda equação da primeira: Q N,max.r = Dose(r+r 2 +r 3 +r 4...+r N-1 +r N )

27 Q N,max. (1 – r) = Dose(1 - r N )

28 Q N,max = Dose (1 - r N ) ( 1 - r )

29 Q N,max = Dose ( 1 - r ) Quantidade máxima de droga após N doses (Q ss )

30 Q N (t) = (Q max, N. e -kt ) Quantidade de droga no corpo em um tempo t após N doses

31 Q N, min = Q N,max. r Quantidade mínima de droga após N doses

32 Q ss, min = Dose. r = Q ss, max - Dose ( 1 - r )


Carregar ppt "0 4 8 12 16 64206420 Diurese Ácida (pH 4.9-5.3) Sem controle pH Diurese Alcalina (pH 7.8-8.2) Horas Quantidade de Metanfetamina Excretada Excreção Urinária."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google